MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Sex 4 Fev 2011 - 17:22

O Dia Depois de Amanhã – Realidade imita ficção


Os Estados Unidos foram atingidos nesta semana por uma tempestade de inverno descrita como "colossal" pela imprensa norte-americana e que afetou mais de 30 estados e ao redor de 100 milhões de pessoas. O veterano apresentador da previsão do tempo da rede NBC e agora também âncora das manhãs do Weather Channel Al Roker definiu a tempestade como "the largest geographical weather-making event in recent history", algo como, numa simples tradução, o evento meteorológico de maior abrangência geográfica na história recente.


A quantidade de neve e gelo foi tão grande em alguns locais que têm sido repetidas as comparações feitas nos Estados Unidos às cenas do filme O Dia Depois de Amanhã (The day After Tomorrow). O filme é uma péssima aula de ciências, afinal a Paleoclimatologia mostra mudanças climáticas abruptas no clima do planeta, mas jamais em questão de horas como mostrado na tela. O filme, por outro lado, é uma excelente diversão. Selecionei algumas imagens do filme para comparar com fotos reais do que aconteceu nesta semana nos Estados Unidos.

http://www.metsul.com/blog/
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Ter 8 Fev 2011 - 14:21

Febrero 8, 2011 flash news

¿Qué pasa?
Todos los embajadores del mundo ha sido convocados y deben retornar a Washington


En un movimiento sin precedentes en la historia (aparentemente nunca sucedió), prácticamente todos los embajadores de los Estados Unidos (260) han sido llamados y volver a Washington a una reunión cumbre esta semana. Lo mismo para cónsules y otros responsables en el extranjero de 180 países que responden al Departamento de Estado, para lo que es considerada la primera reunión de este tipo en la historia.
huffingtonpost.com dice: "Secretaria de Estado Hillary Rodham Clinton está preparando una, reunión sin precedentes y masiva de embajadores y responsables que representan a los Estados unidos en el exterior" ... Esta será la primera vez que los Embajadores de EU en el mundo se reúnan simultáneamente.
El primer pensamiento lógico al que uno arriba y mirando la crisis mundial la pregunta es: "¿si esto no sucedió nunca, si la prensa no lo publica:
¿Qué sucede de INUSUAL para que sea llamado todo el cuerpo diplomático de los EU a reunirse?
Ideas de conspiración; todas las posibles, no hay límite para poder imaginar cosas
¿Que se reúnen para prepararse para "algo" antes de que suceda?
¿Arreglar temas del colapso económico antes de que una nueva moneda mundial comience a aparecer?
¿Devaluación del dólar?
¿China le pide a EU el pago de la deuda?
¿Nuevas declaraciones de Wikileaks que estén por salir?
¿Miedo de que se corten las comunicaciones y la necesidad de discutir "esto" mientras se puede?
???
----------
Mientras la mayoría de los estadounidenses se encontraban absorbidos por el Superbowl y los medios con la situación en Egipto, es casi imposible encontrar algo en los medios sobre este tema.
¿Puede ser esto apenas una "primera reunión , una primera vez" de discutir cosas normales, una nueva política?
¿El dólar, el cambio de polos, Planeta X?
La primera sensación es la sospecha.
Algo está sucediendo, algo está sucediendo,es de urgencia, sucede a puertas cerradas y a los medios normales no se los informa, el público no sabe.
Estaremos atentos ...

"el día después de mañana", es hoy
Kristen Neiling @
Dirección y Producción
Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar
Copyright 2011
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Ter 8 Fev 2011 - 16:01

Ciclone extratropical deve trazer vento de até 100 km/h ao RS
Temperatura deve cair e máximas não passam de 25ºC
Atualizada às 18h06min


A formação de um ciclone extratropical provoca chuva forte em toda a Região Sul a partir desta terça-feira. No Rio Grande do Sul, as regiões oeste e sul devem ser as mais atingidas, segundo informa a Central RBS de Meteorologia.

Em Barra do Quaraí, no oeste do Estado, o acumulado de chuva pode chegar a pouco mais de 60 mm. O vento deve atingir entre 70 km/h e 100 km/h e a temperatura máxima não deve passar dos 25°C no Estado. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o risco de granizo não está descartado.

Os temporais seguem durante a quarta-feira e atingirão a costa do Rio Grande do Sul, Região Metropolitana de Porto Alegre, a costa e o oeste de Santa Catarina (Florianópolis). A temperatura máxima permanece baixa entre Santa Catarina, Paraná e o norte do Rio Grande do Sul.

Já no centro e leste do Rio Grande do Sul, o calor volta a predominar, com máxima em torno dos 30°C.

A partir de quinta-feira, o ciclone extratropical fica parado sobre o mar na altura do Rio Grande do Sul e os ventos levam instabilidades para a faixa leste do Estado, por isso, ainda chove no extremo sul e no nordeste do Estado. Nas demais regiões o tempo abre e o sol deixa o tempo abafado.

Chuva acumulada

Em algumas cidades do sudoeste e oeste do Paraná, como Matelândia e Ampere, o acumulado de chuva na terça-feira pode chegar a até 260 mm, passando da média do mês. Na quarta-feira, a previsão é de que chova cerca de 280 mm em Conciolândia, também no Paraná, volume que ultrapassa a média de todo o mês de fevereiro. Em Cunha Porã, Santa Catarina, pode chover até 110 mm, o que representa 70% da média de fevereiro.

http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Geral&newsID=a3200982.xml
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  estel em Qua 9 Fev 2011 - 16:55

Este verão está muito estranho mesmo, bem diferente do ano passado.

Agora chove todo fim de tarde, lá pelas 16 hs já começa a nublar e pronto, lá vem chuva.

Hoje é o tal do ciclone extra-tropical, fora o calor descomunal.


Quero ver como vai ser o inverno, uma alegria só pelo jeito. Neutral


Abraços,
Estel.

estel

Mensagens : 282
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Sex 11 Fev 2011 - 14:43

Pois é Estel, ontem deu uma chuva danada em Brasília; trouxe muitos transtornos em toda Brasília com quedas de árvores, de muros e alambrados, o povo assustado correndo, pistas alagadas, carros sendo levados pela correnteza; bastou uma hora de chuva e granizo para trazer caos para a cidade e no meu caso veio uns trovões fortes em cima de casa, foi aquele susto, faltou luz e levou tempo para botar tudo em ordem após a chuva; o que iremos enfrentar pela frente? É ter fé que Deus nos guie para uma vida melhor.

Até mais!

Buscador doido para terminar a obra em casa silent



estel escreveu:Este verão está muito estranho mesmo, bem diferente do ano passado.

Agora chove todo fim de tarde, lá pelas 16 hs já começa a nublar e pronto, lá vem chuva.

Hoje é o tal do ciclone extra-tropical, fora o calor descomunal.


Quero ver como vai ser o inverno, uma alegria só pelo jeito. Neutral


Abraços,
Estel.
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Sex 11 Fev 2011 - 14:43

Febrero 10, 2011

Charla: Camino al 2012, la parte que sigue
Domingo 13 de febrero 2011, 16:30 Hs.
Informes e Inscripción 4552-0306

La Tierra y todo el Sistema Solar, está actualmente en un lugar extremo cruzando el borde la Galaxia que, de acuerdo al calendario Gregoriano, será a fines del año próximo. Esto genera una gran presión energética altera nuestra vida, nuestra salud, nuestra mente, nuestro clima, crisis económicas, falta de alimentos y agua; entre otras.
Con este cruce ya en camino, y haciendo pico en diciembre del año que viene, 2012; por el borde de la Galaxia (ciclo normal de 26.000 años llamado Precesión de los Equinoccios) el Sistema Solar y la Tierra volvería a su lugar habitual aproximadamente entre fines de 2014 a 2016, cuando el Sistema Solar termine de completar ese ciclo.
Esto tiene y tendrá sus inconvenientes y un costo de acomodamiento tanto personal, como familiar, como social, de habitat y economía; y fundamentalmente climático y telúrico. Si bien la data científica nos indica que en las previas 14 veces que esto sucedió la situación fue la misma, la diferencia actual reside en que no hay registro histórico que indique que esto sucedió con 7 mil millones de personas en el planeta y la dependencia tecnológica que esta civilización tiene que: es útil, apropiada y excelente para todos nosotros, pero en este caso se vuelve en contra nuestro si no la tenemos.
El cambio energético y magnético producirá cada día más alteraciones y caída y funcionamiento de los equipos de energía, GPS, provisión de agua potable, falta de alimentos, descontrol de las sociedades y la, casi ninguna preparación, que los seres humanos tienen para pasar por esta situación que ya observamos está generando catástrofes climáticas y económicas alrededor del globo.
Esto conlleva un posible cambio de polos magnéticos que a su vez, conlleva grandes cambios en la superficie de la Tierra y nuestra vida.
Si no sucediese este cambio de polos, varios indicadores dicen que es muy posible, de todas maneras, nuestra civilización está ya y seguirá siendo alterada de forma creciente y tanto 2011 como 2012 serán años muy diferentes en la vida de todos nosotros.
Vengan a escuchar y opinar sobre esto.
Hay que prepararse, de eso no hay duda.
La información y el conocimiento sirven para eso.
Los espero.

"el día después de mañana", es hoy
Kristen Neiling @
Dirección y Producción
Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar
Copyright 2011
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Sex 11 Fev 2011 - 14:57

Chuva de quatro horas destrói casas em Taguatinga e escolas em Ceilândia

Em Ceilândia, a tempestade durou cerca de quatro horas e esparramou granizo em vários pontos da cidade. Seis unidades de ensino foram invadidas pela água. A forte precipitação afetou também Taguatinga, onde diversos imóveis foram destruídos



Noelle Oliveira

Publicação: 11/02/2011 08:00 Atualização:

O primeiro dia de aula do ano letivo foi marcado por tristeza em Ceilândia. Umas das professoras do Centro de Ensino Fundamental 25, na área norte da cidade, chorou ontem ao ver o estado em que ficou o colégio após a chuva de granizo de quase quatro horas que causou destruição por toda a cidade. O estoque que garantiria a merenda das crianças pelos próximo dias boiava em meio à lama e à água, que atingiu quase um metro de altura e invadiu as salas. A escola, que fica em um terreno de declive, foi tomada pela enxurrada. O muro da frente desabou e a água levou tudo o que encontrou até chegar ao muro nos fundos do centro de ensino e também derrubá-lo. O colégio foi apenas um das seis unidades atingidas na cidade. A Regional de Ensino também foi alagada.

Uma equipe de engenheiros do Governo do Distrito Federal, acompanhada pela secretária de Educação, Regina Vinhaes, foi chamada para uma visita emergencial aos locais destruídos. Três unidades de ensino tiveram muros derrubados, duas foram alagadas e uma teve parte do telhado arrancada. Apenas no CEF 25, cerca de 21 mil livros novos foram destruídos. Computadores também se perderam em meio à destruição. Apesar do estrago, ninguém se feriu. “Foi uma fatalidade. Graças ao trabalho da direção nenhuma criança ficou ferida. Amanhã mesmo começarão as obras de reconstrução, vamos separar recursos e deslocar outros para refazer tudo”, afirmou a secretária Regina Vinhaes, enquanto avaliava o estrago.

Cerca de 800 alunos, entre 12 e 15 anos, estavam no CEF 25 no momento do temporal. “Tivemos que furar rapidamente buracos nas paredes para impedir que o nível da água subisse. Podia ter sido uma tragédia, com esse tanto de alunos aqui dentro”, avaliou o diretor do colégio, Jair Roberto da Silva. A escola foi uma das 300 que passaram por reforma no início desse ano para o início do período letivo. “Sempre fazíamos reparos e dessa vez arrumamos toda a parte elétrica, que se perdeu”, explicou o diretor.

Mesmo depois do desabamento dos muros, as crianças permaneciam nas proximidades da escola observando os estragos. “Choveu pedra e de uma vez a água entrou, todo mundo foi saindo e ouvimos o barulho do muro. Ficamos com medo da parede cair também”, contou o aluno Gleisson Henrique, 14 anos, que filmou tudo com o celular.

Moradora da região, a vendedora Maria Aparecida Faria, 55 anos, também teve a casa, próxima ao colégio, inundada. “Essa não é a primeira vez que isso acontece aqui. Eu já perdi tudo duas vezes e a minha casa foi condenada pela Defesa Civil. A boca de lobo não dá conta da força da água por causa do desnível do terreno”, explicou a moradora.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a chuva registrada no DF ontem foi considerada moderada. O instituto destaca, no entanto, que não possui estação de medição em Ceilândia, onde ocorreram os maiores estragos. De acordo com o instituto, o maior índice pluviométrico foi no Recanto das Emas, 18,6 milímetros. No Plano Piloto, o nível chegou a 7,6 milímetros. “Moro aqui em Ceilândia há 50 anos e nunca vi uma quantidade de água assim antes. Mas a população pode ficar tranquila que tudo será reparado”, disse o diretor da Regional de Ensino de Ceilândia, Nelson Moreira.


Paralisação no metrô
As chuvas alagaram a Estação do Metrô Guariroba no fim da tarde de ontem em Ceilândia. O serviço foi interrompido por cerca de 30 minutos, até que a água escoasse. Mais tarde, os trens passaram a circular em velocidade mínima entre as estações Metropolitana e Ceilândia Sul. Uma descarga elétrica na subestação de energia foi a responsável pelo problema. Cerca de 30 minutos depois, o funcionamento do transporte foi normalizado. As interrupções ocorreram entre as 16h40 e as 17h20.

Escolas afetadas
» Centro de Ensino Médio 2
» Escola Classe 21
» Escola Classe 31
» Escola Classe 55
» Centro de Ensino Fundamental 25
» Centro Interescolar de Línguas de Ceilância


[FOTO2]

Moradores têm perdas

Rodos, baldes e bacias. Com esses objetos e muita colaboração, moradores do Conjunto E2, da QNM 38, em Taguatinga Norte, tentavam limpar e amenizar, na tarde de ontem, os estragos causados pelo temporal, que castigou a cidade. Uma casa ficou totalmente destruída e, pelo menos, outras 15 foram alagadas, durante as duas horas de chuva torrencial com pedras de granizo.

Mais de 50 pessoas, entre familiares e vizinhos, se uniram no intuito de ajudar uns aos outros. Uma das moradoras ficou assustada e precisou ser levada ao hospital, com pressão alta e dores no peito. A chuva só deu trégua por volta das 18h, mas até o fechamento desta edição, a energia elétrica ainda não havia sido restabelecida na quadra. Os moradores alegam que os bueiros da rua não são suficientes para o enorme volume de água que caiu sobre a cidade.

“Eu construí essa casa, estou aqui há 23 anos e hoje vi tudo ser destruído. O pior é que tenho um filho deficiente, que está trabalhando. Ele e minha esposa ainda não sabem de nada que aconteceu. Não sei onde meus filhos vão passar a noite”, desabafou Geraldo João da Silva, 60 anos. Com a força da chuva, o muro da casa do aposentado desabou e a água revirou todos os móveis, danificou aparelhagens de som e derrubou algumas paredes. Poucos objetos sobraram. Os vizinhos alegam que o muro da casa de Geraldo — a última da quadra — atrapalha o escoamento da água. “Eu até sei desse perigo, mas vou fazer o quê? Não tenho para onde ir”, argumentou o aposentado.

Solidariedade
A união dos moradores salvou a vida de uma mulher de 44 anos. “Minha mãe fez cirurgia e não está podendo andar. Ela estava deitada quando a água começou a subir pela parede e o colchão dela boiou. Dois vizinhos entraram aqui e a colocaram em cima da mesa da cozinha, que era o lugar mais alto”, contou Cinthia Graziela Bezerra. Na casa dela, a água atingiu quase um metro de altura e praticamente todos os móveis foram danificados. “A geladeira, o sofá, a mesa, os armários. Praticamente tudo ficou debaixo da água”, lamentou Cinthia.

No Conjunto C, da QNM 38/40, uma árvore foi arrastada pela enxurrada por cerca de 300 metros e fechou uma rua, impedindo a passagem de carros e de pedestres. O motorista Alcy de Oliveira conseguiu segurar a árvore, que foi arrancada pela força do vento. “Ela veio na direção do meu caminhão e eu passei com os pneus em cima dos galhos, aí parei a árvore. Fique muito feliz em saber que consegui salvar as pessoas e os carros que poderiam ser atingidos, comemorou Alcy.Saiba mais...
Após estragos da chuva, Centro de Ensino Fundamental 25 suspende aulas

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2011/02/11/interna_cidadesdf,237232/chuva-de-quatro-horas-destroi-casas-em-taguatinga-e-escolas-em-ceilandia.shtml
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Qui 17 Fev 2011 - 11:32

Tornado em Bangladesh:

Tradução:

Um tornado juntamente com chuva de granizo amarradas upazilas diversas no município, deixando cerca de 100 pessoas feridas e 70 casas danificadas. Trigo e labirinto em uma vasta área de terra também foram arruinadas em Sadar, Baliadangi e upazilas Haripur durante calamidades na tarde de quarta-feira. Cerca de seis polegadas de alta elogia abrangeu quase 5.000 hectares de terras de trigo e labirinto em Baliadanga, presidente upazila Probir Kumar Roy e Nirbahi Upazila Officer (ONU) Moniruzzaman disse depois de visitar as áreas afetadas. Como muitos como 70 agricultores, que estavam trabalhando no campo, ficaram feridos, disseram. Haripur UNO Harun-ou-Rashid, disse o trigo em mais de 70 por cento das terras no upazila foi nivelado na tempestade sazonal que também feriram cerca de 30 agricultores. Cerca de 70 casas foram danificadas em sindicatos e Dhantola Paria. Distrito de produção das culturas especialista Abdul Majid, disse à extensão da lesão estava sob avaliação.

Original:

A tornado coupled with hailstorm lashed several upazilas in the district, leaving about 100 people injured and 70 houses damaged. Wheat and maze in a vast tract of land were also ruined in Sadar, Baliadangi and Haripur upazilas during calamities on Wednesday afternoon. Around six-inch high hails covered almost 5,000 hectares of the wheat and maze lands in Baliadanga, upazila chairman Probir Kumar Roy and Upazila Nirbahi Officer (UNO) Moniruzzaman said after visiting the affected areas. As many as 70 farmers, who were working in the fields, were injured, they said. Haripur UNO Harun-or-Rashid said wheat in over 70 percent of the lands in the upazila was levelled in the seasonal storm that also injured some 30 farmers. About 70 houses were damaged in Dhantola and Paria unions. District crop production expert Abdul Majid said the extend of damage was under assessment.

http://hisz.rsoe.hu/alertmap/woalert_read.php?cid=29590
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Qui 17 Fev 2011 - 11:44

Dengue no Peru:


Tradução:

As autoridades de saúde declararam alerta vermelho na região norte do Peru selva amazônica após o surto de uma cepa de dengue "muito agressivo", que já matou 14 pessoas e infectou milhares de pessoas. A dengue é endêmica na região amazônica do Peru, mas até agora foi amplamente tratado com a cepa americana da doença. "[As autoridades estão enfrentando] uma nova variedade que nós não sabíamos no Peru e que, provavelmente, entrou no Brasil através da Amazônia", ministro da Saúde, Oscar Ugarte, disse aos repórteres locais. Cerca de 13.000 pessoas foram infectadas e pelo menos 1.600 pessoas foram internadas para tratamento, um oficial de saúde em Loreto, no Peru, no nordeste. Não existe vacina para a dengue, uma doença viral transmitida por mosquitos. Um oficial sênior da saúde Loreto, Hugo Rodrigues, diz que esta cepa da dengue é conhecida como a variedade asiático-americano, e ao contrário da variedade americana produz choque grave entre as vítimas. "É uma combinação de ambas as variedades," Rodriguez disse. Os responsáveis da Saúde em Iquitos, principal cidade do Peru, no rio Amazonas, localizada 1.000 quilômetros ao norte de Lima, lançou um programa de fumigação em uma tentativa de diminuir o número de mosquitos. O vírus pode provocar febres mortais, especialmente entre as crianças: metade dos mortos eram menores de idade.

Original:

Health authorities have declared a red alert in Peru's northern Amazon jungle region following the outbreak of a "very aggressive" dengue strain that has killed 14 people and sickened thousands. Dengue is endemic to the jungle region but until now Peru has largely dealt with the American strain of the disease. "[Authorities are facing] a new variety that we did not know in Peru and that probably entered from Brazil via the Amazon," health minister Oscar Ugarte told local reporters. About 13,000 people have been infected and at least 1,600 people have been hospitalised for treatment, a health official in Loreto, in north-eastern Peru. There is no vaccine for dengue, a mosquito-borne viral disease. A senior Loreto health official, Hugo Rodriguez, says this dengue strain is known as the Asian-American variety, and unlike the American variety produces severe shock among victims. "It is a combination of both varieties," Mr Rodriguez said. Health officials in Iquitos, Peru's main city on the Amazon River located 1,000 kilometres north of Lima, has launched a fumigation program in an attempt to diminish the number of mosquitos. The virus can result in deadly fevers, especially among children: half of those killed were minors.

http://hisz.rsoe.hu/alertmap/woalert_read.php?cid=29493
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Qui 17 Fev 2011 - 13:09

17/02/2011
Ciclone "Carlos" faz estragos na Austrália

Os efeitos do ciclone "Carlos" já se começaram a fazer sentir na cidade de Darwin, no norte da Austrália. Nas últimas 24 horas, a quantidade de chuva provocada pela passagem do ciclone atingiu níveis inéditos na região. As inundações causaram estragos em dezenas de casas e de viaturas. Os ventos a rondar os 120 quilómetros/hora já derrubaram árvores e postes de electricidade. As autoridades encerraram as escolas e o aeroporto da região por causa da aproximação do ciclone "Carlos".

(Fonte: De olho no tempo, com informações Renascença)
http://www.deolhonotempo.com.br/?id=82-11619

Tropical Storm Public Advisory
Tropical cyclone (tc) 15s (carlos), located approximately 75 nm
south of Darwin, Australia, has tracked southwestward at 05 knots
during the past six hours. Animated multispectral satellite imagery
and radar imagery depict a rapidly weakening low-level circulation
center (LLCC) with disorganized convection near the center. Imagery
does continue to show an outer convective band persisting well north
of the center over water. Surface observations from Mango farm at
17/06z, approximately 10 nm west, indicate sustained winds of 20
knots and slp near 999mb. The current position is based on the radar
imagery with fair confidence. Tc 15s is forecast to continue
tracking southwestward along the northwest periphery of a low- to
mid-level subtropical ridge positioned over central Australia. The
available model guidance (nogaps, ECMWF, ukmo, WBAR, GFS and
gfdn) is tightly-clustered through the forecast period, therefore,
there is good confidence in this forecast. The system is expected to
track over, or just south of, the Joseph Bonaparte Gulf between tau
12 and 36, and will be monitored closely in the event that it
regenerates. This is the final warning on this system by the Joint
Typhoon Warning Center (navmarfcstcen). The system will be closely
monitored for signs of regeneration. Refer to tropical cyclone 13s
(bingiza) warnings (wtxs31 pgtw) for twelve-hourly updates. Refer to
tropical cyclone 16s (dianne) warnings (wtxs33 pgtw) for twelve-
hourly updates.//

Tropical Cyclone Carlos
http://www.wunderground.com/tropical/tracking/si201115.html#a_topad


Última edição por Yvytu em Ter 1 Mar 2011 - 12:16, editado 1 vez(es)

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Qui 17 Fev 2011 - 13:13

17/02/2011
Com 200 mm de chuva, pior tempestade da história é registrada em Sorocaba (SP)

Sorocaba teve ontem a pior chuva dos últimos tempos. O volume de água que caiu na cidade no período de cinco horas, entre às 17h30 e às 22h30, é calculado em 200 milímetros pela Defesa Civil. Várias regiões do município foram atingidas, com residências inundadas e ruas alagadas.

A avenida Dom Aguirre, mesmo com as obras de elevação das pistas, também sucumbiu frente ao poderio da chuva. Os dados oficiais serão informados somente hoje pelo coordenador da Defesa Civil, Roberto Montgomery. Oficialmente, entre às 17h30 e 19h30, havia chovido 100 milímetros na cidade.

Mas antes disso, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Sorocaba já tinha números alarmantes. Entre às 16h de anteontem e às 16h de ontem, havia chovido em Sorocaba 80 milímetros. Durante esse período de 24 horas, foi o maior volume de água que caiu no Estado de São Paulo, o segundo na região Sudeste e o quarto no país.

Mas o pior ainda estava por vir à noite. "Não dá para precisar se essa chuva é a maior das últimas décadas, mas certamente foi uma das maiores", diz Montgomery. A situação mais crítica foi registrada nos jardins Abaeté e Maria do Carmo. Tanto que o prefeito Vitor Lippi (PSDB) e vários secretários de governo estiveram no local para dar apoio aos moradores da região.

A secretária municipal da Cidadania, Mazé Lima, informou a criação de um posto de cadastramento no local para atender todos os desabrigados. Eles seriam levados a um abrigo da Prefeitura capacitado e com infraestrutura para atender até 80 pessoas. "Vou conversar com os moradores e dizer a importância de eles não ficarem aqui neste momento", diz.

Na avenida Dom Aguirre, seis pontos de alagamento foram identificados e as duas pistas precisaram ser interditadas pela Guarda Municipal. A praça Lions e a área abaixo da ponte Francisco Delloso ficaram completamente submersas. O córrego do Supiriri, próximo à ponte da linha férrea, parecia um mar com ondas devido ao volume de água.

O bairro Jardim Santa Rosália também sofreu pela ação do vento. Segundo Montgomery, o prefeito Vitor Lippi deve promover ainda hoje uma reunião emergencial com todos os secretários do governo para analisar os efeitos e as consequências da chuva na cidade.

A chuva mais uma vez paralisou uma das mais importantes vias de Sorocaba. E, dessa vez, a interdição foi praticamente completa. Seis pontos da marginal ficaram debaixo d"água e exigiram uma atenção especial da Defesa Civil da cidade.

Os alagamentos ocorreram nas proximidades das pontes de Pinheiros e Francisco Delloso, da praça Lions, da avenida São Francisco e do Parque das Águas. O que chamou a atenção foi o efeito que a chuva causou no córrego Supiriri, próximo ao encontro com o rio Sorocaba. Uma correnteza foi formada no local e o choque com a ponte provocou a formação de ondas semelhantes às do mar.

A água, por pouco, não passou sobre a via marginal. A área da praça Lions e abaixo da ponte da linha férrea, nas proximidades da Usina Cultural Ettore Marangoni, virou uma extensão do rio Sorocaba. Visualmente, a água deve ter chegado à altura de um metro na região. Uma das regiões mais críticas da avenida Dom Aguirre, localizada abaixo da ponte Francisco Delloso, também ficou totalmente submersa pela água.

(Fonte: De olho no tempo, com informações Jornal Cruzeiro do Sul)
http://www.deolhonotempo.com.br/?id=81-11614

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  estel em Qui 17 Fev 2011 - 13:31

As coisas estão diferentes aqui no sul também, um tempo que a gente não estava acostumada a ver.

Chuva sem parar uma semana e na outra vento forte em pleno fevereiro.

As noites são nubladas e as nuvens tem uma cor diferente.

Muito estranho.


Abraços,
Estel.

estel

Mensagens : 282
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Qui 17 Fev 2011 - 13:32

Avisos Meteorológicos Especiais - SANTA CATARINA
Aviso Meteorológico Especial Nº 11561

As condições meteorológicas sao favoráveis à ocorrência de acumulado de chuva significativo no Leste de SC, no período entre 12:00h, do dia 17/02/2011, às 24:00h do dia 18/02/2011.

CAPRE/INMET - BRASÍLIA - DF - BRASIL
http://www.inmet.gov.br/alertas/verifica_alertasX.php?regi=SANTA%20CATARINA

Chuva forte localizada em parte do Brasil
Estado de Atenção
http://www7.cptec.inpe.br/noticias/faces/noticias.jsp?idConsulta=16342&idQuadros=

Hoje (17/02) ocorrerá chuva forte localizada no extremo nordeste de SC, leste do PR, grande parte de MS e de SP (incluindo a Capital), extremo sul do RJ (região do Vale do Paraíba), sul de MG, Triângulo Mineiro, GO (principalmente o sul, oeste e norte do Estado), TO, PI, oeste e norte do CE, MA, PA (menores chances no noroeste do Estado), AP, AM, AC, RO e MT. No centro-leste e norte de SP, no sul do RJ e de MG e no Triângulo Mineiro, as chuvas poderão vir acompanhadas de granizo.

Amanhã (18/02) a chuva forte localizada deverá se concentrar principalmente no leste e norte do PR, grande parte de SP (principalmente o centro-oeste, norte e parte do cone leste (incluindo a Capital)), MS, sul, oeste e norte de GO, TO, MT, AC, RO, MA, sul de RR, PA, PA, MA, oeste e centro-norte do PI e noroeste do CE.

Ressalta-se que as pancadas fortes de chuva previstas para estas áreas de aviso deverão ser localizadas, porém acompanhadas de descargas elétricas, rajadas de vento e ocasional queda de granizo.

O impacto do fenômeno meteorológico previsto sobre uma determinada área dependerá, principalmente, do grau de vulnerabilidade da mesma. Por isso, o GPT recomenda entrar em contato com os centros de previsão de tempo dos diferentes Estados ou municípios.

Em situações de risco consulte a Defesa Civil.
http://www.defesacivil.gov.br/sindec/estados/index.asp

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Seg 21 Fev 2011 - 15:54

Moradores dos Lago Sul e Norte, Taguatinga, Samambaia e Paranoá sem luz

Leonardo Santos
Publicação: 20/02/2011 16:30 Atualização: 20/02/2011 18:31
Desde às 15h deste domingo, (20/2), moradores do Lago Sul e Lago Norte estão enfrentando um apagão de energia elétrica. Segundo o serviço de atendimento ao consumidor da Companhia Energética de Brasília (CEB), Taguatinga, Samambaia e Paranoá também ficaram sem luz, mas já tiveram o serviço reestabelecido.
No Lago Sul, uma ventania muito forte teria feito uma luminária encostar em um fio da rede de distruição e o fornecimento teria sido cortado de forma automático. Segundo a assessoria da CEB, as quadras 25 e 26 ficaram sem luz, mas moradores das quadras 23 e 28 também relataram problemas no fornecimento.

Por volta das 15h40 o sistema foi religado e, às 17h30, teria sido totalmente reestabelecido. Já no Lago Norte, um vendaval forte derrubou uma árvore sobre a fiação na QI 9, às 15h41. Os técnicos religaram o sistema às 17h24. De acordo com a CEB a equipe ainda trabalha no local da queda e a região ainda está sem luz.

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2011/02/20/interna_cidadesdf,238782/moradores-dos-lago-sul-e-norte-taguatinga-samambaia-e-paranoa-sem-luz.shtml
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Ter 22 Fev 2011 - 15:28

A tragédia no Sítio da Família Lima


O que era para ser um dia de diversão no Sítio da Família Lima no domingo acabou se transformando em tragédia. Bombeiros resgataram ontem o corpo do jovem estudante de Direito Breitner Bender, 22 anos, de Caxias do Sul. As equipes de socorro ainda buscam por Cristiana Reis, 20 anos, desaparecida desde o fim da tarde de domingo, quando uma forte enxurrada varreu a área de recreação entre Dois Irmãos e Sapiranga...

http://www.metsul.com/blog/

avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Ter 22 Fev 2011 - 15:32

21/02/2011
Forte chuva faz córregos transbordarem e derruba árvores em São Paulo (SP)


A chuva que atingiu a região metropolitana de São Paulo nesta segunda-feira deixou os bairros do Ipiranga e do Jaçanã em estado de alerta nesta tarde. Os córregos Ipiranga e Jaçanã e o rio Tamanduateí transbordaram deixando pontos intransitáveis de alagamento. Neste momento, não há mais estados de atenção na capital paulista, que chegou a registrar 42 pontos de alagamento e ventos de 97km/h, na zona norte. O aeroporto de Congonhas, na zona sul, ficou fechado das 14h19 às 15h, e faltou luz em alguns bairros. Segundo o Corpo de Bombeiros, a corporação recebeu pelo menos 181 chamadas relativas a queda de árvores por conta das chuvas em São Paulo. Às 18h, 39 já haviam sido atendidas, 22 estavam em atendimento e 120 ainda estavam pendentes. Em uma outra ocorrência, um desabamento provocado pelas chuvas na rua Santa Cruz do Rio Pardo, em Americanópolis, na zona sul, deixou duas pessoas feridas. Neste domingo, uma mulher foi atingida por um raio dentro do Parque Villa-Lobos, na zona oeste de São Paulo. Ela está internada em estado grave no Hospital das Clínicas, segundo informações da assessoria de imprensa do hospital. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 20h, a cidade tinha 57 quilômetros de lentidão, índice dentro da média para o horário.
Os pontos de maior lentidão estão no Corredor Norte/Sul, sentido Santana, do viaduto João Julião da Costa Aguiar até o viaduto São Joaquim (7,5 km); na avenida Vereador José Diniz, sentido centro, da rua da Fraternidade até a avenida dos Bandeirantes (4,3 km); no corredor Rebouças/Eusébio, sentido centro, da ponte Eusébio Matoso até a avenida Paulista (4,3 km); na avenida Paulista, sentido Paraíso, da avenida Doutor Arnaldo até a praça Oswaldo Cruz (2,7 km). Conforme o CGE, as instabilidades que atuam sobre a capital diminuiram e boa perte da cidade registra apenas chuva leve. Na Grande São Paulo, chove moderado somente nos municípios de Francisco Morato, Franco da Rocha, Caieiras e Santana de Parnaíba, como na imagem enviada pelo internauta Neno Gomes, de São Caetano do Sul. Às 14h25, o aeroporto de Congonhas registrou rajadas de vento de até 54 km/h. No Campo de Marte, os ventos chegaram a 45 km/h às 16h00. Em Guarulhos, as rajadas foram de 31 km/h às 14h50. Segundo o CGE, houve queda de granizo na região de Santana, próximo à estação de metrô Carandiru, por volta das 14h40. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), São Paulo registrou na zona norte a maior rajada de vento desde 2007. Ela alcançou 97 km/h. O registro foi feito por medidores no Mirante Santana...

http://www.deolhonotempo.com.br/?id=81-11675

avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Ter 22 Fev 2011 - 15:59

Indonésia: Cheias e Inundações Manado Medan (sem chuva), Sekampung ..

21 de fevereiro de 2011


TRIBUNNEWS.COM, Manado - Enchentes e deslizamentos em diversas áreas, mais uma vez bateu Manado. A intensidade da chuva que sobe alguns dias depois na cidade é um importante fator para a ocorrência do desastre.
A chuva que começou a cair desde às 13.00 horas, por exemplo, resultou em um pumukiman densamente povoadas Kelurahan Kecamatan Tanjung Ternate Singkil inundada. Água devido ao escoamento dos assentamentos Sangai traseiro atingido na coxa de adultos.
Mesmo assim, a inundação não fazer as pessoas querem mudar de lugar que ocupam hoje. Um número de residentes que dizem que cumpriu com sucesso o seu desejo de se estabelecer em áreas propensas a inundações a cada temporada punghujan chega.
"Queremos mudar porque nda kampung Tanjung Amor I Love Cabo", disse Astuti (28) wartga Village Ternate Tribuna do Cabo, quando encontrado em sua casa na noite de segunda (2011/02/22). Acendeu a lâmpada, Astuti só pode lamentar a casa que foi ocupada por três famílias quase cheia de água estagnada. "Cada filho é assim, a água sobe no rio", disse Astuti, enquanto desfruta de um cigarro.
Outro caso sofreu Nanangkong Yancey (57) Chefe do ambiente local de cada enchente chegou, ele estava sempre fora do assentamento moradores para garantir que todos os moradores estão em uma condição segura.
"Toda vez que a chuva ea inundação como este muitas vezes entrou no beco, as casas dos cidadãos para exortar as comunidades de evacuar por causa das inundações", disse Pala Yancey. O trabalho nunca fez se sentir cansado, mesmo aqueles que ele tinha apreciado o seu trabalho. "Nunca se sentir entediado, porque isso é natural", acrescentou, melhorando a pendampingnnya guarda-chuva para acompanhar os moradores. Por vestindo roupas em verde chuva manakalah Yancey noz-moscada, quando a água estava tão preocupado com a maior ainda existem pessoas que não se apressaram meinggalkan sua casa ", geralmente eles estão ocupados bens ketemapt poupança que são seguros", disse ele.
O destino de samam também menimpah Taengetan familiar casa Wobba água que inundou suas casas alcançou o grau de 1 metro Diding sala.
"Felizmente, todos estão na casa foram levadas para um lugar mais seguro", disse Yancey Taengetan. Enquanto a esposa e quatro pessoas estão no chão casa anknya II. "Propositadamente construídos dois pisos, porque se a inundação chegou a evacuar para o topo", acrescentou. Ele acrescentou que essa condição ainda é um pouco mais seguro em comparação com dezembro último, a água que inundou a casa era perto do telhado. "A água que se eleva logo após Sorem maghrib", disse. Com estas condições Yancey Taengetan juntamente com outros moradores que não estão dispostos a dormir durante a noite para se proteger contra os riscos de inundação que vai bater.
300 casas estão inundadas adanyan esperar uma mão de ajuda de governo da cidade de Manado, uma vez que a maré baixa, geralmente depois que a comunidade é frequentemente criticada por vários tipos de doenças. "Coceira, diarréia e febre é uma doença que nos atacaram." Taengetan Yancey disse. Além disso, o abastecimento de água potável é necessária para suas necessidades diárias ", água potável e para a entrada estava sujo, por isso precisa de água limpa", acrescentou. Mesmo aqueles waraga local freqüentemente inundados ferramenta muito membtuhkan para escoar os restos de água estagnada. "Até agora não temos os meios para aspirar a água e lama", disse ele.
Entretanto, de acordo com Yancey noz-moscada, até agora não houve mortes resultantes de inundações. "Somente a perda de material e lotes de animais de estimação mortos", disse ele. Governo da cidade de Manado, que tomar uma posição com o incidente, que é derramado por meio de uma mensagem curta através do vice-prefeito massenger BlackBerry de Manado Mangindaan Harley ação direta. "Entrei em contato com todos os chefes de sub-distrito e apoiá-los diretamente", disse o Ai no BBMnya. Na verdade, ele menghimbua para aqueles que ainda localização tiggal inundáveis a deixar imediatamente o local. "Se eles querem se mover", acrescentou.
Mesmo a partir Tribune pantuan, localizado sobre a falésia deslizamentos estrada Martadinata experientes, resultando em impedimento de acesso dos moradores de liquidação.
http://www.tribunnews.com/2011/02/21/banjir-dan-longsor-kembali-ter ...

* Histórico de Manado, na Indonésia
Semana de 20 fevereiro de 2011 através
MAX-7.0cm
AVG 2,9 centímetros
MIN-0,0 centímetros
SUM-8,71 centímetros
http://www.wunderground.com/history/airport/WAMM/2011/2/21/WeeklyHi ...
^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
Inundações Medan

Fevereiro 2011



Medan - A cidade de Medan é a terceira maior cidade da Indonésia depois de Jacarta e Surabaya. Medan City ainda é mempuyai problemas em lidar com os problemas de inundações.
A razão pela qual, a cada chuva caía quase todas as ruas principais da cidade inundada de Medan.
Vice-presidente da Câmara dos Representantes (DPRD) de Medan, Ikhrimah Hamidy, disse que 70 por cento dos problemas causados pelas enchentes em Medan lixo da cidade que se acumulam no drenagem. Além disso, a gestão do orçamento e reabilitação das infra-estruturas de drenagem não é significativa. "Olha, inundação pouca chuva direto", disse, esta tarde.
Ikriman disse que o trabalho de drenagem pengorekkan na cidade de Medan para esta ausência de coordenação com o Governo da Província de Sumatra do Norte (Pemprovsu) e no centro, por isso os resultados não são satisfatórios.
Pode ser visto o número de águas estagnadas em áreas urbanas. Condições que indicam os governos locais não têm trabalhado bastante máximo.
"Como resultado, o trabalho de drenagem parecer um desperdício de orçamento. A falta de coordenação faz com que o trabalho não era ideal para isso", disse Ikhrimah.
Além disso, acrescentou Ikriman, as inundações também causaram não aplicação da lei específica. Embora tenha havido regem lixo ninguém vai ser multado Rp Rp 1 a 5 milhões, mas não está funcionando.
http://www.waspada.co.id/index.php?option=com_content&view=arti ...

* Histórico de Medan, na Indonésia
Mês de fevereiro de 2011

SEM CHUVA!
http://www.wunderground.com/history/airport/WIMM/2011/2/22/MonthlyH ...
^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
Moradores da região selvagem Surpreendido Sekampung Noite Rob Atacado Flood
21 de fevereiro de 2011
Centenas de casas em Rimba Sekampung, Distrito de West Dumai, Dumai, Riau, submerso em água de enchentes ou roubar a enchente. Inundações roubar casas inundadas normalmente na parte da manhã, desta vez chegando à noite.
Além inundando centenas de casas, inundações roubar também absorver todas as estradas principais nestas aldeias, como a jaca Road, glória Jalan Budi, ea rua semelhante a jaqueira. Muitos veículos não pode passar e até mesmo greve no meio da estrada.
Rob Inundações na noite este é o primeiro evento na cidade de Dumai. Os níveis de água variam de 30 centímetros a 60 centímetros. Moradores estão agora a aumentar a vigilância, com medo de enchente aumenta elevação roubar novamente.
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Ter 1 Mar 2011 - 12:20

Após catástrofe, chuva forte de 125 mm volta a provocar estragos e morte em Petrópolis (RJ)

Homens do Corpo de Bombeiros de Petrópolis encontraram na madrugada desta terça-feira (1º) o corpo de um homem vítima da chuva que caiu sobre Corrêas, distrito da cidade, na Região Serrana do Rio. De acordo com a Defesa Civil do Município, agentes o avistaram quando as águas do Rio Piabanhas começaram a baixar. A vítima teria sido arrastada pela correnteza. Ainda segundo o órgão, da noite de segunda até esta manhã, foram registrados 69 chamados e 125 mm de chuva. As regiões mais atingidas foram Cascatinha, Estrada da Saudade, Itamarati e Corrêas, com deslizamentos de terra e alagamentos. De acordo com a Companhia Petropolitana de Transportes (CPTrans), o trecho da Estrada União e Indústria está em meia pista. O panorama é o mesmo na Estrada Volta da Curuba, por causa de uma queda de barreira, e o acesso da Estrada Machado Fagundes com Estrada da Saudade está interditada. Está em meia pista também o acesso ao Monte Florido, devido a um deslizamento de terra. Técnicos da Defesa Civil pedem que, em caso de chuva forte, a população que mora em áreas de risco deixem as casas e procurem um local seguro. As chuvas de 11 de janeiro deixaram mais de 900 vítimas na Região Serrana.

Desde a noite de segunda até esta terça, órgão registrou 69 chamados.

01/03/2011

Fonte: De olho no tempo
http://www.deolhonotempo.com.br/?id=81-11764

Com informações G1
http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/chuvas-no-rj/noticia/2011/03/homem-morre-em-petropolis-apos-nova-chuva-na-regiao-serrana-do-rj.html

================================================
O Rio de Janeiro, O Sul de MG, a Zona da Mata Mineira, o Triângulo Mineiro, o vale do Rio Doce e o ES, seguem em alerta para chuvas fortes.

Em Xerém (RJ), choveu de forma muito intensa de ontem para hoje. Segundo o INMET foram acumulados quase 200 milímetros.

Chuva em áreas do RJ
Nesta manhã de terça-feira (01/03), são observadas nuvens entre baixas e médias em grande parte do RJ. No começo da manhã houve registro de chuva apenas em Campos, nordeste do RJ. Ressalta-se que ontem (28/02) em apenas uma hora (entre 16 e 17 horas) acumulou 89 mm em Xerém (EMA INMET) região serrana a sul de Teresópolis. O acumulado em 24h, nesta mesma plataforma de coleta de dado, chegou a 187 mm na segunda-feira. Este valor é aproximadamente 53% da média para o mês de fevereiro que é de 350.4 mm, e o maior valor de chuva registrado no período 1960 - 1990. Na ocasião, no ano de 1966, o acumulado registrado foi de 132 mm. A previsão para o RJ é de um dia de chuva. Devido a posição da zona de convergência de umidade sobre o norte do RJ, esta área tem maior probabilidade de acumulados significativos de chuva. No entanto, devido a possíveis variações na previsão, ainda estamos em atenção quanto a chuvas fortes em toda a área serrana do Estado. A tendência é de que as chuvas continuem nos próximos dias no estado do RJ.

Recomenda-se acompanhar as atualizações da previsão nos próximos dias e entrar em contato com a Defesa Civil a fim de averiguar o grau de vulnerabilidade e os riscos de cada região.

Atualizado em 01/03/2011 10:12
http://www7.cptec.inpe.br/
================================================
Forte instabilidade no RJ E MG

Pancadas de chuva na região de Petrópolis – RJ

Uma frente fria que avança pelo Rio de Janeiro forma as nuvens carregadas que nesta tarde provocam pancadas de chuva de moderada a forte intensidade na região de Petrópolis.



Esta semana (28/02 a 04/03) um novo episódio da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) se formará entre o Atlântico, a Região Sudeste, Região Centro-Oeste e o sul da Região Norte.

Nesta área poderão ocorrer chuvas com acumulados significativos. Entre a tarde e noite desta segunda-feira (28/02) estes acumulados ocorrerão entre o cone leste e nordeste de SP, áreas serranas e centro-norte do RJ, e sul de MG, incluindo a Zona da Mata.
http://www7.cptec.inpe.br/noticias/faces/noticias.jsp?idConsulta=16...



Aviso Meteorológico Especial
Entre a tarde e noite desta segunda-feira (28/02) ocorrerão acumulados significativos de chuva entre o cone leste e nordeste de SP, áreas serranas e centro-norte do RJ, e sul de MG, incluindo Zona da Mata.

Amanhã (01/03), a chuva intensa deverá se concentrar entre o RJ, sul de MG e Zona da Mata, e centro-sul do ES. No decorrer deste dia, a intensidade da chuva deverá diminuir no RJ e extremo sul de MG.

Ressalta-se que o impacto do fenômeno meteorológico previsto sobre uma determinada área dependerá, principalmente, do grau de vulnerabilidade da mesma. Por isso, o GPT recomenda entrar em contato com os centros de previsão de tempo dos diferentes Estados ou municípios.

Em situações de risco consulte a Defesa Civil.
http://www.defesacivil.gov.br/sindec/estados/index.asp

Fonte
#Alerta199 "Após catástrofe, chuva forte de 125 mm volta a provocar estragos no #RJ" no Ecovilas Brasil: http://ning.it/dTj9XI

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Ter 1 Mar 2011 - 12:29

Zona de Convergência do Atlântico Sul ainda provocará volumes significativos de chuva entre o Sudeste e Centro-Oeste

Estado de Atenção
Nesta terça-feira (01/03), há condições para chuva forte, com acumulados localizados, no extremo norte do PR, grande parte de SP (exceto o sul e litoral), capital paulista, RJ (com maiores chance no centro-norte e áreas de serra), centro-sul do ES, MG (exceto o norte e nordeste), extremo oeste e noroeste da BA, faixa oeste dos estados da PB e do RN CE, PI, MA, PA (exceto o noroeste), grande parte do AM, AC, RO, MT (com menores chances no oeste), MS, grande parte de GO (incluindo o DF).

Entre segunda-feira (28) e hoje os maiores acumulados ocorreram entre o leste de SP e RJ (principalmente áreas de serra). O volume de chuva nesse período foi de 182,0 mm em São Paulo (Mirante de Santana) e 187,0 mm em Xerêm-RJ (INMET). Devido ao posicionamento da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) neste dia, há maiores chances para acumulados significativos de chuva entre o centro-norte do RJ, sul do ES e leste de MG (região da Zona da Mata Mineira e Vale do Rio Doce). Por isso recomenda-se à população residente em áreas de risco, como em encostas e regiões próximas a rios e córregos, sujeitas a deslizamento de terras e alagamentos, entrar em contato com a Defesa Civil a fim de averiguar a vulnerabilidade e os riscos de cada região.

Haverá chuva forte com temporais localizadas no MS, que deverão vir acompanhados de muitos raios e rajadas de vento.

Na quarta-feira (02/03) as chances de chuvas fortes serão maiores no estado de SP (exceto no sul), RJ (com maiores chance no centro-norte e áreas serranas), centro-sul do ES, MG (exceto o nordeste), oeste e noroeste da BA, faixa oeste dos estados de PE e PB, CE (com menores chance no norte), PI, MA, PA (exceto o noroeste), AP (principalmente o leste) grande parte do AM, AC, RO, MT, MS, grande parte de GO (incluindo o DF).

Em situações de risco consulte a Defesa Civil.
http://www.defesacivil.gov.br/sindec/estados/index.asp

ECOVILAS BRASIL
http://ecovilas.net.br/



Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Ter 1 Mar 2011 - 12:44


ALERTA! REGIÃO SERRANA NO RJ.
Devido ao posicionamento da Zona de Convergência do Atlântico Sul HOJE há chances de muita chuva


Em situações de risco consulte a Defesa Civil.
http://www.defesacivil.gov.br/sindec/estados/index.asp

ECOVILAS BRASIL
http://ecovilas.net.br/


.

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Ter 1 Mar 2011 - 12:58

Deslizamento de terra assusta moradores da Região Serrana do Rio

Um deslizamento de terra na Estrada da Saudade, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, assustou moradores do local, na noite desta segunda-feira (28). Uma casa foi atingida, mas segundo o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido. Chove forte na região.

Equipes de socorro estão nas ruas para retirar moradores que estão ilhados dentro de suas casas, carros e ônibus. Mais cedo, bombeiros informaram que o Rio Piabanha, que corta a cidade de Petrópolis, transbordou em alguns locais. Técnicos da Defesa Civil pedem que, em caso de chuva forte, a população que mora em áreas de risco deixem as casas e procurem um local seguro.

As chuvas de 11 de janeiro deixaram mais de 900 vítimas na Região Serrana.

http://glo.bo/fxtI3i

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Milhões de peixes aparecem mortos em porto da Califórnia 08 de março de 2011 Milhões de peixes mortos apareceram mortos ontem (07) numa área portuária da Califórnia, nos EUA. Em alguns pontos, não se consegue, sequer, ver a água.

Mensagem  Angel em Qua 9 Mar 2011 - 21:30

Milhões de peixes aparecem mortos em porto da Califórnia
08 de março de 2011


Milhões de peixes mortos apareceram mortos ontem (07) numa área portuária da Califórnia, nos EUA. Em alguns pontos, não se consegue, sequer, ver a água. Veja o vídeo abaixo.

As autoridades de Redondo Beach estão investigando as causas da morte desses milhões de peixes nas águas da marina de King Harbour.

“Basicamente, há peixe por todo o lado do porto”, disse Jason McMullin, diretor adjunto do Kings Harbour, em declaração ao Los Angeles Times.

Uma das hipóteses diz que uma maré vermelha, fenômeno natural originado por algas, pode ter empurrado as anchovas para o porto, onde morreram por falta de oxigênio na água, aventou Jason McMullin.

Segundo o jornal californiano, funcionários dos serviços sanitários de Redondo Beach foram enviados para o local para investigar as causas da morte dos peixes.. Veja o vídeo abaixo.

As autoridades de Redondo Beach estão investigando as causas da morte desses milhões de peixes nas águas da marina de King Harbour.

[b]
avatar
Angel

Mensagens : 85
Data de inscrição : 11/11/2010
Localização : Sáo Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdas nas lavouras de soja já atingem R$ 145 milhões em MS

Mensagem  Angel em Qua 9 Mar 2011 - 21:32

09 de Março de 2011 - 12:58
Perdas nas lavouras de soja já atingem R$ 145 milhões em MS
Dourados News

A chuva intensa ameaça novo recorde na safra de grãos em Mato Grosso do Sul, que poderia chegar a 10,042 milhões de toneladas neste ano. Nos últimos dias, produtores rurais contabilizam perda de 3% a 4% das lavouras de soja, que pode representar prejuízos de aproximadamente R$ 145 milhões. E se o tempo chuvoso continuar, o setor prevê que até 20% da produção poderá apodrecer no campo por falta de condições para a colheita da oleaginosa.

De acordo com o presidente da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja), Almir Dalpascoale, os agricultores estão em alerta máximo desde quinta-feira. “Se continuar chovendo amanhã (hoje), vamos acender o sinal vermelho, preto, e podemos perder tudo (que está pronto) para colher”, afirmou. Ele estima que cerca de 15% a 20% da soja está pronta para colher no Estado.

A situação é considerada dramática nos principais municípios produtores do Estado. Em Sidrolândia, segundo o presidente do Sindicato Rural, Osório Luiz Straliotto, 30% da soja está em condições de ser colhida. Ontem, ele estimou que metade já se perdeu. “50% já está germinando na vagem, que já abriu com a chuva e brotou com a umidade”, contou, alarmado após fazer uma vistoria com técnicos da Agência Estadual de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer).

“Nunca aconteceu nada nesta proporção”, lamentou o dirigente, que deve se reunir com o prefeito para pedir a decretação de estado de emergência. Straliotto contou que a situação se repete em toda a região. “Teve gente que viajou para Ponta Porã e viu a mesma situação”, contou, sobre a chuva constante nos últimos quatro dias no Estado.

O presidente do Sindicato Rural de Dourados, Marisvaldo Zeuli, afirmou que o risco de perder a soja na região é grande, mas ainda não constatou perda de parte da lavoura. “Se a chuva não der trégua, tem risco de perder”, afirmou.

PREJUÍZOS

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) previa novo recorde da safra de grãos neste ano em Mato Grosso do Sul, com a histórica marca de 10,042 milhões de toneladas. No entanto, a chuva em excesso ameaça os cultivos de milho e soja, que respondem por 94% da produção de grãos no Estado.

O órgão prevê a colheita de 5,687 milhões de toneladas de soja nesta safra. No entanto, somente com o atraso na colheita, Dalpascoale estima que a perda atinge de 3% a 4% da oleaginosa, o que significa perda de 170 mil a 227 mil toneladas de grãos. Só na comercialização das sacas não colhidas, que apodreceram no solo, o prejuízo ao produtor é de R$ 125 milhões a R$ 166,8 milhões. Se fosse comercializado com o exterior, o prejuízo somaria US$ 53 milhões.

E a situação poderá ficar pior se a perda atingir de 15% a 20% da soja em condições de colheita. A perda oscilaria entre 853 mil a 1,13 milhão de toneladas do grão.

O atraso na colheita da soja compromete a segunda safra do milho, que responde por 92% da produção do grão no Estado (3,7 milhões de toneladas).
[b]
avatar
Angel

Mensagens : 85
Data de inscrição : 11/11/2010
Localização : Sáo Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Sab 12 Mar 2011 - 17:20



Alerta para formação de ciclone na costa brasileira - SOMAR Meteorologia

[ATUALIZADO EM 12/03 ÀS 8H20]

Não há muitas mudanças em relação ao boletim anterior. Os modelos atmosféricos estão divergindo quanto à velocidade, posicionamento e direção do ciclone, mas parecem indicar que o sistema vai ficar um pouco mais distante da costa do Espírito Santo na segunda-feira (14), com tendência de deslocamento para mar aberto. Ainda não há certeza da formação propriamente dita de furacão, nem de seu comportamento. Vale lembrar que o fenômeno é tão raro no Atlântico sul que ainda é de difícil prognóstico.

INDEPENDENTEMENTE DA FORMAÇÃO OU NÃO DESTE FURACÃO, ESTAMOS ATENTOS AOS TEMPORAIS DO BRASIL E CHAMAMOS A ATENÇÃO PARA A OCORRÊNCIA DE ELEVADO ACUMULADO DE CHUVA E VENTOS FORTES NOS ESTADOS DA BAHIA, MINAS GERAIS, RIO DE JANEIRO E ESPÍRITO SANTO NO DECORRER DO FIM DE SEMANA.

Fique atento para as próximas atualizações do boletim.
http://ecovilas.net.br/profiles/blogs/alerta-para-formacao-de


Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Sab 12 Mar 2011 - 20:00

Último best track indica baixa pressão na costa do ES ainda como depressão tropical, situada mais ao Sul, vento de 30KT e pressão em queda.

Insiste-se que maior preocupação com este sistema é chuva intensa (até localmente extrema) em partes do RJ, ES e BA. Possíveis inundações.

Forte ciclone extratropical se formará a Leste de Buenos Aires. Muito vento amanhã em Mar del Plata e na região do Rio da Prata.
Ciclone impulsionará ar frio para o RS. Chegada do ar frio pode ocorrer com rajadas de vento Sul amanhã. Possível ressaca na orla gaúcha.

A PROJEÇÃO É PARA ESTE DOMINGO. DA COSTA DE MAR DEL PLATA, URUGUAI E EXTREMO-SUL DO RS, CONDIÇÕES DE VENTO COM RAJADAS ACIMA DOS 70/90 Km.

NÃO CONVÉM A NAVEGAÇÃO NESTA ÁREA. NO SUL DO RS AS RAJADAS PODEM FICAR NOS 60/80 Km, MAIS NA REGIÃO DO CHUÍ. NA SEQUÊNCIA VEM FRIO P/O RS.

#Alerta199 Alerta meteorológica nivel naranja vigente "Tormentas fuertes principalmente en el SW do Uruguay "
http://bcpsalto.blogspot.com/

MetSul Meteorologia
http://www.metsul.com/blog/

No twitter - metsul
http://twitter.com/metsul

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum