MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Dom 13 Mar 2011 - 2:32

Pois é mais uma vez figurinhas repetidas no pedaço, sabe o que mais me aborrece?

Não é uma novo formação de furacão no hemisfério Sul, mas a sempre falta de competência e informações claras por parte de muitos profissionais da área e dos meios de comunicações.

Acabei de assistir um "noticiário de rede nacional", que afirmava, sim é isso mesmo, afirmavaaaa, que a formação na costa brasileira é apenas um "Ciclone extratropical". Aff!!!!!!!!!

Bom vamos lá, deixe-me ajudar um pouco:

a) Ciclone extratropical, só se forma em latitudes de 23 a 66 graus, ou seja fora dos trópicos, se bem me lembro o Estado do ES esta acima do trópico de capricórnio, portanto, ops...alguém errou de novo, é uma área tropical, portanto o ciclone tem que ser tropical.

b) Ciclone extratropical sempre existiu no hemisfério sul, é o que antes chamavamos ou ainda chamamos aqui no sul de "Frente Fria", lembram? Pois é, é isso mesmo, o extra envia o vento, sai de uma área de pressão alta (temperatura baixa). O tropical se forma em uma área de pressão baixa ou seja de temperatura alta, este sim é um furacão. Esta é a grande diferença entre ambos.
Repito:

Um envia o vento (pressão Alta)=CICLONE EXTRATROPICAL=FRENTE FRIA.
o outro recebe o vento (pressão Baixa)= CICLONE TROPICAL= FURACÃO.

c) Outro detalhe, um furacão "sempre" sem excessão só se forma no oceano, por causa da alta das temperaturas das águas que por sua vez irá evaporar grande quantidade de água que dará origem a um furacão.

"Portanto... se contarmos de sua formação até atingir o trajeto que costuma percorrer do oceano até continente , teremos por ai alguns dias para nos prepararmos."

Ai vem meu protesto: A defesa civil tem que perder o medo contínuo de errar, e começar a preparar a população para fatos "reais" que rondam nosso país. Vejam vcs segundo fonte norte americana, é fato o Brasil ter se tornado um corredor de furacão.

Digo isso, pq no furacão Catarina, eu estava presente e fui mais vitima do que alguém com conhecimento presenciando o primeiro furacão do hemisfério sul.

Fomos abandonados por todos os órgãos públicos, enfrentamos o furacão catarina, com mais sorte do que coragem. Mas ai eu paro e penso:

-Até quando a sorte estará do nosso lado?



Forte braço... e que Deus continue nos ajudando
até aprendermos a nos organizarmos melhor.



Prof. Jackie

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Dom 13 Mar 2011 - 16:03

Dois modelos sugerem furacão no Atlântico Sul
ALERTA DO NOOA PARA AS COSTAS DO RIO DE JANEIRO E ESPÍRITO SANTO

A instabilidade aumentou muito nas últimas horas no litoral do Espírito Santo e foram registrados volumes muito elevados de precipitação em algumas localidades com danos e transtornos para a população. Acumulados de até 100 milímetros foram registrados. Em Vitória, a chuva da tarde que se prolongou até a noite deste sábado causou inúmeros pontos de alagamentos (reprodução do jornal Gazeta).

A instabilidade segue muito desorganizada na área onde se encontra a depressão tropical 90Q, mas nas últimas 12 horas a convecção aumentou significativamente na região, o que é crucial para a gênese de um ciclone de natureza tropical. Der acordo com o último best track disponível para este sistema e atualizado agora à noite, a depressão tropical está agora a 20º de latitude Sul e 40,2º de longitude Oeste com pressão de 1006 hPa, 1 hPa mais alta que durante a tarde do sábado e ainda com vento estimado em 30 nós.

Os modelos globais seguem indicando a tendência deste sistema se intensificar durante este começo de semana à medida que se afasta da costa. O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) está rodando o modelo GFDL – desenhado para acompanhar ciclones tropicais – a fim de monitorar esta depressão tropical na costa brasileira e, pela última rodada, da tarde do sábado, a trajetória é de afastamento do litoral brasileiro ao longo da semana.

O deslocamento deve ser razoavelmente lento deste sistema, o que vai permitir que ele se intensifique ao avançar sobre águas mais quentes. Estando corretos os modelos e o centro de baixa pressão se deslocando para Leste, ele passará por uma região do Atlântico Sul em que a temperatura da superfície do mar está entre 28ºC e 29ºC, valores de TSM mais do que suficientes para suportar um ciclone tropical.

Há modelos que não intensificam muito esta área de baixa pressão na costa capixaba, mas o problema é o conjunto de modelagem numérica que sinaliza o oposto, intensificação e importante deste sistema no Atlântico Sul. Dois modelos, em particular, foram bastante agressivos em suas últimas saídas, o global GFS e o GFDL. Ambos indicaram o potencial deste sistema adquirir status de furacão no Atlântico, mas a uma grande distância da costa do Brasil (área assinalada em vermelho).

O GFS chegou a projetar vento consistente com um furacão categoria 1 na escala Saffir-Simpson entre terça e quarta-feira enquanto o GFDL (projeção abaixo) indicou potencial até para um furacão no limite das categorias 1 e 2 (semelhante ao que se viu no Catarina no instante que chegou à costa em 28/3/2004) para dentro de 126 horas após a inicialização da tarde deste sábado, ou seja, para a noite de quinta-feira.

A expectativa é que este ciclone comece a ficar mais definido nas próximas 48 horas e que entre terça e quinta-feira, em mar aberto, esteja mais intenso e com possível status de tempestade tropical. As soluções apresentadas pelos modelos GFS e GFDL, contudo, não podem ser desprezadas. A grande questão até que ponto este sistema pode se organizar e se intensificar no Atlântico Sul. Não se tem um histórico para avaliação de performance de modelos neste tipo de sistema na região, mas no caso do Atlântico Norte há tendência observada do GFDL superestimar não raro em suas projeções a intensidade dos sistemas (leia trabalho). Mais do que isso, mesmo no Atlântico Norte, onde tais modelos têm skill conhecido, é alta a incidência de erros em trajetória e magnitude, o que faz com que o NHC em seus prognósticos trabalhe com o conceito de "cone de incerteza".

A grande preocupação, a MetSul Meteorologia insiste, é chuva forte associada ao sistema neste começo de semana no Sudeste do Brasil, especialmente concentrada no Norte do Rio de Janeiro e no Espírito Santo. Seguem as condições favoráveis para volumes até extremos com risco de alagamentos ou até mesmo inundações severas localizadas. Se um ciclone tropical mais intenso se formar, conforme todos os modelos que projetam este cenário, tal condição se verificaria em mar aberto a uma maior distância da costa, o que é perigoso para a navegação transcontinental ou interesses situados em mar aberto como plataformas de petróleo. O avanço de ar mais frio e de alta pressão pelo Leste do Sul do Brasil tende a impedir uma trajetória deste sistema em direção ao litoral do Sul, logo não se vislumbra de momento risco para as costas gaúcha, catarinense e paranaense.

Ao contrário do que alguns meios têm informado, apenas um furacão se formou até hoje no Atlântico Sul na era observacional. Foi o Catarina de março de 2004 que atingiu os litorais do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Tempestades tropicais, ou seja, ciclone tropical em estágio anterior a furacão (65-120 km/h), já ocorreram em maior número. Em abril de 1971 um sistema tropical se formou na costa de Angola que muitos consideram ter sido uma tempestade tropical. Outra foi observada a cerca de 300 quilômetros a Sudeste de Salvador na Bahia em janeiro de 2004. Em fevereiro de 2006, tempestade tropical atuou na costa do Sul do Brasil e o vento máximo teria atingido até 100 km/h em mar aberto. E, em março de 2010, sob temperatura em níveis recordes de temperatura da superfície do mar no Atlântico Sul, formou-se uma muito bem organizada tempestade tropical na costa do Sul do Brasil que foi designada Anita. Apesar de não ser possível afastar que mudanças climáticas possam estar contribuindo para maior incidência deste tipo de fenômeno, o mais provável é que a crescente atenção que vem sendo dada a fenômenos desta natureza esteja gerando uma percepção de aumento de sua freqüência.

Autor: Luiz Fernando Nachtigall
Publicado em 13/03/2011 03:43
http://www.metsul.com/blog/

[ATUALIZADO EM 13/03 ÀS 8H]

Mais uma vez os modelos atmosféricos apontam a formação de ciclone que se forma no norte do Espírito Santo entre na madrugada entre domingo e segunda-feira, afastando-se da costa ao longo da segunda-feira com tendência de deslocamento para mar aberto. Na tarde de segunda-feira, a pressão chega a 999hPa em seu centro. Ainda não há certeza da formação propriamente dita de furacão, nem de seu comportamento. Vale lembrar que o fenômeno é tão raro no Atlântico sul que ainda é de difícil prognóstico.


INDEPENDENTEMENTE DA FORMAÇÃO OU NÃO DESTE FURACÃO, ESTAMOS ATENTOS AOS TEMPORAIS DO BRASIL E CHAMAMOS A ATENÇÃO PARA A OCORRÊNCIA DE ELEVADO ACUMULADO DE CHUVA E VENTOS FORTES NOS ESTADOS DA BAHIA, MINAS GERAIS, RIO DE JANEIRO E ESPÍRITO SANTO. ALERTA-SE AINDA PARA AGITAÇÃO MARÍTIMA ENTRE A COSTA DO ESPÍRITO SANTO E DO RIO DE JANEIRO A PARTIR DE HOJE. EM ALTO-MAR, O RISCO É MAIOR; ATENÇÃO PARA BACIAS PETROLÍFERAS, PESCA OU NAVIOS EM VIAGEM.


Há uma dúvida quanto à ocorrência de mais tormentas como esta no Atlântico Sul do que Anita (2010) e Catarina (2004) nos últimos anos; entretanto, apenas estas duas, pelo seu local de formação, trajetória e efeitos é que foram mais conhecidas pelo público e mais estudadas pelos especialistas. Vale lembrar que áreas de baixa pressão comuns são extremamente corriqueiras no Brasil. Hoje, domingo, várias delas atuam sobre o território brasileiro e favorecem chuva. Porém, a evolução de uma área de baixa pressão num sistema como um furacão na costa do Sul e Sudeste do País continua sendo extremamente raro.

Fique atento para as próximas atualizações do boletim.

Equipe Somar Meteorologia
Compartilhe esta notícia:

=============================================================

AGORA O ALERTA DO NOOA PARA AS COSTAS DO RIO DE JANEIRO E ESPÍRITO SANTO


Anthonio: Eu, um cidadão qualquer, raciocino o óbvio:

"Se há boletins de alertas, não só do SOMAR METEOROLOGIA, mas também do NOOA que é a maior referência mundial no assunto, IMEDIATAMENTE os governos municipais, estaduais e federal junto à imprensa brasileira, deveriam anunciar para que os cidadãos destas regiões tivessem os devidos cuidados."

Não falo de evacuação, mas sim um alerta para embarcações, banhistas e todos que estão próximos ao mar.

Da mesma maneira ocorreu com a região serrana (CLIQUE AQUI para ver a notificação enviada a Teresópolis) e as autoridades não deram a devida atenção às notificações de alerta que receberam com ANTECEDÊNCIA, e todos sabemos no que deu.
http://www.brasil-link.org/PERGUNTAS%20QUE%20N%C3%83O%20PODEM%20SER%20CALADAS.htm

Segue abaixo o alerta do NOOA:

SOUTH AMERICA FORECAST DISCUSSION - INTERNATIONAL DESKS
NWS HYDROMETEOROLOGICAL PREDICTION CENTER CAMP SPRINGS MD
1244 PM EST FRI MAR 11 2011

GFS DATA AT FTPPRD.NCEP.NOAA.GOV/PUB/DATA/NCCF/COM/GFS/PROD/
http://ftpprd.ncep.noaa.gov/PUB/DATA/NCCF/COM/GFS/PROD/

SPECIAL STATEMENT...MODELS CONTINUE TO SHOW RISK OF WARM CORE
CYCLOGENESIS OFF THE COAST OF RIO DE JANEIRO/ESPIRITO SANTO

THROUGH SUNDAY-MONDAY. THE NAVY HYDROGRAPHIC CENTER-BRAZILIAN
NAVY (SMM)...IN COORDINATION WITH THE NATIONAL INSTITUTE OF

METEOROLOGY (INMET)...WILL ISSUE THE NECESSARY ADVISORIES. THIS
SYSTEM HAS THE POTENTIAL TO PRODUCE EXCESSIVE RAINFALL AMOUNTS

ACROSS MINAS GERAIS-RIO DE JANEIRO AND ESPIRITO SANTO.

Aviso especial... os modelos da NOAA continuam mostrar risco de ciclogênese com centro aquecido ao longo da costa do Rio de Janeiro/Espírito Santo de domingo à segunda. O Centro Hidrográfico Naval da Marinha Brasileira (SMM).... em coordenação com o Instituto de Meteorologia (INMET)... irão divulgar os avisos necessários. Este sistema tem o potencial de produzir quantidades excessivas de preciptação pluviométrico ao longo dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo.


MODEL COMPARISON (VALID FROM 00UTC MAR 11): THE GLOBAL MODELS
CONTINUE TO SHOW FAVORABLE UPPER ENVIRONMENT DURING THE NEXT FEW
DAYS...TO FAVOR WARM CORE CYCLOGENESIS OFF THE COAST OF ESPIRITO
SANTO. THE GFS REMAINS THE MOST AGGRESSIVE WITH THIS DEVELOPMENT/

EVOLUTION...WHILE THE UKMET PROJECTS A SLOWER PACE OF
INTENSIFICATION. THE ECMWF IS SLOWLY TRENDING TOWARDS A STRONGER
SYSTEM...BUT NOT AS DEEP/INTENSE AS THE GFS PROJECTS AND SOMEWHAT
CLOSER TO THE UKMET. ONCE IT DEVELOPS...THERE IS DISAGREEMENT

AMONG THE MODELS ON HOW FAST IT IS GOING TO PULL TO THE
SOUTHEAST...WITH EUROPEAN MODELS MOVING AT A SLOWER PACE THAN THE
GFS. THIS IS ADDING UNCERTAINTY TO THE FORECAST BEYOND 60/72
HRS...AND HEAVY RAINS MIGHT LAST LONGER THAN PREVIOUSLY

ESTIMATED.

OVER THE SOUTH PACIFIC...A MID/UPPER LEVEL LONG WAVE RIDGE
EXTENDS SOUTH ALONG 105W TO 70S. THROUGH 60-72 HRS IT WILL
RELOCATE TO THE SOUTHERN CONE/DRAKE PASSAGE-ANTARCTIC PENINSULA.
BY 108-132 HRS IT IS TO RAPIDLY WEAKEN TO THE NORTH OF

50S...WHILE A SHORT WAVE RIDGE PERSISTS ON THE SOUTHERN STREAM
FLOW. MEANWHILE...THE HIGH AMPLITUDE RIDGE IS FEEDING COLD/POLAR
ENERGY INTO THE BACKSIDE OF A LONG WAVE TROUGH OVER THE ANTARCTIC
PENINSULA-SOUTHERN CONE. THROUGH 60-72 HRS THE TROUGH IS FORECAST

TO SLOWLY PULL EAST INTO THE WEDDELL SEA-WESTERN ATLANTIC. IT IS
TO THEN SPLIT THROUGH 84-96 HRS...SHEARING A TROUGH ON THE
NORTHERN STREAM THAT EVOLVES INTO A CLOSED LOW BETWEEN THE
MALVINAS/FALKLAND AND THE SOUTH GEORGIA ISLANDS. AT LOW LEVELS IT

SUSTAINS A BROAD TROUGH ACROSS THE ANTARCTIC PENINSULA-SOUTHERN
CONE...WITH A POLAR FRONT ACROSS THE SOUTHWEST ATLANTIC-LA PAMPA
IN ARGENTINA-CENTRAL CHILE. THROUGH 48 HRS...AS A POLAR RIDGE
BUILDS ACROSS LA PAMPA IN ARGENTINA...THE FRONT WILL ACCELERATE

ACROSS RIO DE LA PLATA/URUGUAY-CORDOBA/MENDOZA IN ARGENTINA.
UNDER INFLUENCE OF A LOW LEVEL SOUTHERLY JET (PAMPERO)...A
PREFRONTAL SQUALL LINE DEVELOPED AHEAD OF THIS SYSTEM...AND IT IS
TO PUSH ACROSS THE CENTRAL TO NORTHWEST PROVINCES OF ARGENTINA.

BY 72-84 HRS THE FRONT WILL MOVE TO THE SOUTHERN STATES OF
BRASIL-PARAGUAY...TO CONTINUE FARTHER NORTH TO SAO PAULO-MATO
GROSSO DO SUL IN BRASIL BY 108-120 HRS. ACROSS CENTRAL
ARGENTINA...UNDER FAVORABLE JET DYNAMICS...THERE IS MODERATE RISK

OF SEVERE CONVECTION THROUGH THIS EVENING. A SLIGHT RISK OF
SEVERE CONVECTION IS EXPECTED ON DAY 02 AS THE SQUALL LINE
AFFECTS NORTHWEST ARGENTINA. RAINFALL MAXIMA ON DAY 01 WILL PEAK
AT 25-50MM/DAY. ON DAY 02...ACTIVITY WILL SPLIT...WITH MAXIMA OF

25-50MM/DAY ACROSS NORTHWEST ARGENTINA AND 20-45MM/DAY ACROSS RIO
DE LA PLATA BASIN/URUGUAY. AS THE FRONT ENTERS SOUTHERN BRASIL
THIS WILL DECREASE TO 05-10MM/DAY. FURTHERMORE...THE BUILDING
POLAR RIDGE TO THE SOUTH WILL SUSTAIN A SOUTHERLY LOW LEVEL JET

ACROSS CHACO ARGENTINO TO EASTERN BOLIVIA. THIS IS FORECAST TO
TRIGGER A SQUALL LINE AND MODERATE TO HEAVY RAINFALL
AMOUNTS...WITH MAXIMA OF 25-50MM. HIGHER AMOUNTS ARE QUITE LIKELY
DUE TO TOPOGRAPHICAL FORCING.


THE MODELS THEN AGREE ON A LONG WAVE TROUGH TO MOVE ACROSS THE
EASTERN PACIFIC...TO MOVE ALONG 80W/85W BY 72-84 HRS. AS IT
CLASHES WITH BLOCKING RIDGE TO THE EAST...THE TROUGH WILL
SPLIT...WITH A SHORT WAVE TROUGH ON THE NORTHERN STREAM TO

MEANDER OFF THE CENTRAL COAST OF CHILE. MODELS THEN SHOW THIS
TROUGH SPILLING ACROSS THE ANDES TO CENTRAL/NORTHERN ARGENTINA
LATER IN THE CYCLE...WHERE IT WILL TRIGGER SCATTERED CONVECTION
WITH MAXIMA OF 25-50MM/DAY.


NORTHERN SOUTH AMERICA WILL REMAIN UNDER INFLUENCE OF THE
SUBTROPICAL AND SUBEQUATORIAL RIDGES. AT 200 HPA...THE
SUBTROPICAL RIDGE WILL BOUND BETWEEN 20S-05S...AS IT IS TO CENTER
ON HIGHS THAT MEANDER BETWEEN BOLIVIA AND BRASIL. THE

SUBEQUATORIAL RIDGE IS TO EXTEND BETWEEN 05S-20N...WITH MEAN AXIS
WEST ACROSS THE TROPICAL ATLANTIC/NORTHERN SOUTH AMERICA ALONG
05N/07N. A BROAD AREA OF DIVERGENCE ALOFT SEPARATES THESE
RIDGES...FAVORING ORGANIZED DEEP CONVECTION ACROSS THE CONTINENT

TO THE NORTH OF 07S. CONSISTENT WITH PREVIOUS FORECASTS...
EXPECTING FOCUS OF THE ACTIVITY TO SHIFT EAST ACROSS PARA TO THE
NORTHEAST STATES OF BRASIL WHILE EXPANDING NORTH ACROSS THE
GUIANAS. DAILY MAXIMA OVER THE NEXT THREE DAYS IS FORECAST TO

PEAK AT 35-70MM.

UNDER INFLUENCE OF THE POLAR TROUGH ENTERING THE SOUTH ATLANTIC
EARLY THIS CYCLE...THE SOUTH ATLANTIC HIGH/RIDGE IS FORECAST TO

WEAKEN. THROUGH 36-48 HRS MODELS SHOW THE RIDGE PATTERN WEAKENING
WHILE SLOWLY PULLING TO THE EAST-SOUTH EAST. AS THE RIDGE

WEAKENS...MODELS THEN FORECAST A LOW/TROUGH ALONG THE COAST OF
BRASIL TO BECOME BETTER ORGANIZED...WITH A LOW EAST OF

VITORIA/RIO DE JANEIRO TO ANCHOR THIS AXIS. AS IT MEANDERS OVER
WARM WATERS OFF THE COAST OF BRASIL...MODELS CONTINUE TO SHOW

POSSIBILITY OF THIS SYSTEM EVOLVING INTO A WARM CORE CYCLONE.
THROUGH 72-84 HRS THE SYSTEM IS TO DEEPEN/INTENSIFY...TO SUSTAIN

STRONG BOUNDARY LAYER WINDS INTO THE SOUTHEAST STATES OF
BRASIL. THIS WILL LEAD TO TOPOGRAPHICALLY INDUCED CONVECTION

ACROSS RIO DE JANEIRO-ESPIRITO SANTO AND EASTERN MINAS GERAIS.
THROUGH 36 HRS THE DAILY MAXIMA WILL INCREASE TO 50-75MM/DAY...

AND BY 48-96 HRS THIS COULD INCREASE TO 150-250MM/DAY AS THE
CYCLONE BECOMES MORE ACTIVE/BETTER ORGANIZED. LATER ON DAY 04

EXPECT ACTIVITY TO DECREASE TO 30-60MM/DAY WHILE SYSTEM SLOWLY
PULLS TO THE EAST-SOUTHEAST.

Sob a influência de uma área alongada de baixa pressão atmosférica polar entrando no Atlântico Sul precocemente neste ciclo,.... a área de alta pressão do Atlântico Sul deverá enfraquecer. Os modelos das próximas 36-48 hs mostram o enfraquecimento do padrão de alta pressão simultaneamente com uma diminuição do deslocamento leste-sudeste.

À medida em que a área de alta enfraquecer, os modelos prevêem então uma faixa de baixa pressão ficando mais bem organizada ao longo da costa do Brasil... os modelos continuam a mostrar a possibilidade do sistema se desenvolver em um ciclone com centro aquecido. Nas próximas 72-84 hs, o sistema irá se intensificar, sustentando fortes ventos na camada-limite (camada imaginária onde o regime de escoamento dos ventos passa de laminar para turbulento) nos estados do sudeste do Brasil.

Isso levará à convecção induzida topograficamente ao longo do Rio de Janeiro - Espírito Santo e Leste de Minas Gerais. Durante 36 horas a máxima diária irá aumentar para 50-75 mm de precipitação e entre 48-96 hr esta máxima pode subir para 150-250 mm/d de preciptação à medida em que o ciclone se tornar mais ativo e bem organizado. Mais adiante no 4o. dia espera-se que a atividade diminua para 30-60 mm/d enquanto o sistema vagarosamente se move para leste-sudeste.

Enviado por Martius de Oliveira
http://minhamestria.blogspot.com


Dois modelos sugeriram nas últimas horas a formação de furacão, na costa brasileira.
http://ecovilas.net.br/profiles/blogs/dois-modelos-sugeriram-nas

No

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Convidad em Ter 15 Mar 2011 - 12:10

Situação HOJE:


http://www.weatheroffice.gc.ca/data/satellite/goes_gedisk11_1070_100.jpg
Observe a mancha na altura do estado do Espírito Santo.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Convidad em Ter 15 Mar 2011 - 20:31

Ciclone tropical se forma na costa brasileira

Um sistema de baixa pressão em atividade na costa do Espírito Santo ganhou características tropicais na tarde dessa terça-feira. Batizado de Arani, o agora Ciclone Tropical continua se deslocando em sentido leste e imagens de satélites indicam a formação de um olho próximo ao centro do tempestade.



Apesar de lembrar os aspectos de um furacão, não existe sinais de que Arani evolua para essa categoria de tormenta e à medida que ganhe força deverá continuar se afastando da costa brasileira rumo ao alto mar.

Esse tipo de tempestade é bastante rara e apesar de não existirem dados oficiais, estima-se que os ventos sustentados gerados pelo sistema estejam ao redor de 70 km/h. com rajadas próximas a 90 km/h.

http://www.painelglobal.com.br/direto.php?id=dat_20110315-181114.inc&tf=1300223474

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Ter 15 Mar 2011 - 20:40

Tempestade tropical Arani
http://ecovilas.net.br/profiles/blogs/tempestade-tropical-arani

FAQ do ciclone no Sudeste do Brasil - MetSul Meteorologia
http://ecovilas.net.br/profiles/blogs/faq-do-ciclone-no-sudeste-do

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Convidad em Ter 15 Mar 2011 - 20:45

SOUTH AMERICAN MODEL DISCUSSION


SOUTH AMERICA FORECAST DISCUSSION - INTERNATIONAL DESKS
NWS HYDROMETEOROLOGICAL PREDICTION CENTER CAMP SPRINGS MD
1238 PM EDT TUE MAR 15 2011

GFS DATA AT FTPPRD.NCEP.NOAA.GOV/PUB/DATA/NCCF/COM/GFS/PROD/

SPECIAL STATEMENT. AT 1500 UTC THE NAVY HYDROGRAPHIC CENTER-
BRAZILIAN NAVY (SMM)...IN COORDINATION WITH THE NATIONAL
INSTITUTE OF METEOROLOGY (INMET)...ISSUED WEATHER WARNINGS FOR
ARANI. AT 1245UTC THIS MORNING IT CENTERED NEAR 24.5S 37.9W...
WITH STORM MOVING TO THE SOUTHEAST AT 10KT. MAXIMUM WINDS ARE
FORECAST TO PEAK AT 40-50KT.

MODEL COMPARISON (VALID FROM 00UTC MAR 15): THE GFS AND UKMET
CONTINUE TO FOLLOW A SIMILAR EVOLUTION ACROSS THE ENTIRE DOMAIN
THROUGH 120 HRS. THE ECMWF HAS BECOME SOMEWHAT ERRATIC...MAKING
CYCLE-TO-CYCLE CORRECTIONS ACROSS THE SOUTHERN AND NORTHERN
STREAM. AFTER THE LATEST SET OF CHANGES...THE ECMWF FOLLOWS THE
GFS/UKMET PATTERN THROUGH 96 HRS...THEN STARTS TO DIVERGE ON LONG
WAVE PATTERN EVOLUTION ACROSS THE EASTERN PACIFIC. THE MEAN OF
THE GLOBAL ENSEMBLES CONTINUES TO PROVIDE GOOD SUPPORT TO THE
GFS/UKMET DETERMINISTIC SOLUTIONS...AS IT FAVORS LONG WAVE
EVOLUTION ACROSS THE EASTERN PACIFIC LATER IN THE CYCLE.

AT 200 HPA...THE SUBTROPICAL RIDGE EXTENDS OVER THE CONTINENT
BETWEEN 35S AND 05S. THIS RIDGE WILL ANCHOR ON A CLOSED HIGH JUST
EAST OF ESPIRITO SANTO/BAHIA IN BRASIL DURING THE NEXT 48-72 HRS.
AFTER 72/84 HRS...THIS HIGH WILL COLLAPSE WHILE SIMULTANEOUSLY A
NEW ONE DEVELOPS OVER MATO GROSSO DO SUL IN BRASIL
. AT LOW
LEVELS...ARANI IS INITIALIZED OFF THE COAST OF BRASIL. THE RIDGE
ALOFT IS PROVIDING VENTILATION TO DEEP CONVECTION...AND THIS IS
CLEARLY EVIDENT ON THE WATER VAPOR IMAGERY. UNDER INFLUENCE OF A
TROUGH TO THE SOUTH...AND WEAK RIDGE TO THE NORTH OF 20S...THIS
STORM IS SLOWLY MOVING TO THE EAST-SOUTHEAST. THIS WILL TAKE IT
FROM WARM TO COOLER WATERS THROUGH 48-60 HRS...TO THEN EVOLVE
INTO AN EXTRATROPICAL CYCLONE.

AS UPPER RIDGE MEANDERS ACROSS NORTHERN SOUTH AMERICA...ORGANIZED
CONVECTION IS TO CLUSTER ALONG AND NORTH OF THE NEAR EQUATORIAL
TROUGH. MOST ACTIVE IS EXPECTED BETWEEN NORTHERN PARA/RORAIMA-
NORTHEAST STATES OF BRASIL...WHERE DAILY MAXIMA IS TO PEAK AT 20-
45MM/DAY DURING THE NEXT 36 HRS. AFTERWARDS...MAXIMA IN THIS AREA
WILL DECREASE TO 20-35MM/DAY. A SURGE IN ACTIVITY IS FORECAST
ACROSS AMAPA-AMAZON RIVER DELTA IN NORTHERN BRASIL THROUGH 36-48
HRS...WHEN DAILY MAXIMA WILL INCREASE TO 25-50MM/DAY. ACROSS
ECUADOR...THE DAILY MAXIMA WILL PEAK AT 15-25MM/DAY DURING THE
NEXT THREE DAYS...WITH MODELS TRENDING TOWARDS MORE ACTIVE
CONVECTION LATER IN THE CYCLE. OVER SOUTHERN PERU/NORTHERN
BOLIVIA EXPECT ACCUMULATION OF 20-45MM/DAY THROUGH 36 HRS...AND
15-25MM/DAY THEREAFTER IN ISOLATED TO SCATTERED CONVECTION
THROUGH 72-84 HRS.

SOUTH OVER THE CONTINENT...A MID/UPPER LEVEL TROUGH IS
INITIALIZED OFF THE SOUTHERN/CENTRAL COAST OF CHILE. AS IT MOVES
ACROSS THE CONTINENT...THE TROUGH WILL SPLIT IN TWO. THE SOUTHERN
HALF WILL QUICKLY SHEAR ACROSS PATAGONIA TO THE SOUTH
ATLANTIC...WHILE THE NORTHERN HALF WILL MEANDER OFF THE
CENTRAL/NORTHERN COAST OF CHILE. THE MEANDERING LOW WILL SLOWLY
SPILL ACROSS THE ANDES TO CENTRAL ARGENTINA BY 48-54 HRS...TO
THEN QUICKLY PULL TO THE EAST-SOUTHEAST AS A LONG WAVE TROUGH
ENTERS THE SOUTHERN CONE. AT LOW LEVELS IT WILL FAVOR A SURFACE
FRONT ACROSS LA PAMPA-CUYO IN ARGENTINA...WHERE BOUNDARY IT IS TO
MEANDER THROUGH 36-48 HRS. FURTHERMORE...AS MID LEVEL VORTEX
SPILLS ACROSS THE CENTRAL ANDES...IT WILL INTERACT WITH THE
THERMAL TROUGH OVER ARGENTINA...TRIGGERING LEE SIDE CONVECTION
BETWEEN JUJUY/SALTA AND MENDOZA IN ARGENTINA...TO FAVOR SCATTERED
CONVECTION WITH MAXIMA OF 10-15MM/DAY BY 36 HRS. THROUGH 36-48HRS
THIS IS TO SPREAD TO THE SOUTHEAST ACROSS THE BUENOS AIRES
PROVINCE...WITH MAXIMA OF 15-25MM/DAY.

A PROGRESSIVE TROUGH ON THE SOUTHERN STREAM WILL THEN REACH THE
SOUTHERN CONE BY 36 HRS...TO QUICKLY MOVE ACROSS PATAGONIA TO THE
WESTERN ATLANTIC BY 54-60 HRS. THE TROUGH WILL STALL OFF THE
COAST OF ARGENTINA...TO GRADUALLY EVOLVE INTO A CLOSED LOW NEAR
48S 49W BY 84-96 HRS. AT LOW LEVELS IT WILL SUSTAIN A BROAD
TROUGH OVER THE SOUTHERN CONE EARLY IN THE CYCLE...WITH
ASSOCIATED FRONT TO MOVE ACROSS SOUTHERN CHILE TO PATAGONIA IN
ARGENTINA THROUGH 42-48 HRS. BY 72-96 HRS...AS A LOW OCCLUDES TO
THE NORTH-NORTHWEST OF THE MALVINAS/FALKLAND ISLANDS...AND A
POLAR RIDGE BUILDS ACROSS SOUTHERN ARGENTINA...THE FRONT IS TO
ACCELERATE ACROSS CENTRAL ARGENTINA...TO ENTER SOUTHERN BRASIL-
PARAGUAY BY 96 HRS. PREFRONTAL CONVECTION ACROSS CHACO ARGENTINO-
PARAGUAY WILL FAVOR MAXIMA OF 15-25MM/DAY...WHILE OVER SOUTHEAST
BRASIL THIS WILL INCREASE TO 15-30MM/DAY. ACROSS BOLIVIA TO
SOUTHERN PERU THE MAXIMA WILL PEAK AT 20-35MM/DAY.

A BROAD TROUGH WILL THEN MOVE TO THE EASTERN PACIFIC THROUGH DAY
04...WITH AXIS AT 500 HPA TO ENVELOP AREA BETWEEN 130W-65W AND TO
THE SOUTH OF 30S. BEST INFLOW OF SHORT WAVE ENERGY WITH THIS
SYSTEM IS EXPECTED ON DAY 04...WHEN IT WILL FAVOR HEIGHT FALLS OF
75-150GPM ACROSS SOUTHERN CHILE/PATAGONIA. AT LOW LEVELS IT WILL
SUSTAIN A BROAD TROUGH ACROSS THE BELLINGSHAUSEN SEA/ANTARCTIC
PENINSULA TO THE SOUTHERN CONE...WITH POLAR FRONT TO ENTER
SOUTHERN CHILE BY 84-96 HRS. AT IT ENTERS SOUTHERN CHILE IT WILL
FAVOR MAXIMA OF 15-25MM/DAY BY 96-120 HRS.

CHURA...SENHAMI (BOLIVIA)
LEDESMA...ARA (ARGENTINA)
DAVISON...HPC (USA)¡)




Last Updated: 1238 PM EDT TUE MAR 15 2011

http://www.hpc.ncep.noaa.gov/discussions/fxsa21.html

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Ter 15 Mar 2011 - 21:08


WunderMap®
http://www.wunderground.com/wundermap/?lat=-22.08564&lon=-37.66113&zoom=6&type=h%C3%ADb&units=metric&rad=1&rad.num=1&rad.spd=25&rad.opa=70&rad.stm=0&rad.type=N0R&rad.type2=&rad.smo=1&rad.mrg=0&wxsn=0&svr=1&svr.opa=70&cams=0&sat=1&sat.num=1&sat.spd=25&sat.opa=85&sat.gtt1=109&sat.gtt2=108&sat.type=IR4&riv=0&mm=0&hur=1&hur.wr=0&hur.cod=1&hur.fx=1&hur.obs=1&hur.hd=0&hur.mdl=0&hur.opa=70&hur.img=0&hur.opa2=90&hur.gpce=0&fire=0&tor=1&tor.show=cur&ndfd=0&pix=0&dir=0&ads=0&tfk=0&ski=0

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Qui 14 Abr 2011 - 15:09

Alerta: Temporais em grande parte do RS e em parte de SC é PR



O Grupo da Previsão de Tempo (GPT) recomenda à população residente em áreas de risco, como em encostas e regiões próximas a rios e córregos, sujeitas a deslizamento de terras e alagamentos, entrar em contato com a Defesa Civil a fim de averiguar a vulnerabilidade e os riscos de cada região. http://www.defesacivil.gov.br/index.asp

Dias de intensa instabilidade trazem riscos no Sul do Brasil
Fortes chuvas atingiram o RS nesta madrugada

Cidade do RS recebeu toda a chuva do mês apenas nesta madrugada
Publicado: 14/04/2011 - Por Deliane Assis

Áreas de instabilidade que se formaram sobre o Rio Grande do Sul provocaram chuvas intensas em parte do Estado durante toda a madrugada. Em Canudos do Vale, por exemplo, foram acumulados 120mm, praticamente o valor esperado para todo o mês de abril. Em

Nas cidades de Imigrante, Pouso Novo e Sério, as estações meteorológicas registraram valores acima de 40mm, ou cerca e 35% da média mensal. Cachoeira do Sul recebeu 37,5mm (28% da média) e Dilermando de Aguiar 35mm (24% da média) apenas nessa madrugada.

Segundo previsão da SOMAR, estas áreas de instabilidade permanecem sobre o Rio Grande do Sul nesta quinta-feira, sendo que no noroeste gaúcho e na campanha serão registrados os maiores acumulados e pode ocorrer queda de granizo no decorrer do dia.

Em Santa Catarina e no Paraná o dia começou com tempo seco, mas a condição muda e a chuva chega até o fim do dia, sendo que no Estado catarinense também há risco de temporais. Por conta da nebulosidade a temperatura não sobe tanto na maior parte da Região, com exceção do noroeste Paraná onde os termômetros podem ultrapassar os 29°C.


Novo Cabrais, choveu 85mm até às 8h da manhã, o que representa 63% da média do mês; enquanto em Boqueirão do Leão e em Lajeado os valores foram de 60mm e 58mm, respectivamente, quase a metade do normal para os 30 dias do mês.

http://jornaldotempo.uol.com.br/noticias.html/52411/

======================================

Temporais já atingem o RS e há risco de granizo no decorrer do dia
Publicado: 14/04/2011 - Por Deliane Assis

A aproximação de uma frente fria gera uma área de instabilidade chamada de Complexo Convectivo de Mesoescala (CCM) sobre o Rio Grande do Sul. Trata-se de uma área de instabilidade bastante comum para época do ano, gerada pela umidade e calor que vem da Amazônia combinada com a elevada instabilidade atmosférica por conta da aproximação do sistema frontal.

Segundo os meteorologistas da SOMAR chove sobre partes do centro, norte e oeste do Rio Grande do Sul desde às 3h da madrugada. Em Alegrete, por exemplo, choveu 40mm até às 8 horas da manhã, o que corresponde a 25% do esperado para o mês. Segundo previsão da SOMAR, estas áreas de instabilidade permanecem sobre o Rio Grande do Sul, sendo que no noroeste gaúcho e na campanha serão registrados os maiores acumulados - passando dos 50mm em 24 horas - e pode ocorrer queda de granizo no decorrer do dia.



De acordo com os meteorologistas da SOMAR, o CCM é um sistema extremamente intenso, responsável por chuvas fortes, muitas trovoadas, rajadas de vento e até mesmo queda de granizo.

"Este sistema 'inaugura' o período em que o Rio Grande do Sul passará por um bloqueio atmosférico. A partir de agora e por pelo menos uma semana, as chuvas ficarão concentradas preferencialmente sobre o Território Gaúcho", afirma o meteorologista Celso Oliveira.

http://jornaldotempo.uol.com.br/noticias.html/52408/

===================================

Chuva forte causa transtornos em Santa Maria (RS);
http://www.deolhonotempo.com.br/?id=81-12309

Chuva de 130 mm provoca alagamentos em Santa Cruz do Sul (RS);
http://www.deolhonotempo.com.br/?id=81-12308


Francine Robaski - Novo Hamburgo disse (14/04/2011 10:19): " De acordo com a Rádio ABC 900 AM, a Avenida Nações Unidas está alagada na altura dos pavilhões da Fenac e a Guarda Municipal está no local para controlar o trânsito. " Jornal NH
Na Fenac está ocorrendo e Fimec...só imaginem como deve estar...chove MUITO forte neste momento.

Gustavo Frasson Verardo - Santa Maria disse (14/04/2011 09:52):
Queda de granizo em algumas regiões de Santa Maria faz com que algumas famílias tenham suas casas danificadas. A distribuição de lonas ja inciou.
Ainda há vários pontos de alagamentos pela cidade. Situação complicada.

Pessoal do Rio Grande do Sul, mandem informações/fotos sobre o tempo por aí. Faremos o monitoramento das chuvas no Estado durante todo o dia e a situação é bastante complicada. Em Santa Maria, das 04h até às 10h da manhã já choveu cerca de 76 mm. De acordo com a Defesa Civil, em Novo Cabrais, da madrugada até às 8 horas, já choveu 85 mm e em Canudos do Vale, neste período, já choveu 120 mm.



O Grupo da Previsão de Tempo (GPT) recomenda à população residente em áreas de risco, como em encostas e regiões próximas a rios e córregos, sujeitas a deslizamento de terras e alagamentos, entrar em contato com a Defesa Civil a fim de averiguar a vulnerabilidade e os riscos de cada região.

http://www.defesacivil.gov.br/index.asp

.


MetSul Meteorologia
http://www.metsul.com/blog/

No twitter - metsul
http://twitter.com/metsul

.
===============================================
Pessoal, devido ao que está acontecendo no Rio Grande do Sul, faremos hoje uma transmissão ao-vivo no site da Climatempo

Falaremos sobre como está a situação agora no Sul do Brasil e o que vem pela frente!

A meteorologista @fabianaweykamp vai estar ao vivo respondendo dúvidas sobre o tempo no Sul do País


O endereço para ver o vídeo é:
http://www.livestream.com/climatempo/video?clipId=pla_d31f6842-be15...



Mandem suas perguntas e sugestões para o nosso link ao vivo sobre o Sul do Brasil
http://www.climatempo.com.br/aovivo/

twitter - climatemponews
http://twitter.com/climatemponews
.

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Qua 20 Abr 2011 - 15:51

http://nimbus.com.uy/weather/grafic/realzada.gif

Imagem de Satélite do sul do Brasil mostra muita instabilidade sobre o Uruguai e já na fornteira com o Brasil...
Nuvens muito carregadas começam a avançar sobre o Rio Grande do Sul.

20/04/2011

Feriadão de Páscoa pode ter chuva forte e temporais no Rio Grande do Sul

A MetSul Meteorologia adverte para uma possível nova onda no Rio Grande do Sul de fenômenos severos, como chuva forte a intensa e temporais, assim como ocorreu entre quinta-feira da semana passada e domingo. As condições atmosféricas vão se deteriorar muito aqui no Estado entre hoje e amanhã com a manutenção da forte instabilidade até o sábado.

Neste período, os gaúchos podem enfrentar novamente episódios localizados de chuva intensa com altos volumes e alagamentos, além de temporais isolados de granizo e vento forte. Alguns pontos podem registrar acumulados de precipitação significativos de 100 a 200 milímetros com subida de arroios e córregos, não se descartando queda de barreiras.

O risco de tempo severo no feriadão abrange a área de Porto Alegre e grande parte do interior. Entre o final da sexta e o sábado, a aproximação de ar seco e frio pelo Sul deve intensificar a instabilidade e a chuva. O ar seco pode garantir a melhora do tempo na maioria das regiões gaúchas no domingo com queda de temperatura no início da semana.

Quarta-feira de calor

O sol aparece com nuvens na Capital e região metropolitana. Ar quente ingressa no Estado, transportado a partir de uma corrente de jato (vento) em baixos níveis da atmosfera que se origina na Bolívia, e a temperatura sofre forte elevação. As mínimas ao redor de 16ºC devem ser seguidas por máximas altas de 28ºC a 30ºC à tarde, ocasionalmente superiores em alguns pontos, já que alguns modelos sugerem máximas mesmo de 30ºC a 32ºC. Com o calor e o aumento da umidade, fortes áreas de instabilidade deverão se formar da tarde para a noite no território gaúcho e não se pode descartar chuva forte ou até temporal na região de Porto Alegre na segunda metade do dia. Os modelos se dividem quanto à ocorrência de chuva nesta quarta no final desta quarta, mas devido às elevadas taxas de instabilidade atmosférica é uma hipótese que não se pode afastar.

Quinta-Feira Santa instável

A Quinta-Feira Santa deve ser de muitas nuvens e chuva a qualquer hora do dia na Capital. O risco de chuva forte e temporal não está afastado, particularmente entre a madrugada e o período da manhã, quando as áreas de instabilidade mais intensas tendem a se propagar a partir do Sul e do Oeste pelo território gaúcho. Com o tempo mais fechado, a variação de temperatura será menor. As mínimas ficam ao redor dos 20ºC e as máximas tendem a se situar entre 24ºC e 26ºC.

Sexta-Feira Santa pode ter chuva forte

A instabilidade prossegue na Sexta-Feira Santa, sobretudo nas últimas seis horas do dia santo, quando as condições atmosféricas devem se deteriorar de forma preocupante no Rio Grande do Sul. Uma nova corrente de jato em baixos níveis da atmosfera se estabelece entre a Bolívia e o Sul do Brasil durante a sexta-feira, o que vai resultar em transporte de ar quente para o Rio Grande do Sul. O dia terá nebulosidade, mas o avanço de ar quente de Noroeste pode determinar a redução da cobertura de nuvens e aberturas de sol, favorecendo uma maior elevação da temperatura. Ocorre que os índices de instabilidade projetados da tarde para a noite no Estado são muito altos, atingindo valores críticos para tempo severo, inclusive na região de Porto Alegre, o que sugere um risco moderado a elevado de chuva forte e temporal da tarde para a noite, especialmente se vier a se concretizar um forte aquecimento entre horas da manhã e da tarde. Mesmo o risco de forte temporal com potencial de causar danos na região da Capital não está afastado. As mínimas seguem em torno de 19ºC e 20ºC ao passo que as máximas atingem de 27ºC a 29ºC, não se descartando marcas superiores em alguns pontos.

Sábado de Aleluia preocupa pela chuva

A grande preocupação em relação ao sábado é a possibilidade de chuva forte a intensa na área da Capital e região metropolitana. Ar mais frio começará a ingressar no Rio Grande do Sul pelo Sul, o que deve intensificar muito a instabilidade presente sobre o Estado, que ainda estará sob influência de uma massa de ar quente e úmido. Diversos modelos numéricos rodados em centros internacionais apontam para o sábado o risco de altos volumes de chuva na Capital e Grande Porto Alegre. As projeções, em média, variam de 50 a 75 milímetros, mas é sempre importante lembrar que as precipitações tende a variar muito (para mais ou menos) de um ponto para o outro dentro de uma mesma região. A possibilidade de temporal ainda não está totalmente descartada. O dia será de céu encoberto com chance de chuva em todos os turnos (madrugada, manhã, tarde e noite). Em alguns momentos, as precipitações podem se dar na forma de pancadas fortes a ocasionalmente torrenciais. Com o quadro de mau tempo, a temperatura oscila menos durante o dia e deve se situar entre uma mínima de 19ºC a 20ºC e máximas de 23ºC a 25ºC.

Melhora no Domingo de Páscoa

Ar mais seco e frio deve alcançar a região de Porto Alegre no domingo, proporcionando a melhora do tempo. O dia deve ser de sol e nuvens, mas ainda não se pode descartar que ocorram alguns períodos de maior nebulosidade. A queda da temperatura será acentuada e o domingo de celebração cristã será ameno na Capital. A madrugada, inclusive, pode ter mínimas baixas de 12ºC a 23ºC enquanto a tarde tende a ser muito agradável com máximas de 21ºC a 22ºC. Ao entardecer e no começo da noite volta a esfriar rapidamente. (Meteorologista Luiz Fernando Nachtigall / MetSul Meteorologia)

Fontes:
http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/metroclima/default.php?reg=762&p_secao=7
http://www.metsul.com/blog/

MetSul Meteorologia
http://twitter.com/metsul

Ecovilas
http://ecovilas.net.br/profiles/blogs/feriadao-de-pascoa-pode-ter

=====================

Animação com imagens de satélite das últimas quatro horas Para ver, clique no link abaixo
http://www.ciram.com.br/ciram/comum/produtos/imgs_satellite/brweather/anima.jsp

http://www.inpe.br/webelat/rindat/wr_rindat/getImagePNGStationSelect.php?map=/var/www/html/webelat/rindat/wr_rindat/wr_estado_select.map&mapext=shapes&qitem=sigla&qstring=RS&mode=itemquerymap&qlayer=estado_selecionado&layers=raios15min%20raios30min%20raios45min%20raios60min%20brasil_relevo%20cobertura_regiao

RINDAT - Rede Integrada Nacional de Detecção de Descargas Atmosféricas
http://www.rindat.com.br/

REDEMET- Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica
http://www.redemet.aer.mil.br/radar/radar.php?ID_REDEMET=058a8e7041d85dfc5223aee061235c68

=====================

Chuva forte atinge o oeste do RS
Conforme previsto pelo GPT/CPTEC chuva forte e localizada está atingindo nesta tarde de quarta-feira (20/04) o setor oeste do Rio Grande do Sul. O deslocamento de áreas de instabilidade sobre a cidade de Uruguaiana, no oeste do Rio Grande do Sul, provocou por volta das 13 horas (local) pancadas de chuva com intensidade variando de moderada a forte, além de descargas elétricas e rajadas de vento cuja magnitude chegou aos 42 km/h.

A precisão da localização e intensidade da chuva forte prevista dependerá da utilização de radares meteorológicos.

Neste caso, o GPT recomenda entrar em contato com os diferentes centros de previsão de tempo correspondentes aos Núcleos estaduais.

O Grupo da Previsão de Tempo (GPT) recomenda à população residente em áreas de risco, como em encostas e regiões próximas a rios e córregos, sujeitas a deslizamento de terras e alagamentos, entrar em contato com a Defesa Civil a fim de averiguar a vulnerabilidade e os riscos de cada região.

As áreas de instabilidade apresentam topo bastante frio (temperatura de -60ºC) o que pode ser observado por meio da imagem realçada do satélite GOES12, abaixo. Estes valores de temperatura do topo denotam grande potencial para intensa precipitação.
http://satelite.cptec.inpe.br/setores/sul.jsp#

CPTEC
http://www7.cptec.inpe.br/noticias

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Sex 22 Abr 2011 - 14:22

Mudança do tempo traz risco de transtornos e danos -
ATENÇÃO! Previsão de chuva forte com rajadas de vento perigosas nos três estados do Sul do Brasil.


A Sexta-Feira Santa começou com a presença do sol em todas as regiões do Rio Grande do Sul. Uma corrente de jato (vento) em baixos níveis da atmosfera, que se origina na Bolívia, traz ar quente e a temperatura sofre forte elevação. O dia será quente com calor de 31ºC a 33ºC à tarde no Centro do Estado, inclusive na Grande Porto Alegre.

Na Serra Gaúcha, as máximas ficam entre 24ºC e 26ºC. A MetSul Meteorologia, porém, reitera mais uma vez o alerta sobre radical mudança no tempo da tarde para a noite desta sexta-feira e durante o sábado.

Intensas áreas de instabilidade, associadas a uma área de baixa pressão, horas antes da chegada de uma frente fria, se formam hoje nas províncias do Norte da Argentina e no Uruguai com tendência de deslocamento para o Rio Grande do Sul. Nuvens carregadas se formam igualmente sobre o território gaúcho por conta da atmosfera aquecida e muito instável. Os modelos indicam valores muito altos de índice de instabilidade para o dia de hoje, especialmente da tarde para a noite, com CAPE acima de 3000 J/Kg (quanto mais alto mais instável) e Lifted Index de -6 a -7 (quanto mais negativo mais instável) no Oeste, valores condizentes com risco de tempo até muito severo.

http://www.metsul.com/__editor/imagemanager/images/abril2011/post2204a.jpg

http://www.metsul.com/__editor/imagemanager/images/abril2011/post2204b.jpg

O resultado deve ser chuva forte a torrencial e temporais de vento e granizo em pontos localizados de diversas regiões, principalmente na segunda metade do dia, mas alguns pontos já estão com instabilidade nesta manhã na Metade Oeste.A chuva deve ser intensa em diversas localidades com elevados volumes em curto período.

Adverte-se que alguns dos temporais isolados podem ser severos e com potencial de causar danos.

Já o sábado começa com tempo muito instável e chuva em quase todo o Rio Grande do Sul devido ao deslocamento de uma frente fria, impulsionada pela massa de ar frio mais forte a alcançar o Estado até agora neste ano.

A MetSul alerta que a chuva pode ser forte a torrencial entre a madrugada e o período da manhã em diversas cidades com volumes elevados que podem trazer alagamentos em áreas urbanas.

Os acumulados em menos de seis horas em parte do Rio Grande do Sul podem ficar entre 50 e 100 milímetros.Vários modelos estão indicando uma linha bem definida com chuva forte a intensa e temporais embebidos no sistema frontal cruzando o Estado entre madrugada e a manhã deste sábado.

http://www.metsul.com/__editor/imagemanager/images/abril2011/luzerna4.jpg

Ontem foi mais um dia de granizada no Sul do Brasil, em evento muito isolado, que se deu no município catarinense de Luzerna, no Meio-Oeste do estado vizinho. Foram 15 minutos aproximadamente de granizo, mas em grande quantidade, suficiente para que o gelo acumulasse até 20 centímetros em partes da cidade, como mostram as fotos cedidas gentilmente pelo portal Eder Luiz (link).
http://ederluiz.com/arquivos_internos/index.php

Novas ocorrências de granizo podem ser esperadas nas próximas 24 a 48 horas no Sul do Brasil com a formação de fortes áreas de instabilidade associadas ao ar quente e úmido, no momento inicial, e, após, com o deslocamento de uma frente fria. A possibilidade de granizo de tamanho grande em alguns pontos, muito isolados, não está descartada.

http://www.metsul.com/__editor/imagemanager/images/abril2011/correio2104.jpg

O dia virou noite na tarde da quarta-feira, quando ocorreu o temporal em Caçapava do Sul, a instabilidade era muito intenso no Centro, Sul e Oeste do Estado com impressionante linha organizada de temporais no radar. Bow echo (eco em gancho), assinatura típica de tornados nos radares, chegou a ser visto sobre a área da Lagoa Mirim.

Autor: Luiz Fernando Nachtigall
Publicado em 22/04/2011
http://www.metsul.com/blog/

===================================

Hoje é o Dia da Terra. Não custa nada cuidar melhor dela!

http://www.apolo11.com/imagens/2011/terra_dia_da_terra.jpg

Olhe bem para essa Bolinha Azul. De longe, é uma esfera azulada, pincelada de branco. De perto, é nossa casa, o local onde respiramos e passamos toda nossa vida. Suspensa no espaço, desde o começo dos tempos ela gira. A cada volta ela se transforma. Olhe bem para essa Bolinha Azul, porque hoje é dia dela!

Se fosse possível sair da Terra, veríamos essa bela imagem. Tudo que temos e amamos está ali. Nossas músicas prediletas, nossos amigos, aquela praia maravilhosa, aquele sorriso simples, os brinquedos no parque, os amores que temos e os que já se foram. Tudo, absolutamente tudo está nessa Bolinha Azul.

Ultimamente, não temos cuidado muito bem dela. Temos sido muito egoístas achando que a Bolinha aguenta todos os nossos desaforos e nossa ganância.

Em nome do progresso, desmatamos as florestas e poluímos os rios. E em nome da comodidade produzimos quantidades astronômicas de lixo que não temos mais onde colocar. Ironicamente, em nome de uma suposta "qualidade de vida" estamos imersos na poluição. E a Bolinha Azul aguentando nossos desmandos.

Hoje é o Dia da Terra e apesar de ser uma data simbólica, bem que podíamos fazer um esforcinho e cuidar um pouquinho mais dela. Atitudes pequenas como não jogar papel na rua, diminuir o uso do carro ou apagar as luzes ao sair da sala podem parecer pequenas, mas se cada um de nós fizer essa gentileza, a Bolinha Azul continuará girando saudável, pronta para guardar os melhores momentos da nossa vida. Não custa tentar. Experimente!

Direitos Reservados
Ao utilizar este artigo, cite a fonte usando este link:
Fonte: Apolo11 - http://www.apolo11.com.curiosidades.php?posic=dat_20110422-113100.inc

-------------------------------
Céu de brigadeiro em Criciúma.
Imagens ao vivo na web cam da Rádio Criciúma
http://www.radiocriciuma.com.br/portal/mostravideo3.php?id_video=316

Novo Equador terrestre
Notem a nova posição da África e da América Latina em relação ao novo EQUADOR terrestre... (Linha horizontal, ok?!)
http://www.facebook.com/home.php?sk=group_163211733728883#!/photo.php?fbid=1597288865798&set=a.1258665000413.2030881.1643292739&type=1&theater


Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Yvytu em Qua 27 Abr 2011 - 18:22

Chuva intensa no litoral do PR e litoral nordeste de SC

http://www.simepar.br/tempo2/imagens/produtos/radar/animacao.gif

Estado de Atenção

Amanhã (quinta-feira, 28/04) poderá ocorrer chuva localmente intensa na faixa litorânea entre o nordeste de SC e o PR. Em algumas localidades as chuvas serão significativas e com potencial para provocar impacto na população.


Em épocas de transição (principalmente nas Regiões Sul e Sudeste) como o outono (verão para inverno) as condições de tempo tem grande variabilidade e probabilidade de mudança, assim, acompanhe as atualizações deste aviso.


A precisão da localização e intensidade da chuva forte, prevista neste aviso, dependerá da utilização de radares meteorológicos.


Neste caso, o GPT recomenda entrar em contato com os diferentes centros de previsão de tempo correspondentes aos núcleos estaduais de Meteorologia.


O Grupo da Previsão de Tempo (GPT) recomenda à população residente em áreas de risco, como em encostas e regiões próximas a rios e córregos, sujeitas a deslizamento de terras e alagamentos, entrar em contato com a Defesa Civil a fim de averiguar a vulnerabilidade e os riscos de cada região.


Fonte:
http://www7.cptec.inpe.br/noticias/faces/noticias.jsp?idConsulta=17253&idQuadros=

Em situações de risco consulte a Defesa Civil.

Defesa Civil SC
http://www.defesacivil.sc.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1092&Itemid=1

Atualizado em 27/04/2011 16:38

Defesa Civil de Itajaí - Bem Vindo!
http://defesacivil.itajai.sc.gov.br/index.php

Animação com imagens de satélite das últimas quatro horas Para ver, clique no link abaixo
http://www.ciram.com.br/ciram/comum/produtos/imgs_satellite/brweather/anima.jsp

Em Tempo SC
A possibilidade realmente existe, mas no outono a previsão pode mudar de uma rodada para outra dos modelos. Resta acompanhar.


NA RODADA DE AGORA DE TARDE, OS MODELOS INDICAM UM PERÍODO DE FRIO MUITO INTENSO PARA SC E CENTRO-SUL DO BRASIL DE SEGUNDA EM DIANTE. TUDO INDICA QUE O INVERNO CLIMÁTICO ESTARÁ COMEÇANDO A PARTIR DE PRIMEIRO DE MAIO EM SC. MÍNIMAS NEGATIVAS NA SEMANA QUE VEM EM SC, RS E PR. Climaterra CLIMATERRA

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

"Aquecimento global: Uma mentira conveniente."

Mensagem  Yvytu em Qui 3 Maio 2012 - 14:36

“O aquecimento global é uma mentira” - professor da USP no Programa do Jô de ontem. Veja a entrevista:
http://programadojo.globo.com/platb/programa/2012/05/02/ricardo-augusto-felicio-afirma-que-o-aquecimento-global-e-uma-mentira/

Os mitos e fatos da mudança climática - Entrevista esclarecedora com o climatologista Luiz Carlos Molion que nos aponta os equívocos a respeito da suposta influência do homem sobre o aquecimento global.
http://youtu.be/JxC_JIwat9s

Eu ja falava tudo isso desde 2004 (Yvytu) - Livro: «A fraude do aquecimento global» "Aquecimento global: Uma mentira conveniente."
http://www.nominato.com.br/forum/viewtopic.php?t=9198&postdays=0&postorder=asc&start=0&sid=23e571936c97597a1182e0afc05495cf

Yvytu

Mensagens : 121
Data de inscrição : 26/11/2010
Idade : 55
Localização : Itajai SC BRASIL

Ver perfil do usuário http://ecovilas.net.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum