COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Sab 6 Nov 2010 - 18:38

Olá amigos,

Muito se fala sobre o amor.
Sabemos que, para evoluir é necessário ter amor no coração.
Mas como se faz, na prática, para ter amor no coração?
Muito raro alguém falar sobre isso.
Desenvolvi, dentro do meu entendimento, algumas técnicas e essas técnicas se referem a praticar a Presença do Amor e a visualização dessa Presença no coração. Em seguida visualizo esse amor se espalhar... se expandir.
Semana passada fui consultar uma vidente. Eu me sentei de um lado da mesa e ao se sentar do outro lado ela me disse: o amor para você é uma opção de vida, uma opção consciente. Na hora eu não prestei tanta atenção ao fato, apenas disse que não é um amor apenas de mulher para homem e sim um amor por tudo que existe, universal. Ela me respondeu que sabe disso e que essa é a opção dela também.
O que eu quero dizer é que a técnica funciona! ela viu e falou! sucesso!
O mais difícil...faz bem alguns anos que pratico é se lembrar de visualizar a condição do amor.
Tornar-se CONSCIENTE do amor.
Estava lendo um site e encontrei algumas técnicas que achei muito interessantes. Saint Germain também diz que podemos gerar o Amor em nossos corações à vontade.
Então, vamos ao texto que encontrei, espero que gostem e coloquem aqui neste espaço o que fazem para aumentar o amor.
O texto é simplesmente maravilhoso.

fadinha


A Jornada da Beleza - Sua Jornada de Unidade com o Universo

O simples ensinamento e prática diária que se seguem é para vocês apreciarem! Um presente do Espírito, em honra da sua divindade que os ajudará a se alinharem ao caminho da descoberta do seu fluxo da unidade universal na vida. Esta liberdade no fluxo da conexão universal foi conhecida pelos antigos e em muitos ensinamentos tradicionais da Terra, como a Jornada da Beleza. Comecem a re-alinhar gentilmente a sua vida diária para criar a jornada da sua vida, para que seja maravilhosa nesta vida!

O Primeiro ensinamento da Jornada da Beleza

A energia universal segue cada pensamento e intenção sua quando o seu chacra cardíaco está aberto. A sua conexão universal está aberta, quando o seu coração está aberto. Em outras palavras, cada pensamento e palavra sua são manifestados através do poder do universo quando o seu coração está aberto. Quando o seu chacra cardíaco não está aberto, cada pensamento e palavra sua, mantêm a limitação e a sua conexão universal é limitada. Quando o seu chacra do coração não está aberto, a sua habilidade em atrair o que você precisa e criar o que você deseja criar, é limitada. Quando o seu chacra do coração não está aberto, você vive com as memórias do seu karma e tudo o que é o seu passado e a sua mente projeta os pensamentos baseados em seu passado e não em sua realidade Presente.

Quando você reconhece que o seu chacra do coração não está aberto, você pode mudar isto em um momento, através da reconexão do coração, e enquanto o universo mantém o poder da unidade e do amor para você, ele o abençoará e o apoiará... você será apoiado para retornar ao seu coração e dar o primeiro passo em sua jornada com beleza – re-conectando-se com a Presença inata dentro de você. "O Maravilhoso ou Divino você", iluminará mais intensamente, enquanto o universo o apóia na vida para que seja quem você é, manifestado e centralizado do âmago do seu coração. Este é o poder do seu coração para centralizá-lo e uni-lo com a Presença Divina de sua alma e com o Coração Universal ou com a Presença da Criação dentro de toda a vida.

Um Simples processo de cinco passos de modo que você possa começar a DESENVOLVER a ENERGIA DO seu CORAÇÃO

Passo Um: LEMBRE-SE DE QUE O SEU CORAÇÃO JÁ MANTEM TODO O AMOR E A ENERGIA DIVINA QUE VOCÊ PRECISA PARA A SUA VIDA - POIS VOCÊ NASCEU COM ISTO - Lembre-se simplesmente de que quando criança, você nasceu com um imenso coração que era totalmente aberto e transbordante com toda a energia do coração que você precisaria para toda a sua vida. Esta energia divina está ainda com você e é mantida dentro do seu coração e capaz de ser acessada a cada momento que você abre o seu coração quando escolhe confiar no amor e na jornada da vida. Tudo o que você precisa lhe foi dado antes do seu nascimento e o seu coração mantém isto agora, aguardando simplesmente que você faça uma reconexão ou conexão mais profunda com ele.

Passo Dois: SEU CORAÇÃO CRESCE QUANDO VOCÊ PERMITE QUE O OUTRO LHE ABRACE E VOCÊ RECEBE O SEU AMOR

A cada vez que você abraça outra pessoa e permite que o seu coração seja aberto neste momento, uma troca ocorre através do contato físico e do contato da alma que você faz. Esta troca inflama uma recordação de que você não está sozinho na vida, que realmente você compartilha a unidade com outros... e é isto que em segundo lugar que apóia que o seu coração seja aberto e comece a atrair amor para ele... Quando nós experienciamos um sentimento de unidade com outras pessoas e permitimos que elas nos toquem e nos amem, e nos abrimos para receber delas ( mesmo que seja apenas por um minuto), a energia do nosso coração cresce após este momento.

Passo Três: SEU CORAÇÃO CRESCE QUANDO VOCÊ DOA ALGO QUE VOCÊ AMA - A cada vez que você doa algo a outra pessoa, que você ama, seu coração cresce com mais poder na energia do seu coração, simplesmente através do ciclo de dar e receber... você dá o que você ama...cria para receber o que você ama... e o amor flui através do seu dar e receber. A cada vez que o seu coração o orienta para doar algo que você ama, e você mantém isto atado, o seu coração forma ligações baseadas no medo e isto cria limitações a sua doação e receptividade. Aprenda a confiar em seu coração quando ele anseia por doar algo que você ama e aceite que isto é o mais nobre para você e para a outra pessoa. Isto levará o seu coração a crescer e você será livre na vida.

Passo Quatro: SEU CORAÇÃO CRESCE QUANDO VOCÊ PERMITE QUE OS OUTROS LHE DÊEM ALGO QUE ELES AMAM OU QUE ELES SABEM QUE VOCÊ AMA

Similarmente, quando você dá, você precisará receber. Receber de outros que desejam lhe dar é tão importante como doar algo que você ama, amado... A troca não é baseada em alguns indivíduos... Por exemplo, você deu a uma pessoa específica, assim você deve receber desta pessoa, pois a troca é universal... Você pode nunca receber algo novamente da pessoa... ou algo que até precise... mas alguém completamente diferente pode ser guiado pelo seu Coração para lhe dar... Receber isto e aceitar isto é uma parte muito importante do desenvolvimento do seu coração.

Passo Cinco: SEU CORAÇÃO CRESCE QUANDO VOCÊ ACEITA PLENAMENTE A FONTE DE AMOR DENTRO DE VOCÊ E FAZ ESCOLHAS EM SUA VIDA COM A CONSCIÊNCIA DE QUE O UNIVERSO O ESTÁ APOIANDO, POIS VOCÊ É AMADO PELO UNIVERSO.

A cada vez que você se lembra de que não está sozinho, e que na verdade você é uno com toda a vida... você se aproxima um pouco mais da verdade iluminada que cria a energia do seu coração, para que esteja sempre transbordando de amor e luz. Esta verdade é muito simples, mas tem exigido dos profetas, sábios e iogues, muitos anos de dedicação à prática espiritual para incorporar como sua realidade consciente - em outras palavras, incorporar através de todos os aspectos de sua consciência. Esta verdade parece muito fácil de compreender, mas para se lembrar conscientemente dela, ou viver na compreensão dela e fazer escolhas a partir dela, requer, como todos nós sabemos, a escolha poderosa para se amar incondicionalmente e a todos os outros que você encontra a cada dia. Se você aproveitar o tempo para se mover de um espaço de não conexão com o coração para um espaço de conexão com o coração, você se amará, você será capaz de reconhecer esta verdade sagrada como a sua realidade.

Quando você reconhece esta verdade sagrada, o amor guardado dentro de você transborda do seu coração e é continuamente originado do seu interior e você se torna uma força de amor mais autoconfiante no Universo. Qualquer pensamento no dia pode ser alinhado com esta verdade simplesmente lembrando-se dos sábios, iogues, mestres, seres iluminados que percorreram o caminho de inflamar os seus corações e a conexão divina com o universo e a Presença Sagrada do Amor, pois eles capacitarão que o seu campo e a energia entrem em uma expansão mais profunda do coração. Isto também ocorrerá, honrando que todas as pessoas e seres são Unos e a verdade de que estamos sempre conectados na Unidade. Para auxiliar a expansão e abertura do seu coração, diga simplesmente o seguinte:

"Eu sou um oceano de amor. Eu inflamo a fonte dentro do meu coração e peço ao universo que expanda isto para mim agora."



http://agrandefraternidadebrancauniversal.blogspot.com/2010/04/jornada-natural-do-amor.html






fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Dom 7 Nov 2010 - 0:04

Amigos,

encontrei o seguinte trecho no livro "Eu Sou a Presença Mágica, ensinamentos do Mestre Saint Germain da Ponte para a LIberdade:

" Tem havido milhares de trivialidades escritas sobre o Amor Divino, mas só quando o indivíduo conhece o Amor Divino como alguma coisa mais do que um princípio abstrato é que ele compreende que pode gerá-Lo à vontade e dirigí-Lo conscientemente, a fim de realizar aquilo que delibera.
O Mestre Ascensionado conhece o Amor Divino como sendo uma "Presença", uma Inteligência, um Princípio, uma "Luz", um Poder, uma atividade e uma Substância. Nisto repousa o Segredo de Sua Suprema Autoridade e Poder, porque não existe nada que impeça a aproximação do Amor Divino - em qualquer parte do Universo. Quando o discípulo chega a compreender como "puxar" a chama do Amor Divino de dentro da Sua Poderosa Presença "Eu Sou" por sua autodeterminação, sabe também que falta apenas muito pouco até que seu constante uso d'Ela o eleve dentro da Ascensão. Só bastante Amor pode levar alguém a esta realização, mas este Amor deve primeiramente ser projetado antes que Ela possa liberar bençãos de dentro do Seu Coração para o expedidor."

Vou procurar uma boa imagem do coração divino para colocar aqui. Eu sempre visualizo o coração divino no meu coração projetando as chamas.
Vou contar algo que aconteceu quando minha filha tinha uns 9 anos (agora ela tem 21) Eu estava pela manhã sentada na minha cama pensando nela e pedindo para Deus abençoá-la e visualizei o meu coração com as 3 chamas e em seguida visualizei a mesma coisa no coração dela. Quando fui levá-la para a escola ela me contou que tinha tido um sonho lindo...que segurava no colo, apertados junto ao coração, 3 cabritinhos, um azul, um amarelinho e o outro rosa. Eu perguntei a ela se já tinha visto um cabritinho e ela me disse que só na tv.
O interessante é que, meus amigos, o símbolo dos Kumaras...da Grande Fraternidade Branca... é o cabrito, 3 cabritos, símbolo esse que Pedro Álvares Cabral trazia em seus navios quando descobriu o Brasil. Pois tanto Cristóvão Colombo como Pedtro Álvares Cabral eram da Escola de Avis, uma Escola Iniciática em Portugal.
Então, eu tive a certeza que ela recebeu o que enviei para ela, a Luz no coração.
Passo a minha experiência adiante, meu presente.

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Dom 7 Nov 2010 - 11:06

A Chama Trina:

http://www.summitlighthouse.com.br/website/images/stories/chama%20trina.jpg


Todos os grandes místicos contataram a centelha divina, descrevendo-a como uma semente interior da divindade. Os budistas, por exemplo, falam do "germe da Budicidade" que existe em todo ser vivo. Na tradição hindu, o Katha Upanishades fala da "luz do Espírito", escondida no "lugar secreto do coração" de todos os seres e descreve este Espírito como "menor do que o menor dos átomos, maior do que os mais vastos espaços".

O Katha Upanishades também nos revela que este Espírito eterno e imutável, esta luz pura e imortal, é uma "pequena chama no coração". Ensina que apenas aquele que vê este Espírito interior, revelado no seu coração, conseguirá a paz eterna.

A centelha divina, a chama trina, é formada por três "plumas". Estas plumas encarnam os três atributos principais de Deus - poder, sabedoria e amor - e correspondem à trindade do Pai, do Filho e do Espírito Santo. O núcleo de fogo branco que dá origem à chama trina corresponde a Deus como Mãe. Ao acessar o poder, a sabedoria e o amor de Deus ancorado na sua chama trina, você poderá realizar a sua razão de ser.

Quando comunga com Deus e Lhe oferece as suas orações, pode visualizar a sua chama trina ardendo na câmara secreta do coração. Você tem uma pluma azul à esquerda, uma pluma amarela no centro e uma pluma rosa à direita.

A pluma azul (que corresponde a Deus Pai) é o ponto onde estão ancorados o poder e a vontade de Deus. Ele impulsiona a sua força de vontade, a sua fé e determinação para realizar a missão da sua vida. A pluma amarela (que corresponde a Deus Filho) ancora a inteligência discriminadora da mente de Deus e a sua sabedoria. A pluma rosa (que corresponde a Deus Espírito Santo) ancora o amor, a compaixão, a misericórdia e a ternura de Deus.

Geralmente, a chama trina tem uma altura de um milímetro e meio, mas as suas plumas nem sempre são do mesmo tamanho. A chama trina só pode expandir-se como um todo quando as três plumas estão equilibradas. Quando a sua chama trina se expande, sua luz espiritual e seu poder aumentarão proporcionalmente.

http://www.pilardeluz.net/chamatrina.htm


Quero acrescentar que na Bíblia Jesus se refere à Chama Trina como o Reino de Deus que se parece com uma semente de mostarda (a menor semente que existe) e que ao crescer se torna uma grande árvore.


fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Qua 10 Nov 2010 - 11:45

bom dia!

Prática da presença de Deus
Ao meditar, mergulhe sua mente em Deus. E quando estiver trabalhando, coloque
aí todo o seu coração. Mas, assim que terminar, volte sua mente ao Senhor.
Quando aprender a praticar a presença de Deus em todos os momentos em que
estiver livre para pensar nEle, então, mesmo no meio do trabalho, você estará
consciente da comunhão divina.
Paramahansa Yogananda, "Revista da SRF"
Diário Espiritual - 1996

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  estel em Qua 10 Nov 2010 - 13:24

Boa tarde, irmãzinha!

Vou ler com bastante atenção a sua mensagem, pois achei muito boa e veio a calhar hoje.

Ontem tive um acesso de raiva e chutei o pau da barraca, depois me arrependi, mas as energias já estavam todas embaraçadas e foi aquele caos.

Hoje ainda estou tentando normalizar tudo.


Abraços,
Estel.

estel

Mensagens : 280
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Qua 10 Nov 2010 - 22:06

Oi, Estel...

Não se culpe. O Universo providenciará uma próxima oportunidade para você fazer tudo nos trinques, tudo certinho. Para consolar voce vou contar um episódio recente que aconteceu comigo. Tive um sonho. No sonho um carro prata (eu sei quem é o dono) batia no meu carro. Eu também sei o significado do sonho: brigas, discussões, assim...assim... então eu decidi que nenhuma provocação me tiraria do sério, eu me comportaria maravilhosamente bem, essa briga não iria acontecer... mas foi a primeira coisa que esqueci, dessa promessa quando o dono do carro me provocou...
Resultado, estou esperando que o Universo me dê uma próxima oportunidade para fazer tudo direitinho.
Consigo rir um pouco da situação...fui avisada... da próxima vez estarei mais sábia pela experiência.
Então, fique feliz porque já está tendo a oportunidade para consertar tudo agora. Eu estou tentando há meses. Penso que são as lições que a gente deve aprender. Voce não acha que é nas pequenas coisas que a gente mais erra? e que somadas ficam com muito peso?

boa sorte, amiga.

Vou colocar aqui como é essa história de praticar a Presença de Deus.
É muito legal.

fadinha




fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  estel em Qui 11 Nov 2010 - 16:13

Obrigada, irmãzinha!

Sabe que tive um aviso também.

Só que sonhei com vagalumes, tudo muito bonito e eu pensava que a gente perdia tempo com coisas bobas.

E não é que foi a primeira coisa que esqueci também na hora da raiva?

Estou esperando pela mesma oportunidade que você.


Abraços,
Estel.



estel

Mensagens : 280
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Qui 18 Nov 2010 - 22:54

Olá, boa noite, amigos.

Então, a intenção é aumentar o amor no coração... aumentando a Presença de Deus em nossas vidas é um modo excelente de aumentar o Amor.
Vou colocar aqui a técnica do Irmão Lawrence que pratico nem tão constantemente como deveria, mas pratico. São 4 conversações.

fadinha

A Prática da Presença de Deus

"A Prática da Presença de Deus - " Autor: Irmão Lawrence
(Traduzido por Jandira Soares Pimentel - de edição autêntica, encontrada na Internet.)


Conversas e Cartas do Irmão Lawrence.

Data provável da primeira publicação: entre 1670 e 1700.



PRIMEIRA CONVERSAÇÃO


A primeira vez que vi o Irmão Lawrence foi em três de agosto, 1666.

Ele me disse que DEUS lhe concedera um favor singular, em sua conversão na idade de dezoito anos.
Que no inverno, olhando uma árvore despojada de suas folhas e considerando que dentro de pouco tempo suas folhas seriam renovadas, e depois disso as flores e frutos apareceriam, ele recebeu uma grande visão da Providência e Poder de Deus, que nunca se apagou de sua alma.

Que esta visão como que acendeu nele um amor tão grande por DEUS, que ele não podia diferenciar se esse amor aumentou nos mais de quarenta anos que ele ainda viveu.

Que ele havia sido lacaio de M. Fieubert, o tesoureiro, e que ele era um sujeito grande e desajeitado, que tudo quebrava. Que ele muito desejara ter sido admitido num mosteiro, pensando que lá ele conseguiria melhorar sua falta de jeito e (diminuir) as faltas que ele cometeria, e então ele deveria sacrificar a DEUS sua vida, com seus prazeres: mas que DEUS o havia desapontado, já que ele apenas encontrou satisfação nesse estado.

Que nós deveríamos nos estabelecer num sentido da Presença de Deus, continuamente conversando com Ele. Que isto era uma coisa vergonhosa, interromper essa conversação para pensar em ninharias e tolices.

Que devemos alimentar e nutrir nossas almas com altas noções de DEUS; que produziria em nós grande alegria o sermos devotados a Ele.
Que devemos acelerar e animar nossa fé.
Que é lamentável que tenhamos tão pouca; e que ao invés de tomar a fé como regra de conduta, os homens se divertem a si mesmos com devoções triviais, que mudam diariamente.
Que o caminho da Fé era o espírito da Igreja e isto era suficiente para nos levar a um alto grau de perfeição.
Que devemos nos oferecer totalmente a Deus, com respeito tanto às coisas temporais quanto espirituais, e procurar nossa satisfação apenas em fazer Sua vontade, onde quer que Ele nos conduza, por sofrimento ou consolação, pois tudo deveria ser igual para uma alma verdadeiramente resignada.

Que a fidelidade é necessária nestas securas ou desolações e aborrecimento na oração, pelas quais DEUS testa nosso amor por Ele; que então era o tempo para fazermos bons e efetivos atos de resignação, onde se pode muitas vezes aperfeiçoar nosso progresso espiritual.

Que em relação às misérias e pecados das quais ele ouvia diariamente no mundo, ele estava longe de se admirar delas e que, ao contrário, ele estava surpreso que não houvesse mais, considerando a malícia de que eram capazes os pecadores: que por sua parte, ele rezava por eles; mas sabendo que DEUS podia remediar os malfeitos que eles cometiam, quando Ele desejasse, ele não se dava a mais nenhuma preocupação.

Que para chegar a uma tal resignação como DEUS deseja, devemos vigiar atentamente todas as paixões que se misturam, tanto nas coisas espirituais como nas de natureza mais grosseira: que DEUS dá a luz concernente a essas paixões àqueles que verdadeiramente desejam servi-Lo.

Que se este fosse meu projeto, isto é, sinceramente servir a DEUS, eu poderia vir a ele (Irmão Lawrence), quando desejasse, sem nenhum medo de ser algum incômodo; mas se não, eu não o deveria visitar mais.






fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Seg 22 Nov 2010 - 13:22

SEGUNDA CONVERSAÇÃO

O Amor, a razão de tudo. Antes no medo, agora na alegria.
Diligência e amor. Simplicidade, a chave para a ajuda divina.

Negócios tanto fora quanto dentro de casa.
Todos os escrúpulos trazidos a Deus.

Que Ele sempre governou tudo por amor, sem visões mesquinhas;
e que tendo resolvido fazer do amor de Deus a finalidade de todos os seus atos,
ele encontrou motivos para estar satisfeito com seu método.

Que ele ficava feliz quando podia pegar uma palhinha no chão por amor de Deus,
procurando-O somente, e nada mais, nem mesmo seus dons.
Que ele ficou muito confuso por um bom tempo, pensando que estava condenado;
e que todos os homens do mundo não o poderiam convencer do contrário;
porém tendo o mesmo raciocinado consigo mesmo sobre isso:
‘ingressei na vida religiosa apenas por amor a Deus e tenho tentado agir apenas por Ele;
o que quer que me aconteça, quer eu seja salvo ou me perca,
vou sempre continuar a agir puramente por amor de Deus.
Terei pelo menos esse bem, que até a morte eu terei feito tudo que estiver
em mim por amor dEle.’

Que essa confusão mental durou quatro anos;
e que durante esse tempo ele sofreu muito.
Que após esse tempo ele viveu sua vida em perfeita liberdade e contínua alegria.
Que ele colocou seus pecados entre ele e Deus, como para dizer a Ele que não
merecia Seus favores, mas que Deus continuava a dar-lhe em abundância.

Que de modo a formar o hábito de conversar com Deus continuamente,
e oferecendo tudo que fazemos a Ele; primeiro devemos nos dedicar a Ele
com algum esforço, mas depois de poucos cuidados devemos notar seu amor
dentro de nós nos levar a isso sem grande dificuldade.

Que ele esperava, depois de dias felizes que Deus lhe deu, receber sua quota
de dor e sofrimento; mas que ele não se preocupou com isso, sabendo muito
bem que ele não poderia fazer nada por si mesmo, Deus não falharia em dar-lhe
forças para suportá-los.

Que quando se apresentou uma ocasião de praticar alguma virtude,
ele se dirigiu a Deus, dizendo-Lhe, ‘Senhor, não posso fazer isso a menos que me capaciteis’;
e que em seguida ele recebeu forças mais do que suficiente.

Que quando ele falhou em seus deveres, ele apenas confessou sua culpa,
dizendo a Deus,
‘nunca farei diferente, se Vós me deixais por minha conta;
Vós deveis esconder minhas quedas e emendar o que está errado.
’ Que após isso, não se permitiu mais nenhum desconforto sobre isso.

Que devemos agir com Deus com a maior simplicidade, falando com Ele
franca e claramente e implorando Sua assistência em nossos negócios,
como eles acontecem.
Que Deus nunca deixou de conceder-lhe isso, como ele experimentava com freqüência.

Que ele mais tarde ele foi enviado a Burgundy, para compra as provisões de vinho
para a comunidade, que se tornou uma tarefa indesejada para ele, já que ele não
tinha nenhum tino para negócios e por que ele era aleijado, e não podia se locomover
no barco a nao ser rolando sobre os tonéis.
Que contudo não se preocupou com isso, nem com a compra do vinho.
Que ele disse a Deus, era do Seu negócio que ele estava cuidando e que
depois disso viu que tudo se realizou a contento.
Que ele foi enviado a Auvergne um ano antes para a mesma incumbência;
que ele não poderia contar como tudo se passou, mas provou que se saiu bem.

Então, da mesma maneira, em seus negócios na cozinha
(a que ele tinha naturalmente grande aversão),
tendo se acostumado a fazer tudo ali por amor de Deus,
e com orações em todas as ocasiões, por Sua graça para fazer tudo bem,
ele sempre achou tudo fácil, durante os quinze anos que lá ficou trabalhando.
Que ele estava muito feliz com o posto que ocupava agora;
mas que estava pronto a deixá-lo, tanto quanto ao primeiro,
já que ele estava sempre feliz em todas as situações, fazendo pequenas coisas
por amor de Deus.
Que para ele, os tempos fixados para oração não eram diferentes dos outros tempos:
que ele se aposentou para orar, conforme as ordens de seu superior,
mas que ele não desejava tal aposentadoria, nem pediu isso, porque seu
maior trabalho não o afastava de Deus.

Que ele sabia de sua obrigação de Amar a Deus em todas as coisas,
e como tinha se proposto a fazer isso, ele não precisava de um diretor
que lhe aconselhasse isso; mas que ele precisava muito de um confessor que o absolvesse.
Que ele era muito sensível às suas faltas mas não desencorajado por eles;
que ele as confessava a Deus e não Lhe pedia que o desculpasse deles.
Quando ele fazia assim, ele terminava sua prática usual de amor e adoração, em paz.

Que em sua perturbação mental, ele não consultou ninguém, mas sabendo pela
luz da fé que Deus estava presente, ele se contentava em dirigir todas as suas
ações a Deus, i.e., fazendo-as com um desejo de agradá-Lo, seja lá o que decorresse disso.

Que pensamentos inúteis estragam tudo: que o engano começa aí; mas que
devemos rejeitá-los, tão logo percebamos sua impertinência ao assunto em questão,
ou nossa salvação; e retornamos à nossa comunhão com Deus.

Que no começo ele sempre passava parte do tempo estabelecido para a oração,
rejeitando pensamentos errantes e caindo de novo neles.

Que ele nunca pode controlar sua devoção por certos métodos como alguns fazem.
Que apesar disso, no início, ele meditou por algum tempo, mas depois ele parou,
de uma maneira que não poderia dizer como.

Que todas as mortificações e outros exercícios são inúteis, mas servem para
levar à união com Deus pelo amor; que ele considerou bem isto e descobriu
que o caminho mais rápido para ir direto a Ele é pelo contínuo exercício do Amor,
fazendo tudo por amor dEle.

Que devemos fazer uma grande diferença entre os atos da compreensão
e aqueles da vontade; que os primeiros são comparativamente de pouco
valor e os outros, tudo. Que nosso único negócio é amar e nos deliciar em Deus.

Que todos os tipos possíveis de mortificação, se estiverem vazios do amor de Deus,
não podem apagar um único pecado.
Que devemos, sem ansiedade, esperar o perdão de todos nossos pecados pelo
Sangue de Jesus Cristo, apenas nos esforçando para amá-Lo de todo nosso coração.
Que Deus parece ter concedido seus maiores favores aos maiores pecadores,
como um sinal monumental de Sua misericórdia.
Que as maiores penas ou os prazeres deste mundo não se comparam com o que
ele experimentou nos dois tipos de estado espiritual: de modo que ele não tinha
preocupação com nada nem tinha medo de nada, desejando apenas Deus,
e que ele não O ofendesse.

Que ele não tinha escrúpulos; pois, disse ele, ‘quando eu falho em meu dever,
eu prontamente reconheço isso, dizendo: estou acostumado a fazer isso;
nunca farei de outro modo se contar comigo mesmo.
Se eu não cair, então, dou graças a Deus, reconhecendo que toda a força vem Dele.’

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  estel em Ter 23 Nov 2010 - 18:54

Irmãzinha, que lições preciosas.

Obrigada por partilhar.

Vou procurar pratica-las diariamente.

A gente fica com vergonha só de pensar que é tão fácil e a gente escolhe o jeito mais difícil para encontrar Deus.


Abraços,
Estel.

estel

Mensagens : 280
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  estel em Qui 25 Nov 2010 - 10:13

Preciso exercitar minha paciência, ultimamente ando à flor da pele, alguém sabe algum exercício?

Tudo incomoda, tudo atrapalha, tenho um colega de trabalho que parece que peguei para cristo.


Abraços,
Estel.

estel

Mensagens : 280
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Qui 25 Nov 2010 - 11:57

Querida Estel.

Você faz bem em querer exercitar a paciência.
Um famoso Mestre dizia que :
"A paciência é proporcional ao propósito."
Certamente ter paciência é melhor para você do que para o outro, você não se sente culpada depois.
Na hora que a impaciência vem, lembre-se do seu propósito e ....
Sabe, Estel, há muita energia negativa pairando no ar e de repente é uma provocação.
Não se deixe levar.
Eu evitaria a pessoa se pudesse.

Eu tenho algumas manias, por exemplo, quando vou estacionar em um lugar cheio vou afirmando "eu sempre tenho um lugar para estacionar" depois de um tempo isso se tornou verdade, eu sempre encontro um lugar.

Você pode fazer algum ato mágico, por exemplo, uma limpesa astral, uma defumação. Comprei carvão e incenso na igreja (católica) pretendo defumar minha casa. Primeiro você defuma a si própria e depois vá de cômodo em cômodo, nos cantos, em tudo, defumando. Faça com as janelas fechadas e depois abra as janelas. É preferível sair em seguida de casa. Depois é só recolher o material e jogar imediatamente, não guardar em saco de lixo, nada. Você pode queimar sal grosso também. Para acender o carvão, precisa ter cuidado, lá na igreja eles me ensinaram a por em um garfo de cabo longo e assim que sair uma chamazinha, tirar do fogo e por em uma panela com cabo e daí colocar o incenso.
Boa sorte!

fadinha


fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Qui 25 Nov 2010 - 12:05

TERCEIRA CONVERSAÇÃO


Ele me contou que a base da sua vida espiritual estava numa alta noção e estima de Deus através da fé; que quando ele finalmente compreendeu bem, não teve outro cuidado a princípio, além daquele de rejeitar prontamente qualquer outro pensamento, ‘que ele pudesse realizar todas suas tarefas por amor a Deus’.

Que quando algumas vezes ele não pensava em Deus por algum bom tempo, ele não se inquietava por isto; mas, depois de reconhecer sua miséria diante de Deus, ele retornava a Ele com tanto mais confiança n’Ele tanto quanto tinha se reconhecido miserável ao esquecê-Lo.

Que a confiança que colocamos em Deus O honra muito e atrai para nós grandes graças.

Que era impossível não apenas que Deus decepcionasse, mas também que Ele deixasse por muito tempo uma alma sofrendo perfeitamente resignada a Ele e resolvida a suportar tudo por Seu Amor.

Que ele frequentemente experimentara a prontidão do socorro da divina graça em todas as ocasiões e da mesma experiência, quando ele tinha negócios a resolver, ele não pensava nisso antecipadamente, mas quando era hora de agir, ele encontrava em Deus, como num espelho límpido, tudo o que era apropriado a ele fazer. Que ultimamente ele tinha agido assim, sem antecipar cuidados; mas antes da experiência acima mencionada, ele usou isto em seus negócios.

Quando negócios externos o distraiam do pensamento de Deus, uma lembrança fresca, vinda de Deus investia em sua alma e tão o inflamava e o transportava que lhe era custoso conter-se.

Que ele estava mais unido a Deus em seus afazeres externos do que quando ele os deixava para a devoção e a solidão.

Que ele a partir de então esperava muita dor de corpo e alma; que o pior que pôde lhe acontecer foi perder o senso de Deus que ele desfrutou por tanto tempo; mas que a bondade de Deus lhe assegurou que Ele não o abandonaria completamente, e que Ele lhe daria força para suportar qualquer mal que Ele permitisse acontecer a ele; e que por conseguinte ele não teve medo de nada; e que não teve ocasião de se consultar com ninguém sobre esse estado.
E quando ele tentou fazer isto, ele ficou mais perplexo; e que ele estava consciente de sua prontidão para entregar sua vida por amor de Deus, que ele não tinha apreensões quanto a perigos. Que a perfeita resignação a Deus era um modo certo de ir ao céu, um modo pelo qual ele teve sempre suficiente luz para sua conduta.

Que no início da vida espiritual devemos ser fiéis em cumprir o nosso dever e nos negarmos a nós mesmos; mas depois disso, alegrias inexprimíveis seguem. Que nas dificuldades devemos sempre recorrer a Jesus Cristo, e pedir Sua graça; com isso tudo se torna fácil.

Que muitos não avançam no progresso cristão porque se agarram a penitências e exercícios particulares, enquanto negligenciam o amor de Deus, que é o ‘fim’. Que isso aparecia claramente em seus trabalhos e essa era a razão pela qual vemos tão pouca virtude sólida.

Que não era necessário nem a arte nem a ciência para ir a Deus, mas apenas um coração resolutamente determinado a aplicar-se a nada além de Deus, por Ele mesmo e amar a Ele apenas.






fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  estel em Qui 25 Nov 2010 - 13:08

Obrigada, irmãzinha!

O problema é que o sujeito trabalha do meu lado, eu sei que ele não é de todo mal, ele só é mal direcionado, mimado, irritante e sem noção.

Pior é que é o queridinho do chefe, não sei porque, é um mistério.

Ninguém gosta dele, eu fico me dividindo entre pena e raiva, acho até que é o ambiente, as pessoas estão tão desgostosas com o cara que eu acabo "pegando" as energias.

E eu sei que não sou assim, eu não odeio o garoto, eu até gosto dele, sinto pena, gostaria que ele mudasse.

Obrigada pela ajuda.

Bjs,
Estel.


estel

Mensagens : 280
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Dom 28 Nov 2010 - 9:45

Ô, minha amiga...
quem sabe não é esta a oportunidade para você demonstrar SERVIÇO?
Pense nisso.
Leia este texto da Mestra Nada, Ascensionada da Fraternidade Branca. Veja que lindo e proveitoso para todas as situações:

Vou destacar um trecho para você:

"Quando vocês estão no trabalho, é muito difícil manter o equilíbrio interno e o sentimento do Amor, pois nem todas as pessoas com quem vocês têm contato durante o dia são harmoniosas ou amistosas. É mais frequente vocês não encontrarem as melhores manifestações da consciência humana. E exatamente aqui um campo de ação é revelado para vocês pelo seu Serviço. Vocês têm que adquirir o hábito de eliminar todo o negativismo com a ajuda do Amor, da Paciência e da Humildade."


fadinha



O Verdadeiro e O Falso Serviço, Vocês Escolherão a Paz na Terra, Aceitação e Permissão.

Mestra Nada

Minha tarefa de hoje é lhes proporcionar uma ideia do papel que cada um de vocês pode realizar em sua vida.

Certas expectativas relacionadas com o seu potencial Serviço à Fraternidade existem em suas mentes. Eu vou explicar neste instante para vocês.

Amados, não é necessário que vocês esperem até receber algumas oportunidades, ou recursos financeiros ou de poder, ou uma posição estar à sua disposição.

Se para vocês começarem seu Serviço, vocês precisam de algo além daquilo que vocês já têm, vocês estão agindo do modo como sua mente carnal está induzindo vocês a fazer. Tudo o que é necessário para vocês começarem a Servir a Fraternidade é o seu desejo de assim o fazer. Mais nada é necessário.

Vocês podem começar a Servir exatamente de onde vocês estão neste momento.

Tudo o que vocês fazem em dado momento pode ser direcionado por vocês para Servir à Fraternidade. Vejam um exemplo. Vocês estão em casa e estão cumprindo seus deveres domésticos. Isso é maravilhoso! Vocês já estão servindo à Fraternidade!

Entretanto, como é possível limpar o quarto ou lavar os pratos, e servir à Fraternidade?

Ah, amados, a questão está em como vocês fazem isso. Cada coisinha ínfima que vocês fazem em sua vida, pode ser feita com um Amor enorme. E se vocês fazem as pequenas coisas com um Amor enorme e pensam em como seus pais ou sua família ficarão felizes quando eles forem vestir uma roupa branca como a neve, que foi lavada justamente por vocês, então vocês já estão servindo à Fraternidade.

Vocês podem envolver o seu Serviço em qualquer trabalho. E se vocês fazem todo o trabalho com Amor, então todas as suas atividades irão transformar o espaço e quando os filhos ou o marido voltarem para casa, cansados e sobrecarregados com a inutilidade do que eles passaram durante o dia, a atmosfera do Amor que é criada por vocês, em casa, pode transformar os corações deles e restaurar a harmonia na alma deles.

Quando vocês estão no trabalho, é muito difícil manter o equilíbrio interno e o sentimento do Amor, pois nem todas as pessoas com quem vocês têm contato durante o dia são harmoniosas ou amistosas. É mais frequente vocês não encontrarem as melhores manifestações da consciência humana. E exatamente aqui um campo de ação é revelado para vocês pelo seu Serviço. Vocês têm que adquirir o hábito de eliminar todo o negativismo com a ajuda do Amor, da Paciência e da Humildade.

Vocês recebem tantas oportunidades na vida a fim de manifestarem seu Serviço!

Praticamente todo trabalho, todo encontro, tudo que acontece com vocês durante o dia, pode ser usado para manifestar o seu Serviço. Só quando vocês aprenderem a encontrar os pontos para a aplicação de suas melhores qualidades espirituais nas pequenas coisas da vida, nas suas ações do dia-a-dia, só quando desordens externas não puderem atingir sua paz interna e sua harmonia, é que outra oportunidade para vocês Servirem se revelará. E vocês já serão capazes de usar as qualidades desenvolvidas por vocês num novo estágio de Serviço à Fraternidade, o qual é inseparável do Serviço à Vida.

Muitos de vocês se voltam para os Mestres Ascensos para que eles os ajudem a ter uma oportunidade de Servir, ter a chance de se expressarem no Serviço. Amados, vocês são falsos perante si mesmos. Deus já cuidou de tudo. Vocês têm as melhores condições para iniciar seu Serviço, trabalhar nessas suas qualidades, as quais impedem sua manifestação do Amor e de cuidar do seu semelhante que está em situações mais difíceis na vida.

Então, enquanto vocês não aprenderem a encontrar o grande Serviço nas pequenas coisas da vida, vocês não serão capazes de trilhar o seu Caminho. Muitos de vocês querem se tornar mensageiros ou querem conduzir as nossas organizações. Olhem. O que vocês realmente querem? Querem se tornar alguém, ou dirigir alguma coisa, ou vocês querem realmente Servir?
A resposta a esta pergunta proporcionará uma direção para toda a sua vida.

Ou vocês se debaterão até o fim da sua vida para ocupar uma posição ou provar a alguém que vocês já têm grandes realizações espirituais, ou então vocês irão servir, sem atrair a atenção, e irão realizar as ações de Deus na Terra numa escala cada vez maior.

Eu vim hoje para lhes proporcionar um entendimento sobre o verdadeiro Serviço e o falso serviço. Sim, amados, como tudo em seu mundo tem dois lados, o Serviço também tem.

Sempre, antes de fazer alguma coisa, pensem no que, de fato, os motivam a fazer essa coisa. É o desejo de provar alguma coisa para os outros, de mostrar sua grandeza, de fazer os outros verem os seus esforços? Ou vocês são guiados pelo Amor pelo seu semelhante, que é inerente em vocês e deixa uma marca em tudo que vocês fazem?

Muitas coisas comuns, feitas de modo abnegado e com um enorme Amor incondicional, permanecem sempre com vocês como uma fortuna do seu corpo causal. Essa sua vida na Terra passará, mas sua atitude em relação ao trabalho, em relação às pessoas, permanecerá e os acompanhará na próxima encarnação.

Muito desta qualidade do verdadeiro Serviço, que automaticamente é um Serviço à Fraternidade, está faltando no seu mundo, pois a Grande Fraternidade Branca considera isto a principal tarefa no Serviço à humanidade da Terra.

Eu lhes passei verdades simples hoje.
E estou até convencida de que vocês já sabem tudo isso, que vocês já leram sobre isso ou ouviram falar nisso.

Entretanto, permitam-me lhes perguntar:
"O que os impede de aplicarem esse conhecimento em suas vidas?"

Às vezes há um abismo entre isto que vocês sabem, ou que vocês leram ou ouviram e aquilo, deste conhecimento, que vocês realmente estão aplicando em suas vidas.

Vocês precisam pensar mais sobre o que os impede de expressarem as qualidades Divinas na vida e gradualmente, passo a passo, liberarem-se de tudo que os obstrui.

Eu não seria uma Mestra Ascensa se eu não aprendesse na prática, nas minhas encarnações, toda esta ciência que estou lhes ensinando. Eu passei na escola da Terra e agora recebi a oportunidade de um Serviço maior à humanidade.

Se não houver testemunhas de suas boas ações, atos, não pensem que sua atitude em relação ao trabalho, às pessoas, às plantas e aos animais permanecerá desapercebida. Tudo fica arquivado nos Registros Akáshicos, toda ação, todo pensamento ou todo ato seu, tanto os negativos quanto os positivos. Pensem nisto e continuem a Vida com atenção, sem deixar para trás lixo astral ou mental.

Deixem que todos os movimentos da vida sejam acompanhados somente do Amor e do aroma das rosas!

Com Amor,
EU SOU Nada

Mestra Nada através de Tatyana Mickushina
17 de Dezembro de 2009



fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  Convidad em Qua 1 Dez 2010 - 10:22

Bom dia amigos!

Trouxe um texto do escritor Martin Shulman, um excelente autor livros de Astrologia, em especial da cármica, onde ele se aprofunda mais.
Muito bom o tópico Fadinha,

Abs. a todos
Rose




A verdadeira medida do valor de um homem é sua capacidade de se harmonizar consigo mesmo e com o mundo que ele está permanentemente ajudando a criar. (...) O amor é o único atributo que faz a humanidade atingir a igualdade.
(...)
Se alguém passar a vida toda aprendendo, faria bem em aprender a amar, pois somente quando percebe que o amor é a razão da vida é que o homem começa a sentir harmonia dentro de si.

Assim, seja o que for que procure, ele sempre descobrirá que a capacidade de amar é o que faz a sua jornada pela vida valer a pena.
(...)
Quando o homem consegue amar a vida com todo o seu ser, começa a tornar-se cônscio de uma presença maravilhosamente sincera dentro de si, que sempre lhe revela a verdade sobre seus sentimentos.
(...)
É muito freqüente as pessoas questionarem sua aceitação em termos dos sentimentos dos outros, e fazerem disso o critério de validade de sua vida. Entretanto, dessa forma estão tentando agarrar-se à circunferência de um círculo, sem conhecer seu centro. As pessoas, inconscientemente, tendem a exigir o amor íntimo do outro sem perceber que só podem ser amadas quando, primeiro, são capazes de amar a Deus. É dessa capacidade que vem a razão individual para amar a si mesmo, a tudo o que faz na vida e às pessoas e às circunstâncias que ela tem a sorte de encontrar pelo caminho.
(...)
No mundo moderno, tendemos a pensar em realização e amor como dois caminhos nitidamente separados. Entretanto, não há realização duradoura sem amor. Esta sempre foi a maior verdade do universo para todos os que percebem o seu tremendo poder. Os grandes homens e mulheres tornam-se grandes porque gostam do que fazem.
(...)
Entretanto, um grande homem nunca conhece de fato a própria grandeza. Ao contrário, sente apenas o amor que o incita a continuar pelo caminho que o leva constantemente a concretizar o que há de mais autêntico em sua alma.

Quando (...) o amor torna-se a essência fundamental da vida de uma pessoa, sua consciência assume uma simplicidade e uma honestidade que dão sentido à sua personalidade e perspectiva à sua visão, para que ela saiba que tudo o que pensa e faz, tudo que sente e, na verdade, a própria razão da sua existência consiste em viver a lei natural da harmonia que, a cada momento, é o seu guia - e o guia do universo em vive.(...)


(fonte: Martin Schulman. Vênus: a dádiva do amor. Tradução de Carmen Youssef. São Paulo, Pensamento, 1992,p. 114-117)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Ter 7 Dez 2010 - 13:16

Rosemary...

Arrazou!!!

Muito bom esse texto!

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  Convidad em Qui 9 Dez 2010 - 16:36

O Reino de Deus : Harmonia Interna

Do Livro Francisco de Assis – pelo Espírito Miramez Médium João Nunes Maia , Editora Fonte Viva

Após sair do primeiro encontro que Franscisco teve com o Papa :

Pág.269

Francisco saiu pela porta Salária em direção à campina romana pela via Flamínia, direcionand0-se para o norte. Em sua companhia estavam doze discípulos, e esses homens de Deus se encontravam ansiosos para saber os resultados da conversa que Francisco tivera com Sua Santidade , o Papa Inocêncio III. No rosto de Francisco, que não mudava mesmo diante de muitos obstáculos, notava-se uma claridade diferente, de vitória, da primeira vitória diante do Sumo Pontífice. Sem a aprovação das suas idéias, para que pudesse levá-las à massa humana, seria difícil naquela época cumprir a sua missão, como o fez tão gloriosamente quanto a empenhou com Jesus.

Francisco, de longe, percebeu um aglomerado de pessoas, e quando foi chegando perto, notou que se tratava de um cantor popular cantando na rua, fato esse comum naquelas terras. E a voz atraiu o grupo de homens que Francisco guiava. O cantor não somente fazia vibrar a sua voz de saudades, com muita harmonia, como também dançava em ritmo de encantar e distrair. Apurando os seus ouvidos, Francisco achou conveniente aproximar-se, pois conhecia aquela voz. Quando chegou o Papa Inocêncio III aprovara suas idéias : era Shaolin!
Suspendendo o braço, gritou com emoção:
- Shaolin!...Shaolin!...

Este, ao ouvir o chamado – até então ninguém ali sabia seu nome – também reconheceu a voz de Francisco, e os dois se abraçaram emocionados, como duas forças do Bem eternizando-se no Amor. O povo, na expectativa, pensando que os dois tinham combinado isso para uma apresentação melhor, esperava em silêncio. Shaolin, para não desapontar os que assistiam ao espetáculo livre, abraçado lado a lado com Francisco, começou uma canção do seu agrado e os dois cantaram como pássaros que vieram do paraíso.

Ao fim do canto dos dois pássaros de Deus, todos os frades já se encontravam no círculo fechado pelo povo, dançando e cantando. Ao término da apresentação, Francisco tomou a palavra e falou serenamente :

Filhos do meu coração! A vida é sobremaneira de alegria, e a alegria é coisa divina, que nós todos amamos na profundidade que ela merece e do modo pelo qual o Senhor nos premiou. Compete a nós outros dar vazão a essa alegria, na força d’Aquele que nos guia sempre – Nosso Senhor Jesus Cristo.

É de caráter divino a confraternização das criaturas em todos os reinos e posições humanas, pois é daí que nascem a amizade e o contentamento de viver. Neste arrojo que o canto nos proporcionou, o tempo torna-se para todos nós uma bênção, e para nossos semelhantes, uma necessidade que gera o Amor.

É de lógica comum que todos os seres humanos sintam necessidade de alegria, e essa alegria somente pode partir da conjunção de almas, em procura de algo que não seja o ódio, a inveja, a discórdia, a injúria, o medo, o ciúme, o orgulho e o egoísmo.

E somente um ser na face da Terra nos deu a receita divina, pelo seu divino verbo, confirmado pela vida que levou junto aos homens. Ele nos ensinou a viver felizes dentro de nós mesmos. Cada um de nós carrega um céu dentro d´alma. O que precisamos para encontrá-lo é buscar o modo pelo qual Ele nos ensinou. O resto virá por acréscimo de misericórdia do Senhor; tudo muda exteriormente, quando o íntimo começa a mudar...

Quem buscar a felicidade fora de si nunca a encontrará, pois ela mora no coração. E todos que nos ouvem estão convidados, pela força deste mesmo Amor, a receber a chave e com ela destrancar a porta secreta da conciência, recebendo, através dela, Jesus Cristo, pelas vias dos sentimentos.

Estes homens que estais vendo e sentindo o modo de suas vidas, são vossos companheiros de todos os momentos, na sequência de todos os dias, não vivendo nem falando em problemas, em fatos inferiores que nunca deixarão de existir, enquanto na Terra predominar o mal. São irmãos decididos, que aparentemente poderão não causar impressões de bem-estar, mas por dentro, no imo d’alma, eles já encontraram o Caminho, a Verdade e a Vida, porque encontraram Jesus de Nazaré!

Encontraram Deus e o Céu dentro de si mesmos. A Salvação não vem de fora das criaturas! Vejamos quando o Mestre ofereceu a Pedro as chaves do reino dos céus, assim falando :

Dar-te-ei as chaves do reino dos Céus: o que ligares na Terra, terá sido ligado nos Céus, e o que desligares na Terra, terá sido desligado nos Céus. ( Mateus, 16:19)

As chaves que Ele passou para Pedro e para os outros discípulos foram os conhecimentos das leis de Deus, e a forma de vivê-los. É pois o que estamos tentando compreender e viver, e , ligar ou desligar é certamente o meio de vida que levamos na Terra. Tudo o que nos propusermos viver aqui, será justo encontrarmos nos Céus.

E mais adiante, Lucas não esqueceu de anotar o que vamos repetir no capítulo dezessete, versículo vinte:

Interrogado pelos fariseus, sobre quando viria o reino de Deus, Jesus respondeu : Não vem o reino de Deus com visível aparência.

Eis aí a confirmação do que estamos tentando falar, por não tratar o reino de Deus das coisas exteriores. Sendo ele harmonia interna , não vem com visíveis aparências; é conquista de alma pelo esforço e bençãos de Deus. E, com mais segurança, podemos observar no mesmo apóstolo, no mesmo capítulo dezessete, versículo vinte e um, esta citação maravilhosa :

Nem dirão: Ei-lo aqui! Ou: lá está! Porque o reino de Deus está dentro de vós.

Precisa de mais explicação, depois desta afirmação do Divino Senhor ? O reino da felicidade deve ser descoberto dentro de cada criatura, e é isso que estamos querendo mostrar aos homens de boa vontade: o caminho interno onde encontramos Deus, que está bem perto de nós, na cidade do coração.

Vejamos, meus irmãos, que São Paulo não se esqueceu também de mencionar o que seria o reino de Deus, assim falando aos Romanos, como agora estamos dizendo, aos também romanos:

Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça e paz, e alegria no Espírito Santo. (14:17)

É fácil compreendermos que a felicidade real não é comida nem bebida, mas tranquilidade de consciência; é dever cumprido diante de Deus, é descobrir os tesouros dentro de nós, e usarmos esses talentos em favor do bem-estar das criaturas de Deus.

Nós estamos partindo e vamos fazê-lo sem as bagagens habituais de um viajante ou de um comerciante, que ama o ouro mais do que a si mesmo. Nós não temos onde reclinar as cabeças, como disse o Mestre de todos os mestres. A bagagem que devemos levar é a Fé, a Confiança e o Amor. É a volumosa bagagem de virtudes ensinadas na Boa Nova do Cristo de Deus...Que a paz de Deus seja a nossa paz, que a paz de Cristo seja a nossa paz, que a paz de nossa Mãe Santíssima, seja a nossa paz...

Shaolin abraços Francisco dizendo:

- Não podemos separar-nos um do outro: estamos ligados por uma força que somente Deus sabe o que é e o que pode ser. De hoje em diante somos um, em Cristo.

Francisco ouviu aquelas palavras com alegria, porque amava também aquele companheiro, e sabia das suas grandes qualidades. Apresentou-o a todos os seus filhos espirituais e tomaram o rumo de Assis.

Daquela multidão que estava assistindo ao canto de Shaolin e a pregação de Francisco, dezenas de pessoas os acompanharam com sede e fome de Justiça e de amor. E nessa leva de homens se encontravam muitas crianças, a quem Francisco e Shaolin fizeram voltar, advertindo-os de que deveriam esperar no tempo, e que a idade pudesse ordenar no espaço, para tomarem decisões sozinhos. Abraçaram a todos e agradeceram, pedindo que voltassem para seus lares.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Dom 12 Dez 2010 - 9:05

Farpa,

muito bom. Abraço,

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Dom 12 Dez 2010 - 9:36

Olá, amigos.

Vou colocar a quarta e última parte da conversação do Irmão Lawrence:

fadinha

QUARTA CONVERSAÇÃO


Ele discursava comigo freqüentemente, com grande abertura de coração,
a respeito de sua maneira de ir a Deus, onde alguma parte já foi relatada.
Ele me disse que tudo consiste em uma renúncia total de tudo que sentimos
que não leva a Deus.
Que devemos nos acostumar a nós mesmos a uma contínua conversação com
Ele, com liberdade e simplicidade.
Que precisamos apenas reconhecer a Deus intimamente presente em nós,
de falar com Ele a todo momento, que devemos pedir Sua assistência
para conhecer Sua vontade nas coisas duvidosas, e para retamente realizar
aquelas que vemos que Ele espera de nós, oferecendo-as a
Ele antes que as realizemos e dando a Ele graças quando terminarmos.

Que nessa conversação com Deus estamos também ocupados em louvar,
adorar, e amar a Ele, incessantemente, por Sua infinita bondade e perfeição.
Que sem nos desencorajarmos por causa de nossos pecados, devemos rezar
pela Sua graça com perfeita confiança, confiando nos infinitos méritos de
Nosso Senhor Jesus Cristo.
Que Deus nunca falhou em oferecer Sua graça em cada ação; que ele
claramente percebeu isso e nunca falhou nisso, a não ser quando seus
pensamentos vagavam fora do sentido da presença de Deus, ou quando
ele esquecia de pedir Seu auxílio.
Que Deus sempre nos dá a luz em nossas dúvidas, quando não temos nenhum
outro projeto a não ser agradá-Lo. Que nossa santificação não depende de mudar
nossos trabalhos, mas em fazê-los por amor de Deus, o que em geral fazemos
por nosso amor.
Que era lamentável ver quantas pessoas trocam os meios pelo fim,
viciando-se a fazer certos trabalhos, que eles realizam muito perfeitamente,
por razões de seus humanos interesses.
Que o meio mais excelente que ele encontrou de ir a Deus era fazer nossos
trabalhos ordinários sem nenhum propósito de agradar aos homens
(Gal, 1,10, Ef, 6,5 e 6) e (tanto quanto formos capazes) puramente
pelo amor de Deus.
Que era grande ilusão pensar que os momentos de oração devem ser diferentes
de outros momentos; que somos estritamente obrigados a aderir a Deus pela ação
no tempo da ação, tanto quanto pela oração no momento de oração.
Que sua oração era nada mais que um sentido da presença de Deus,
sua alma sendo naquela hora indiferente a tudo além do amor divino;
e que quando o momento da oração terminava ele não via nenhuma diferença,
porque ele continuava com Deus, louvando e bendizendo-O com toda sua força,
de modo que passava sua vida em constante alegria; ainda que esperando que
Deus lhe desse algo para sofrer quando ele ficasse mais forte.

Que devemos, de uma vez por todas, colocar fervorosamente toda nossa
confiança em Deus e nos abandonarmos totalmente nEle, seguros de que
Ele não nos decepcionará.
Que não devemos nos cansar de fazer pequenas coisas por amor a Deus,
que não considera a grandeza do trabalho mas o amor com que ele é realizado.
Que não devemos nos maravilhar se, no início, freqüentemente falhamos em nossas
empreitadas, mas que ao final teremos ganho um hábito, que irá naturalmente produzir
seus frutos em nós, sem nosso cuidado, e para nossa grande alegria.
Que toda a substância da religião é a fé, esperança e caridade, pela prática das
quais nos tornamos unidos à vontade de Deus; que tudo o mais é indiferente e deve
ser usado como meio de chegarmos ao nosso fim, e sermos engolidos então,
pela fé e caridade.
Que todas as coisas são possíveis àquele que crê; que elas são menos difíceis
àquele que espera; que elas são mais fáceis àquele que ama e ainda mais
fácil àquele que persevera na prática dessas três virtudes.
Que o fim que devemos propor a nós mesmo é tornarmo-nos nesta vida,
os mais perfeitos adoradores de Deus que possamos ser, como desejamos
ser por toda a eternidade.
Que quando entramos na vida espiritual, devemos considerar e examinar
até o fundo o que nós somos. E então devemos nos considerar dignos de todo
desprezo e nem merecendo nem mesmo o nome de Cristãos; sujeitos a todo
tipo de miséria e incontáveis acidentes, que nos perturbam e nos causam
vicissitudes perenes em nossa saúde, em nosso humor, em nossas disposições
internas e externas; enfim, pessoas a quem Deus humilharia com muitas dores
e trabalhos, tanto interior quanto exteriormente.
Depois disso não devemos nos maravilhar que trabalhos, tentações,
oposições e contradições nos aconteçam da parte dos homens.
Devemos, ao contrário, nos submeter a eles, e suportá-los tanto quanto Deus
deseje, como coisas altamente vantajosas para nós.

Que quanto a maior perfeição que uma alma deseje maior deve ser a sua
dependência à divina graça.
Sendo questionado por um de sua Ordem, (a quem ele era obrigado a se abrir)
por quais meios ele atingiu um senso tão habitual de Deus, ele lhe respondeu que,
desde a sua entrada no mosteiro ele considerou Deus como o fim de todos seus
pensamentos e desejos, como a marca para a qual deveriam pender, e na qual eles
deveriam terminar.
Que no início de seu noviciado ele despendia as horas determinadas para a oração
individual em pensar em Deus, como que para convencer sua mente e para imprimir
profundamente em seu coração, a divina existência, através de sentimento devotos
e submissão à luz da fé, e não por estudos da razão ou meditações elaboradas.
Que por este breve e seguro método ele se exercitou no conhecimento e amor
de Deus, resolvendo usar seu mais extremo esforço para viver num continuado
sentido de Sua presença, e, se possível, nunca mais esquecer-se dEle.

Que quando ele tinha enchido sua mente na oração, com grandes sentimentos
do Ser infinito, ele ia para seu trabalho na cozinha (pois ele era cozinheiro da comunidade).
Que tendo considerado com cuidado as coisas que seu ofício exigia,
ele passava todos os intervalos de sua jornada, tanto antes quanto
depois do seu trabalho, em oração.
Que quando ele começou seu trabalho, ele disse a Deus com uma
confiança filial n’Ele: “Oh meu Senhor, que estás comigo, eu devo agora,
em obedicência aos Vossos mandamentos, aplicar minha mente nessas
coisas exteriores; eu Vos suplico conceder-me a graça de continuar em
Vossa presença; e para este fim dai-me Vossa assistência, receba todos
os meus trabalhos e todos os meus afetos.”
Que enquanto ele procedia com seu trabalho ele continuava esta conversa
familiar com seu Criador, implorando Sua graça, e oferecendo-Lhe todas
as suas ações.
Quando ele terminava ele se examinava para ver como havia cumprido
seu dever; se ele achava que fora bem, ele dava graças a Deus; pelo contrário,
ele pedia perdão e sem se desencorajar, ele fixava sua mente novamente
e continuava seu exercício da ‘presença’ de Deus como se nunca tivesse
se desviado dela.

“Então”, dizia ele, “levantando-me depois de minhas quedas, e pelos
freqüentes atos de fé e amor, cheguei a um estado onde seria difícil
para mim não pensar em Deus, como era no começo, para acostumar-me a isto.

Como o Irmão Lawrence encontrou tal vantagem em caminhar na presença
de Deus, era natural para ele recomendar isso com insistência aos outros;
mas seu exemplo foi mais forte exemplo do que quaisquer argumentos
que ele pudesse propor.

Seu próprio semblante era edificante, tão doce e calma devoção nele transparecia
que não podia deixar de afetar aqueles que o viam.
Como foi observado que na maior agitação nos trabalhos da cozinha ele ainda
preservava seu recolhimento e concentração celestial.
Ele nunca estava apressado ou flanando, mas fazia cada coisa a seu tempo,
com uma compostura constante e tranqüilidade de espírito.

“O tempo do trabalho, ele dizia, “não me é diferente do tempo da oração;
e tanto no barulho e estardalhaço da minha cozinha, enquanto várias
pessoas estão gritando ao mesmo tempo por coisas diferentes,
Eu possuo a Deus em grande tranqüilidade como se estivesse de joelhos
diante do Santíssimo Sacramento.”

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  Convidad em Seg 10 Jan 2011 - 21:38

Olá, partilhando no tópico com o texto - Meditando sobre o Amor -
http://astrid-annabelle.blogspot.com



Fomos treinados, por doutrinas religiosas, a desprezar a nós próprios.
O Divino não cabe em um dogma, em uma teologia, especialmente dessa Natureza.
O Divino não é um fracasso, como parecem acreditar autoridades religiosas.
É impossível amar aos outros sem amar a si mesmo.
Impossível amar o Universo sem se amar.
Impossível ser amado/a sem amar a si próprio.
Amar não é um dever, mas um prazer,
uma harmonia natural para com a Realidade.
Amar a si próprio, sentir-se bem no Universo.


...

Comentário

Vênus é a Deusa da beleza, das belas-artes, do amor, do prazer e da felicidade.
Vênus é a Deusa, a expressão divina do prazer divino de viver nesse planeta maravilhoso. Doenças, acontecimentos negativos são apenas a somatização da falta de amor a si próprio. O Divino não é uma doença, nem uma dor.
O Divino é feliz, prazeiroso.


Última edição por rosiana em Seg 10 Jan 2011 - 23:15, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  Convidad em Seg 10 Jan 2011 - 22:32

Medicina do céu, para os males do coração


O texto foi escrito sob os aspectos dos planetas em uma data de 2009, porem foi a abertura de um novo ciclo, como explica o texto.


http://astrid-annabelle.blogspot.com/2009/03/medicina-do-ceu-para-os-males-do.html


Vênus rege o coração invisível, o coração de amor, o quarto Chakra (Anahata), a glândula Timo, o íntimo, a intimidade. O Sol rege o coração do sistema solar, é o símbolo da eterna transmissão de vida. É o planeta que em nosso corpo rege o coração físico.
A conjunção entre Vênus Retrógrado e o Sol, a 6 de Áries, por seu alinhamento com a Terra, justo quando ocorre a aparição do primeiro filete de Lua Crescente da primavera (hemisfério norte) sugere a abertura de um Portal no Céu, que se abre uma única vez a cada oito anos, marcando o início de um novo ciclo em nossa vida e criando uma oportunidade de conexão entre o nosso coração físico, o coração espiritual e invisível do amor com o coração do sistema solar.
A cada um ano e oito meses Vênus Retrógrado e o Sol se encontram de novo, mas em outras posições do Zodíaco, de modo a completarem um ciclo de cinco conjunções em oito anos. Essas conjunções distam entre si na eclíptica, em aproximadamente 72 graus, formando uma estrela de cinco pontas perfeita, ou um pentagrama: no seu mapa, o seu Pentagrama Individual de Proteção.
O coração de um ser humano, em perfeito estado de saúde, bate em média 72 vezes por minuto. São 72 anos que o Sol leva para retrogradar um grau na eclíptica. A divisão de um círculo (360 graus) por 72, desenha a Estrela de Cinco Pontas de Vênus dando origem a uma Geometria Sagrada nas proporções perfeitas do número áureo observadas no desenvolvimento de todas as formas espirais vivas na natureza, desde as conchas (o nautilus), as flores, até as galáxias.
Derivam do desenho desse ciclo perfeito no céu, os atributos de Harmonia e Beleza Celestiais associados ao planeta Vênus. Quem já assistiu à primeira aparição matutina de Vênus no mar, que ocorre alguns dias após a conjunção exata, sobre o horizonte oriental anunciando o nascer do Sol é capaz de compreender a alma dos artistas, o porquê que os poetas cantam em versos e prosas o esplendor da Estrela d'Alva. É onde Botticelli se inspirou para pintar o nascimento do amor, lá onde a Mente Universal dos arquétipos se origina para criar o mito de Afrodite.
Na antiguidade os povos de Mesoamérica aguardavam a primeira aparição deste planeta no céu oriental no amanhecer para "venerar" o novo período que ali se inicia, e para isso construíram Templos e observatórios astronômicos que podem ser localizados por toda América Central, inclusive Mexico e península de Yucatan, onde ainda hoje fazem seus rituais e cerimônias nessa ocasião.
Desde 6 de março, o planeta Vênus encontra-se em sua fase de retrogradação. Visto da Terra, aparecendo no por do Sol cada dia um pouco mais baixo, e na eclíptica parecendo andar para trás - na direção contrária a do Sol. A "estrela" vésper encontra-se entre a Terra e o Sol e logo aparecerá matutina.
Dizem os antigos aztecas que nessa posição, o "planeta do amor", assume a polaridade masculina e sua face guerreira (Quetzalcoatl - A Serpente Emplumada), descendo gradativamente em direção ao horizonte, como que submetido à irresistível força de atração, ou magnetismo feminino da Terra (Xoquiquetzal - A Flor Preciosa), até desaparecer mergulhando no horizonte ocidental, onde se encontra agora, quando forma a conjunção inferior com o Sol.



O Ritual da Abertura do Coração

Aprendi com um Ancião Maia a saudar o Sol.
O Sol é o grande OMITAMA do Universo!
Fonte de toda vida, energia e amor.
Antes do Sol nascer podemos nos colocar de frente para o horizonte, fazer uma reverência saudando o Coração do Céu, outra para o Coração da Terra, e mais outra para o nosso próprio coração.
Agradecer profundamente a oportunidade de estarmos vivos, em processo de evolução e desenvolvimento interior, despertando assim o nosso Ser para a conexão com o momento sagrado, arquetípico dessa passagem, de todos os nascimentos, que é a alvorada, a qualidade espiritual da casa XII, em nosso mapa astrológico.
Essa é também a dimensão da auto-cura (a casa XII), o lugar onde a natureza recorre para criar a vida, as estrelas e constelações - é lá onde o Ser Humano também recorre para recriar suas células, e promover o processo de regeneração e auto-cura, mesmo aqueles que dormem nesse momento do nascer do Sol.
A única diferença entre você que está desperto em seu Ser para a auto cura e aquele que também se recria mas está adormecido, é que você sabe disso, e ele não. E essa é a compensação voluntária de suas ações.
Aprendi que antes mesmo de molhar a cara com água para despertar os olhos, devemos lavar as mágoas, "a má água", e demais sentimentos negativos, que turvam nosso coração, e dificultam ver com clareza e com a alma. C/alma. Com calma, sem ansiedade ou atropelo.
Ensinaram-me que o nosso coração guarda um "colibri rojo" (beija-flor vermelho) que precisa ser libertado nos primeiros raios de Sol, para mergulhar no manancial da vida que se renova todos os dias, e banhar-se na luz para retornar dourado a sua morada, em nosso coração.
A partir de 28 de março vale a pena ir ao horizonte, onde nasce o Sol para saudá-lo nesse alvorecer de um novo ciclo, nessa ocasião e celebrar a aparição de Vênus matutina, a "Estrela d'Alva". Essa é uma das pontas do seu Pentagrama Individual de Proteção, que se formará ao longo de oito anos. No Rio de Janeiro, a pedra do Arpoador é um bom lugar para essa observação.
Se quiser pode levar uma pedra semi preciosa ou preciosa. A ametista é preferida, pois traz em seus significados a cor violeta e entra em ressonância com os raios do amanhecer. Também pode ser um quartzo rosa, para cauterizar as feridas do coração, ou algum Rubi ou um brilhante de pureza especial. Os diamantes são as pedras do Sol.
Os cristais são os minerais mais evoluídos, pois absorvem a luz e por isso se "impregnam" da informação disponível no céu do momento. Mas a luz que as pedras estarão absorvendo é a de sua própria consciência renovada, na atitude de querer mudar alguma coisa referente aos seus sentimentos: a consciência de seu coração.
Se em algum outro momento de sua vida for preciso lançar mão de um auxílio para as dores do coração não visível, pode colocar sobre o seu chakra cardíaco a pedrinha "imantada" pelas qualidades positivas de Vênus e Sol, lembrar-se da existencia do amor celestial por você, pelo simples fato de estar vivo.

texto do astrólogo Jose Maria

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Seg 10 Jan 2011 - 23:47

Olá Rosiana...

Há dias que não consigo entrar no fórum, troquei a senha e agora deu certo! grandes aventuras...
Adoro a Deusa Vênus.
Tenho muito a ver com Ela.
Não apenas por ser taurina mas tenho mesmo uma ligação.

Quem já assistiu à primeira aparição matutina de Vênus no mar, que ocorre alguns dias após a conjunção exata, sobre o horizonte oriental anunciando o nascer do Sol é capaz de compreender a alma dos artistas, o porquê que os poetas cantam em versos e prosas o esplendor da Estrela d'Alva. É onde Botticelli se inspirou para pintar o nascimento do amor, lá onde a Mente Universal dos arquétipos se origina para criar o mito de Afrodite.

Afrodite vem a ser a Deusa com a qual mais me identifico nos arquétipos das Deusas.

Em 2012 completa-se o trânsito de Vênus na frente do Sol, no dia 5/6 de junho. Este trânsito começou em 2004 no dia 5/6 de junho, data muito especial para mim que após meses de tentativas, consegui ir até o Roncador e estava lá quando Vênus fêz esse movimento.
Vou colocar um texto para demonstrar a importância:

Vênus é o Planeta do amor e da Abundância. É freqüentemente chamado Estrela da Manhã e Portador da Luz. De acordo com os astrólogos, Vênus transita o Sol em estranhas séries de ciclos de 105 a 243 anos. Esse trânsito ocorre em pares com aproximadamente 8 anos de distância. Este par de trânsitos de Vênus ocorreu em 7-8 de junho de 2004 e ocorrerá novamente em 6 de junho de 2012. Durante os 8 anos em que a Terra estiver sob o abraço dos Trânsitos de Vênus, iremos experienciar uma surpreendente transformação na Humanidade e em toda a vida que está evoluindo aqui.
Vênus passará entre a Terra e o Sol durante este trânsito. Aparentemente, Vênus parecerá um pequeno disco passando sobre o Sol. Isto será uma experiência única para todos no planeta, pois a última vez em que isso ocorreu, foi em 1874 e 1882. O Trânsito total de Vênus levou sete horas. Muitas pessoas estão se referindo a este Momento Cósmico como o ponto de início da Idade de Ouro Permanente.


fadinha


fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Seg 7 Fev 2011 - 12:19

Mestra Rowena

2010-06-11 12:57

A mestra do raio rosa, representando o amor incondicional, proporciona a fraternidade e o amor entre todas as raças e credos, impulsionando a intuição e complementando o trabalho dos mestres ascensionados para a melhoria do planeta, em todos os seus aspectos.

Por Gilberto Schoereder
(a partir de texto de Carmen Balhestero
)

Carmen Balhestero, da Fraternidade Pax Universal, explica que Mestra Rowena é extremamente delicada, diplomática e de uma imensa beleza. Ela é o complemento divino do Mestre Vitória, sendo que ambos vieram de Vênus.

Rowena assumiu o cargo de dirigente do terceiro Raio Rosa do Amor Incondicional em 1964, e esse terceiro raio representa a força magnética do amor incondicional, impulsionando a intuição.
“A energia do terceiro raio é conhecida como a energia da Mente Superior”, diz Carmen, “e ativa a atuação do pensador abstrato, do filósofo, do metafísico, do idealista”.

Continuando, a essência da Chama Rosa consiste em trazer a cada ser o amor cósmico e a gratidão, para que se manifestem a fraternidade e o amor sem egos entre as pessoas de todas as raças e credos, e seres de todos os reinos. O terceiro raio rosa ainda impulsiona a co-criação e, aliado aos raios azul e dourado, forma a Chama Trina, as três chamas que estão em nossos corações e representam a presença do Pai, do Filho e do Espírito Santo em nós.

No plano etérico, o Templo da Luz da Chama Trina está localizado sobre o Chateau Liberté, no sul da França, e a melodia desse santuário em prol da liberdade é a Marseillaise, de Rouget de Lisle (1760-1836). A freqüência vibratória dessa marcha acelera a manifestação da verdadeira liberdade; a liberdade sem limitações do espírito, que todos desejamos alcançar e possuir. Esse templo foi transladado para esse local antes da Atlântida submergir, é repleto de obras de arte e tem um jardim com grande variedade de rosas.

Para conseguirmos atrair para o nosso mundo a perfeição do elo da Luz Eterna – que une as emanações de vida –, informa Balhestero, precisamos visualizar a Chama Rosa penetrando em cada célula, cada órgão, no cérebro e, principalmente, em nosso coração.

Mestra Rowena estimula talentos através das bênçãos do Raio Rosa Cristal, estimulando os gênios e os humildes aspirantes da humanidade.

A Chama Rosa é um meio prático de atrair benefícios, harmonizando tudo em amor e paz, desde objetos físicos até a cura de emoções e sentimentos como a depressão e a solidão. A sugestão é que a Chama seja projetada sobre pessoas e animais feridos e enfraquecidos, o que os fará sentir alívio, harmonia e amor.

Além de Mestra Rowena, fazem parte do Raio Rosa Mestre Vitória, Arcanjo Samuel, Elohim Órion e o Maha Chohan Paulo Veneziano, o Espírito Santo do planeta Terra.

Mestra Rowena indica o silêncio e o uso da Chama Rosa em todos os momentos da vida para que, na força do amor incondicional, todos reencontrem seu poder verdadeiro.

Rowena diz: “Permanecer centrado na Chama trina que reside no coração, traz a liberdade individual em relação a tudo que não seja a perfeição crística. É importante utilizar a Chama Rosa em cada determinada atividade, para que o êxito seja alcançado. Deveria ser a meta de cada um realizar para sempre o Cristo em Ação e permitir que a Força Crística de cada alma se torne a inteligência governante em todas as atividades”.

É de máxima importância que todos aceitem as irradiações e bênçãos do Terceiro Raio através da contemplação, atividade, equilíbrio e puro amor divino.

Realizar no mundo da matéria o Santo Ser Crístico em ação significa dar assistência e compreensão total ao próximo, colaborando com o Conselho Espiritual. Enquanto cada ser encarnado segue as instruções do Santo Ser Crístico em ação, a iluminação vem ao próprio mundo individual, e cada um será um centro de irradiação do puro Amor Divino para a evolução da Terra”.

“Nesta sintonia, conhecereis o Caminho Crístico da Vida, e tudo mais parecerá insignificante.

Cada um será UNO com os Mestres da Luz e deverá pensar na UNIDADE DA VIDA para que cada ser expresse a Perfeição que existe em toda divina criação manifestada, pois a existência contém o princípio ativo de Deus-Pai- Mãe".

Invocação à Bem-Amada Mestra Rowena
"Bem-amada Mestra Rowena”.
“Eu vos amo e vos abençôo. Agradeço por tudo o que significais para mim e para as outras pessoas. Auxiliai-me a manter minha atenção dirigida ao Santo Ser Crístico que permanece ancorado em meu coração, para que eu represente Seu grande aperfeiçoamento em tudo o que faço, penso, digo ou sinto, em todas as minhas atividades e oportunidades do meu ambiente, do meu mundo pessoal.

Assim seja, Amém!"


Olá amigos,

“Permanecer centrado na Chama trina que reside no coração, traz a liberdade individual em relação a tudo que não seja a perfeição crística. É importante utilizar a Chama Rosa em cada determinada atividade, para que o êxito seja alcançado. Deveria ser a meta de cada um realizar para sempre o Cristo em Ação e permitir que a Força Crística de cada alma se torne a inteligência governante em todas as atividades”.

Sobre a frase acima:

O que significa permanecer centrado na chama trina?
Significa imaginar e visualizar perfeitamente sobre o coração as três chamas de forma uniforme (todas as 3 de igual tamanho) e ficar visualizando as três chamas por um tempo. Depois expandir a chama rosa, por exemplo para cada célula do corpo físico como se o corpo fosse uma esponja muito fina e que nesses espaços entra a chama rosa e vai colorindo tudo de rosa e que também ultrapassa em alguns centímetros o corpo físico envolvendo-o de forma a penetrar tudo de forma perfeita, por dentro e por fora, os cabelos, o rosto, suave, tudo. Envolva o lugar onde estiver nessa chama rosa e transparente e vá envolvendo nela tudo o que você gosta, flores, seu ambiente, quadros...
Já pensou que benção as outras pessoas podem receber quando você visualiza em seus corações a chama trina? principalmente com as crianças para que expressem o melhor de si, seu lado Crístico.

fadinha


fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  fadinha em Ter 8 Fev 2011 - 10:10

Olá amigos:


"Amados discípulos, procurai aprender a lição do AMOR; esta divina virtude merece ser vivida e praticada. Esforçai-vos em fazer reviver este AMOR em outras pessoas. Enquanto as envolveis com as vibrações desta virtude, fazeis a Luz de seus corações reavivar-se, expandir-se, tornando o vosso mundo mais luminoso e mais feliz! "

Como VIVER e PRATICAR uma virtude divina? Como envolver as pessoas, elementos (refere-se à água, vento, chuva, terra...) animais e objetos, coisas, máquinas, nessa virtude divina para que expressem o melhor que tiverem?
Primeiro temos que sentir no nosso coração através da chama trina. Visualize a chama trina em seu coração.
Imagine que a chama rosa se expande por todo o seu corpo e em seguida, saindo do seu coração vá até onde deseja...com a qualidade do Amor Divino.
Isto deve ser praticado muitas vezes ao dia...ao contemplar uma pessoa querida, uma árvore, um animalzinho de estimação...o que for que nossa atenção se demore, seu carro, por exemplo. Esta chama atrai com amor tudo para nós, embeleza, harmoniza.
Se for uma pessoa visualize a chama indo do seu coração diretamente para o coração dela e veja uma luz rosa em torno de si e em torno da pessoa.
É isso que a Mestra diz:
"Esforçai-vos em fazer reviver este AMOR em outras pessoas. Enquanto as envolveis com as vibrações desta virtude, fazeis a Luz de seus corações reavivar-se, expandir-se, tornando o vosso mundo mais luminoso e mais feliz! "

Com certeza muito mais feliz porque o amor sempre nos faz felizes porque ao fazer o benefício para outras pessoas e mundo, primeiro a chama percorre o nosso coração!
O trecho do livro que encontrei neste site é maravilhoso.

fadinha


Site No Rastro das Estrelas – http://www.fogosagrado.com ou http://www.norastrodasestrelas.com.br


O AMOR

O motivo de vossa existência é AMOR. Este é o propósito de vossa vida - Sem Amor nada existe, nem sequer existiria o Universo, aliás, nem vida ... E, para aprenderdes tudo isto é que estais aqui.

Vossas experiências de vida, as tarefas de vossos Amigos da Luz, muitas vezes vos parecem difíceis e severas. Porém, tudo o que se apresenta em vossa vida tem o propósito de expandir a vossa consciência, e tudo o que vos é ensinado contém o AMOR de Nossos corações. Aquilo que necessitais aprender no Reino Interno, também, está entrelaçado com a Chama do AMOR. Nossos ensinamentos, palavras e esclarecimentos estão carregados com o puríssimo AMOR. A essência deste AMOR flui, incessantemente, ao vosso mundo para auxiliar-vos em tudo o que se apresenta como experiência.

Amados discípulos, procurai aprender a lição do AMOR; esta divina virtude merece ser vivida e praticada. Esforçai-vos em fazer reviver este AMOR em outras pessoas. Enquanto as envolveis com as vibrações desta virtude, fazeis a Luz de seus corações reavivar-se, expandir-se, tornando o vosso mundo mais luminoso e mais feliz!

Colocai AMOR em tudo que disserdes ao vosso próximo. Envolvei as pessoas com as quais entrais em contato, diariamente, com este Amor Divino. É o Amor que resolve todos os vossos problemas. Portanto, deixai expandir-se, em vosso caminho terráqueo, esta força, este poder.

Ao iniciardes um novo dia, enviai AMOR às manifestações e condições de vossa vida externa; àquilo que ireis executar; aos vossos auxiliares, colegas de trabalho e superiores; à vossa família, vizinhos e amigos. 0 AMOR vos auxiliará para que tudo se torne mais fácil, suscitando maior amizade entre vossos semelhantes, atraindo harmonia para os vossos lares e ambientes. Quando O enviais ao próximo, Ele faz milagres, e alegra os corações.

Amigos da Luz, deixai que o AMOR se expanda em vosso mundo e cercanias, no reino da natureza e dos elementos, também nos animais que tanto necessitam de amor.

Constantemente visualizamos a Terra envolta pela irradiação do Amor, nas tonalidades da cor rosa; visualizamos, também esta irradiação penetrando no reino da natureza e iluminando todos os seres.

Praticai, vós também, a mesma visualização. Os elementos e os animais sentem a bênção que ela conduz.

Apelai por Mim, se quiserdes fazer sobressair 0 Amor.
Apelai por mim, quando sentirdes dificuldade em expandi-Lo e Eu irei auxiliar-vos, porque possuo um grande "Momentum" ou reserva desta divina virtude, do qual podeis extrair o Amor Divino, a qualquer hora e tanto quanto necessitais.

Eu vos amo e coloco aos vossos pés este AMOR.
Eu Sou ROWENA, sempre pronta a auxiliar-vos

Trechos e idéias extraídas do livro “ Rowena- Hierofante do Templo da Liberdade

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO AUMENTAR O AMOR NO CORAÇÃO

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum