MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Sab 8 Jan 2011 - 23:18

Enero 7, 2011
Lo accesorio sigue el régimen de lo principal

Colombia pedirá ayuda a EE.UU. para evacuar agua del sur del Atlántico
Alguien alcanza a poner todos estos lugares uno al lado del otro y darse cuenta de la magnitud de lo que pasa en el mundo? si bien estas noticias son regionales, las regiones se cuentan por cientos y en cada lugar una tragedia sigue a la otra y nada se resuelve enseguida y rápido. Estar atentos!

Mientras las obras para cerrar el boquete en el Canal del Dique continúan, y se espera estén terminadas en dos semanas, según lo informó el presidente Juan Manuel Santos, ahora la preocupación se centra en la evacuación de los 1.500 millones de metros cúbicos de agua que inunda el sur del departamento del Atlántico.

Tras inspeccionar los trabajos de reconstrucción del Canal del Dique, el Presidente anunció que pedirá ayuda a Estados Unidos para evacuar el agua, una de las tareas más complejas de la emergencia.

La solicitud se hará al senador John McCain, con quien Santos se entrevistará este sábado en Cartagena. “Mándennos ayuda, por ejemplo, en materia de bombas de agua. Ellos tienen bombas muy poderosas que nos pueden ayudar en este momento", dijo el Presidente.

La situación es compleja, no sólo por la emergencia humanitaria que viven los 122 mil damnificados en el sur del Atlántico, sino por las lluvias que, según el Ideam, continuarán y que harán que el nivel del río Magdalena se mantenga alto e impida el trabajo de desagüe en la zona. Si el nivel del Magdalena baja, el agua podría evacuarse en cuatro meses

Manuel Alvarado, director del Instituto de Estudios Hidráulicos y Ambientales dijo que en cuatro meses podría evacuarse el agua de nuevo al río y de manera controlada.

Sin embargo y de acuerdo con los pronósticos del Ideam, por el fenómeno de la Niña, las lluvias continuarán durante enero y febrero, y coincidirán con el inicio de la primera temporada invernal de 2011, que comienza en abril.

Si las condiciones fueran favorables (que el nivel del río baje), el agua se podría sacar en cuatro meses, aproximadamente, pero si el río no deja, el agua podría quedarse allí todo el año.

Faltan 55 metros

Han pasado 38 días desde el día en que se abrió el boquete en el Canal del Dique, que provocó la inundación de seis municipios del sur del Atlántico.

Según la gobernación del departamento, faltan 55 metros de trabajo para cerrar la abertura que se ubica sobre la vía que conduce de Calamar (Bolívar) a Santa Lucía (Atlántico).

En su momento más crítico, por el boquete ingresaron al día 80 millones de metros cúbicos de agua, equivalente a desocupar cada 72 horas la represa Chingaza (con capacidad para 240 millones de metros cúbicos) sobre el área afectada.

En esta zona se concentra el mayor número de afectados por las inundaciones en el país. Ante la necesidad humanitaria, el Presidente garantizó que no faltará la ayuda alimentaria y explicó que se realizará un reabastecimiento en los municipios afectados.

No se registran víctimas mortales, pero las pérdidas son cuantiosas. Aunque el nivel del agua bajó 50 centímetros, las viviendas siguen completamente cubiertas por el agua. Se espera que los trabajos se aceleren con la llegada de una grúa Parmalift que podrá transportar bolsas de arena de más de 12 toneladas hasta el boquete.

"el día después de mañana", es hoy

Kristen Neiling @
Dirección y Producción
Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar
Copyright 2011
.
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Sab 8 Jan 2011 - 23:23

Enero 8, 2011

Se repite la ”lluvia de pájaros”
La extraña “lluvia” de 5.000 pájaros muertos que se produjo hace unos días en Arkansas se ha vuelto a repetir en diversos lugares del mundo.

Este fenómeno mundial ha tenido réplicas en países tan dispares como Suecia, Japón, Tailandia, Brasil, Gran Bretaña y otros más, donde han se han encontrado multitud de pájaros y peces muertos.

En los últimos días se están escuchando todo tipo de opiniones, desde que la NASA está probando una potente emisión sonora que serviría para ahuyentar a los extraterrestres ante una posible invasión de la Tierra, hasta a experimentos del ejército americano, pasando por una lluvia de meteoritos y a que los extraterrestres han activado elementos contaminantes provenientes del derrame de petróleo del Golfo de México.

Otros que están aprovechando esta incertidumbre son los fanáticos religiosos, que citan a la biblia: La tierra se secará y se extenuará todo morador de ella; las bestias del campo y las aves del cielo y aún los peces del mar morirán”.



"el día después de mañana", es hoy

Kristen Neiling @
Dirección y Producción
Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar
Copyright 2011

avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Dom 9 Jan 2011 - 0:03

buscador da paz escreveu:É mesmo Angel, já houve outros casos anteriores de liberação de gás metano apartir do choque entre as placas tectônicas afetando homens e animais e também agora muitos acidentes de trânsito acontecendo aqui em Brasília, hoje mesmo presenciei um com três carros retorcidos com um deles capotado de ponta cabeça próximo ao estádio Mané Garrincha, bem no centro da cidade.
Eita e o ano só está começando...

Até mais!

Buscador aturdido affraid

Brasília: carro capota enquanto motorista trocava o CD
08 de janeiro de 2011 • 18h04 •

Notícia

Um carro capotou por volta das 10h deste sábado na esplanada da Torre, próximo ao Estádio Mané Garrincha, em Brasília. De acordo com a 5ª Delegacia de Polícia, o acidente pode ter ocorrido enquanto a motorista do veículo trocava o CD no aparelho de som. Ela não viu que o carro da frente parou no semáforo, colidiu e acabou capotando o carro.

A mulher sofreu ferimentos leves e foi encaminhada ao hospital para atendimento. Segundo a polícia, outros dois veículos se envolveram no acidente, mas não houve outros feridos.

http://noticias.terra.com.br/brasil/transito/noticias/0,,OI4879797-EI998,00-DF+Carro+capota+enquanto+motorista+trocava+o+CD+em+Brasilia.html
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Angel em Dom 9 Jan 2011 - 23:37

Amigo Buscador:
Primeiramente quero agradecer-lhe por nos oferecer esta oportunidade de ler tantas mensagens diaríamente, através de sua perseverança e carinho colocando-as diariamente aqui no Fórum.
Parece que este novo ano aponta para transformações mais intensas. A imagem dos pássaros mortos nos impressiona, mas, poderíamos aproveiá-la para nos lembrar da pequena fábula do pássaro que colabora para apagar o incêncio que se precipita na floresta. Vamos fazer nossa parte, vamos nos esforçar para ampliar nosso amor à todos os sêres e tudo o que existe e principalmente ao grande criador sobre tudo e sobre todas as coisas. Smile
avatar
Angel

Mensagens : 85
Data de inscrição : 11/11/2010
Localização : Sáo Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Ter 11 Jan 2011 - 15:06

É sim Angel, é continuar com as postagens no devagar, devagarinho, pois entramos em obra em casa e vou passar alguns dias sem internet.

Até mais!

Buscador no meio da obra scratch

Enero 10, 2011
Lo accesorio sigue el régimen de lo principal

Norte magnético

El mortal accidente aéreo de la semana pasada de un vuelo de la aerolínea Kogalymavia Airline en ruta saliendo del pueblo Torgun al occidente de Siberia hacia Moscú se debió a un “desperfecto crítico" de los sistemas de aviación electrónica del Tupolev-154 que no pudieron compensar lo que parece ser el cambio de los polos magnéticos de la Tierra.
Pero no es solo Rusia la que está resultando afectada por el cambio de los polos magnéticos de la Tierra, como lo podemos ver en lo publicado por el servicio noticioso Estadounidense, Tampa Bay Online:
Diversas fuentes de investigación, sin confirmarlo oficialmente, dicen que el polo norte magnético se está moviendo hacia Rusia y este hecho está alcanzando diversas categorías, en este caso el área de la aviación como el caso arriba mencionado y el resonante hecho que afectó al Aeropuerto Internacional de Tampa.
Este aeropuerto ha cerrado su primera pista hasta el 13 de enero para repintar los designadores numéricos a cada extremo y mudar la señalización de cambio de taxeo que responde al cambio de la ubicación del polo norte magnético de la Tierra.
Aunque escasamente reportado al pueblo estadounidense, la confirmación del cambio de los polos magnéticos del planeta fue confirmada hace poco por el Dr. Rodney Viereck, Jefe de la Rama de Servicios del Clima de los Estados Unidos, del Centro de Predicción del Clima del Espacio, NOAA, que además advirtió que la desestabilización en aumento de nuestro Sol podría acelerar este acontecimiento todavía más.
Mark Twain, dijo una vez que “La ficción está obligada a apegarse a las posibilidades. La verdad no”.

"el día después de mañana", es hoy
Kristen Neiling @
Dirección y Producción
Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar
Copyright 2011
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Ter 11 Jan 2011 - 16:35

11/01/2011 - 13h08
Chuva alaga SP e causa 13 mortes no Estado; Defesa Civil deixa áreas em alerta
Publicidade
DE SÃO PAULO

A cidade de São Paulo amanheceu debaixo d'água nesta terça-feira. Os alagamentos são resultado da forte chuva que atingiu a cidade desde a noite de ontem. Houve transbordamento de córregos e rios --incluindo o Tietê--, foram registrados mais de 120 pontos de alagamento na cidade --três ainda ocupam vias--, e a prefeitura suspendeu o rodízio de veículos. Deslizamentos de terra e afogamentos causaram ao menos 13 mortes em diferentes pontos do Estado. Há desaparecidos.

Kassab culpa excesso de chuva por alagamentos
Chuva alaga Campo de Marte e atrasa operações
Ceagesp reabre portões após alagamento
Prefeitura suspende rodízio de veículos após chuvas
Ouça relatos sobre estragos causados pelas chuvas
Veja imagens da chuva em São Paulo
Envie relato ou foto sobre a chuva em São Paulo
Leia a cobertura completa sobre a chuva

Apesar de a chuva ter dado uma trégua, alagamentos persistem e ruas permanecem cheias de lama. Desde ontem, a cidade já registrou 92,5% do índice de chuva esperado para este mês pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) --221,2 mm dos 239 mm esperados (cada milímetro equivale a um litro de água por metro quadrado). Só a chuva que começou ontem foi responsável por 68,6 mm.

A Defesa Civil municipal mantém o estado de alerta para deslizamentos de terra em sete regiões: Butantã, Campo Limpo, M'Boi Mirim, São Mateus, Jaçanã, Freguesia do Ó e Pirituba. Outras 18 estão em estado de atenção: Casa Verde, Perus, Santana, Guaianases, Itaim Paulista, Itaquera, São Miguel Paulista, Penha, Cidade Tiradentes, Vila Prudente, Lapa, Capela do Socorro, Ipiranga, Jabaquara, Santo Amaro, Cidade Ademar, Aricanduva/Formosa e Ermelino Matarazzo...


http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/858646-chuva-alaga-sp-e-causa-13-mortes-no-estado-defesa-civil-deixa-areas-em-alerta.shtml
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Qua 12 Jan 2011 - 15:56

É gente, acoisa esquentou por aqui também, mas é mínimo comparado as outras partes do país e planeta, só em Goiás velho foi mais forte a enchente atingindo até a casa Cora Coralina.

Até mais!

Buscador no corre-corre de obra.

Ventania no Guará deixa três pessoas feridas



Publicação: 11/01/2011 19:57 Atualização: 12/01/2011 11:00

Uma forte ventania deixou três pessoas feridas no Guará II, nesta terça-feira (11/1), todas elas sem gravidade. O casal, Maria de Fátima Liz de Souza, 54 anos, e Joaquim Silva de Souza, 51, subiam a laje de um bar, com aproximadamente 60 centímetros de altura, quando foram atingidos por uma rajada de vento, como o cimento da obra ainda estava fresco, parte da alvenaria da parede se desprendeu e caiu em cima deles. Um cliente também se feriu, mas recusou atendimento hospitalar.




Saiba mais...
Árvores caídas na rede elétrica deixam Lago Sul e parte do Cruzeiro sem luz
Ventanias desta tarde derrubaram árvores em vários pontos do DF
A mulher sofreu escoriações no braço esquerdo, o marido teve cortes na cabeça e o cliente, Israel Pitombeira da Silva, 27 anos, teve escoriações por todo o corpo. O casal foi atendido no Hospital Regional do Guará (HRG).

O cliente que se feriu durante a ventania disse que, no momento das rajadas, ninguém teve tempo de fugir ou se esconder, pois parte estrutura do bar caía enquanto os ventos não cessavam.

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2011/01/11/interna_cidadesdf,231934/ventania-no-guara-deixa-tres-pessoas-feridas.shtml

Ventanias desta tarde derrubaram árvores em vários pontos do DF



Publicação: 11/01/2011 17:29 Atualização: 11/01/2011 18:26


O mau tempo desta terça-feira (11/1) causou transtornos em vários pontos do Distrito Federal. Tudo por conta dos ventos fortes, que por volta das 15h30 derrubaram árvores em sete regiões (Plano Piloto, Guará, Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Lago Sul e Santa Maria). O Corpo de Bombeiros informou sobre cerca de 50 ocorrências até às 17h.

O incidente de maior destaque aconteceu na avenida W3 Sul, na quadra 709. Uma árvore grande caiu no meio da pista e interrompeu o trânsito, causando engarrafamento. Funcionários do GDF já estão no local para limpar a pista. Não houve registro de feridos, tanto nesta quanto nas outras ocorrências desta tarde.

Nestes casos, o procedimento padrão é que soldados dos Bombeiros ou funcionários da Novacap fiquem responsáveis pela retirada das árvores. No entanto, por se tratar de vários casos ao mesmo tempo, a Central Integrada de Informação e Atendimento (Ciade) ainda não pode informar com precisão quantas e quais locais já estão limpos.Saiba mais...

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2011/01/11/interna_cidadesdf,231880/ventanias-desta-tarde-derrubaram-arvores-em-varios-pontos-do-df.shtml
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Qua 12 Jan 2011 - 16:08

Pelo menos 30 casas da área tombada de Goiás Velho foram afetadas por chuva

Duas delas sucumbiram e seis continuam de pé graças a escoras. Pontos turísticos estão interditados



Renato Alves - Enviado Especial

Publicação: 12/01/2011 09:03 Atualização:

Goiás Velho – As chuvas sobre a região da cidade de Goiás castigam o mais rico patrimônio histórico do estado vizinho do Distrito Federal. O transbordamento de segunda-feira do Rio Vermelho, que corta o município localizado a 310km de Brasília, atingiu ao menos 30 casas da área tombada. Escoras amparam seis delas. Outras duas, com mais de 200 anos, não resistiram aos temporais do início do ano e vieram abaixo. Uma das três seculares pontes de madeira continua interditada por causa do risco de desabamento. Parte do calçamento de pedra também acabou danificada.

As previsões meteorológicas são desanimadoras. As chuvas devem continuar nos próximos 15 dias. Técnicos da Defesa Civil e do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) estão sob alerta e visitam casarões ameaçados para tentar convencer moradores a deixar os imóveis. Pontos turísticos da cidade considerada patrimônio da humanidade estão interditados, sem estimativa de reabertura. O principal deles é a casa onde morou a poetisa Cora Coralina (1889-1985), transformada em museu, à beira do Rio Vermelho.

Apesar da chuva, que ontem caiu em Goiás Velho — assim é mais conhecido o município — durante todo o dia, funcionários do museu de Cora Coralina carregaram de volta à casa os objetos pessoais da escritora. Eles haviam sido transferidos às pressas para uma igreja próxima, na manhã de segunda-feira, em meio à enchente do Rio Vermelho, que quase invadiu o casarão. Uma cheia em 2002 (veja Memória) danificou parte desse material, incluindo manuscritos de poesias da autoria. Quase tudo acabou restaurado, em um trabalhou que durou anos.

Com base em um relatório da Defesa Civil, a superintendente do Iphan no estado de Goiás, Salma Saddi, pediu ontem aos curadores do museu de Cora Coralina para mantê-lo fechado por um período mínimo de 10 dias. Ela também implorou para o acervo retornar à Igreja do Rosário, localizada a 100 metros do casarão onde morou a poetisa e hoje é mantido por uma organização não-governamental (ONG) ligada à família dela. No entanto, até o início da noite, tudo continuava na casa de Cora, sem previsão de reabertura do museu.

O chefe do departamento de minimização de desastres da Defesa Civil de Goiás, Luís Renato Lopes, disse que as chuvas estão provocando o aumento súbito de todos os mananciais do estado. Com isso cresce o risco de erosão em estradas, bueiros e pontes. “As pessoas devem prestar atenção à meteorologia e evitar ficar perto de rios e córregos para não serem surpreendidas pelas águas”, alertou.


Atraso na ponte
Continua complicado o acesso a Goiás Velho. Diferentemente do anunciado, o trânsito na ponte metálica provisória, montada pelo Exército na antiga estrada para a cidade histórica, não foi liberado na manhã de ontem. A estrutura a 200 metros da GO-070 só deve ser aberta aos veículos na manhã de hoje.
A Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (Agetop) chegou a confirmar a liberação do tráfego ao meio-dia de ontem, mas chovia muito no local e a ponte ainda passava por ajustes. Com isso, transferiram a liberação para o fim da tarde, o que também não ocorreu.

A ponte fica no trecho urbano da GO-070 em Itaberaí (GO), a cerca de 40km de Goiás Velho. A rodovia é o caminho usado pelos brasilienses para chegar à cidade tombada. No entanto, a ponte desabou no último dia 4, após as fortes chuvas. Desde então, motoristas enfrentam um desvio de 20km por estradas de terra esburacadas e enlameadas, que aumenta a viagem em até uma hora e meia.

Outra ponte caiu no trajeto entre Brasília e Goiás Velho, para quem escolhe a rota da BR-070. Ela fica entre as goianas Anápolis e Nerópolis, próximo ao Km 16 da GO-222. Sem previsão de reparo da ponte, destruída em 6 de dezembro, moradores da região decidiram passar o dia jogando terra e cascalho no meio das duas metades da ponte que caíram no Ribeirão João Leite.

Alguns motoristas se arriscam a passar pela pista improvisada e perigosa, mediante um pedágio que varia de R$ 10 a R$ 20, dependendo do tamanho do veículo. A outra opção é dar uma volta de mais de 70km.

Planos desfeitos
As dificuldades de acesso afugentam os turistas de Goiás Velho, já raros nesta época do ano devido às chuvas. A ocupação nas pousadas e hotéis do município não passava dos 20% ontem. Como muitos brasilienses, o médico Alexandre Santos, 42 anos, acabou afetado pelos problemas nas estradas. Morador de Goiás Velho há cinco anos, ele aguardava a visita de parentes do DF na virada do ano. “Minha cunhada e sobrinhos desistiram da viagem ao saber da queda das pontes”, contou.

Para matar a saudade dos familiares, o médico fazia planos de viajar a Brasília no próximo fim de semana, mas também desistiu por causa das pontes caídas e dos longos desvios. Fora o carro dele, a equipe do Correio não encontrou nenhum veículo com placa do DF ontem em Goiás Velho. Os brasilienses são a maioria dos visitantes da única cidade goiana patrimônio da humanidade.

Memória
Rio transborda e destrói
Na virada de 2001 para 2002, Goiás Velho sofreu perdas irreparáveis de construções e objetos centenários com o temporal que caiu por dois dias. O grande volume de água fez transbordar o Rio Vermelho, que corta a cidade, e atingiu todas as construções ribeirinhas, entre elas a casa de Cora Coralina, hoje um museu. O muro da residência foi derrubado e a edificação foi invadida pela correnteza, que levou com ela objetos e anotações pessoais insubstituíveis da poetiza.

A cidade havia recebido o título de Patrimônio da Humanidade em dezembro, menos de um mês antes da inundação. A reconstrução das residências foi motivo de grande briga entre a prefeitura e o instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), pois muitas das adaptações feitas nas casas nos últimos anos não foram mantidas no projeto de restauração.Saiba mais...
Forte chuva faz Rio Vermelho subir mais três metros em Goiás Velho

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2011/01/12/interna_cidadesdf,231982/pelo-menos-30-casas-da-area-tombada-de-goias-velho-foram-afetadas-por-chuva.shtml
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  ode marina em Qui 13 Jan 2011 - 9:12

Bom Dia a Todos!

Acredito que muitos foristas têm o hábito de buscar informações na internet sobre o clima, entre outros temas de interesse. Mas sabemos que não é costume generalizado nas populações.
O aspecto científico e o vocabulário por vezes técnico provoca desinteresse das pessoas em ler previsões de tempo e clima, além de outros aspectos geológicos e astronômicos divulgados nos sites especializados. As escolas não estimulam a prática e tampouco os familiares educam seus filhos a explorar o tema.
Quando criança, não tinha internet; e além de ler jornal, meus pais gostavam de olhar o céu dia ou noite, e "ler" para nós, os filhos, o que estavam vendo. Só agora entendo como foi importante este costume doméstico...

Leiam com atenção a matéria seguinte:


12/01/2011
Catástrofe no Rio. De quem é a culpa? Meteorologia ou governo? Imprensa!
O De olho no tempo – Meteorologia Jornalística abre espaço para conclamar a população sobre a importância de se acompanhar as previsões meteorológicas hoje em dia. A atual tragédia no Rio de Janeiro, onde o número de mortos já passa de 260 torna esta uma tragédia anunciada.
Os institutos de meteorologia como INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e INMET, (Instituto Nacional de Meteorologia) alertaram as autoridades locais com 24 horas de antecedência sobre a gravidade que estava por vir. A mesma informação feita pelos centros de pesquisas foi enviada aos veículos de comunicação, como rádio, televisão, jornal e agências de noticias na internet, mas como no Brasil o que vale a pena é o ibope da tragédia e não uma previsão mais detalhada, o que agora vemos, lemos e ouvimos pode ser considerado não somente o descaso das autoridades públicas, mas também o grande vacilo do terceiro maior poder neste país, que é a imprensa.
Um grande exemplo pode ser conferido nesta quarta-feira (12) em praticamente todos os telejornais das cinco principais emissoras de televisão no Brasil.
Diariamente, o tempo dado a um boletim de previsão é de no máximo 60 segundos, mas nesta quarta, o noticiário sobre a tragédia percorreu jornal afora, com longos e calorosos 45 minutos de exibição de muita dor, sofrimento, angústia.
Para se noticiar uma previsão de qualidade, feita por institutos renomados, como o CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) com dados embasados e explicativos, seja na televisão, rádio ou internet, ninguém dá a mínima importância ou quando dão a mesma passa despercebida; Agora, para encher a tela e as páginas e mais páginas de SOS ou pedidos de socorro, nisso a imprensa é campeã!
O erro não está apenas na falha da meteorologia ou da infraestrutura das cidades, que já não suportam mais eventos extremos. O principal erro está na comunicação, na agilidade, na transparência com que informações são veiculadas e nelas contidos dados de suma importância à vida de todos. Fala-se tanto em outros âmbitos e poderes que deixam a desejar, mas a imprensa não ataca a si própria para o seu erro; Não enxerga que num país com proporções continentais como o Brasil, o assunto clima não cabe na discussão de assuntos apocalípticos inexistentes, mas sim de uma realidade conveniente. A realidade que enfrentamos ano após ano, com um número de mortos dignos de uma guerra.
O nome previsão já diz tudo. Não estamos falando que o fato tem 100% de probabilidade de ocorrer. Mesmo com toda a tecnologia disponível hoje em dia em supercomputadores, jamais uma previsão de tempo chegará a confiabilidade de 100%. Mais uma vez, o nome diz tudo. Estamos ditando uma previsão e não confirmação do tempo.
As pessoas hoje em dia precisam criar hábitos diários de enxergar a previsão do tempo como um serviço de utilidade pública e não de uma simples informação qualquer.
Quando informamos em nossos boletins a quantidade de milímetros esperados para uma determinada região, essa informação não tem valia somente ao agricultor para preparar o solo. Saber ao certo a quantidade de chuva prevista para as próximas 24 horas ou 7 dias pode sim evitar tragédias de proporções catastróficas como a vista agora no Rio de Janeiro.
Esperamos que os informativos mesmo não passando de uma mera previsão sirvam de auxílio para aqueles que residem em áreas de risco ou simplesmente para quem faz desse tipo de informação parte do seu cotidiano.
Nosso compromisso sempre será este. Levar a informação embasada, com transparência nos dados, sem criar alarde e tentar ajudar ao máximo minimizar os danos causados pela força da natureza, ironicamente com a ajuda do homem.

(Fonte: De olho no tempo)
http://www.deolhonotempo.com.br/?id=81-11059
avatar
ode marina

Mensagens : 89
Data de inscrição : 01/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  fadinha em Qui 13 Jan 2011 - 13:25


A notícia não é nova...porém quem já "pegou" uma tempestade sobre o Atlântico em direção da Europa fica sempre com uma grande impressão quando descobre que elas são uma constante à noite nesse trecho mas que não costumam derrubar avião... apenas são apavorantes... raios em volta do avião, chuva pesada, o comandante diz a toda hora para apertar os cintos de segurança, o avião que balança para todos os lados como se fosse de papel na tempestade...
simples assim.
Acho bem procedente a informação de que o aquecimento global não é culpa do ser humano que apenas contribui irresponsavelmente para piorar as coisas mas que é parte de uma situação muito mas complexa que nos levará a descortinar um novo mundo. Nós e todo o sistema Solar.
Agora sobre a formação de um novo Oceano, não sabia...

fadinha

TEMPESTADES GEOMAGNÉTICAS CAUSAM QUEDA DE AVIÕES




Russos ordenam mudanças nos vôos, após maciças mudanças magnéticas na Terra derrubarem aviões...


Relatórios circulantes no Kremlin estão dizendo que comandantes da Força Aérea Russa emitiram avisos para todos os seus aviões a fim de que tenham "extrema cautela" durante os vôos em torno e em cima de uma área definida como "Latitude 17 Norte [Oceano Atlântico Norte] Latitude 3 Sul [Oceano Atlântico Sul] para Latitude 8 Norte [Oceano Índico] Latitude 19 Sul [Oceano Índico] entre as longitudes, 46 Oeste, 33 Oeste, 46 Leste e 33 Leste", que cobre a maior parte da placa tectônica Africana.


As razões para este alerta, sem precedentes, são a rápida formação de "tempestades geomagnéticas" emanadas das fronteiras da placa tectônica Africana que, devido à sua intensidade, causaram a queda de dois grandes aviões de passageiros durante o mês de Junho/2009, causando a morte a mais de 300 pessoas.


A primeira aeronave a cair por causa deste fenômeno foi o vôo 447 da Air France. Os relatórios afirmam que após encontrar uma destas tempestades geomagnéticas, no dia 1 de Junho, perto da fronteira ocidental da placa tectônica Africana, próximo das ilhas brasileiras de Fernando de Noronha, o voo foi "completamente aniquilado" causando a morte de 216 passageiros e 12 tripulantes, caindo em pedaços no Oceano Atlântico.


A segunda aeronave a cair foi na fronteira oriental da placa tectônica Africana, quando outra destas tempestades geomagnéticas atingiu o vôo da Yemeni Airways que ia para a Ilha Nação dos Comores, no Oceano Índico, com 153 passageiros e tripulantes a bordo, tendo sido resgatada apenas uma jovem de 14 anos que se salvou milagrosamente depois de estar 12 horas na água agarrada a um pedaço do avião.


Tudo isto pode estar relacionado, segundo se diz, com o que sabe há mais de um ano sobre um "novo oceano" que se está formando na Etiópia, como se pode ler no Nature News Service:


..."Embora o nascimento de um oceano seja um fenômeno extremamente raro na grande escala histórica, a geofísica está atualmente admitindo tal eventualidade. Ainda mais impressionante é que está ocorrendo em uma das mais inóspitas e áridas regiões da Terra, a Depressão Afar na Etiópia.


O continente Africano está literalmente se descosturando, tal qual a manga de uma camisa velha, ao longo da área conhecida como Fratura do Leste Africano, que o atravessa, começando no extremo sul do Mar Vermelho, passando por Eritréia, Etiópia, Quénia, Tanzânia e Moçambique. A lava derretida abaixo da superfície da Terra torna-a fina por estar constantemente chocando-se contra ela (...)"


Embora cientistas ocidentais afirmem que a formação deste novo oceano não é susceptível de ocorrer ou só ocorre por milhões de anos, os cientistas russos declaram, inequivocamente, que devido à actual actividade solar, a Terra está em risco de ser literalmente "rasgada" na sua estrutura e sofrer por isso uma quase ou completa "inversão polar" devido a uma, ainda sem explicação, mas extremamente poderosa força gravitacional emanada do exterior que chega ao nosso Sistema Solar e que alguns pesquisadores declaram ser o misterioso "Planeta X" que muitos acreditam ser uma grande anã marrom conhecida pelos antigos povos da Terra como Nibiru, e chamada de 'Absinto' na Bíblia cristã.


Cientistas russos ainda advertem que a “obsessão” ocidental sobre a questão do Aquecimento Global, produzido pela humanidade, é um esforço deliberado para esconder aos povos o fato de que não só a Terra mas de "todos os planetas do nosso Sistema Solar estão em rápido aquecimento", como revelado pelo cientista Dr. Habibullo Abdussamatov, chefe da investigação espacial no Observatório Astronômico de St. Petersburg's Pulkovo, na Rússia, quando, em 2007, fez descobertas de que nos 3 anos anteriores as calotas polares de Marte têm vindo a derreter numa taxa sem precedentes.

De resto, há um site dissidente ocidental de informação, entre muitos, que diz: "Fotografias da fusão de duas manchas vermelhas sobre Júpiter evidenciam o aquecimento sobre a maior lua de Neptuno (Tritão) e o aquecimento em Plutão é "inexplicável" para os cientistas que observam uma tendência de 'aquecimento' já documentada em Marte, todos adicionando convincentes provas de uma maior atividade solar está occorendo em todo o sistema solar."

Entre as partes mais arrepiantes destes relatórios russos sobre a actual instabilidade da placa tectônica Africana, estão aquelas em que seus cientistas afirmam que se uma poderosa força gravitacional for exercida naquela região [como a que poderá ocorrer na Terra com a presença de um "Astro Intruso" há muito referido nos meios esotéricos que o associam ao Planeta X, Hercólubus ou Nibiru], poderá causar o afundamento desta placa com os oceanos Atlântico e Índico cobrindo completamente o que é agora conhecido como o Continente Africano, e ainda provocar um correspondente aumento do que era conhecido pelos antigos povos como os continentes da Atlântida, no meio do Oceano Atlântico, e Lemúria, nos Oceanos Índico e Pacífico.


Interessante notar que os acontecimentos actuais são aqueles que o maior psíquico norte-americano do século XX, Edgar Cayce, previu falando que a Atlântida e Lemúria iriam surgir novamente durante o fim da nossa atual era da Terra, que muitos acreditam ser em 2012 por terminar nesse ano calendário maia.

Rui Palmela

Fonte: http://macedoniaonline.eu/content/view/7331/53/

Não sei se o tema está bem colocado aqui, se não estiver, por favor, mudem...

fadinha

fadinha

Mensagens : 767
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Qui 13 Jan 2011 - 15:39

Enero 12, 2011 Es hora de prestar mucha atención!


Las aguas

Hay alguna relación entre las horrorosas inundaciones en Brasil y el permanente movimiento sísmico en Chile? Ambos están sucediendo al mismo tiempo y están alineados con sus costas una opuesta a la otra.
Rio de Janeiro está severamente inundada hoy, hace dos días Sao Paulo, Minas Gerais. NTV informa que Sao Paulo y Rio están cubiertos por el agua, las lluvias no paran desde hace dos semanas.
A esta hora las autoridades estiman que el número de personas sin techo, en los estados mencionados es de alrededor de 100.000. El desastre del sábado pasado en Sao Paulo dejó un saldo terrorífico de pequeños pueblos completamente sumergidos.
Brisbane, Australia
Miles de habitantes abandonaron sus viviendas en Brisbane. El suministro eléctrico estaba cortado y los barrios del centro daban la impresión de una ciudad fantasma.
Anna Bligh, primera ministra del Estado de Queensland: "Estamos esperando enormes masas de agua que van a invadir los ríos e inundarán miles de viviendas" .
Las autoridades prevén que unas 20.000 viviendas van a ser totalmente inundadas y 12.000 afectadas. El barrio de negocios de Brisbane el "CBD" (Central Business District) estaba el miércoles casi desierto, sus habitantes fueron evacuados y los escasos comercios aún abiertos se disponían a cerrar sus puertas.
La primera ministra australiana, Julia Gillard, llamó a los ciudadanos de la ciudad a proteger a los más frágiles. "Si hay alguien en su calle por quien usted está inquieto, quizás una persona de edad o que no ha visto desde hace un momento, vaya a golpear en su puerta y asegúrese que todo está bien".
Brisbane es la última ciudad afectada por las inundaciones que azotan el noreste de Australia desde noviembre y que han transformado la mayor parte del Estado de Queensland en zona de catástrofe y han dejado decenas de desaparecidos.
La primera ministra del Estado pidió a los habitantes que se refugiaran en las partes altas y permanecieran allí hasta que pasase el peligro.

Las recientes inundaciones en Malasia muestra signos de ondulante movimiento de las placas.
200 agricultores Padi batalla perdida lucha contra las inundaciones
12 de enero 2011 18:42 PM
Las inundaciones fuerza de cierre de tres escuelas del distrito Bau Sarawak
12 de enero 2011 11:15
Situación en las zonas afectadas por las inundaciones Sarawak Mejora
12 de enero 2011 11 a.m.
Distrito de Kelantan Tumpat permanece inundado, con 1439 en los Centros de Socorro11 de enero 2011 23:09 PM
Kuching golpeada por las inundaciones
Casi 1 millón de personas afectadas en Sri Lanka las inundaciones
Última Actualización: 17:57 IST (01/12/2011
Casi 1 millón de personas afectadas en Sri Lanka las inundaciones
2011-01-10 18:10:00
Sri Lanka, las inundaciones empeoran, número 12 hits
10 de enero 2011 03:51 AM GMT +06:00
Sri Lanka, las inundaciones matan a siete, dejar 750.000 personas sin hogar
08 de enero 2011 19:08 PMCasi 600.000 personas afectadas por las inundaciones en Sri Lanka

"el día después de mañana", es hoy
Kristen Neiling @
Dirección y Producción
Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar
Copyright 2011
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Qui 13 Jan 2011 - 15:49

Enero 13, 2011

¿Por qué hay tantas inundaciones en el mundo?
La cantidad de lluvia de varios años cae en unos pocos días y el resultado son desastrosas inundaciones y deslaves que siembran destrucción y muerte en lugares tan diversos como Brasil, Colombia, Australia, Filipinas y Sri Lanka.
Según los expertos, el responsable de esta situación es el fenómeno climático conocido como La Niña, que se verifica en el Océano Pacífico.
Las lluvias torrenciales que se han dejado sentir sobre Brasil han causado unos 330 muertos debido a aludes y deslizamientos de tierra. Y la cifra puede aumentar.
clic En fotos: la devastación en Brasil
En Australia, la tercera ciudad en población, Brisbane, quedó convertida en una urbe devastada tras las peores inundaciones que se recuerden en un siglo, con un saldo de decenas de muertos y desaparecidos, además de miles de evacuados y cuantiosos daños materiales.
En Sri Lanka, un millón de personas que han sido afectadas por profusas precipitaciones.
Mientras tanto, en Colombia, el agua caída desde 2010 ha convertido al invierno de ese país en el peor de su historia, con dos millones de damnificados, más de tres centenares de víctimas, millones de hectáreas anegadas y multimillonarias pérdidas económicas.
La Niña
La causa de semejante trastorno climático global reside en la interacción entre el mar y la atmósfera al este de Australia.
La corriente de agua fría que fluye normalmente en el Océano Pacífico hacia territorio australiano desde el este se acelera y entibia el mar, produciendo masas de nubes que dejan caer extraordinarios volúmenes de lluvia.
"Pronosticamos con meses de anticipación que el fenómeno iba a ser más intenso, pero lo que no podíamos saber es que, por ejemplo, se iba a romper a diario el récord de agua caída en Australia. "Nicholas Klingman, meteorólogo de la Universidad de Reading
Según el doctor Klingman, en el Reino Unido, el fenómeno de La Niña puede ser pronosticado, aunque no así la cantidad de precipitaciones.
La Niña podría haber jugado un papel también en las torrenciales lluvias del monzón de Pakistán y las subsiguientes inundaciones que cobraron la vida de unas 1.800 personas y dejaron sin hogar a 20 millones más.
Esto se debe a que La Niña produce fuertes vientos del este que podrían alcanzar la isla e interactuar con el monzón nororiental normal.
América Latina
Este ciclo de La Niña ha sido también señalado como el responsable de la actual situación en Brasil, además de los problemas en Colombia y Venezuela.
Según los meteorólogos, el fenómeno causa fuertes fluctuaciones climáticas en el Océano Atlántico y tiene como consecuencia fuertes lluvias. La Niña estuvo detrás de la muerte de unas 130 personas en México y 163 en Guatemala el año pasado.
En Venezuela, por otra parte, se han registrado 38 fallecimientos, seis personas permanecen sin paradero conocido y unas 130.000 han experimentado severas pérdidas materiales.
En Panamá, es la primera vez que se cierra el Canal en más de dos décadas, luego de que las sostenidas precipitaciones desbordaran lagos aledaños, los que fluyeron hasta la conocida ruta naviera que permite el flujo del 5% del comercio mundial.
Y en Colombia, además de las muertes y a los daños materiales, ha golpeado duramente a la economía: la excesiva humedad produjo un hongo que arruinó más de la mitad de las plantaciones de café. fuentes: bbc, otras

La antigua civilización de Ur, previa al período egipcio conocido por nosotros desapareció de la faz de la Tierra debido al efecto "La Niña".


"el día después de mañana", es hoy
Kristen Neiling @
Dirección y Producción
Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar
Copyright 2011
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Qui 13 Jan 2011 - 16:49

Cheias no Sri Lanka fazem mais de um milhão de desalojados

http://diario.iol.pt/internacional/sri-lanka-cheias-chuva-inundacoes-tvi24/12255\
15-4073.html


Mais de um milhão de pessoas foram obrigadas a deixar as casas onde viviam, por
causa das cheias da última semana no Sri Lanka. A informação foi avançada pela
agência do Governo que lida com situações de crise.

«Pelo menos 533 mil pessoas ficaram desalojadas, apenas no distrito de
Batticaloa [leste do país], onde instalamos 225 acampamentos para as receber»,
declarou um porta-voz do centro.

Ao todo, 1,066 milhão de pessoas tiveram de deixar as casas por causa da água.
Mais de 250 mil pessoas estão abrigadas em acampamentos montados pelo Governo.

avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Luiz em Qui 13 Jan 2011 - 20:05

BUSCADOR DA PAZ E TODOS OS DEMAIS MEMBROS DO FÓRUM.

O MOMENTO É DE MUITAS ORAÇÕES PELAS VITIMAS DAS ENCHENTES, NO RIO DE JANEIRO, SÃO PAULO, M.G., AUSTRÁLIA ETC.

NECESSÁRIO REZARMOS POR TANTA GENTE NECESSITADA E CASO ESTEJA AO NOSSO ALCANCE, DEVEMOS TAMBÉM PRESTAR TODA SOLIDARIEDADE POSSÍVEL SOB A FORMA DE AJUDA, SEJA DA FORMA QUE FOR, ISSO TUDO, INDEPENDENTEMENTE DAS OPINIÕES DOS CIENTISTAS ( E MUITAS PESSOAS) PHD'S DE PLANTÃO, QUE INSISTEM EM DIZER QUE TUDO O QUE ESTÁ ACONTECENDO É NORMAL, JÁ ACONTECEU ANTES E QUE ASSIM PERMANECERÁ POR MILHÕES DE ANOS.

VAMOS NO FOCAR NA AJUDA AO PRÓXIMO E ESQUECER AS OPINIÕES SOBRE OS FENÔMENOS.

EU SOU DO RIO DE JANEIRO, A CAPITAL NÃO SOFREU NADA, PORÉM, CIDADES SERRANAS, COMO TERESÓPOLIS, NOVA FRIBURGO, PETRÓPOLIS, ITAIPAVA ETC, SOFRERAM EXCESSIVAMENTE, NO CASO DE NOVA FRIBURGO, PRATICAMENTE TODA CIDADE FOI DESTRUIDA, EM FIM, COMO DISSE, MUITAS ORAÇÕES E AJUDA HUMANITÁRIA.


QUEM QUIZER AJUDAR É SÓ ACESSAR O LIMK ABAIXO:


http://oglobo.globo.com/rio/mat/2011/01/13/saiba-onde-fazer-doacoes-para-as-vitimas-das-chuvas-na-regiao-serrana-do-rio-923493209.asp

OBRIGADO A TODOS. .
Luiz


Mensagens: 47
Data de inscrição: 31/10/2010
Idade: 53
Localização: Rio de Janeiro



avatar
Luiz

Mensagens : 2865
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Seg 17 Jan 2011 - 15:32

Alto risco de temporais no Rio Grande do Sul

A semana que começa no Rio Grande do Sul promete ser de instabilidade e novamente de alto risco de temporais de verão, assim como foi a semana que passou, quando Porto Alegre foi atingida por dois temporais localizados com chuva intensa com intervalo de apenas dois dias. O Estado se encontra sob influência de uma massa de ar muito quente que trouxe máxima de 38,4ºC neste domingo para a zona Norte da Capital. Espera-se que no decorrer desta semana haja um enfraquecimento da chamada Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), que tanta chuva tem provocado no Sudeste do Brasil, o que deve permitir um maior aporte de umidade em direção ao Centro da América do Sul e o Sul do Brasil, tornado a atmosfera ainda mais instável.

O tempo deve ter mudanças nesta segunda com o aumento da umidade proporcionado pela passagem de uma frente fria pela costa. Esta frente provocou tempo severo no Uruguai e na Argentina durante o domingo. O dia virou noite na cidade de Buenos Aires e no conurbano na tarde de ontem. Houve queda de granizo e vendaval de 100 km/h...

Fonte: Metsul

avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Seg 17 Jan 2011 - 16:29

17/01/2011 - 15h16
Chuvas deixam 17 pessoas mortas e 82 cidades em emergência em Minas
Publicidade
RAPHAEL VELEDA
DE BELO HORIZONTE

O Corpo de Bombeiros encontrou o corpo de um homem de 25 anos que foi arrastado pela correnteza durante uma forte chuva na tarde de sábado (15), na região leste de Belo Horizonte (MG). Luiz Mateus de Oliveira é a 17ª vítima da atual estação chuvosa em Minas Gerais.

Em Minas, alerta de enchente é dado pelo sino da igreja
Sobe para 644 número de mortos devido às chuvas no Rio
Represa vaza na cidade de Pedreira, em SP, e causa erosão
Saiba como fazer doações para as vítimas das chuvas
Veja como ficaram os pontos turísticos
Veja imagens dos estragos no Rio
Veja cobertura sobre chuvas na região serrana do Rio

De acordo com a Defesa Civil mineira, Oliveira e um amigo estavam nadando em um córrego chamado Poço dos Malucos, no bairro Casa Branca, quando começou a chover.

Os dois se esconderam, então, em uma galeria de águas pluviais vizinha ao ribeirão Arrudas. A água, porém, subiu e carregou os dois. O amigo conseguiu nadar até a borda, mas Oliveira foi carregado pelas águas.

Ele foi encontrado pelos bombeiros na noite de domingo (16) no município de Sabará, a 19 km da capital mineira. Segundo a Defesa Civil, a causa da morte foi afogamento.

EMERGÊNCIA

Em Minas já são 82 as cidades em situação de emergência por causa da chuva.

A última a decretar emergência foi Itumirim (212 km de Belo Horizonte), no sul do Estado. A cidade, de pouco mais de 6.000 habitantes, teve bairros inundados pelo rio Capivari, que também causou estragos em outras cidades da região, como Itamonte e Carvalhos, que também estão em emergência.

A situação de emergência foi homologada pela Defesa Civil em 11 dos 82 municípios. Em seis cidades a emergência foi reconhecida, o que garante o repasse de recursos dos governos estadual e federal.

Outras 48 cidades esperam pela análise da Defesa Civil e, em 17 casos, o pedido foi arquivado.

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/861752-chuvas-deixam-17-pessoas-mortas-e-82-cidades-em-emergencia-em-minas.shtml

avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Ter 18 Jan 2011 - 16:49


Enero 17, 2011 flash news

La salida del Sol con dos días de anticipación en Groenlandia, dispara miedo

En Groenlandia, el sol comienza a mostrarse de nuevo el 13 de enero de cada año. Este año por primera vez el Sol llegó 2 días antes: el 11 de enero.
Algunos científicos decían que "puede ser el derretimiento de las capas de hielo" causó el fenómeno y por eso se ve el Sol antes de tiempo. Que la constelación de las estrellas no ha cambiado. Que puede ser un fenómeno atmosférico... Una cosa es cierta. el evento continúa preocupando a toda la comunidad científica que están luchando por una explicación.
En mi opinión, creo que todavía no sabemos lo suficiente sobre esta historia, por ahora. Hasta que no haya más información disponible, me parece sensato considerar que todas las explicaciones deberían ser consideradas teorías.

Lista de algunas teorías:

1. ¿El derretimiento del las capas de hielo se debe al calentamiento global?
2. ¿Tiene algo que ver con el 2012 y el campo magnético de la Tierra?
3. ¿Está conectado con el reciente fenómeno de la muerte masiva de pájaros?
4. ¿Estaba el Sol justo en ese momento reflejando sobre el hielo y el agua?
Fuentes:
1. Verfrühter Sonnenaufgang verunsichert Grönländer
2. The sun rises two days early in Greenland
3. RSOE Emergency and Disaster Information Service

www.sott.net/articles/show/221541-Strange-Phenomenon-Sun-rises-two-days-early-in-Greenland-sparks-fear
© Unknown


"el día después de mañana", es hoy
Kristen Neiling @
Dirección y Producción
Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar
Copyright 2011
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Qui 20 Jan 2011 - 11:07

Degelo acelerado dos Andes ameaça América do Sul

Por Fabiano Ávila, da Carbono Brasil
http://www.envolverde.com.br/materia.php?cod=85646&edt=1



Desaparecimento das geleiras em países como o Peru, que dependem delas para o
fornecimento de água, já preocupa e pode resultar em milhões de refugiados
climáticos e na desestabilização de todo o continente.

O Peru possui 70% de todas as geleiras existentes na zona tropical do planeta,
que são fundamentais para o fornecimento de água e para o próprio clima de
diversos países. Porém o aumento da temperatura está provocando o degelo dessas
regiões em um ritmo mais rápido que o previsto por cientistas e existe o risco
de que nos próximos 10 anos geleiras inteiras deixem de existir.

Se esse cenário se confirmar, uma grande crise econômica e social pode
desestabilizar todo o continente, fazendo surgir mais conflitos entre os países.

"Imagine o que pode acontecer se as geleiras andinas se forem e milhões de
pessoas famintas tiverem que migrar para outras regiões", explicou ao jornal
Washington Post o ex-diretor da Agência Central de Inteligência (CIA), James
Woolsey.

Dados dos últimos 40 anos do governo peruano já mostram o impacto do degelo na
agricultura e no modo de vida das pessoas que moram nas zonas mais próximas às
geleiras.

"Antes eu caminhava duas horas e já alcançava a geleira. Mas agora, eu ando
cinco, seis horas para chegar à ela. Nós pegamos toda a nossa água de lá, se o
gelo desaparecer simplesmente não teremos mais água", disse Maximo Juan Malpaso
Carranza, agricultor da comunidade andina de Utupampa.

Mais de dois milhões de peruanos dependem diretamente da água coletada na
chamada Cordilheira Branca. Porém, pesquisadores afirmam que essas montanhas já
perderam 30% de suas geleiras desde 1970.

O próprio governo do país reconhece que precisa de ajuda para lidar com a
situação, seja com a construção de reservatórios e represas ou com
investimentos que melhorem a produção agrícola.

"Se o Peru e seus aliados não criarem projetos para conservar água, melhorar a
infraestrutura e controlar o degelo nos próximos cinco anos, o desaparecimento
das geleiras podem levar a um desastre social e econômico", afirmou Alberto
Hart, conselheiro de mudanças climáticas do Ministério de Relações Exteriores do
Peru.

Para minimizar esse quadro, o governo peruano está tentando arrecadar junto à
comunidade internacional US$ 350 milhões por ano até 2030.

No ano passado, o Peru recebeu US$ 30 milhões dos Estados Unidos em ajuda para
mitigar os efeitos das mudanças climáticas. Porém, a maior parte desses recursos
acabou destinada para as áreas de florestas do país.

O Banco Mundial já vem trabalhando com o Peru para monitorar o suprimento de
água e implementar modificações na agricultura. Japão, Austrália e Suiça também
ofereceram ajuda.

Mas o degelo dos Andes não afetará apenas o Peru, pois terá sérias consequências
de forma direta na Bolívia e no Equador, onde cidades já convivem com a ameaça
de enchentes relâmpago e seca. Os rios que formam a Bacia Amazônica também
deverão sofrer, já que nascem na cordilheira. Todos os impactos do degelo ainda
não estão claros e mais estudos deveriam ser incentivados pelos governos
sul-americanos.

A Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (UNFCCC) identifica
a América do Sul como uma das áreas mais vulneráveis às mudanças climáticas.
Além do degelo dos Andes, praticamente todo o litoral do continente está sujeito
a fortes tempestades e enchentes, fenômenos extremos que põe em risco milhões de
pessoas devido à densidade populacional e a ocupação desordenada nas cidades.

http://groups.yahoo.com/group/MidiaeProfecia/message/21527
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Luiz em Qui 20 Jan 2011 - 20:28

BUSCADOR DA PAZ

Meu camarada, o négócio é o seguinte, tem uma musica que diz "Rio 40 graus" , já era, está totalmente defasada, é Rio 50 graus, que loucura amigo.
avatar
Luiz

Mensagens : 2865
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tornado é registrado no RJ e assusta população

Mensagem  Reikiana em Qui 20 Jan 2011 - 23:54

Tá forte a coisa amigo Luís,

Para espanto da população - e também de meteorologistas -, um tornado de baixa intensidade foi registrado em Nova Iguaçu (RJ), no início da noite de ontem. Visível a quilômetros dali, na zona oeste do Rio, o vento forte destelhou casas, arrancou janelas e árvores pela raiz, derrubou portões e postes e até o muro de uma casa. Mas não provocou ferimentos graves nos moradores, que, atônitos, fotografaram e filmaram o fenômeno raro.

Sete bairros sentiram, durante cerca de vinte minutos, os efeitos do "tornado fraquinho" que passou pela cidade por volta das 18h30. A classificação é do meteorologista Lucio de Souza, do Instituto Nacional de Meteorologia. Como outros colegas, ele desconfiou de exagero quando soube da notícia. Mas não teve dúvidas ao ver as nuvens em formato de cone nos vídeos colocados no site Youtube

"Eu não estava acreditando, mas a nuvem em forma de funil não deixa dúvida. Como ocorreu num lugar apenas, não foi sentido em nenhuma estação meteorológica. Não foi registrado qualquer vento nem chuva que pudesse se associar a este tornado", explicou Souza, cujo palpite é de que a velocidade tenha ficado entre 80 km/h e 90 km/h. "Mas a gente não mediu nada".

Os moradores olhavam para o céu e, traumatizados com as imagens da destruição causada pelas chuvas, temeram pelo pior. Algumas correram, assustadas. Outras se trancaram em casa. Ruas ficaram sem energia elétrica.

http://br.noticias.yahoo.com/s/20012011/25/manchetes-tornado-registrado-no-rj-assusta.html
avatar
Reikiana

Mensagens : 24
Data de inscrição : 27/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Sex 21 Jan 2011 - 14:54

É rapaz, estamos passando por cada uma...

Até mais!

Buscador no calorão sunny
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Luiz em Sex 21 Jan 2011 - 15:05

OI REIKIANA BOM TE VER POR AQUI.

EU DIZIA EM OUTRO TÓPICO, QUE ESTE TUFÃO QUE VEIO AO RIO DE JANEIRO NUNCA ACONTECEU ANTES, DESDE QUANDO A FAMÍLIA REAL APORTOU NA CIDADE A SÉCULOS ATRAS NÃO SE TEM NOTÍCAIS DE ALGO SEQUER PARECIDO COM ISSO
avatar
Luiz

Mensagens : 2865
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Reikiana em Sab 22 Jan 2011 - 0:46

Pois é Luís... o filho a casa boa volta,

Sabe quando arruma todos os dominós um atrás do outro??? basta empurrar um que na sequência todos os outros vão caindo??? primeiro lentamente, depois vai mais rápido até que acelera de vez.

Em qual ponto estamos? com certeza no lentamente não estamos mais.

Bençãos de luz e paz em nossos dias.
Reikiana
avatar
Reikiana

Mensagens : 24
Data de inscrição : 27/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Ter 25 Jan 2011 - 16:38

Eita, e o povo jogando dominó domingo de noite, passei batido e fui jantar, oh obra cansativa!
Até mais!

Buscador desfalecendo! Shocked

Sobe para 55 o nº de cidades em situação de emergência em SC
25 de janeiro de 2011 • Notícia

Enxurrada atingiu pelo menos 62 municípios de Santa Catarina

Foto: Fabrício Escandiuzzi/Especial para Terra

A Defesa Civil de Santa Catarina informou que o número de municípios em situação de emergência por causa das chuvas passou para 55 na tarde desta terça-feira. Os últimos os municípios a entrarem na relação foram Balneário Barra do Sul, São João do Sul, São Martinho e Santa Rosa do Sul. Ao todo, 65 cidades catarinenses foram atingidas pela enxurrada, que afetou 884.090 pessoas.

De acordo com o levantamento, 21.866 pessoas estão desalojadas (abrigadas por parentes ou amigos) e 1.862 desabrigadas (acolhidas em abrigos públicos). Pelo menos cinco pessoas morreram, sendo três em Florianópolis, uma em Jaraguá do Sul e outra em Massaranduba. Outras 162 ficaram feridas. O órgão informou ainda que 21.953 residências foram danificadas e, em várias cidades, os serviços de abastecimento de água, energia elétrica e comunicações foram afetados.

Além das cidades em situação de emergência, o Estado contabiliza também um município em estado de calamidade pública, Mirim Doce, que concentra 900 famílias desabrigadas e pelo menos 115 feridos. Na segunda-feira o governador Raimundo Colombo vistoriou as localidades atingidas pela enxurrada na cidade e afirmou que vai viajar a Brasília na quarta-feira para solicitar o apoio do governo federal para atender os municípios de Santa Catarina.

Segundo a Defesa Civil, o tempo instável deve permancer nos próximos dias no Estado, porém com volumes de chuva bem menos intensos que os registrados entre os dias 18 e 22 de janeiro.

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4909533-EI8139,00-Sobe+para+o+n+de+cidades+em+situacao+de+emergencia+em+SC.html
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  buscador da paz em Qui 27 Jan 2011 - 8:37

Enero 26, 2011

Efecto"La Niña" durará hasta cuatro meses más

“En términos atmosféricos, se trata de uno de los más intensos episodios de La Niña”, afirmó Rupa Kumar Kolli, a cargo las secciones relativas al clima de la OMM. El impacto más importante que hemos visto en los últimos meses son las devastadoras inundaciones en Australia.

La OMM, cuya sede está en Ginebra, afirma en su último boletín que el episodio sigue siendo “significativo” en la parte tropical del Océano Pacífico y “sus efectos se extienden a océanos adyacentes”.

Todos los científicos pronostican la “continuación de La Niña durante por lo menos los próximos dos o cuatro meses”.

“Si bien prevemos que La Niña se debilite en los próximos meses, seguirá teniendo consecuencias”, afirmó Kumar Kolli.

Para la OMM, La Niña también está relacionada con el aumento de la media de precipitaciones en la parte meridional de África, la disminución del promedio de lluvias en la parte oriental de este continente y en el sudeste de América del Sur.

Kumar Kolli también vinculó directamente a La Niña con las lluvias torrenciales y los deslizamientos de lodo en Brasil y las inundaciones en Sri Lanka.

En lo relativo a sus efectos atmosféricos, como vientos, nubosidad y presiones, este episodio de La Niña es el tercero más intenso registrado, tomando en cuenta los conocidos en el siglo XX, mientras que sus efectos de enfriamiento del Océano Pacífico se consideran entre moderados y fuertes.

Contrariamente a El Niño, el cual sucede con frecuencia, La Niña es un fenómeno meteorológico caracterizado por temperaturas anormalmente bajas en las aguas de la superficie del sector central y oriental del Pacífico.

En el siglo XX hubo en total 17 episodios de la Niña y 25 del Niño, cuyas intensidades fluctuaron entre moderadas y fuertes.


"el día después de mañana", es hoy
Kristen Neiling @
Dirección y Producción
Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar
Copyright 2011
avatar
buscador da paz

Mensagens : 311
Data de inscrição : 03/11/2010
Idade : 44
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum