PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO I (BOOKESS.COM)

Página 35 de 37 Anterior  1 ... 19 ... 34, 35, 36, 37  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Sab 18 Mar 2017 - 7:39

28/01/2015
Deus é luz, e ela está disponível em todo o universo para todos os seres. Há menos de sessenta anos esse conhecimento foi liberado para a humanidade. É através de sua luz que Deus Se torna onipresente, onisciente e onipotente. A luz é composta de uma infinidade de cores e tonalidades. Cada cor e tonalidade possui vibração, vida e inteligência. Essa vibração possui uma frequência e tonalidade específicas, que incidem e interferem em características próprias nos seres. Para o ser humano, sete são os Raios necessários para o perfeito funcionamento do corpo físico. São eles: Raios Azul, Raio Dourado, Raio Rosa, Raio Branco, Raio Verde, Raio Rubi e Raio Violeta. Cada um desses Raios vitaliza um dos chacras de nosso organismo. O mais importante disso tudo é que essas energias podem ser atraídas através do nosso pensamento e, aplicadas em nosso corpo, elas têm o poder multiplicado pelo poder do pensamento. Ampliando o seu poder sobre a pessoa que as utiliza, podem, até, nas palavras das religiões cristãs, fazer milagres.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Dom 19 Mar 2017 - 7:58

29/01/2015
A busca de nossa evolução espiritual deve ser de primaz importância, pois somos espíritos eternos, temporariamente usando um corpo físico. Não podemos nos esquecer de que o corpo e tudo o que ele considera seu, enquanto vivo, não lhe pertence, pois não conseguirá carregar quando a morte vier reclamá-lo. A consciência exterior facilmente se ludibria, pois não sabe nada além daquilo que sentiu, estudou e experienciou com seus cinco sentidos. Dessa forma, ignora o que aconteceu ao espírito que ora o habita, de suas passagens em outros corpos. Isso está somente na memória do espírito, aquilo que a medicina chama de inconsciente, erradamente, pois não pertence ao corpo, mas ao Espírito. É preciso que o consciente exterior preste mais atenção nas instituições que recebe, e dar valor a elas, pois elas são a voz da experiência das vidas passadas que vem chamar atenção para que seu consciente exterior não continue a cometer os mesmos erros cometidos pelos conscientes exteriores dos corpos habitados pelo espírito, em vidas passadas.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Seg 20 Mar 2017 - 8:40

30/01/2015
Sempre que o espírito reencarna, vai encontrar as dificuldades inerentes a cada localidade onde for habitar. As dificuldades, são as mais variadas possíveis, dependendo de sua maior ou menor vivência coletiva entre o grupo de pessoas com quem vai viver. A educação, a religiosidade - não a forma de agremiação religiosa, mas a religiosidade - que apresentam todas as pessoas com quem vai viver. Se conviver em uma comunidade de baderneiros, certamente terá dificuldade em se conectar com as energias superiores que suprem as necessidades das pessoas. Se conviver em uma comunidade de boa índole, certamente conseguirá, facilmente, se desempenhar de seus objetivos traçados antes de reencarnar. Terá, também, facilitada a sua conexão com oitavas superiores de energia, tanto em tempo como em qualidade. Por isso, Saint Germain insiste que, quando se vai reencarnar, se peça para pertencer a uma família bem estruturada, temente a Deus e que seja dedicada à religiosidade.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Ter 21 Mar 2017 - 16:18

31/01/2015
O Dalai Lama diz que o conhecimento é muito grande para caber em nossa cabeça. Todos possuímos parcelas de verdade. Apesar de sua verdade não ser igual à verdade dos outros, não quer dizer que seja menos verdadeira. Eu diria que não se deve desdenhar as verdades dos outros porque, diante de Deus, ela pode ser mais plena do que a sua verdade. Isso é uma grande realidade que a maioria dos humanos não aceita e se fixa em sua verdade como sendo a única. As ciências humanas já demonstraram que nosso cérebro permanece ocioso em mais de noventa por cento de sua capacidade, e que usamos, efetivamente, no máximo, dez por cento. Não é de se estranhar, pois a grande maioria dos humanos preferem pensar com a cabeça dos outros e não buscar em seu próprio ser as suas verdades. Não põem sob o crivo da lógica e da razão as verdades que queiram fazê-los aceitar. Nos esquecemos facilmente nossos poderes, como seres dotados do poder criador, para nos sujeitarmos às verdades e às criações alheias, nos contentamos à sombra e água fresca.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Qua 22 Mar 2017 - 8:27

01/02/2015
O processo depurativo do espírito humano tem que, invariavelmente, passar pela matéria. Não há outra forma, muito menos fórmula. Os outros espíritos, qualquer que seja seu reino, são puros, e, como puros, não precisam passar por nenhuma forma de depuração. Somente podem evoluir dentro de seu reino, e depois ascender a um reino superior. O espírito humano, por sua condição, que o diferencia dos outros reinos e está sujeito à lei do Livre Arbítrio, quando infracionar qualquer lei, está obrigado a ressarcir. Pode ele seguir o mesmo caminho dos espíritos de outros reinos, sem inflacionar qualquer lei e assim também acender dentro da evolução que lhe é possível. Mas, quando pela sua condição de experienciar o conhecimento e buscar a sua própria evolução, deixa-se levar por descaminhos, então, precisa voltar atrás para depurar-se e, assim, aos poucos, subir os degraus evolutivos da raça humana. Isso acontece pela sua condição de ter que mergulhar na matéria e agir e interagir com total esquecimento de sua condição de “Deus em ação”.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Qui 23 Mar 2017 - 7:46

02/02/2015
O processo depurativo do espírito normalmente é feito no mesmo fato causador. Os resgates, que fazem o espírito retornar à matéria e com pendências cármicas para serem quitadas, são feitos tendo como pano de fundo situação análoga à causa que originou o resgate. Isso serve para que o espírito possa libertar-se de um gatilho que o condiciona a superar o motivo que disparou a infração à lei. Jesus, de certa forma, foi muito claro quando disse a Pedro: “Pedro, guarda tua espada porque quem com o ferro fere, com o ferro será ferido”. Está bem claro nas palavras de Jesus que todo aquele que pecar terá que ressarcir no mesmo fato causador. Isso não é a Lei de Talião. Isso é apenas para mostrar que onde o ser fraquejou, terá que retornar para ultrapassar aquela dificuldade que o fez cair, e retornará tantas vezes quantas necessárias, até conseguir ultrapassar aquele ponto fraco. No momento em que o ultrapassar, terá quitado seu carma e estará livre.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Sex 24 Mar 2017 - 8:55

03/02/2015
A evolução do ser humano dentro da matéria nem sempre é feita sobre méritos e conquistas pessoais. Têm muito mais influência os apadrinhamentos, especialmente quando políticos. Nem sempre recebe a medalha aquele que mais a merece. Isso em consequência de muitos fatores que interferem nas escolhas, e geralmente, não são muito éticos. Nisso há uma diferenciação muito grande quando falamos da evolução espiritual. Essa não tem padrinhos, muito menos fatores externos que possam influir. A evolução espiritual não é imposta, muito menos atribuída. Ela precisa ser conquistada pelo próprio espírito no decorrer de um tempo longo e após enésimas reencarnações. Muitas vezes tendo caído, sempre encontrou forças para levantar. Por maiores que tenham sido as adversidades, sempre as enfrentou de peito aberto e com galhardia. Os revezes da vida sempre foram tidos como pedras no caminho que precisam ser contornadas. Em síntese, duas evoluções totalmente antagônicas.


Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Sab 25 Mar 2017 - 7:57

04/02/2015
Nada existe no universo sem um objetivo determinado de ser. Tudo se concatena perfeitamente e, assim, mantém harmônico o funcionamento. Cada ser criado executa a sua função, pois isso está impresso em seu ser de forma que não lhe é possível fugir delas. O único ser que pode burlar o seu objetivo de criação é o ser humano, quando mergulhado na matéria. A lei específica que Deus lhe deu, a Lei do Livre Arbítrio, faculta-lhe fazer ou deixar de fazer qualquer coisa, com a responsabilidade sobre seus atos. Essa lei somente afeta o espírito humano quando estiver encarnado, pois, fora do corpo é regido pelos mesmos princípios de todas as outras criaturas. Conforme as palavras de Jesus, “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”. Essas palavras determinam que, cedo ou tarde, cada ser humano colherá aquilo que tiver plantado, quando encarnado, e é como encarnado que ele vai recolher os frutos de sua eira.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Dom 26 Mar 2017 - 8:04

05/02/2015
O caminho que conduzirá o espírito ao mundo espiritual é traçado por nós mesmos. As atitudes, os pensamentos, as palavras e as obras durante a nossa estada no corpo físico são os aparatos que colocamos nessa estrada. A facilidade ou a dificuldade que encontramos, quando o nosso espírito deixar o corpo desfalecido, foram criadas por nós mesmos. Temos dificuldade em intelectualizar esses conceitos, pois fomos doutrinados de uma forma diversa, que apresentava Deus como sendo o juiz e carrasco, que condena por qualquer falta ao fogo do inferno. Não nos apresentaram um Deus Pai/Mãe, que afaga e acaricia. Um Deus que vive em nosso coração. Diziam que Deus é onisciente, onipotente e onipresente para nos vigiar, nos julgar e nos condenar. Esse Deus só existe no imaginário de mentes incrédulas e que torcem as palavras dos Livros Sagrados, para justificarem a insanidade de seus dogmas e teologias, que não condizem com a verdade.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Seg 27 Mar 2017 - 7:53

06/02/2015
Nas vidas sucessivas que já tivemos, quando mergulhados em corpos físicos, fomos de reis a mendigos. Sabemos, em primeiro lugar, que precisamos passar por todas as atividades humanas para experienciar o conhecimento divino. Sabemos, também, que nossas experienciações, as atividades de nossos pensamentos, nossas palavras e nossas ações transformaram-se em criações, no mundo astral. Essas criações geram consequências em nosso mundo físico. Isso, para os dois lados do binômio corpo/espírito. Tiveram consequências na evolução intelectual, não só do ser, como também da humanidade. Tiveram consequências sobre o espírito que evoluiu ou criou carmas a serem resgatados. Nós, os espíritos encarnados, somos regidos pela Lei do Livre Arbítrio e, como tal, tornamo-nos responsáveis pelas nossas criações, e nos obrigamos a resgatar os malfeitos e também recebemos méritos pelos benfeitos. Assim, de etapa em etapa; de atividade em atividade; de encarnação em encarnação, andamos, ora em passos lentos ora em passos largos, mas andamos e estamos agora na encruzilhada da vida; ou subimos ou seremos degredados.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Ter 28 Mar 2017 - 7:45

07/02/2015
O reencontro com nossa realidade somente se faz quando nos separamos do corpo, através da morte. Para muitos espíritos, é a libertação, porque estiveram presos a um corpo que não os alimentava. Pensava, falava e agia como se o seu espírito fosse algo inexistente. O consciente exterior do corpo físico ignorava-o, condicionando-o ao sono. A esses está o peso das palavras de Jesus: “Quem não nascer da água e do espírito não entrará no reino dos céus”. Esses espíritos somente têm um pouco de liberdade quando o corpo dorme. Mesmo assim, é uma liberdade parcial. Como o espírito esteve dormindo durante a vigília do corpo, quando este dorme, o espírito ainda continua sonâmbulo. Por isso, a importância de se dar ao Espírito o mesmo tempo que se dá ao corpo, para que ele esteja sempre desperto e dirigindo os destinos do aparelho que usa para agir e interagir na matéria densa. O Buda Gautama dizia que “É preciso andar no caminho do meio”. Essa é a fórmula e a forma de se nascer do Espírito, mantendo-o desperto.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Qua 29 Mar 2017 - 7:51

08/02/2015
As hostes ascensionadas ora tutelam seus irmãos menores, ainda na carne, a seguirem seus passos no caminho da evolução espiritual. Deixaram pegadas indeléveis, marcando sua passagem por aqui. Somente precisamos seguir os seus passos; eles demonstraram que é possível. Assim como conseguiram, nós também podemos conseguir. Somente precisamos pedir-lhes ajuda, que, de bom grado, nos estenderão a mão, pois sabem muito bem que somos seus irmãos menores, que ainda labutamos para ultrapassar os liames da terceira dimensão. Sabem também que somos todos um. Se nos ajudarem, estarão ajudando a todos e a si mesmos. Sabem que esta empreitada evolutiva é uma etapa difícil, porque, tendo como norma a Lei do Livre Arbítrio, e ainda mergulhados no Véu de Maya, sem saber nem reconhecer quem se é, facilmente caímos em armadilhas que encontramos pelo caminho. Essas armadilhas facilmente nos induzem a carmas que precisamos resgatar e que, geralmente, são colheitas muito doloridas e de frutos muito amargos.


Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Qui 30 Mar 2017 - 8:02

09/02/2015
Pela Lei do Livre Arbítrio, ninguém é obrigado a fazer nada. O ser humano, por meio dessa lei, tornou-se livre para a agir e interagir, pensar e a falar o que bem entende. Essa prerrogativa o torna senhor de seus atos, como também responsável por eles. Poderá criar o que quiser que seja, mas assim torna-se senhor e responsável pela sua criação. Por mais que o Cristo tenha dito que “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”, o ser humano não conseguiu ligar o seu poder criador, a sua liberdade de criar o que quer e a obrigatoriedade sobre suas criações. Ainda não se conscientizou de que seu pensamento é o poder criador, igual ao de Deus, e que ele é responsável pelas suas criações. Não importa se suas criações são conscientes ou inconscientes. O universo que executa os pensamentos não sabe se são conscientes ou inconscientes, ele simplesmente tira uma xerox e devolve ao criador. Enquanto o ser humano não se conscientizar dessa realidade, continuará a criar fantasmas que virão puxar os seus pés, até cobrarem todo o seu quinhão.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Sex 31 Mar 2017 - 7:31

10/02/2015
O nosso compromisso é para com Deus. Não podemos nos esquecer de que, de acordo com as palavras de Jesus, “Vós sois Deuses”, também como Deuses o compromisso se reflete sobre nós mesmos. Sendo cada ser humano “Deus”, esse compromisso se estende da mesma forma para com o próximo. Dentro do mesmo raciocínio, e sabendo que Deus reside em tudo, e tudo é Deus, então, nosso compromisso se dilata a tudo que existe. Assim, a nossa inserção no universo se faz completa. Somos uma partícula do todo, e, como tal, somos importantes. Se, na nossa individualidade física, uma parcela do nosso organismo se rebela, há o sofrimento de todo o nosso organismo físico. Não sofre somente a parcela doente, sofre todo o organismo. Da mesma forma com relação ao universo, ao todo. Como fazemos parte do todo, do universo, ele também ser ressente quando, como doentes, infringimos as Leis de Deus. Tudo no universo está concatenado de forma perfeita e harmônica. Qualquer deslize desarmoniza o conjunto. Assim como numa pilha de qualquer coisa, se retirarmos uma unidade, certamente faremos desmoronar toda a pilha.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Dom 2 Abr 2017 - 15:13

11/02/2015
A evolução espiritual se processa por um período muito longo, se considerarmos o tempo da Terra. Todos sabemos que o nosso tempo é exclusividade da Terra. A lua, por exemplo, não tem o ciclo dia, pois não tem movimento de rotação. Tem somente o ciclo de translação, ao redor da Terra, num período de vinte e oito dias terrestres. Para Deus, qualquer que seja o tempo físico, cabe todo na palma de Sua mão. O espírito encarnado, bitolado pela dualidade dia/noite, em cima/embaixo, alto/baixo, gordo/magro, precisa dos antagônicos para poder localizar-se no tempo/espaço. Para que possa evoluir dentro da dualidade que o aprisiona, precisa de vontade e constância. Dois fatores indispensáveis não só às coisas espirituais, mas também com referência às coisas materiais. Nada conseguirá sem esses requisitos básicos. Poderá tatear, mas sem conseguir resultados relevantes. A vontade se expressa no querer, que impulsiona todas as atividades do ser encarnado, do pensamento, das palavras e das obras que são o motor e o combustível da evolução humana, no seu âmbito geral e particular.


Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Seg 3 Abr 2017 - 8:12

12/02/2015
O progresso, em qualquer de seus níveis, espirituais ou materiais, é algo que se conquista. De mão beijada, somente água de chuva. No mais, tudo depende de cada ser, de cada individualidade. Não importa o auxílio de outros que o queiram ajudar. Se não houver a opção individual de buscar a evolução, ela não se fará, não cairá do céu. Por isso, a importância da conscientização e de nossa responsabilidade para conosco mesmos. Não espere receber lá do céu aquilo que não buscou com afinco aqui na Terra. As conquistas são permanentes, embora as derrotas sejam provisórias. São provisórias porque quem caiu terá que levantar, quem infracionou a Lei terá que ressarcir, e quem feriu terá que reparar no mesmo fato causador. Isso não é a Lei de Talião, mas tão somente a reparação do mal feito. Jesus não mandou “Pedro, guardar a tua espada, porque quem com o ferro fere, com o ferro será ferido”. Isso é tão somente o equilíbrio da harmonia universal. Diria Jesus em outras palavras, “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Ter 4 Abr 2017 - 8:54

13/02/2015
O melhor processo depurativo é a reencarnação, pois traz de volta o espírito à carne para lá ressarcir as infrações cometidas no passado. O espírito é o responsável pelos deslizes do instrumento que utiliza para agir e interagir na matéria densa. O corpo é apenas um instrumento e quem deve comandá-lo é o espírito. Assim, ele se torna responsável. Há outro processo em que o espírito não precisa retornar à matéria para resgatar seus erros. Há menos de sessenta anos Djwal Kuhl, um mestre oriental, trouxe para conhecimento da humanidade os Raios Divinos, também chamados de Chamas. Há mais ou menos cinco anos, utilizamos uma técnica desconhecida por todos, inclusive dos mestres do mundo espiritual. Essa técnica consiste na utilização consciente e concomitante de três Chamas: Violeta, Verde e Rosa, auto-aplicando-se, da cabeça descendo até os pés. Os resultados se mostraram imensamente eficientes, que levou os mestres a criarem o Projeto Expansão da Luz, para estudar o que estava acontecendo. Esta técnica, seria, propriamente, a exteriorização das palavras de Jesus, “Se tiverdes fé, direis a essa montanha lança-te daqui para lá e ela o fará”.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Qua 5 Abr 2017 - 8:42

14/02/2015
A evolução é questão “sine qua non” da existência, seja dos reinos espirituais ou dos reinos materiais. Nada permanece, ”per secula seculorum”, estacionado e seu casulo eterno. Tudo evolui. Tudo teve o seu princípio. Tudo terá o seu fim, retornando ao informe, retornando à energia primeva que a ele deu origem. Alguns indivíduos, em qualquer reino, podem ter uma evolução rápida, outros levam milhares de anos e ainda há os que levam alguns éons de tempo para completarem seu estágio evolutivo. Não queremos classificar isso ou aquilo simplesmente dando o título final por aquilo que conhecemos ou que nosso intelecto conseguiu absorver do conhecimento Divino. O homem normalmente gabarita as coisas de acordo com a sua visão, que, muitas vezes, é acanhada, ou como a de uma mula de carroça, que tem viseiras e não pode olhar para os lados, dando finitude às coisas, mas não conhece o outro lado da medalha. Por mais que se conhece qualquer coisa, quase nunca se chega ao âmago dela. Gosto de dizer “Não desdenhe as verdades dos outros, porque diante de Deus elas podem ser mais plenas que a tua verdade”.


Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Qui 6 Abr 2017 - 8:20

15/02/2015
O princípio que norteia a vida é Deus em ação. Geralmente classificamos, pela nossa ignorância, a vida como sendo aquilo que está contido nos reinos vegetal e animal. Os conhecimentos humanos, muito vinculados à matéria, desprezaram o outro lado da medalha, ignoraram o lado espiritual de tudo que existe. Mesmo vendo, em suas máquinas potentes, o movimento dos elétrons dentro de um átomo, ignoraram que o movimento era sinal de vida. A vida não é somente aquilo que está contido em nosso acanhado conhecimento; a vida é muito mais que isso. A vida é a estabilidade, a vida é movimento, a vida é harmonia e a vida é, em síntese, Deus em ação. Sem a interferência Divina, nada se manteria eternamente em harmonia e funcionamento. O acaso não sustenta um átomo, também uma galáxia. Os cientistas procuram dentro do átomo o “Bóson de Higgs” para poderem encontrar a Deus, pois o chamam de “a partícula de Deus”. Pobres homens, não são capazes de olhar para dentro de si e descobrir que são o próprio Deus em ação.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Sex 7 Abr 2017 - 8:15

16/02/2015
Na nossa ignorância esconde-se toda a beleza e a luz do espírito. Não podemos nos esquecer de que somos uma dualidade, espírito/matéria, esse conjunto é que forma, que estabelece, que sustenta a condição de Deus conhecer-se como é. A matéria encobre o espírito, que é uma parcela da Divindade. Esse espírito, por si só, é só luz, mas, para poder exercer sua função, seu objetivo de experienciar o conhecimento, precisa mergulhar dentro de um corpo, sem sua memória, que fica encoberta pelo Véu de Maya. O corpo que utiliza é totalmente desprovido de qualquer conhecimento, e somente sabe aquilo que experienciou através dos cinco sentidos. Assim, o conhecimento que o espírito adquiriu através de enésimas encarnações fica escondido das experiências do atual corpo, que, por sua vez, tem a sensação de que tudo está começando agora, e se rebela com as pedras que surgem em seu caminho, por desconhecer a sua origem e o propósito por que estão aí, como que a cobrar-lhe uma dívida que não sabe que deve.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Sab 8 Abr 2017 - 9:36

17/02/2013
Podemos dizer que nossa vida na matéria é toda projetada por nosso Eu Superior, que é a parte de Deus que reside em nós. Nada acontece por acaso. Tudo em nossa vida tem um motivo de ser. Esse motivo pode não ser consciente, em nosso consciente exterior, mas isso não quer dizer que não exista. O Véu de Maya que encobre a consciência do espírito impede que a nossa consciência tenha conhecimento. Tudo está registrado em nosso DNA, que aguarda sempre a nossa evolução para acessar novas experiências, que são necessárias para a evolução do espírito, que somente acontece quando o consciente exterior participar conscientemente da busca da mestria que é objetivo final na experienciação do conhecimento Divino, aqui na matéria. Somos necessários nessa experienciação para que Deus possa conhecer-se. Assim como precisamos do dia para saber como é a noite. Podemos estar experienciando inconscientemente, com experiências menos úteis, mas quando elas são conscientes, tornam-se muito mais efetivas e meritórias.


Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Dom 9 Abr 2017 - 9:24

18/02/2015
A verdade é uma só. Apenas é muito grande para caber em nossa cabeça. Por isso, muitas vezes, nos perdemos na procura da verdade e julgamos que a nossa é a única verdade. Somos tão imaturos espiritualmente que nos julgamos os únicos conhecedores, e quem discordar da minha verdade está errado. O Dalai Lama diz “que a verdade é muito grande para caber em nossa cabeça e que cada um possui parcelas da verdade”. Isso é uma realidade inconteste. Assim como dizia o filósofo “A única coisa que sei é que nada sei”. Pensando assim, nos abre a oportunidade de buscarmos mais profundamente a nossa verdade. Eu diria que “Não desdenhas as verdades dos outros, porque diante de Deus elas podem ser mais plenas que a tua verdade”. O que precisamos é estar sempre procurando aprofundar a nossa verdade, para que ela se aproxime o mais possivelmente da verdade.


Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Seg 10 Abr 2017 - 8:52

19/02/2015
Deus, para ser Deus, tem que criar tudo perfeito. Ao criar o espírito humano, o fez perfeito. Ao criar a matéria de que é feito o corpo, também a fez perfeita. Então, como pode ser que nascem tantos seres com tantas anomalias? Uns cegos, coxos, mudos, surdos, sem pernas, sem braços e outros anencéfalos. De acordo com as igrejas cristãs, que só aceitam a unicidade da existência, onde estava Deus quando concebido o ser que nasce com essas anomalias? Estava tirando uma soneca? Ou foi pescar? Na unicidade de existência Deus seria injusto. Para que Deus seja justo, terá que dar a todos de forma igual. Caso contrário, não seria Deus. Se as deficiências humanas não vêm de Deus, terá que ser do próprio espírito. Para ser do próprio espírito, este terá que preexistir antes de seu corpo e ter infracionando a Lei, que só pode ter sido em outro corpo. Se em outro corpo não ressarciu a Lei, terá que o fazer em um novo corpo, porque as palavras de Jesus expressam a Lei quando diz: “Se a tua mão ou teu pé é motivo de escândalo, corta-o fora, por que é melhor entrar na vida sem um pé ou uma mão, do que ser lançado no fogo do inferno”.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Ter 11 Abr 2017 - 8:36

20/02/2015
O conhecimento é a divindade que se mostra às consciências exteriores da humanidade. Está disponível, assim como a Luz de Deus, às mentes humanas que estejam dispostas a recebê-la. É indispensável o aceitar, o querer, o disponibilizar-se e abrir a mente para que ele se estabeleça e faça a transformação necessária ao espírito encarnado, para evoluir espiritualmente, buscando a sua mestria. Todos temos a capacidade de absorver os conhecimentos. Quando as condições humanas o permitem, ele vem em forma de ciências humanas. Quando o ser humano for iletrado, o conhecimento pode vir através da intuição, que geralmente vem do Eu Superior, que é a parte de Deus dentro do indivíduo. Todos conhecemos Albert Einstein, que em sua juventude foi um aluno sofrível, e depois, abriu-se às intuições e tornou-se um dos maiores gênios da humanidade. Ele próprio dizia que, quando precisava descobrir alguma coisa, ia dormir. Essa era a sua forma de conectar-se com seu Eu Superior, a essência Divina em seu coração. Agora, o ser humano precisa dispor-se a encontrar a forma ou a fórmula de conectar-se com a fonte de todas as coisas.


Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Qua 12 Abr 2017 - 8:55

21/02/2015
Os denários que recebemos de Deus no momento de nossa criação como individualidades conscientes são, sem dúvida, o nosso poder criador exercido pelo pensamento. A maioria dos seres humanos não está consciente dessa grande realidade. A realidade que pode salvar ou destruir a nossa vida na matéria, e com rescaldo na vida do espírito. Em nossa vida na matéria, de modo geral, concentra-se na próxima encarnação, porque parece raro que as consequências de nossos pensamentos, palavras e obras sejam resgatadas durante a existência onde foram cometidos os danos, através de nossas criações desregradas. O mais plausível é que os resgates sejam feitos na próxima encarnação. O ser humano precisa conscientizar-se de que o pensamento é o poder criador que nos iguala a Deus. Embora sendo Deus em evolução, mas com o mesmo poder criador. Por estarmos ainda experienciando o conhecimento é que nos tornamos responsáveis por nossas criações.

Miguel Arcangelo Faccio

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 03/01/2011
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO I (BOOKESS.COM)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 35 de 37 Anterior  1 ... 19 ... 34, 35, 36, 37  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum