PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Página 8 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 13

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 4 Nov 2017 - 9:24

21/10/2015
Todo o poder emana da Fonte. Tudo e todos buscam sempre o seu poder particular na Fonte. Essa energia que denominamos de Fonte abastece, correlaciona e mantém tudo, qualquer que seja a dimensão do universo, material ou imaterial. Estamos demasiadamente bitolados pelo universo material, que nos mantém presos à matéria, impedindo que busquemos o contido no outro lado da medalha, que é aquilo que não pode ser sentido pelos cinco sentidos de nosso corpo físico. É no verso da medalha que está o sentido da vida. O universo material apenas nos fornece as condições de agir e interagir, para podermos experienciar os conhecimentos, que só poderão ser efetuados dentro do mundo material. Conforme o contido no livro “Conversando com Deus”, essa é a forma de Deus experienciar quem é, que somente poderá ser efetuada de uma forma que não saiba quem é. Assim, no esquecimento, no encobrimento da memória, a parcela Divina que está materializada e iniciando um novo estágio totalmente ignorante de si, entra para o mundo da experienciação para, assim, cumprir seu objetivo de existência que é experienciar o conhecimento Divino até reconhecer-se como Deus em ação.



22/10/2015
O ser humano é inconsciente de sua correlação como o universo, com tudo, refiro-me a todos os reinos materiais e imateriais. Especialmente a interferência e a influência de seu poder criador no seu mundo particular e diretamente em si, na sua parte material e imaterial. Essa inconsciência o faz criador de imensos entraves para sua vida presente e futura. O desconhecimento das Leis que regem a mecânica do universo, tanto particular como em seu todo. A inconsciência de que não é um ser solto no universo, um excremento da natureza, mas sim uma célula de um grande corpo, que poderíamos chamar de universo, Deus, Essência, Energia ou outro nome qualquer, é que suas criações através de seu pensamento, suas palavras e suas obras interfere, intervém e movimenta todo o conjunto. Leva a todo esse conjunto a consequência de seus atos, daquilo que consciente ou inconscientemente exalar de si e que interferirá em primeiro lugar em si e depois se espalhará aos outros, como um câncer, que aos poucos se espalhará por todo o corpo, levando-o à morte. O ser humano precisa acordar, precisa conscientizar-se de que não é apenas uma individualidade, mas participa de todo o organismo. Somos uma individualidade múltipla. Somos um como somos todos.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 13

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 5 Nov 2017 - 10:06

23/10/2015
A nossa vida é formada de pequenos nadas, pequenos agora. São esses pequenos nadas que somados se tornam as realizações de cada ser. Os nadas de hoje serão os determinantes de nosso amanhã. Criamos, aglutinamos agora o mundo que nos rodeia amanhã. Disso podemos ter certeza. Está expresso pelo maior mestre que pisou esse planeta. Jesus afirmou de forma clara e definitiva: “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”. Ninguém escapa disso. É uma Lei que está impressa no DNA de todos os seres. Aqui, também, está a responsabilidade dos pais em educar no bom caminho os filhos que lhes foram dados. Porque grande parte do sucesso da encarnação do espírito está no cuidado em encaminhar os filhos dentro de princípios que lhes facilitem a experienciação dos conhecimentos. Quando a criança recebe desde o berço princípios e limites, seu consciente exterior já se autodisciplina em toda a estrada evolutiva por que deve passar nesta passagem pela carne. Isso serve também para todas as atividades da vida. Quando o ser humano inicia uma caminhada preparado, lhe é mais fácil concluí-la.



24/10/2015
O espírito é princípio Divino, partícula de Deus, com todos os seus poderes, posto na matéria, sob o Véu de Maya, o esquecimento do passado, para que possa experienciar o conhecimento Divino, sem saber quem é. Acostumaram-nos a pensar e entender a Deus como uma personalidade, um ser quase de carne e osso, que está sentado em um trono e, de lá, com mão de ferro, dirige, vê nossas transgressões à Lei, nos corrige castigando, condena o vivente infrator ao fogo do inferno pela eternidade. A alguns dá o direito de sentar-se à sua direita, outros à sua esquerda e outros à sua frente, olhando, abestados, para sua face. Esse deus insano só pode existir em mentes insanas. Em realidade, Deus não é mensurável. Não está aqui nem ali, está em tudo, porque aquilo que chamamos de Deus é uma Energia. Essa Energia é que comanda, mantem tudo. Do funcionamento perfeito do átomo à galáxia, e das Galáxias, de forma que tudo infere com todos e nenhum interfere no funcionamento do outro, assim mantendo a harmonia universal. O ser humano é o único no universo que pode infracionar essa harmonia e por isso precisa ressarcir. É daí que vêm as pedras e espinhos pelo seu caminho.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 13

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 6 Nov 2017 - 14:01

25/10/2015
A vida é a respiração de Deus. Constantemente ela se renova. O nascer, o morrer, o renascer sempre são também a respiração de Deus. Há seres em que essa respiração é muito curta, de acordo com a nossa noção de tempo, mas está de acordo com o tempo de Deus. A vida, para alguns seres, como conhecemos, está vinculada a alguns dias. Outros seres a poucos anos, outros a algumas dezenas de anos e outros a centenas de anos. Como também há seres cuja existência se pode contar em éon ou éons de tempo, como os planetas e galáxias que ao seu tempo se expandem e contraem, isso também é a respiração de Deus. Essa respiração é que traz a harmonia a tudo o que existe, àquilo que veremos através de nossa visão acanhada, e tudo o que não vemos, mas que existe aos olhos de Deus. Assim como tudo parte de Deus, tem seu princípio nEle, tudo retorna a Ele após cumprir o objetivo de sua criação. Não podemos nos esquecer de que a Lei da Física se aplica também aqui, que diz: “No universo nada se perde, nada se cria, tudo se transforma”. Aqui também há a respiração de Deus.



26/10/2015
O futuro, incógnita do tempo. É um tempo que só existe na dualidade do consciente exterior do ser humano. É necessário apenas para dar sentido ao entendimento do tempo como o conhecemos. A incapacidade do consciente exterior de aglutinar o conceito do tempo de Deus precisa fracioná-lo para, em parte, poder ser intelectualizado pelo seu parco entendimento e pouca capacidade cerebral para intelectualizar coisas abstratas. O tempo, como conhecemos, está apenas vinculado à Terra. Nenhum outro astro possui um templo semelhante ao nosso. Por exemplo: a lua tem somente o movimento de translação e seu ciclo leva 28 dias terrestres. Portanto, o nosso tempo não se enquadra ao tempo lunar. Os astronautas que estão na Estação Espacial também não têm o tempo como aqui na Terra. Somente sabem as horas quando lhes é dito pelos controladores ou quando veem o sol se pôr sobre o globo terrestre. Aí podem deduzir o horário em tal país. Na grande realidade, somente existe o tempo de Deus que é o eterno agora. Aliás, esse também precisa ser o nosso tempo, pois é somente no agora que podemos agir e interagir no mundo que nos cerca.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 13

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 7 Nov 2017 - 9:44

27/10/2015
Assim como nada surge no universo por acaso, também na vida de cada ser humano nada acontece por acaso. O acaso é somente a incompreensão da mecânica do universo. Tanto do universo como um todo como com o universo particular de cada ser. Isso tudo é líquido e certo. Para tudo há uma Lei que determina a causa e o efeito. Podem as ciências dos homens não conhecer, mas isso é uma realidade. O acaso é a negação da Divindade. Por isso precisamos estar conscientes de que a nossa vida na matéria, assim como a nossa vida de espírito, tem um objetivo bem programado e definido. Na matéria, estamos, por causa do Livre Arbítrio, condicionados à Lei da Causa e Efeito. “A todo o ato, há outro ato na mesma intensidade e em sentido contrário”. Isso é que determina a nossa vida na matéria. Nossas doenças não são um acaso, são consequências de nossos pensamentos, palavras e obras. Esses são os determinantes de tudo o que nos acontece quando no corpo físico. Porque Deus não criou um espírito doente ou defeituoso. Da mesma forma, a matéria que formou o corpo não é defeituosa, porque, se o fosse, Deus não seria Deus. Então só pode ser o próprio espírito o responsável pelas doenças e deficiências de seu corpo físico.



28/10/2013
A dificuldade do ser humano em aceitar e entender a existência de seres habitantes de outros planetas, outros sistemas solares e outras galáxias, se prende ao fato de que se julga superior a tudo e a todos. Por maiores que sejam as provas da existência de seres mais evoluídos e, podemos dizer, imensamente mais evoluídos que a raça humana, fazem questão de fechar os olhos a tudo o que prova que essas inteligências existem, e ainda, de alguma forma, interferem em nossas vidas. Essa mania de superioridade, demonstram não só na convivência cotidiana com outros povos, mas estendem também àqueles que têm a capacidade de cruzar as dimensões do tempo e se mostrar aos humanos, provando a sua existência. Inebriados em seu casulo de soberba, orgulho e com o ego coroado, negam tudo o que possa lhes fazer sombras, porque querem ser os detentores do poder e do conhecimento. Pobre raça humana, mal pode ou consegue usar dez por cento da capacidade cerebral e ainda querem ser os únicos, num universo de bilhões de galáxias, a possuírem vida e inteligência. Infelizmente somos como as raças dos caninos, que, quanto menor, mais late.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 13

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 8 Nov 2017 - 9:39

29/10/2015
Tudo no universo tem um motivo de ser. Nada existe por acaso e nada foi criado sem um objetivo definido. O único que pode desvirtuar isso é o ser humano, que tem o mesmo poder criador da Divindade. Seu poder criador, que é o pensamento, está constantemente criando. Pelo seu próprio desconhecimento, cria toda a espécie de criaturas, que depois precisará exorcizar. Como diz Jesus, “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”. Lançamos inconscientemente no universo toda a sorte de criações, e o universo tira uma xerox e devolve ao criador. O universo não sabe, não analisa, apenas executa o seu papel na criação; devolve ao criador o resultado daquilo que ele lançou no universo. Porque acham que o mundo está tão conturbado? É só tentar perceber aquilo que os homens estão lançando ao universo. É só ver em nosso país, com raras exceções, o restante só quer tirar vantagem. E é isso que o universo está devolvendo, todos estão tirando vantagem. Os frutos dessas sementes serão muito amargos, amargos mesmo.



30/10/2015
A incompreensão das leis que regem o universo e os nossos destinos é que entrava o nosso desenvolvimento, tanto particular como geral. As religiões não ensinaram a seus fiéis as bases de todo o desenvolvimento humano que está posto, especialmente sobre duas leis de somais importância. A primeira, e a menos entendida, é a lei da criação. A lei expressa uma condição que o ser humano possui, que é criar o seu mundo particular e aglutinando a outros, o mundo geral de uma cidade, estado, país e planeta. Essa condição de criador está vinculada ao pensamento que no mundo astral, o mundo invisível, assim como o pensamento, cria forma. Como na legislação humana, quem cria alguma coisa é dono dela. Da mesma forma ligada à Lei da Criação, há a Lei do Retorno, assim como as ciências humanas catalogou que, “A cada ato há um outro em sentido contrário e na mesma intensidade”. Jesus a expressou assim: “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”. Em síntese, tudo o que criares, retornará a ti. Há tanto tempo estamos como ioiô, descendo à matéria e retornando ao mundo espiritual e ainda não aprendemos.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 13

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 9 Nov 2017 - 8:40

31/10/2015
Os suores e lágrimas do ser humano são a consequência de seu afastamento da Fonte de todas as coisas. Temos no Livro Sagrado a descrição do afastamento, e sua consequência. Talvez não tenha sido somente por causa da maçã, mas a consequência das criações, pelo pensamento, que começaram a ter que ser exorcizadas; nas palavras de Jesus: “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”. O que causou o afastamento da Fonte é de somenos importância. Precisamos nos fixar em suas consequências, como diz o Livro Sagrado: “Comerás o pão com o suor do teu rosto”. Essa consequência precisa ser fixada em nosso consciente exterior. Se precisamos suar para obter o pão que mata a fome, também temos que verter lágrimas para suportar a dor que é o resultado de nossas criações. Como diz o ditado popular, “Criamos cobras e lagartos e depois queremos ter colibris”. Outro ditado popular também pode ser passado aqui: “Quem semeia ventos, colhe tempestades”. Achamos que podemos fazer tudo o que nos dá na telha e depois pedir perdão a Deus e tudo estará resolvido. Bela forma de nos enganar e de enganar os outros. Lembre-se sempre das palavras do Cristo: “Não passará da Lei nem um til nem um jota sem que tudo seja cumprido”. Jesus não fala que tudo seja perdoado.



01/11/2015
Muitas vezes, as religiões são as responsáveis por muitos seres humanos se considerarem ateus. Aqueles que utilizarem sua massa cinzenta, e buscarem entender a esse Deus que pregam as religiões, certamente terão dificuldade de aceitar racionalmente esse Deus. Não é de se estranhar, pois esse Deus que pregam é um Deus que está lá no céu, sentado em seu trono, observando os pobres mortais cá embaixo, anotando num caderninho os deslizes e as infrações que os humanos cometem contra a Sua Lei, para depois condená-los ao fogo do inferno, pela eternidade. É bem como diz o livro “Conversando com Deus”, em que Deus diz: “As teologias humanas são a tentativa da humanidade de explicar um Deus insano que não existe”. Não deixa de ser uma realidade. Se formos pôr na balança da razão seus ensinamentos, veremos que muita coisa está mal ensinada. Todas nos dizem que somos filhos de Deus. Deus dá, Deus tira, Deus castiga, Deus condena ao fogo do inferno pela eternidade. Deus nos condena a nascer com um pecado, dito original, que algum ser hipotético cometeu, e eu tenho que pagá-lo. Esse, realmente, parece ser um deus insano.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 13

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 10 Nov 2017 - 8:39

02/11/2015
As nossas descidas à matéria são a escola para a experienciação e para a aprendizagem de nossa evolução espiritual. Todo o espírito, não importa a dimensão evolutiva em que se encontra, sempre estará experienciando o conhecimento Divino. Foi para isso que Deus individualizou parcelas de Si e pôs em corpos físicos para que Ele pudesse conhecer-se quem é. Talvez a nossa parca capacidade intelectiva ainda não consiga absorver plenamente essa ideia, mas não deixa, por isso, de ser uma realidade. Para que essa parcela pudesse experienciar, não poderia saber quem é. Por isso, nossa identidade espiritual foi encoberta pelo Véu de Maya. Isso deu ao espírito encarnado a possibilidade de fazer ou deixar de fazer qualquer coisa, essa é a Lei do Livre Arbítrio, responsabilizando o espírito pelos seus atos, e servindo, também, de evolução espiritual. Assim, a passagem do espírito pela matéria o vai introduzindo dentro do conhecimento, e, conforme o penetra, vai abrindo-se a consciência de sua realidade de parcela Divina, até reconhecer-se como Deus em ação.



03/11/2015
As bases de nossa evolução espiritual já estão dentro de nós, estão também ao nosso redor. É-nos apenas necessário abrir nossos ouvidos e a nossa mente para receber as instruções pertinentes à nossa evolução. Temos nosso EU SOU, que é a parte de Deus que reside em nosso coração. Somente precisamos ouvi-lo. Sua voz é tão suave que precisamos dar condições ao nosso consciente exterior para que possa ouvi-lo. Há a necessidade de silenciar a mente. Enquanto a mente estiver mergulhada no burburinho do mundo que nos rodeia, será muito difícil ouvir a voz de nosso EU SOU. Isso é preciso ensinar às crianças, que já por natureza são demasiadamente agitadas. Se não dermos condições à nossa mente, não receberemos as intuições de nosso EU SOU ou mesmo de outros seres, que sempre nos trarão informações que são necessárias para que aprendamos a estar no mundo sem ser do mundo. A viver dentro de um mundo que está à nossa disposição, mas não nos pertence, nem nós lhe pertencemos. É simples de entender, somente nos pertence aquilo que a morte do corpo não pode nos tirar, tudo o que ela tirar é que pertencia ao mundo e não nos acompanhará para a vida após a vida.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 11 Nov 2017 - 8:58

04/11/2015
Tudo o que acontece está programado, quer seja porque já estava previsto para acontecer ou por consequência de nosso poder criador. Nada acontece sem que os comandantes do Projeto Terra tomem conhecimento. Este comando está encarregado de toda a estrutura e nada acontece sem que seja autorizado por eles. Está afeto a esse comando, através do Conselho Cármico, cuidar dos resgates de cada ser, para que nada fique sem o seu mérito ou o seu resgate. “A cada um é dado conforme suas obras”, diz Jesus. Como também, em outra passagem, Jesus sintetiza a atividade desse Conselho Cármico, dizendo: “Não passará nem um til nem um jota da Lei sem que tudo seja cumprido”. Dessa forma, tudo o que acontece na Terra é do conhecimento da Congregação de Inteligências e de Consciências superiores que se denomina Comando Intergaláctico para a Terra. A eles está afeto o controle e a execução deste projeto, ao qual todos os espíritos vinculados à Terra estão subordinados, a quem, em última instância, obedecem.



05/11/2015
Todo o esforço, nada será em vão, mas precisa ser secundado pela persistência e pela constância. Isso, podemos dizer, em qualquer atividade do ser humano. Tanto para as atividades materiais como as atividades espirituais. Apenas elas apresentam resultados de forma diversa. A todas as atividades materiais, os resultados são imediatos, no máximo leva um tempo curto. Ao passo que das atividades espirituais dificilmente vê-se o seu resultado durante o tempo em que demora sua encarnação. Pode-se dizer que esse resultado somente vai mostrar-se quando o espírito voltar ao mundo espiritual. Isso acontece porque a evolução espiritual não é percebida pelo consciente exterior, que não tem parâmetros de comparação. Não sabe o que era antes e, mesmo agora, também não sabe a situação atual. As coisas materiais estão no lado oposto das coisas espirituais, por isso se tornam de difícil constatação. Embora a constatação da eficácia do esforço do espírito aconteça após o seu desenlace do corpo, ela se torna de indizível satisfação e alegria por ter alcançado o objetivo proposto para aquela estada na matéria.


Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 12 Nov 2017 - 10:04

06/11/2012
O ser humano atual precisa convencer-se de que ele próprio é o criador do mundo que o cerca, bem como os habitantes de uma cidade, país ou planeta. As egrégoras formadas pelo conjunto das criações das individualidades cria o mundo daquela cidade, país ou planeta. Isso é consequência da nossa criação como individualidade consciente, mas mergulhada dentro de um corpo físico e com a sua memória de espírito encoberta pelo Véu de Maya. Se as igrejas, e assim se estenderia para toda a coletividade, melhor interpretassem as palavras de Jesus, talvez não estivéssemos na situação atual do planeta. Atiraram nas costas de Jesus muitas coisas que ele disse em relação ao seu poder: “Não sou eu quem faço, é o Pai que está em mim quem faz”. “Eu e o Pai somos um”. “Eu estou no Pai e o Pai está em mim. Eu estou em vós e vós estais em mim”. Todas as vezes que Jesus usa as palavras “EU SOU” está-se referindo não à sua pessoa, mas ao Pai que está nele. Esse “Pai”, esse “EU SOU” que Jesus diz, e isso deve servir também a todos os humanos, refere-se à parcela Divina que reside no coração de cada ser. Saint Germain diz que sempre que se diz “EU SOU”, com conhecimento, está-se pondo em movimento a energia de Deus. Sai Baba também diz: “EU SOU” Deus e você também é eu sei que você precisa sabê-lo.



07/11/2013
O bezerro de ouro continua a fazer seu estrago. Somente mudou de feições, agora apresenta a mesma cara que apareceu para o povo romano. Este só exigia dos governantes “panem et circenses” (pão e circo). Ao menos aqui em nosso país parece que isso está-se tornando uma realidade. Lá, o poder usurpava o povo e, aqui, parece estar em até pior situação. Lá o povo se contentava com as migalhas distribuídas pelo poder dominante e aqui, parece não ser diferente. Quantas pessoas se negam a um trabalho digno para receber mensalmente o pão tirado da mesa de quem trabalha. Lá, o que importava era o circo, onde se reuniam os poderosos e os miseráveis para assistir aos gladiadores e o homem “versus” feras. Isso preenchia os seus desejos. Parece que, por aqui não há muita diferença. O poder propiciando o carnaval e o futebol, “que mais no mundo se te faz preciso”. Mata-se por eles. Vendem-se até as calças para participar deles. Passam fome para estarem presentes. O carnaval e o futebol tornaram-se mais importantes que tudo. É o bezerro de ouro que mostra sua nova cara e está levando esta civilização ao mesmo caminho que os romanos, à extinção.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 13 Nov 2017 - 8:24

08/11/2015
O desvirtuamento da descida do espírito à matéria, tanto pelas religiões como pelos indivíduos, está levando a humanidade no caminho rápido de sua extinção como raça, por mais uma vez. A história conhecida demonstra que muitas civilizações passaram por esse caminho e, logo ali adiante, desapareceram como palha seca ao fogo. Algumas deixaram rastros de sua passagem por este planeta. Muitas delas o tempo se encarregou de varrer seus rastros, de forma que não conseguiram chegar até a humanidade atual. Muitas dessas civilizações alcançaram elevado conhecimento em algum ramo das ciências humanas, deixando esta humanidade se questionando como puderam seres humanos sem desenvolvimento executar aquelas obras? O ser humano precisa conscientizar-se de que é um pouco mais do que imagina. Na grande realidade é uma partícula da própria Divindade que está em um corpo físico para experienciar o conhecimento Divino. Como tal, precisa também evoluir por seus próprios méritos, e tudo o que fizer terá consequências sobre si, pois é por excelência um criador do mundo onde está inserido e dessas criações terá o mérito, o desenvolvimento, ou terá que resgatar aquilo de mal que tiver feito. Em síntese, é isso que o ser humano precisa aprender.



09/11/2015
A grande dificuldade do espírito humano em direcionar-se para sua evolução espiritual está vinculada à educação que o ser recebe em primeiro lugar da família e, posteriormente, do meio em que vive. Os pais, atualmente, como filhos dos filhos rebeldes, não receberam o dimensionamento necessário para educar seus filhos e o resultado está se vendo. Esses filhos de filhos rebeldes julgam que seus filhos não precisam ser preparados para enfrentar o mundo. Então, surgiu a geração de pais que acham lindas as traquinices de seus rebentos. Acham graça das más-criações que seus filhos demonstram. Não são capazes de corrigir, por julgarem as coisas mais lindas. Criam filhos sem princípios e sem limites, criando, assim, déspotas em casa, na escola e nas ruas. Esses julgam que tudo lhes é permitido. O poder, por sua vez, impede que se ponham freios. Depois, mais tarde, precisa alimentá-lo dentro de uma prisão. Essa é a consequência do descaminho que essa geração de filhos de filhos rebeldes está encaminhando seus filhos, sem os preparar para o mundo, simplesmente atiram-nos para que o mundo os crie e a sociedade os prenda, para pôr um freio que seus pais desleixaram em dar.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 13

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 14 Nov 2017 - 9:29

10/11/2015
O compromisso assumido antes de baixar à matéria é sagrado. Diz respeito exclusivamente a cada espírito. A reencarnação é programada para cada individualidade, e estão previstos os avanços que deverá realizar e os resgates que precisa fazer. Acontece que, ao reencarnar o espírito perde a consciência de seu passado, quer seja próximo ou longínquo, e isso lhe dá, dentro do corpo físico, a sensação de que esse é seu primeiro e único corpo. Isso é pré-condição para que execute a sua programação sem empecilhos e ao mesmo tempo faça a experienciação dos conhecimentos Divinos. É em vista disso que a criança precisa receber, desde a mais tenra idade, princípios e limites, que farão com que aprenda desde cedo aquilo que pode e aquilo que não pode fazer. Isso é responsabilidade dos pais. Se falharem, seus filhos poderão perder a encarnação e ainda angariar mais débitos para serem resgatados em próximas encarnações. A lei do Livre Arbítrio nos faculta fazer ou deixar de fazer, mas com a responsabilidade por aquilo que fizermos e também, por aquilo que deveríamos fazer e não foi feito.



11/11/2015
A inconsciência de nossa realidade, como espíritos criados a partir de uma parcela da Divindade, nos condiciona, ainda, a muitas transgressões das Leis estabelecidas por Deus, para reger o universo e as individualidades. O nosso consciente exterior, malformado, desde a nossa infância, nos leva a caminhos muito tortuosos que nos induzem a muitos resgates pelas infrações cometidas contra a grande Lei. Existe um ditado popular que diz: “É de pequenino que se torce o pepino”. Realmente está dizendo uma realidade. O consciente exterior precisa ser formado desde a mais tenra idade. É quando pequenino que se incute, que se imprime e que se forma o consciente exterior do ser humano. É essa uma grande responsabilidade dos pais. A eles está afeta essa importante tarefa, muito maior do que pôr um filho no mundo é formar o seu caráter, dar-lhe princípios e limites, mostrar-lhe o que pode e o que não pode fazer. Especialmente a consciência de que aquilo que aqui se faz, aqui se paga, e que o andar no bom caminho sempre terá sua recompensa.


Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 15 Nov 2017 - 9:31

12/11/2015
Tudo o que precisamos para evoluir está ao nosso alcance. Ao nos criar como individualidades conscientes, Deus nos dotou de todos os meios para alcançarmos a perfeição. Somente depende de cada um. Não precisamos procurar porque está dentro de nós. Depende muito mais do querer, da persistência e da constância. Existe um fator que pode interferir, mas pode ser contornado, que é o consciente exterior. Esse facilitaria bastante se os pais procurassem dar aos filhos limites e princípios. Eles são essencialmente formadores do consciente exterior e são de vital importância pois formam as bases lógicas para o querer, sabendo porque quer. Vão, também, dar sustentação para a persistência e para a constância. O principal elã da evolução está no pensamento. Este, como poder criado, nos dá a condição de criarmos os melhores meios para auxiliar na evolução. Sabemos que a evolução é individual, embora possamos juntar forças para caminhar juntos, um incentivando o outro. Não podemos evoluir pelo outro, cada um precisa fazer a sua parte, mas podemos alcançar a mão para que o outro possa encontrar um apoio para vencer mais facilmente a sua caminhada evolutiva.



13/11/2015
O conhecimento está à disposição de todos. Somente se precisa abrir os olhos da mente e buscá-lo. Tudo o que o plano maior já liberou para essa humanidade é o que ela precisa para acelerar o seu desenvolvimento espiritual. A grande dificuldade dessa humanidade é que está muito bitolada pelos conhecimentos de épocas passadas e não admite nada a mais. Estão presos aos ensinamentos catalogados pelos seus antecessores e não admitem nada além daquilo, como se o Plano Espiritual derramasse todo o conhecimento para aqueles catalogadores e nada mais resta do conhecimento Divino. Pobres mentes humanas, não conseguem usar mais que 10% de sua capacidade cerebral e se acham os açambarcadores do conhecimento. Estão retardando a sua própria evolução e impedindo a outros que os ouvem, de buscar o objetivo de sua criação como individualidades conscientes, por estarem presos a conceitos e pré-conceitos que retardam o seu desenvolvimento. O ser humano precisa deixar de considerar-se o suprassumo da criação e ter consciência de que precisa buscar os meios de evolução, assim como afirma Jesus: “Sede perfeitos como perfeito é nosso Pai que está nos céus”.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 16 Nov 2017 - 8:13

14/11/2012
“O espírito (Na escritura está escrito o ‘vento’, mas a palavra Hebraica (RUAH) é a mesma para: espírito, vento, alento, hálito Divino, sopro de vida) sopra para onde quer, ouve-se sua voz, mas não sabe de onde vem nem para onde vai”. Podemos desconhecer a origem do espírito, mas muitos sentem as suas influências sobre o ser encarnado. Kardec perguntou aos espíritos se eles influenciavam o ser humano. Eles responderam: “muito mais do que imaginas”. Podemos dividir aqueles que já estão do outro lado da vida, a vida após a vida, em duas categorias, é claro, sem que sejam estanques. Espíritos perfeitos, ou que já estão a caminho, e os espíritos imperfeitos. Suas influências também são distintas. Os espíritos perfeitos nos intuem para o bem, para a nossa evolução, e os espíritos imperfeitos nos intuem para as coisas menos boas, ou sugando a nossa energia animalizada. Diz a escritura que “pode-se ouvir a sua voz”. Em vez de voz, deveria ser o seu pensamento, que é a comunicação daqueles que já estão na vida após a vida. Os que já deixaram o corpo, não podem mais falar, por isso, utilizam de um intermediário, por onde expressam seus pensamentos. Muitas vezes, os pensamentos que nos surgem são provenientes dos que já estão do outro lado da vida.



15/11/2015
A busca do conhecimento já é uma pré-disposição do espírito encarnado, mas precisa haver, do consciente exterior, a aceitação, pois é ele que irá agregar o conhecimento. Quem obstrui as condições para que esse conhecimento chegue até o espírito encarnado está pecando contra a Lei da Evolução Espiritual. Embora a essência Divina que resida no coração do ser humano, que é a parte de Deus, tenha todo o conhecimento, o consciente exterior não tem e por isso precisa buscá-lo. O espirito precisa dessa busca para enriquecer-se, para evoluir e para alcançar a mestria. E em vista da parcela Divina, quando posta na matéria, pelo Véu de Maya, torna-se simples e ignorante, precisando aprender tudo. Esse aprendizado é cumulativo para o espírito que a cada encarnação faz um passo a mais para alcançar a evolução espiritual. Quando voluntariamente desdenha novos conhecimentos, impede que seu espírito adquira aquela condição, que o auxiliará na caminhada.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 17 Nov 2017 - 9:34

16/11/2012
A nossa estrada evolutiva é palmilhada de criações de nossos pensamentos, palavras e obras. Essas criações tornarão mais agradável ou sacrificado o andar pela estrada que preparamos em vidas passadas. Essa estrada é o único caminho que temos para alcançar o objetivo da nossa existência como espíritos eternos. Esse objetivo está lá no cume da montanha da vida. Lá, nos tornaremos livres e leves como o condor, que plana ao sabor do vento, a grandes alturas. As alturas é o que deve objetivar os nossos anseios, as nossas buscas, o sacrifício por que precisamos passar em vista dos espinhos que plantamos ao longo do caminho, bem como sentir o agradável perfume das flores que também plantamos ao longo do caminho. Não podemos murmurar pelas colheitas que temos que fazer no curso de nossa jornada no atual corpo, pois foram as sementes que plantamos, como diz Jesus: “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”. Disso ao menos temos que ter certeza. A nossa colheita nós temos que fazer, ninguém a fará por nós, nem ao nosso mando. Também, não adianta murmurar contra Deus, que Ele nada tem a ver com a nossa eira. Ele apenas estabeleceu as Leis que regem o universo.



17/11/2012
O conhecimento é progressivo, assim como a capacidade intelectiva da humanidade, ao menos parte dela. O conhecimento não pode esperar pelos retardatários. Precisa avançar, precisa cumprir o planejamento que foi feito para a sua liberação progressiva, conforme o desenvolvimento intelectual da humanidade. Pode-se fazer uma comparação do conhecimento Divino a ser liberado para a humanidade. Diria que é bastante assemelhado ao desenvolvimento do ser humano. Quando nasce, só sabe fazer duas coisas: chorar e mamar. Conforme for crescendo, começa a rir, depois balbuciar alguns sons assemelhados a palavras, após, já aprende algumas palavras e, assim, progressivamente, vai intelectualizando mais conhecimentos até cursar todas as etapas do conhecimento humano. Nem todos seguem essa lógica; alguns param no primeiro grau, outros no segundo e muitos não conseguem completar o curso superior. Assim também acontece com o conhecimento Divino. E não é por causa dos que ficaram para trás; é que ele não será liberado para aqueles que não têm a mente aberta e em condições de receber esses conhecimentos que são as informações para o desenvolvimento espiritual do ser humano.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 18 Nov 2017 - 9:36

18/11/2012
Na nossa caminhada evolutiva, vamos recebendo informações do plano maior que são necessárias para nossa evolução como espíritos. Esse conhecimento que é liberado paulatinamente para o consciente exterior está todo no DNA do espírito. A cada passo andado, a cada absorção de novo conhecimento, o espírito recebe uma chave de luz que lhe abre novo conhecimento e assim progride. Não podemos nos esquecer de que ao nos criar como individualidades conscientes, nos introduziu em corpos físicos, na mais absoluta simplicidade e ignorância, não nos tirou o conhecimento, pois somos uma parcela de Deus, apenas o escondeu debaixo do Véu de Maya. Deixou à nossa responsabilidade a descoberta progressiva do conhecimento escondido no nosso DNA. Isso era necessário para cumprir um dos objetivos da nossa criação, que é experienciar o conhecimento Divino, para que Deus pudesse conhecer-se quem é. Isso sempre fazemos, bem ou mal, mas fazemos e de como fazemos vem a evolução ou o carma. Essa experienciação é individual, como é individual a evolução e o carma. Como diz Jesus, em outras palavras, “podemos fazer o que queremos, mas somos obrigados a exorcizar os fantasmas que criamos”.



19/11/2015
O esforço dispendido sempre terá o seu resultado, quando se fala das coisas do espírito. Quando falamos das coisas materiais, nem sempre isso é realidade. Aqui na matéria, existem muitas coisas que entram em jogo para capitanearem o esforço. Existem, também, muitas coisas que impedem a progressão dos resultados. Por isso a diferença que se estabelece entre o esforço a nível material e a nível espiritual. A nível material, geralmente, os resultados são consequências de diversos fatores, ao passo que a nível espiritual, o resultado sempre depende do próprio indivíduo, somente. Nada, nem ninguém, pode interferir no meu esforço em conseguir a minha evolução espiritual. Pelo contrário, quanto mais eu demonstrar o esforço, a disposição, o interesse em alcançar a evolução espiritual, mais incentivo recebo do Plano Superior, porque o maior interesse dos Mestres do mundo espiritual é exatamente que eu consiga alcançar o objetivo da criação como individualidade consciente e que está impresso no DNA de cada ser. O esforço que for feito do lado de cá da vida sempre terá o esforço redobrado daqueles que estão do lado de lá da vida, porque do lado de lá da vida há a consciência de “Somos Todos Um”.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 19 Nov 2017 - 9:54

20/11/2015
O “céu” e o “inferno” convivem lado a lado. Tanto o “céu” como o “inferno” são estados de espírito. Estão lado a lado, sem se ver, sem se sentir. Digamos assim, seriam como os dois lados de uma medalha. Quem estiver do lado “céu” pode ver o lado “inferno”, mas não pode intervir para alguém que estiver do lado “inferno”, a menos que esse alguém peça ajuda. Ambos os lados não são definitivos, seus ocupantes sempre podem ascender a um estado mais ditoso. Quem estiver do lado “inferno”, poderá passar progressivamente para o lado “céu” quando se penitenciar daquilo que o levou para onde está, e, assim, iniciar também a entrada no lado “céu”. Quem estiver do lado “céu” pode subir mais e mais, pois o céu somente termina quando o espírito estiver novamente no seio de Deus. Para isso, ele precisa passar pelas vinte e seis dimensões de evolução possíveis ao espírito humano. Quando passar pela vigésima sexta dimensão, terá então alcançado o mais alto dos céus. Para tudo isso é necessário cumprir aquilo que Deus disse a Adão: “Comerás o pão com o suor do teu rosto”, isto é, tudo depende de teu esforço. Tanto o “céu” como o “inferno” são conquistas próprias. Nada lhe são impostos ou presenteados.



21/11/2015
O alvorecer da espiritualidade parece estar sendo impedido pelos retardatários, influenciados pelas sombras, que, em seus últimos estertores, ainda insistem em dominar o planeta. Vê-se, de um lado, a busca de uma espiritualidade mais refinada, mais consciente, mais compromissada com o seu desenvolvimento espiritual, e, por outro lado, o extravasamento do mais ferrenho canibalismo social, não para comer-lhe a carne, mas para destroçar-lhe o espírito. Tantos valem-se de seus mais baixos instintos para destruir aquilo que uma humanidade, a muito suor e lágrimas, conseguiu construir. Tentam terminar com a memória física daqueles que há milhares de anos deixaram gravado na pedra o seu desenvolvimento. Como matilha de lobos famintos, estraçalham aquilo que representa o que não são e não poderão ser, seres que podem deixar gravada na pedra a expressão de sua elevação espiritual e cultural. Insanos, não se dão conta de que tudo o que for material o tempo consome e que tudo o que for do espírito permanece para a eternidade. Esses são os verdadeiros mortos, segundo o espírito, conforme diz Jesus: “Quem não nascer da água e do espírito, não entrará no reino dos céus.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 20 Nov 2017 - 8:53

22/11/2015
O espírito foi criado para experienciar o conhecimento Divino e, para tanto, precisa estar na matéria. O estágio na matéria lhe é bastante penoso, por isso tem necessidade de “tirar umas férias” do corpo físico e ficar uma temporada liberto dos liames que o prendem ao corpo. Então, retorna para o mundo espiritual e lá se dedica ao estudo, buscando corrigir os erros cometidos em suas vidas até então ligado à matéria. Esse período em que fica na erraticidade, haure forças para empreender nova caminhada, porque sabe ser esse o caminho que o leva a alcançar a mestria, embora esteja em um corpo que esconde sua real identidade, pois o Véu de Maya o impossibilita de saber quem é, enquanto não alcançar a evolução espiritual. O consciente exterior de seu corpo não sabe de nada disso, pois precisa aprender tudo a cada encarnação, mas seu espírito, nos momentos de emancipação, tem lembrança de sua identidade. Por isso a sua busca constante em alcançar a sua mestria. Quanto mais evoluir, maior será a consciência que seu corpo terá de quem é, “Deus em ação”



23/11/2015
A evolução do espírito humano está calcada sobre dois fatores que alavancam a busca da mestria, que são a experienciação do conhecimento Divino e a dedicação em alcançar a sua mestria. A nossa criação como individualidades conscientes, mas na plena simplicidade e ignorância, era necessária para que o consciente exterior não tivesse conhecimento de que a energia que comanda todo o seu ser, em suas funções, é uma partícula da Divindade e, como tal, tem, também, todo o conhecimento. Assim, desconhecendo quem é, passa a experienciar o conhecimento, para que Deus se enriqueça e conheça quem é. Isso até parece uma insanidade, mas não é não. Se buscarmos no Evangelho de João, veremos que Jesus diz: “Vós sois Deuses”. No entanto, quem acredita nessas palavras? Pelo contrário, quem acredita, é chamado de louco. No entanto, as igrejas pregam que Deus é onipresente, onisciente e onipotente, como tal, deverá estar em tudo e tudo será comandado por sua energia. Quanto mais essa energia for consciente, no ser humano, maior será a sua evolução, e assim, mais próximo de sua mestria.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 21 Nov 2017 - 15:54

24/11/2015
Ó, Deus, nosso Pai, ó, Grande Energia! Tudo está sob vosso domínio. Sabemos que é a vossa energia que comanda tudo no universo. Vosso poder domina todas as coisas, do girar do elétron em torno do núcleo do átomo ao movimento da galáxia em torno do sol central. O tempo todo está na palma de vossa mão, por isso, dominais todas as coisas. Por isso vos suplicamos por este nosso planeta. Os seus habitantes estão andando por caminhos que parecem próximos à destruição. Tudo está seguindo a estrada da degeneração total deste belo planeta azul. Estendei vossa mão apaziguadora sobre seus habitantes para desanuviar suas mentes e apaziguar seus espíritos, para que busquem a paz e a harmonia entre os povos. Vos pedimos a permissão para determinar à Rádio Luz que dirija o foco dos faróis para esses povos, especialmente sobre os comandantes, para que os Raios Divinos retransmitidos possam intervir nessas mentes perturbadas, pacificando-as. Nos prostramos ante vossa presença para vos adorar, vos louvar e vos bem-dizer. Assim é.



25/11/2015
As conquistas havidas, quer sejam relativas às ciências humanas ou as ciências do espírito, não se perdem, são agregadas ao espírito que, em próximas encarnações, poderá utilizar no próprio avanço das ciências humanas. Quanto ao espírito, as evoluções que tiver alcançado permanecem e podem auxiliar o consciente exterior a se desenvolver mais rapidamente, como também podem permanecer sob o Véu de Maya durante a existência corpórea pela necessidade de novas experienciações do conhecimento Divino, que não exigirão tanto o conhecimento científico, mas sim a vivência, situação em que as ciências humanas não terão tanta influência naquela existência física. O conhecimento já acoplado ao espírito somente se faz presente quando as necessidades do consciente exterior do ser humano o exigirem. Quando não necessárias, permanecem adormecidas. Em tudo isso, o mais importante é sempre a experienciação do conhecimento, que é o principal motivo da nossa existência como individualidades conscientes, e, atrelado a isso, a nossa própria evolução espiritual, como disse Jesus: “Sede perfeitos como perfeito é nosso Pai que está nos céus”.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 22 Nov 2017 - 17:24

26/11/2015
As conquistas de cada espírito encarnado não se perdem quando deixar o corpo físico. Todas as joias que tiver conquistado através do próprio esforço continuam sendo suas e, no momento certo, elas ressurgirão como por encanto, a fazerem parte de seu legado. Nada se perde das conquistas de cada ser, como também ninguém nos rouba aquilo que conquistamos. Aqui na matéria facilmente surgem mãos ágeis que usurpam nossos bens, as coisas materiais, mas as coisas espirituais se agregam ao espírito como um imã que se prende ao metal. As conquistas são eternas, formam a coroa de louros que receberemos no final de nossa jornada de espíritos eternos, ao alcançarmos a mestria. Cada um precisa dedicar-se, às conquistas, pois são o resultado da imantação no DNA, através da Lei da Evolução, que empurra o espírito na busca de sua evolução espiritual, a mestria.



27/11/2015
A sabedoria é que engrandece o ser humano. Ela não é condicionada pela quantidade de conhecimento que o ser humano possui. O conhecimento apenas mostra caminhos, a sabedoria mostra como trilhá-los. O conhecimento agrega informações e a sabedoria ensina como utilizá-las. O conhecimento pode tornar o ser humano orgulhoso, ao passo que a sabedoria o torna humilde. O orgulho geralmente é um defeito da personalidade, ao passo que a humildade é uma virtude, que torna o ser humano mais consciente de sua realidade física e espiritual. O homem pode ter alto grau de conhecimento, mas não ser sábio, ao passo que pode ser ignorante das ciências os homens e ser sumamente sábio dos conhecimentos do espírito. A sabedoria não está na quantidade de conhecimentos, mas como os usa. A sabedoria é a capacidade de encurtar caminhos, responder com o silêncio, desligar a mente das coisas materiais e ligar o espírito com a Fonte de todas as coisas. A sabedoria é o que nos torna “Deus em ação”.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 23 Nov 2017 - 8:59

28/11/2015
A grande dificuldade do ser humano em avançar em sua evolução espiritual está muito ligada à consciência de “Somos Todos Um”. Não conseguiu ainda perceber a sua importância, sua dependência e sua interdependência dentro do universo. Para uma comparação, poderíamos dizer que somos o próprio universo. Num átomo, se um elétron se desviar da trajetória estabelecida, há a ruptura de toda a estrutura do átomo. Assim também, se um planeta de um sistema solar resolver mudar sua elíptica, certamente irá causar um estrago muito grande. Imaginem se um sistema solar mudasse também a sua trajetória de deslocamento na galáxia, certamente seria uma destruição sem fim, isso porque tudo pertence ao mesmo corpo que chamamos de universo. O único ser que é capaz de consciente ou inconscientemente alterar a trajetória que lhe fora traçada é o ser humano. Não entanto, ele faz parte de todo esse conjunto que se chama universo, por isso precisa pagar pelos seus descaminhos, pelas infrações que cometer contra a rota que lhe fora traçada.



29/11/2015
O que nos diferencia dos animais, os nossos irmãos um pouco abaixo de nós na escala evolutiva, é a nossa inteligência consciente, enquanto os animais possuem a inteligência instintiva. Nós sabemos, por que fazemos as coisas, ao passo que os animais fazem as coisas por programação de seu DNA. Essa programação possibilita-lhes usar táticas as mais diversas e inclusive desenvolvê-las, para obter especialmente o alimento, que é o maior de seus objetivos. Existe muito pouca diferença em se tratando de DNA entre o humano e o animal. A ciência dos homens já catalogou que o nosso DNA e o do chipanzé se assemelha em mais de noventa por cento. Não é de se estranhar, pois muitos humanos se comportam de forma pior que os animais, mesmo sendo conscientes de seus atos, e que tudo o que fizerem de errado, em algum momento lhe será pendido contas, mesmo dentro da legislação humana. Nem se fala da legislação Divina, pois muitos são tão primários que não acreditam em nada. Por isso, seus desejos sempre precisam ser satisfeitos.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel Ontem à(s) 8:03

30/11/2015
A carga energética negativa que envolve o planeta está levando essa humanidade a desvarios tão extremos que está tornando o homem, tal como o ditado latino, diz: “Homo homini lupus est”. Pode-se constatar isso claramente, hoje. É religião brigando, destruindo todos os outros que consideram infiéis. É país guerreando contra outro pelo domínio do petróleo. É um menosprezando ao outro, pela cor da pele, considerando isso questão de inferioridade. São povos inteiros que brigam com seus vizinhos por serem de outro time de futebol. Grande quantidade de pessoas só quer: “Panem et circenses” (pão e circo). Isso a satisfaz, não precisa nada mais. Está-se vendo uma juventude inteira, aos finais de tarde, até altas horas da noite em plena algazarra e consumindo bebidas alcoólicas e sei lá mais o que. Não estão nem aí se impedem o sono das pessoas. Satisfeita a sua volúpia, os outros que se avenham. Onde está a raiz disso tudo que está acontecendo? Qual será o futuro desse belo planeta azul? Será a nossa sina, também, transformar a Terra em um planeta sem vida? Um planeta desértico? Até está parecendo que onde o homem põe o pé, não cresce mais grama.



01/12/2015
O conhecimento, princípio Divino, é progressivamente liberado para a humanidade, para alavancar o desenvolvimento tanto espiritual como material da humanidade. O espírito humano em seu início é simples e ignorante, precisando adquirir tudo através de seu próprio esforço. Para auxiliá-lo nesse avanço, o Plano Superior libera, conforme a evolução alcançada, novos conhecimentos que são a base para que o espírito acelere o seu desenvolvimento. Tudo acontece de forma planejada, sempre em cima de objetivos atingidos. Embora nem toda a população se encontre em situação para receber, entender e vivenciar um novo conhecimento, parte dela precisa estar gabaritada para isso. Sempre haverá retardatários. Assim como houve em outros planetas, cujos retardatários tiveram que ser degredado e muitos foram alocados aqui na Terra, de certa forma, causando algum prejuízo aos nativos já existentes aqui. Tudo tem o seu objetivo de ser. Nada acontece por acaso.

Faccio Miguel

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum