O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Página 3 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Chico em Ter 4 Out 2011 - 19:57

O Webbot prevê um estouro financeiro global para o primeiro trimestre de 2012... Será?
Abraço.

Chico

Mensagens : 32
Data de inscrição : 21/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Luiz em Qui 6 Out 2011 - 15:02

A TODOS AMIGOS E COMPANHEIROS DE FÓRUM:

Eu não sou canalizador ( sempre tive um pé atras com isso) sempre me balizei na lógica, na história, na minha experiência pessoal e nos meus sentimentos ( sexto sentido, Eu Superior, Anjo da Guarda,como acharem melhor).

Eu venho "avisando" aqui para não subestimarem a capacidade de recuperação do capital, tenho solicitado a todos, sempre "cautela e canja de galinha", tenho "avisado" também, que a "turma" que administra o Planeta é muito inteligente e que quando a "corda aperta" eles se unem mesmo e tentam resolver a questão, pois bem, a notícia abaixo vem de encontro ao que venho dizendo reiteradas vezes, embora eu não descarte a possibilidade desse sistema quebrar, considero a mesma remota, face o já exposto, então vamos a notícia do dia:


Dólar cai e bolsas sobem por otimismo de ajuda a bancos na Europa

Os mercados internacionais avançam nesta quinta-feira com a expectativa de que a União Europeia possa anunciar em breve um grande plano para recapitalizar bancos. Por volta de 13h, o Ibovespa, índice referência do mercado brasileiro, subia 2,98%, aos 52.535 pontos, puxado por ações beneficiadas pela alta das commodities nos mercados mundiais. O dólar comercial caía 0,60%, cotado a R$ 1,819 na compra e a R$ 1,821 na venda.
LEIA MAIS:Barroso, da UE, quer recapitalização coordenada dos bancos
Especulações sobre medidas para "blindar" instituições financeiras da Europa ganharam novo fôlego nesta quinta-feira após o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, propor uma recapitalização coordenada dos bancos, enquanto os reguladores do bloco se reuniam para analisar os colchões de capital das instituições financeiras em dificuldade.
As bolsas europeias tinham mais um dia de valorização. Em Londres, o FTSE 100 subia 1,88%. Em Paris, o CAC 40 valorizava 1,65%. Em Frankfurt, o DAX ganhava 0,71%. Em Madri, o IBEX 35 subia 0,92%. Em Milão, o FTSE MIB valorizava 1,31%.
Em Wall Street, o Dow Jones - principal índice da Bolsa de Nova York - avançava 1,03%. O Nasdaq, termômetro das empresas de tecnologia - registrava alta de 1,24%. O S&P 500, que acompanha o desempenho de 500 ações do mercado americano, tinha uma valorização de 1,24%.
No mercado brasileiro, os ganhos são impulsionados pelos principais papéis da Bolsa, as chamadas "blue chips". As ações preferenciais (PN, sem voto) da Petrobras sobem 3,90%, a R$ 18,93. Os papéis ON (ordinários, com voto) da OGX tem alta de 3,98%, a R$ 11,23. As empresas sobem com o avanço do preço do barril de petróleo do tipo brent 0,67% na Bolsa de Londres, negociado a US$ 103,42.
Também operam em forte alta as ações da BM&FBovespa ON (+6,02%, a R$ 9,33), Embraer ON (+6,12%, a R$ 11,62) e da Hypermarcas ON (4,77%, R$ 8,58) e Telemar PN (4,94%, R$ 38,25). Somente duas ações operavam em queda por volta das 13h.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/mat/2011/10/06/dolar-cai-bolsas-sobem-por-otimismo-de-ajuda-bancos-na-europa-925524454.asp#ixzz1a1eSspnN
© 1996 - 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

avatar
Luiz

Mensagens : 2901
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

ZEITGEIST !!!

Mensagem  Convidad em Qui 6 Out 2011 - 23:46

Olá Luiz, olá tb para todos os demais!
Vocês já leram algo sobre o "Movimento Zeitgeist"? Estou tendo os primeiros contatos agora. Acho que a longo prazo poderia ser uma opção viável...


Zeitgeist (pronúncia: tzait.gaisst) é um termo alemão cuja tradução significa espírito de época, espírito do tempo ou sinal dos tempos. O Zeitgeist significa, em suma, o conjunto do clima intelectual e cultural do mundo, numa certa época, ou as características genéricas de um determinado período de tempo.

O conceito de espírito de época remonta a Johann Gottfried Herder e outros românticos alemães, mas ficou melhor conhecido pela obra de Hegel, Filosofia da História. Em 1769, Herder escreveu uma crítica ao trabalho Genius seculi do filólogo Christian Adolph Klotz, introduzindo a palavra Zeitgeist como uma tradução de genius seculi (Latim: genius - "espírito guardião" e saeculi - "do século").[1] Os alemães românticos, tentados normalmente à redução filosófica do passado às essências, trataram de construir o "espírito de época" como um argumento histórico de sua defesa intelectual.[i]

--> http://pt.wikipedia.org/wiki/Zeitgeist


Zeitgeist, o Filme (Zeitgeist, the Movie, no original) é um filme de 2007 produzido por Peter Joseph, aborda temas como Cristianismo, ataques de 11 de setembro e o Banco Central dos Estados Unidos da América (Federal Reserve).[1] Ele foi lançado online livremente via Google Video em Junho de 2007.[2] Uma versão remasterizada foi apresentada como um premiere global em 10 de novembro de 2007 no 4th Annual Artivist Film Festival & Artivist Awards.[3]

Em 2 de outubro de 2008 foi lançado um segundo filme, continuação do primeiro, chamado Zeitgeist: Addendum, no qual se tratam temas como a globalização, a manipulação do homem pelas grandes corporações e instituições financeiras, e aborda a atual insustentabilidade material e moral da humanidade, apresentando o Projeto Vênus como solução para o problema.

--> http://pt.wikipedia.org/wiki/Zeitgeist,_the_Movie




Com atuação que transcende instituições, países e nações, o Movimento Zeitgeist sustenta uma mudança radical na forma como encaramos e conduzimos a vida. Enxerga o mundo independente de fronteiras e reconhece a humanidade como família, sustentando, assim, alterações que proporcionem bem-estar para a população global e não apenas para pessoas/grupos privilegiados. Promove a conscientização de que problemas socioeconômico-ambientais como miséria, alto índice de criminalidade, guerras, corrupção, desmatamento inconsequente, desigualdade social, entre tantos outros, são causados por uma estrutura social fundamentada em dogmas e preceitos há muito superados. Entende que melhorias significativas dependem, primeiramente, da mudança dos princípios e do senso que orientam a vida em sociedade, por ser nítido que os valores atuais estão defasados e incoerentes. Crimes, fome, escândalos políticos, desastres ambientais provocados pela atuação desmedida do ser humano e muitos outros, tornaram-se acontecimentos corriqueiros e são vistos com indiferença. A cultura do lucro/dinheiro e da competição social passaram a justificar tais anomalias como se fossem inerentes à natureza humana.

Por isso é missão do Movimento Zeitgeist trazer a público as verdadeiras causas dos problemas atuais, propiciando uma superação da crença fatalista de que as coisas simplesmente "acontecem", e conscientizando de que as pesquisas e descobertas científicas, se centradas em interesses coletivos, podem solucionar as principais mazelas sociais, através da instalação de um novo modelo universal, a economia baseada em recursos. Graças aos avanços tecnológicos, os recursos podem ser gerenciados e distribuídos de forma eficiente e abundante, respeitando os processos da natureza e atendendo as necessidades vitais de toda a humanidade. Com tecnologia, planejamento e educação, tal objetivo não só é possível, mas vital para a sobrevivência da espécie humana.

O Movimento reconhece a importância de ações de utilidade imediata tais quais reformas no sistema vigente, campanhas de solidariedade e doações, desde que essas práticas propiciem a crítica ao sistema atual e, por conseguinte, sua mudança. Logo, no desempenho de tais ações, tem como foco a conscientização de que o modo pelo qual as relações e transformações se operam na sociedade hoje é obsoleto e que a promoção de reformas monetárias, tributárias, legislativas, doação de mantimentos e vestuários, não é a solução em si para os problemas a serem enfrentados, mas apenas mecanismos facilitadores da transição do atual e ultrapassado sistema monetário para um modelo social economicamente sustentável.

A instauração de um novo sistema socioeconômico sem o exercício da competição desenfreada e sem priorizar ganhos de uma minoria em detrimento das necessidades da maioria não é utópica. É tecnicamente possível e viável. O primeiro dos desafios do Movimento Zeitgeist, portanto, é afastar essa equivocada ideia de "utopia", deixando claro que o grande empecilho para a concretização do sistema baseado em recursos é a crença de que o dinheiro é necessário e indispensável para a vida em sociedade, quando, em verdade, toda a sistemática monetária é uma das principais responsáveis pela desigualdade, marginalização, destruição do meio ambiente, criminalidade e toda a gama de problemas sociais que nos assolam. O sistema econômico baseado em recursos propõe uma transformação geral, garantindo a todos a maior qualidade de vida possível.

Para fim, o Movimento Zeitgeist não pode ser definido como um grupo, ao menos não sob o sentido comum da palavra. Se o maior conjunto numérico que os humanos podem conceber seja a própria humanidade em si, um grupo tenderia a considerar um número de integrantes menor que o mundo todo. No momento que o Movimento Zeitgeist é uma ação social a favor de todos os indivíduos, sem exceção, o conceito de grupo é quase irrelevante. Em outras palavras, as atitudes deste movimento social são em prol à espécie humana como animal interdependente à natureza, não se submete a quaisqueir limitações ideológicas e de outros tipos. Sendo assim, não há necessariamente um modo de não pertencer ao Movimento Zeigeist. Apesar disso, participar ativamente dele pode ser entendido como uma manifestação consciente de sua pertença à humanidade.


Texto original da missão do Movimento Zeitgeist:


Fundado em 2008, o Movimento Zeitgeist é uma organização em defesa da sustentabilidade que realiza ativismo comunitário e ações de conscientização através de uma rede de atuação global e regional, projetos em equipe, eventos anuais, mídia e trabalhos de caridade.

O foco principal do Movimento inclui o reconhecimento de que a maioria dos problemas sociais que afligem a espécie humana neste momento não são os resultados de alguma corrupção institucional, escassez, uma estratégia política, uma falha da “natureza humana” ou outras hipóteses causais comumente atribuídas pela comunidade ativista. Ao contrário, o Movimento reconhece que questões como pobreza, corrupção, colapso, falta de moradia, guerra, fome e outros parecem ser sintomas originados de uma estrutura social ultrapassada.

Enquanto passos intermediários de reforma e apoio comunitário temporário sejam de interesse do Movimento, o objetivo determinante aqui é a instalação de um novo modelo socioeconômico baseado no gerenciamento, alocação e distribuição de recursos de forma responsável, através do que pode-se considerar como o método científico para a racionalização de problemas e encontro de soluções otimizadas.

Este Modelo Econômico Baseado em Recursos se trata de uma abordagem técnica direta ao gerenciamento social em oposição a um modelo monetário ou até mesmo político. Trata-se de atualizar o funcionamento da sociedade para os métodos mais avançados possíveis que a ciência tem a oferecer, deixando para trás as conseqüências destrutivas e inibições limitadoras que são geradas pelo nosso atual sistema de troca monetária, lucro, corporações e outros componentes estruturais e motivacionais.

O Movimento é fiel a uma linha de pensamento e não a pessoas ou instituições. Em outras palavras, a visão defendida é que através do uso de pesquisas socialmente orientadas e dos conhecimentos testados em ciência e tecnologia, nós agora somos capazes de chegar logicamente a aplicações sociais que podem ser profundamente mais eficazes em atender as necessidades da população humana. Na verdade, existem poucas razões para considerar que as guerras, a pobreza, 95% dos crimes e muitos outros efeitos da escassez de dinheiro, comuns ao nosso modelo atual, não possam ser resolvidos ao longo do tempo.

As campanhas de ativismo e consciência do Movimento atuam no curto e longo prazo. A visão de longo prazo, que é a transição para um Modelo Econômico Baseado em Recursos, é uma busca e uma expressão constantes, como afirmado anteriormente. Entretanto, para atingirmos tal objetivo, o Movimento também reconhece a necessidade de técnicas de reforma, além do apoio direto à comunidade.

Por exemplo, a "reforma monetária" em si não é uma solução final proposta pelo Movimento, mas o mérito dessa abordagem legislativa ainda é considerada válida no contexto de transição e integridade temporal. Da mesma forma, assim como comida, vestuário e outros projetos de apoio para os necessitados dos dias de hoje também não são considerados uma solução de longo prazo, ainda são considerados válidos no contexto de ajudar os outros em tempos de necessidade, enquanto também trazemos conscientização para o objetivo principal.

O Movimento Zeitgeist também não tem fidelidade a um país ou a plataformas políticas tradicionais. O Movimento vê o mundo como um sistema único e a espécie humana como uma única família e reconhece que todos os países devem se desarmar e aprender a compartilhar seus recursos e ideias, se nós pretendemos sobreviver no longo prazo. Assim, as soluções encontradas e promovidas são no interesse de ajudar a todos no planeta Terra, não a um grupo específico.


--> http://movimentozeitgeist.com.br/missao

--


Última edição por o-panka em Qui 6 Out 2011 - 23:57, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Convidad em Qui 6 Out 2011 - 23:55







--

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Luiz em Sex 7 Out 2011 - 1:33

fala o-panka.

Muito bom, parabéns pela postagem.

Agora te liga em algo interessante , havia um homem, que por coincidência também era alemão, cujas idéias eram parecidas as idéias deste movimento, só que ainda mais avançadas e escreveu tudo isso e muito mais no século 19, seu nome? Kal Marx. O livro? " Das capital"

Forte abraço amigão e obrigado
.
avatar
Luiz

Mensagens : 2901
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Convidad em Sex 7 Out 2011 - 13:06

Pois é Luiz, a solução está no verdadeiro SOCIALISMO =)

De qualquer jeito, gostei da proposta do movimento. Vou estudá-la com carinho. Consegui um outro "filminho" de "apenas" 2:40hs para assistir... Shocked
--

A coisa tá ficando tão preta que nem eles que, em média, tem um padrão de vida muito melhor que o nosso estão aguentando mais os desmandos desses criminosos de colarinho branco...


--

Mais...
Protesto na Califórnia similar ao de Wall Street

Washington, 7 out (Prensa Latina) A polícia de Sacramento prendeu aos participantes numa sentada nessa cidade da Califórnia, similar aos protestos contra Wall Street que se multiplicam hoje nos Estados Unidos, informou o jornal The Sacramento Bee.

Segundo a publicação, ao menos 19 manifestantes foram detidos durante a jornada que se produziu ao redor da Prefeitura de Sacramento e do Capitólio da Califórnia.



Centenas de pessoas bradaram consignas contra as grandes empresas e sua influência no governo. A 17 de setembro iniciaram-se as manifestações do movimento "Occupy Wall Street" no Baixo Manhattan, onde se encontra o coração de sistema financeiro mundial.

Os "indignados" saíram à rua contra a "avareza e corrupção de um por cento da população que mantém com problemas econômicos 99 por cento do povo estadunidense e do mundo", expressaram então os organizadores dessas demonstrações de descontentamento.

A 30 de setembro reportes noticiosos resenhavam sobre as dezenas de detentos e vários golpeados pela polícia em Wall Street. Um dia depois os efetivos prenderam quase 700 pessoas e usaram gás pimenta contra elas.

Hoje aos "indignados" originais, jovens e não tão jovens desocupados, somaram-se cerca de15 sindicatos de trabalhadores de Nova York.

Entre os que apóiam o movimento está a Transport Workers Union (TWU), que agrupa empregados dos serviços de comboios e ônibus.

Ademais respaldam-no diferentes linhas aéreas estadunidenses, e a United Federation of Teachers, que representa os professores das escolas públicas da cidade.

Ações similares surgiram em Boston, Chicago, Los Angeles, Salt Lake City, Filadélfia, Anchorage e Washington D.C., a escassas duas quadras da Casa Branca.

Ontem Obama reconheceu numa conferência de imprensa que o movimento Occupy Wall Street "expressa as frustrações que sente o povo estadunidense".

Atualmente no país há cerca de 14 milhões de desempregados, o que se traduz numa taxa nacional de desemprego de 9,1 por cento, de acordo com as cifras oficiais.

lac/dfm/cc


FONTE --> http://www.prensa-latina.cu/index.php?option=com_content&task=view&id=367235&Itemid=1
--

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Luiz em Sex 7 Out 2011 - 14:40

o-panka meu querido amigo e companheiro de jornada

Excelente postagem mais uma vez, parabéns, muito elucidativo.

Que Deus ajude a humanidade a encontrar uma solução para isso tudo.

Meu amigo, fique sempre atento aquilo que eu te disse: "não subestime aqueles que estão no comando disso tudo".

Eles são de uma inteligência que encontra-se muito acima de toda humanidade, hoje mesmo, acabo de saber, que a Alemanha enviou um de seus comandantes experts em Economia e Administração, para que o mesmo tome as rédias da Grécia e assim seja "resolvido" o problema Grego, as custas do sofrimento do povo, porém, "salvando" o sistema vigente.

A outra notícia diz respeito a ajuda que todos os bancos estão recebendo para se capitalizarem.

Tem muita inteligência e poder nessa história e tem muita coisa que não sabemos, tudo que sabemos, é que somente o Alto está em condições de superá-los e somente o Alto ( quando achar que deve agir) é que poderá colocar luz em toda esta escuridão.

Daí a importância das orações.

Forte abraço.


PS: PARECE UM PARADOXO EU FALAR EM KARL MARX ( que pregava o ateísmo ) e falar no Alto ao mesmo tempo, porém, não existe nenhum paradoxo, em que pese os méritos das idéias de Karl Marx o mesmo cometeu muitos equívocos, era um ser humano passível de erros, como todos nós.
avatar
Luiz

Mensagens : 2901
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  bushido em Sex 7 Out 2011 - 15:50

Amigos de jornada, o-panka, Luiz.


Não sei se alguém já comentou ou postou algo sobre o filme "Inside Job" ou Trabalho Interno em português. Foi um documentário feito em 2010 e lançado em 2011 sobre a verdadeira história da crise de 2008 e o que e quem está por trás disso tudo...É de arrepiar e corrobora com o vídeo daquele investidor entrevistado pela BBC. Vocês terão a real idéia de como o capitalismo de hoje é nefasto e somente visa o lucro de meia dúzia, arrebentando com economias de países e de pessoas de bem. Vocês podem acessar este link abaixo para assistir on line (infelizmente só em inglês)

Abraços!


http://www.megavideo.com/?d=E2PERZMW
avatar
bushido

Mensagens : 94
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 48
Localização : por aí...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Luiz em Sex 7 Out 2011 - 17:58

Oi Bushido bom te ver.

Você disse:

Vocês terão a real idéia de como o capitalismo de hoje é nefasto e somente visa o lucro de meia dúzia, arrebentando com economias de países e de pessoas de bem.

Querido amigo, o capitalismo de hoje, de ontem e de amanhã ( caso continue) funciona sempre desta forma, poucos com muito e muitos com pouco, em qualquer circunstância, não há culpados específicos, tipo, bolsas, corretoras, especuladores, usurpadores, etc e etc, sempre que houver capitalismo, em qualquer circunstância a coisa será desta forma e isso, como já disse diversas vezes, é devido ao mesmo ser produto do Ego humano, portanto, com Ego, ele sobrevive em qualquer circunstância e situação.

Ele necessita, para funcionar, de bancos, instituições de crédito, mercado, procura, oferta, jogo, interesses, egos, desejos, não existe esta ideia "equivocada" de "capital produtivo" , qualquer "produtor" de bens ou serviços dentro do capitalismo só pode ter uma visão para funcionar e chama-se "lucro" e o lucro sempre foi e sempre será a parte do trabalhador que lhe é usurpada de seu salário, por mais que os gênios do capitalismo argumentem que o lucro gera investimentos e mais empregos, eu vos digo em verdade, é mentira, é um sistema equivocado que se baseia no Ego humano e nenhum empresário considerado como produtivo pode ou vai abrir mão de seu lucro, sob pena de ser castigado pelo sistema dominante ou sob pena de não compreender que a divisão entre os necessitados é algo fundamental e Cristão, este Sr. Steve Qualquer coisa , não me lembro o nome agora, o ex-dono Apple I-Pode morreu deixando 92 bilhões de dólares entesourados, ora, se ele sabia que estava "por um fio" para partir para outra dimensão, por que não distribuiu todo este lucro? Eu mesmo respondo, não é culpa dele, ele já tinha em mente que o lucro é algo natural, saudável e faz parte do mercado, mas se ele distribuísse este lucro , milhões de pessoas sairiam do estado de miséria absoluta que se encontram.

Para aqueles leitores que possam vir a discordar que o lucro é a parte usurpada do salário do trabalhador ( qualquer discordância é natural) recomendo leitura sobre A MAIS VALIA , pode ser encontrada no wikipedia.

Forte abraço amigão e por favor me desculpa o desabafo.

PS: QUANTO AO DOCUMENTÁRIO RECOMENDADO VOU ASSISTI-LO DEVE SER EXCELENTE, OBRIGADO AMIGÃO.

Mantenham as orações, pois toda humanidade precisa de ajuda do Alto como eu disse antes.
avatar
Luiz

Mensagens : 2901
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Convidad em Sex 7 Out 2011 - 19:33

bushido escreveu:Não sei se alguém já comentou ou postou algo sobre o filme "Inside Job" ou Trabalho Interno em português. Foi um documentário feito em 2010 e lançado em 2011 sobre a verdadeira história da crise de 2008 e o que e quem está por trás disso tudo...É de arrepiar e corrobora com o vídeo daquele investidor entrevistado pela BBC. Vocês terão a real idéia de como o capitalismo de hoje é nefasto e somente visa o lucro de meia dúzia, arrebentando com economias de países e de pessoas de bem. Vocês podem acessar este link abaixo para assistir on line (infelizmente só em inglês)

Abraços!


http://www.megavideo.com/?d=E2PERZMW
Oi Bushido, achei o vídeo de uma fonte alternativa com legenda em português, vou tentar baixá-lo no fim de semana, valeu pela dica!



Luiz escreveu:Querido amigo, o capitalismo de hoje, de ontem e de amanhã ( caso continue) funciona sempre desta forma, poucos com muito e muitos com pouco, em qualquer circunstância, não há culpados específicos, tipo, bolsas, corretoras, especuladores, usurpadores, etc e etc, sempre que houver capitalismo, em qualquer circunstância a coisa será desta forma e isso, como já disse diversas vezes, é devido ao mesmo ser produto do Ego humano, portanto, com Ego, ele sobrevive em qualquer circunstância e situação.
--- ACERTOU NA MOSCA LUIZ !!! ---


Agora voltando... com relação ao sistema financeiro, semana passada ou retrasada deixei uns links para duas palestras de David Icke na seção de Filmes aqui do fórum. Acredito que vocês irmãos velhos de guerra já conheçam ou já tenham tido contato.

Pois bem, lá pela metade, se não me engano foi na palestra sobre o Big Brother, ele dá "nome aos bois" e na outra palestra TLSNM (ele explica os possíveis "quem" que estão por trás desse sistema e que se encontram no topo do topo da pirâmide, ou cadeia alimentar se preferirem... rsrsrs... O buraco é bem mais embaixo... Claro que você não tem que concordar com tudo o que ele fala, tem umas coisas lá que eu não "digeri" completamente, mas para quem ainda não "acordou" é um balde de água gelada em cheio bem no meio da cabeça!

--

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  bushido em Sex 7 Out 2011 - 20:27

Amigos Luiz (obrigado pelo desabafo! Aqui sempre tem "um ombro amigo"!) e o-panka e todos do fórum.

Concordo plenamente com vocês. O capitalismo na sua essência é nada mais que a exteriorização de egos através da inveja, ganância e "sensação de poder". A colocação de "nos dias de hoje" foi para mostrar que nos dias atuais, ninguém mais tem pudores de fazer mal aos outros. Aliás, sempre foi aos olhos vistos, mas hoje, me perdoem a palavra, está tudo "escarrado". No início do documentário, mostra no que se tornou a Islândia após a crise(lembram? Foi o 1º país da Europa a entrar em colapso). Um país de 320 mil habitantes, US$ 13 bi de PIB e com dívida de mais de US$ 100 bi, prejudicando à todos os habitantes. Um entrevistado prof. de Economia da Universidade local fala, com voz embargada, que eles tinham tudo: Boa saúde, educação, economia enfim, um bom lugar para se viver e de repente, tudo isso acabou...É triste, muito triste. Eu me pergunto até quando Meu Deus? Realmente tá difícil de aguentar.

Abraços à todos.

avatar
bushido

Mensagens : 94
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 48
Localização : por aí...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Luiz em Sab 8 Out 2011 - 0:04

SINCERAMENTE o-panka e bushido É UM PRIVILÉGIO PARA MIM TER CONHECIDO VOCÊS, ESTOU MUITO FELIZ EM VER PESSOAS COMO VOCÊS LUTANDO POR UM MUNDO MELHOR.

bushido disse:

Eu me pergunto até quando Meu Deus? Realmente tá difícil de aguentar.

Segura firme no barco meu amigo, no livro Conversando com Deus, ele ( DEUS) diz uma coisa muito certa ao autor do livro, ele diz:

"Fiques tranquilo, pois estás condenado à felicidade"

É por aí amigo, segura firme, vamos chegar lá.

o-panka meu amigão

Vou ver o comentário do David Ike, ( e os demais) já conheço o cara de longa data, ele diz algumas coisas interessantes sim, outras nem tanto, afinal quem é perfeito? Só Deus certo?

Quem sabe ( não estou afirmando ok?) quem sabe estamos diante da grande transição tão esperada e aguardada?

Observando e nunca esquecendo das orações, obrigado amigos pelo carinho com que vocês tem fornecido para mim e para muitos leitores que vêm a este fórum se atualizar.

Paz a todos.




avatar
Luiz

Mensagens : 2901
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  bushido em Seg 10 Out 2011 - 9:55

Bom Dia amigos. A História se repete... Vamos aguardar maiores desfechos...

Bélgica confirma a criação de "banco podre" em resgate do Dexia



DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Crise Econômica O governo belga confirmou na madrugada desta segunda-feira que será criado um banco residual, também conhecido como "banco podre", para isolar os ativos tóxicos do franco-belga Dexia, no marco do resgate multimilionário estipulado com a entidade.

O primeiro-ministro belga interino, Yves Leterme, confirmou em entrevista coletiva que o banco residual terá ativos de € 90 bilhões, que serão garantidos pelos Estados belga (60,5%), francês (36,5%) e luxemburguês (3%). Corresponderão à Bélgica assim garantir cerca de € 54 bilhões, em torno de 15% do PIB, à França € 32,850 bilhões e a Luxemburgo € 3,150 bilhões.

Mais cedo, os governos destes três países já haviam anunciado acordo para um pacote de resgate ao Dexia. A instituição --maior banco belga-- é vista como primeira vítima da crise da dívida grega.

O governo belga irá pagar € 4 bilhões (cerca de R$ 10 bilhões) pelo controle total do Dexia Bancos Bélgica, valor considerado "razoável" pelo ministro das Finanças belga, Didier Reynders.

O Estado belga considera que os termos do acordo se ajustam mais ou menos a seu objetivo de negociação, que era não ter de desembolsar mais de 1% do PIB nacional (€ 3,6 bilhões) pela compra do Dexia Bancos Bélgica.


Reynders disse que, da mesma forma que nas ajudas aprovadas durante a crise financeira do final de 2008, o Estado não pretende permanecer eternamente no capital social do Dexia, mas sim uns cinco anos ou mais.

"Em cinco anos ou mais talvez ainda estejamos dentro", assinalou o ministro. Reynders também afirmou que a criação do "banco podre", para isolar os ativos tóxicos, será menos problemática que em 2008, porque os ativos afetados são essencialmente empréstimos a longo prazo das administrações locais que o Estado deve garantir.

Este é o segundo resgate do Dexia, após a intervenção pública em setembro de 2008, em meio à crise das hipotecas subprime nos Estados Unidos.

Na época, os governos francês, belga e luxemburguês injetaram € 6,376 bilhões para evitar seu colapso.

A situação financeira dos bancos europeus é um dos pontos de maior preocupação do bloco, diante da possibilidade do calote grego. O Dexia, por exemplo, tem uma exposição bruta à dívida grega de cerca de € 3,462 bilhões.

CRISE

Com dificuldade de refinanciar sua dívida, a Grécia vive uma forte crise fiscal, com risco de suspender o pagamento a seus credores e arrastar a Europa para uma crise semelhante à de 2008.

Diversos bancos internacionais possuem títulos da dívida grega, por isso um eventual "default" (suspensão dos pagamentos) naquela economia tem potencial para atingir o coração do sistema financeiro global.

A perspectiva de uma participação superior do que o previsto dos bancos no plano de ajuda à Grécia fragiliza o conjunto do setor bancário europeu.

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, confirmou na quinta-feira (6) que propõe uma ação coordenada na Europa para recapitalizar os bancos e eliminar os ativos podres.

O FMI já disse que os bancos europeus precisam de fundos adicionais de € 200 bilhões.

ENCONTRO

Paralelamente ao anúncio do resgate ao banco belga, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente francês, Nicolas Sarkozy, prometeram no domingo "fazer o necessário para recapitalizar os bancos para garantir a concessão de créditos à economia".

Em uma coletiva de imprensa conjunta em Berlim, Merkel disse que ambos os países são a favor de "modificações importantes" dos tratados da União Europeia.

França e Alemanha vão apresentar propostas para um novo pacote amplo para estabilizar a zona do euro até o fim de outubro.

"Nós decidimos dar essa resposta até o fim do mês porque a Europa precisa resolver seus problemas para a reunião do G20 em Cannes", disse o presidente francês, Nicolas Sarkozy, dizendo que ainda é cedo para entrar em detalhes.
avatar
bushido

Mensagens : 94
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 48
Localização : por aí...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Luiz em Seg 10 Out 2011 - 14:48

bushido meu querido amigo e companheiro de jornada neste Planeta.

Amigo, preliminarmente, antes de qualquer coisa que eu venha a dizer, aceite meus pedidos de desculpas pelo desabafo que explicitarei:

Existem milhares de sites esotéricos, milhares de canalizações, centenas de "mestres" tipo Trigueirinho, Aldomon, sites e mais sites, dizendo que tudo vai acabar, que a hora chegou, que o sistema financeiro vai cair, que tudo vai mudar, que o Planeta vai dar um "salto quântico" , que virá como ladrão na noite para uns, outros falam em datas e assim vai, vai e vai todo mundo "navegando no mar da ilusão"

As elites que comandam este Planeta vão recuperar os bancos, a Grécia vai ser "salva" os ricos vão continuar cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres como sempre foi, não acreditem em "papai noel". Essa história também, muito falada pelos esotéricos, que você deve mudar dentro de si, é pura verdade, mais nada, porque o resto fica como está, sem ilusões. Mude por dentro e saia daqui. Até os ditos Espíritas estão iludidos dizendo que o Planeta é de expiação e passará a ser de Regeneração, é possível, acredito, só que isso vai levar alguns milhões de anos para acontecer, até lá, as atuais elites vão como se diz aqui no Rio de janeiro "deitar e rolar" .

No ascensão eu falei, falei e falei e me desgastei muito, dizendo para o Kimosabe e outros, que as coisas ficariam assim, que os incomodados que se mudassem, ou seja, evoluam e saiam da Terra para um Planeta melhor ou uma dimensão melhor, porque aqui vai ficar assim mesmo, isso me custou muitos protestos e o "tempo" vem provando o que eu disse, Kimosabe e outros previram guerras nucleares e eu disse que elas não aconteceriam e não aconteceram, previram várias vezes que no máximo em 2009 o sistema econômico ia quebrar e ele está aí, não adianta, vão ficar a vida toda querendo, desejando que algo aconteça e vão cair do cavalo.

Os dinossauros ficaram bilhões de anos na Terra se esmigalhando uns aos outros, numa agressividade violentíssima, que nenhum ser humano aguentaria, precisou passar bilhões de anos na mesma situação para que "um belo dia" um asteroide, sei lá, acabasse com a festa, ou seja, demorou praticamente uma eternidade para aquela carnificina acabar, as coisas não aconteceram do dia para noite, ou sequer levaram os chamados 26.000 anos que tanto falam os esotéricos, foram bilhões e bilhões de anos que as coisas ficaram exatamente iguais.


Na verdade amigo, sem querer ser melhor do que ninguém, porque não sou mesmo, muitos de nós "estamos aqui mas não somos daqui " seguindo as palavras do próprio Jesus, portanto, viemos para este Planeta e aqui já encontramos seus donos, no comando de tudo e o que temos a fazer é evoluirmos para não termos mais que voltar para cá. Viemos para este Planeta como pessoas que são convidadas a participar de uma festa, cuja casa tem dono e que na festa o único lugar que nos cabe, por concessão do dono da festa, é o quintal dos fundos.

Desculpa o desabafo mais uma vez.

Eu disse e repito, não subestimem as elites que estão no comando deste Planeta, porque, "salvo melhor juízo do Alto" as coisas ficam como eles querem no plano material chamado de 3D.

É com uma certa "tristeza" que faço este desabafo, não sou dono da verdade, longe de mim, falo o que sinto e analiso, meu coração deseja uma coisa que minha razão observa de forma diversa.

Forte Abraço.
avatar
Luiz

Mensagens : 2901
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  bushido em Seg 10 Out 2011 - 15:59

Grande Luiz, companheiro de jornada,

Não precisa pedir desculpas. Você não tem culpa de nada meu irmão. Concordo com você em 100% das suas palavras.

As elites que comandam este Planeta vão recuperar os bancos, a Grécia vai ser "salva" os ricos vão continuar cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres como sempre foi, não acreditem em "papai noel".

As notícias divulgadas pelos jornais e internet confirmam isso. A história se repete. Sempre vão criar um fato novo, turbulências em torno desse fato e depois disso, uma "proposta salvadora". É um ciclo vicioso. O ducumentário "inside job" mostra bem isso (você assistiu?).

Na verdade amigo, sem querer ser melhor do que ninguém, porque não sou mesmo, muitos de nós "estamos aqui mas não somos daqui " seguindo as palavras do próprio Jesus, portanto, viemos para este Planeta e aqui já encontramos seus donos, no comando de tudo e o que temos a fazer é evoluirmos para não termos mais que voltar para cá.

Você foi muito feliz na colocação. Muitos de nós (eu me incluo nessa às vezes), ficamos nos apegando à palavras e profecias de A, B ou C. Isso faz com que esqueçamos o principal: Nós Mesmos. O que estamos fazendo para a nossa própria evolução? O que estamos fazendo para ajudar os nossos semelhantes?
Jesus, o Cristo já dizia: Palavras, um dia eu acreditei nelas... É preciso mais ação, mas para isso, temos que arrumar a "própria casa" antes de ajudar a arrumar a dos nossos semelhantes. À partir daí se pode expandir essa harmonia por todo o planeta e universo.
Pois bem, cumpra-se as profecias apocalípticas amanhã. O que fizemos de nós mesmos? O que fizemos por nossos semelhantes? São perguntas que devem estar em nossas mentes TODOS OS DIAS. Jesus já disse: Haverão profetas, rumores de guerra etc. mas virá como ladrão à noite. Só o Pai sabe o dia. Estamos preparados? Cumprimos com o nosso dever? Teremos o MERECIMENTO de um novo lar, mais justo e solidário? A verdadeira guerra não é o que vemos na TV e sim dentro de nós mesmos, dia-a-dia.
Também concordo que muitos de nós, conscientemente ou não, desejamos que todas essas notícias e profecias se concretizem porque nós não aguentamos tanta injustiça neste planeta, mas ESTAMOS PREPARADOS?
É amigão, não é fácil...Eu é que peço desculpas pelo meu desabafo...A luta é diária contra nossos próprios egos. Mas, não vamos desanimar! Vamos juntos nessa!

Abraços fraternos!
avatar
bushido

Mensagens : 94
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 48
Localização : por aí...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Luiz em Seg 10 Out 2011 - 19:12

fala bushido

Obrigado amigo por vossas palavras de carinho, obrigado por tudo que dissestes sobre Jesus como lição para cada um de nós, isso é muito importante e ajuda a nos ajudar e a ajudarmos ao próximo, obrigado mais uma vez.

Realmente, não aguentamos mais ver tantas injustiças, e este " nâo aguentar mais" fomenta nosso Ego no desejo de ver mudanças externas rápidas, seja apocalipse seja o que for, nos esquecendo das mudanças internas as quais incluiem a extinção do ego.

Valeu amigão.
avatar
Luiz

Mensagens : 2901
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Luiz em Sab 15 Out 2011 - 20:56

UMA VERDADE DURA DE SE CONSTATAR MAS CORRETA:

Para os esotéricos de plantão que acreditam em "novas eras" começando pelo fim do sistema financeiro vigente, diga-se capitalismo, para aqueles que equivocadamente acham que as manifestações de jovens por todo Mundo sinalizam o fim deste sistema ( considere-se que estas manifestações só atingiram 1% da população de jovens e que os mesmos estão órfãos de ideologias e tudo que querem é seu emprego de volta, nada mais) a reportagem transcrita abaixo pelo jornal O GLOBO, reflete bem esta situação, colocando um balde de água fria naqueles que vivem de esperança que algo fora de si e não dentro de si se modifique:

Apesar da crise, economistas dizem que capitalismo não morre, mas prescrevem mudanças

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/mat/2011/10/15/apesar-da-crise-economistas-dizem-que-capitalismo-nao-morre-mas-prescrevem-mudancas-925589116.asp#ixzz1atgNXQnE
© 1996 - 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.


Dita há mais de cem anos, em 1897, a célebre frase do escritor americano Mark Twain parece resumir, em meio à atual crise, as discussões sobre o possível fim do capitalismo. Ao ser informado de que estava morto, Twain ironizou à época: "Os boatos sobre minha morte são exagerados". Ele morreu em 1910, 62 anos depois que Karl Marx assinou "O manifesto comunista", no qual analisou o capitalismo e concluiu que as contradições do próprio sistema é que levariam a sua derrocada. Mas faltou dizer quando. Segundo economistas ouvidos pelo GLOBO, a turbulência global, a desestabilização de países centrais e a incapacidade dos governos de resolver o problema seriam sinais apenas de mais uma das muitas crises cíclicas, típicas do capitalismo. Acreditam, no entanto, que o modelo terá que se modificar, se adaptar, para seguir em frente, mostra reportagem publicada neste domingo.
- Ora, o capitalismo nunca esteve tão forte. Praticamente todos os países praticam hoje a economia de mercado - pondera o ex-presidente do Banco Central e diretor do Centro de Economia Mundial da Fundação Getulio Vargas (FGV), Carlos Langoni, negando, peremptoriamente, que o capitalismo esteja correndo qualquer risco. - Não é o sistema que está errado. A crise é obra dos homens que lançaram mão de políticas macroeconômicas inconsistentes e irresponsáveis.
Investidores, uni-vos: Diretor de maior fundo mundial cita Marx e critica prioridade a resgate financeiro
O uso incorreto de uma política de juros baixos por um longo período foi, segundo Langoni, um erro crasso e, o pior, determinante para a bolha imobiliária nos Estados Unidos. A crise, que estourou em 2008, se prolonga até hoje e, o mais grave, desestruturou o sistema financeiro a nível mundial:
- Juros baixos deveriam ser usados apenas em períodos de recessão e não como uma prática de política monetária. A crise atual é de gestão.
Aos ouvidos de um marxista, as análises de Langoni soam incongruentes, ainda que haja um consenso de que a frase de Twain é adequada para o momento.
- É prematuro anunciar a morte do capitalismo. Ele não será superado por nenhuma crise econômica, só por uma crise política. E os protestos de rua dos jovens que não têm emprego ou só encontram postos de trabalho precário não têm força para abalar Wall Street. Mas se é verdade que o capitalismo ainda tem fôlego, o modelo parece estar confrontado com seus próprios limites - alfineta o cientista político e diretor do Centro de Estudos Marxistas da Unicamp (Cemarx), Armando Boito Júnior, ironizando que, a partir dos anos 80, passou-se a defender a privatização, a desregulamentação do mercado de trabalho e das finanças e a abertura das economias nacionais em troca do "crescimento sustentado e da estabilidade econômica".


Bem amigos e leitores, se é meu Ego que vai falar ou se é meu Orgulho eu não sei, o que sei, é que eu disse aqui reiteradas vezes para que ninguém subestimasse a capacidade de recuperação do sistema capitalista, por ser o mesmo o produto do Ego humano, como dizia Cazuza : "Com burguesia(ego) não haverá poesia"

Boa noite a todos, muita paz e orações.

avatar
Luiz

Mensagens : 2901
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  bushido em Sab 15 Out 2011 - 21:24

Grande Luiz! Saudações à você meu amigo!

O Ego(ismo) sempre presente e cada vez mais forte, infelizmente.

Fiquei muito estarrecido com o que ocorreu em sua cidade maravilhosa com a explosão do restaurante. Lamentável porque mostra a quantas andam o respeito ao próximo. Podia ser evitado. Podia ter sido muito pior. Imagina a quantas andam os restaurantes pelo Brasil afora... Falta muito para o ser humano chegar ao bom caminho, infelizmente.

Abraços!
avatar
bushido

Mensagens : 94
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 48
Localização : por aí...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Convidad em Sab 15 Out 2011 - 23:07

Oi Luiz! Torço para que somente dessa vez você esteja errado!!! What a Face affraid
Deu no G1 que é tendencioso como só... Tá começando a ficar bom...



15/10/2011 22h06 - Atualizado em 15/10/2011 22h29
Protestos dos 'indignados' continuam por todo o mundo

Milhares de pessoas de vários continentes protestaram neste sábado (15).
Manifestantes reclamam do sistema financeiro e de alguns políticos.


Milhares de cidadãos 'indignados' de vários continentes se manifestaram neste sábado em mil cidades de todo o mundo sob o lema 'United for global change' ('Unidos para uma mudança global') contra os políticos e o poder financeiro atual.

O dia de protestos começou na Oceania e na Ásia, onde a participação foi desigual, porque alguns países proíbem ou restringem concentrações em lugares públicos, como Cingapura e China.

Na capital japonesa, centenas de pessoas misturaram seu protesto contra as desigualdades políticas e financeiras com uma reivindicação contra as centrais atômicas, um protesto cada vez mais recorrente após o terremoto que danificou a usina nuclear de Fukushima, em março, no Japão.

As maiores mostras de descontentamento social foram registradas na Europa e tiveram tom pacífico e festivo, com exceção de Roma, onde foram registrados incidentes violentos com dezenas de feridos e vários danos materiais.
(...)


Homem caminha ao lado de carros em chamas
durante a 'Marcha dos indignados', em Roma
(Foto: Max Rossi/Reuters)



Multidão marcha em Frankfurt, onde pelo menos 5 mil pessoas se reuníram em protesto em frente ao Banco Central Europeu (Foto: AP)


protesto nova york wall street (Foto: AP)

(...)
No Brasil, onde tinham sido convocados atos em 44 cidades, a participação foi pequena, e no Rio de Janeiro, foram contabilizadas 37 pessoas.
Rolling Eyes

... Vale a pena ler lá na fonte...
FONTE --> http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/10/protestos-dos-indignados-continuam-por-todo-o-mundo.html

--

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Convidad em Sab 15 Out 2011 - 23:15

Até o Assange resolveu dar as caras... eheh...

Fundador do WikiLeaks, Julian Assange, une-se a "indignados" em frente à Catedral St. Paul


ROMA Shocked


RIO DE JANEIRO No

FONTE --> http://www1.folha.uol.com.br/mundo/991292-milhares-ao-redor-do-mundo-protestam-contra-sistema-financeiro.shtml
--

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Luiz em Dom 16 Out 2011 - 15:03

o-panka disse:

Oi Luiz! Torço para que somente dessa vez você esteja errado!!!
Deu no G1 que é tendencioso como só... Tá começando a ficar bom...

Fica com Deus amigo, nunca perca os seus sonhos, és jovem e somente os jovens podem mudar o mundo, sigam em frente, se puderem, não pensem em vitória ou derrota, apenas permaneçam firmes em seus ideais.

Queira Deus que eu esteja errado.

Boa sorte amigo.



Fala bushido:

Querido amigo, vivo no Rio de Janeiro (capital) faz 53 anos, presta atenção ao que vou te dizer, esta cidade já deixou de ser maravilhosa a muito tempo.

Tudo de bom pra ti amigo é um privilégio conhecer pessoas ( almas) como vocês.

Não esqueçam das orações.


avatar
Luiz

Mensagens : 2901
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O acontecimento de Algo

Mensagem  fox_2001 em Seg 17 Out 2011 - 10:00

Boas Amigos, sei que todos aqueles que por aqui passamos queremos acreditar que a mudança está a caminho que é iminente.
Porém é nosso dever nos elevarmos espiritualmente, estar preparados para ajudar outros sem mágoas ou rancores, nem que sejam aqueles que neste momento estão rotulados como "inimigos".
Sempre no Ascenção e aqui disse "estejam preparados para tudo e para nada", esta frase serve para o raciocínio do luiz, assim como para os restantes, pois todos vocês estão correctos.
É importante elevar a nossa consciência à próxima evolução, observem as mudanças em curso, vejam nos vossos círculos de amigos, ou proximidades, e olhem para aqueles que levaram uma vida a tentar prejudicar terceiros, vejam aquilo que estão a começar a passar e aos terceiros que foram prejudicados em que levaram uma vida que o barco quase ameaçou tombar mas continuam a navegar e o seu mar está ficando mais calmo.
Não é só acção de lei de retorno, não é só porque a pessoa gastou a sua energia a tentar prejudicar outros e esqueceu-se de si mesmo, mas é também porque chega a hora de pagar a divida, de carregar o madeiro, de levar o tronco ao calvário.
Não sou premonitório de datas porque ai se aplica esta frase "a hora e o dia só o pai sabe", porém aceito que entre o agora e o segundo semestre de 2012 algo possa acontecer, num sonho por estes dias quando falava com um mestre ele disse-me que estava preparado para chegar a 2013, mas quando lhe perguntei o que iria acontecer fui desligado do sonho.
Estas manifestações estão sendo minimizadas pela comunicação social, a elite está a ser confrontada por mais que aceitemos que estes são os seus planos para o domínio, porem observem milhares e milhares de pessoas a manifestarem-se pacificamente sem afrontas de maior, houve casos de desacatos e destruição mas por uma minoria que serve para desacreditar aqueles que querem a mudança.
"o leão não dorme mais", milhões despertam para um novo paradigma de sociedade, chegou o momento de sermos UM.

Preparados para tudo e para nada.

A resposta está dentro de vocês

Namasté
Mário
avatar
fox_2001

Mensagens : 58
Data de inscrição : 26/10/2010
Idade : 36

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Convidad em Seg 17 Out 2011 - 18:50

Luiz escreveu:Fica com Deus amigo, nunca perca os seus sonhos, és jovem e somente os jovens podem mudar o mundo, sigam em frente, se puderem, não pensem em vitória ou derrota, apenas permaneçam firmes em seus ideais.
É isso mesmo Luiz, vamos seguindo em frente como sempre! Um grande abraço e fique com Deus você também. Aliás todos nós! sunny
Obs.: Não sou tão jovem assim como imaginas, bem que gostaria de voltar no tempo, mas... Laughing

fox_2001 escreveu:Estas manifestações estão sendo minimizadas pela comunicação social, a elite está a ser confrontada por mais que aceitemos que estes são os seus planos para o domínio, porem observem milhares e milhares de pessoas a manifestarem-se pacificamente sem afrontas de maior, houve casos de desacatos e destruição mas por uma minoria que serve para desacreditar aqueles que querem a mudança.
"o leão não dorme mais", milhões despertam para um novo paradigma de sociedade, chegou o momento de sermos UM.
Olá Mário! Chegou a hora do despertar da população, que, a meu ver, é a verdadeira meta da "Transição Planetária". A Internet está sendo um dos "gatilhos" que está disparando o processo de abertura da mentalidade das populações do mundo.
O LEÃO JÁ NÃO DORME MAIS... bounce


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Convidad em Sex 21 Out 2011 - 22:32

http://galacticchannelings.com/portugues/major_happenings.html

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  bushido em Qui 27 Out 2011 - 8:03

Confirmando o que sempre nosso amigo Luiz escreve: O capitalismo sempre acha alguma saída... O problema está dentro do Ser Humano, ou seja o EGO(ISMO)...

27/10/2011 - 01h30

Zona do euro fecha acordo para perdoar 50% das dívidas gregas



DA EFE
DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS



Os líderes europeus finalmente acordaram seu plano para enfrentar a crise mais grave da história do euro, ao pactuar o perdão de 50% da dívida grega, reforçar o fundo de resgate com 1 trilhão de euros e recapitalizar os bancos.

O acordo foi forjado na madrugada desta quinta-feira, após oito intensas horas de negociações em Bruxelas entre os representantes dos bancos credores e os líderes da zona do euro, comandados pela chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente francês, Nicolas Sarkozy.

O ponto mais complicado era conseguir que os bancos aceitassem o perdão de 100 bilhões de euros da dívida da Grécia, pois, caso não fosse obtido um pacto voluntário, o provável calote grego desencadearia uma reação de contágio na zona do euro de proporções desconhecidas, segundo advertiram os analistas.

O projeto consta de três pontos principais, planejados para restaurar a confiança do mercado e evitar que a crise contagie outros países da zona do euro.

O primeiro deles é a aprovação de um segundo pacote de resgate à Grécia, que estará dotado de 130 bilhões de euros e será acompanhado pelo perdão de 50% da dívida contraída junto a bancos privados.

Esse perdão permitirá à Grécia reduzir em 100 bilhões de euros sua dívida e diminuir seu déficit público a 120% do PIB até 2012 --atualmente chega a 145%.

Para forjar o acordo, em uma iniciativa pouco habitual, os líderes deslocaram até Bruxelas o diretor do Instituto de Finanças Internacionais (IIF) --a associação de bancos mais poderosa do mundo--, Charles Dallara, que negociou com Merkel, Sarkozy, a diretora do FMI, Christine Lagarde, e o presidente do Conselho Europeu. Herman Van Rompuy.

O segundo é a reconfiguração do atual Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF), um instrumento dotado de 440 bilhões de euros mas que até agora demonstrou pouca efetividade para solucionar a crise.

O novo fundo de resgate terá capacidade de assegurar uma parte dos leilões de títulos de países periféricos, com o que multiplicará sua capacidade de atuação. Além disso, poderá abrir-se a capital externo de países emergentes como a China.

O último ponto é a recapitalização dos bancos europeus, que receberam o pedido para formar "costas mais largas" a fim de suportar o impacto da crise grega sem perigo de desmoronar.

A UE obrigará os 70 maiores bancos europeus a alcançarem antes de julho de 2012 um capital de máxima qualidade ("core capital") de 9%, o que os obrigará a obterem recursos no total de 106 bilhões de euros.

Depois da parte que caberá aos bancos gregos, o pior cenário ficará a cargo dos cinco grandes bancos espanhóis --Santander, BBVA, Popular, Caixabank e Bankia--, com necessidade de capitalização de 26 bilhões de euros.

O acordo, porém, é vago sobre como as instituições vão conseguir essa capitalização. Ainda que abra a possibilidade de dinheiro público ser usado, não estabelece o montante disponível.

Em geral, os bancos que estiverem envolvidos em processo de recapitalização não poderão repartir lucro via dividendos ou bônus para seus funcionários até que cumpram os objetivos requeridos.

No comunicado final da cúpula, os líderes da zona do euro elogiaram as reformas produzidas pela Espanha e o plano que a Itália apresentou nas últimas horas para por suas fianças em ordem.

MEDIDAS ITALIANAS

Durante quarta-feira, o governo da Itália se comprometeu com a União Europeia (UE) a definir até 15 de novembro um plano que estabelecerá condições estruturais que favoreçam o crescimento econômico do país, com medidas como o aumento da idade de aposentadoria.

Este plano está na carta enviada pelo governo do primeiro-ministro Silvio Berlusconi às autoridades europeias, em resposta às exigências feitas pela UE para que a Itália adotasse medidas destinadas a sanear suas contas públicas, com o objetivo de tranquilizar os mercados.

Segundo o jornal britânico "The Guardian", as dificuldades de Roma em lidar com sua enorme dívida pública passaram a preocupar os líderes do bloco com mais intensidade nas últimas semanas.

"A Grécia já aconteceu. A Itália e seu enorme deficit de € 1,9 trilhão ainda pairam sobre o horizonte. Se a dívida grega for reestruturada, a Itália, o próximo país com a maior dívida na zona do euro, será o próximo. E o homem à frente do país é alguém com quem a maior parte das pessoas não deixaria suas filhas, quanto menos sua economia", ironiza o jornal.

A carta apresentada por Roma --divulgada após uma reunião de Berlusconi com os presidentes da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, e do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy-- indica que o governo italiano trabalha para criar condições que favoreçam o crescimento e que, para isso, o Executivo considera necessário intervir na "composição do balanço" orçamentário.

O texto estabelece que o governo atuará sobre quatro âmbitos nos próximos oito meses: "nos dois primeiros eliminará vínculos e restrições à concorrência e à atividade econômica para permitir níveis produtivos maiores e custos e preços inferiores".

"Antes de quatro meses, definirá medidas que favoreçam o dinamismo das empresas. Antes de seis meses, serão adotadas medidas que favoreçam a acumulação de capital físico e capital humano e acrescentem eficácia", continua a carta.

Por último, em um prazo máximo de oito meses, "será concluída uma reforma do mercado de trabalho", ressalta.

Assim, o Executivo de Berlusconi se compromete a revisar as políticas de promoção e valorização do capital humano, de abertura dos mercados à concorrência e de apoio aos empresários e à inovação.
avatar
bushido

Mensagens : 94
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 48
Localização : por aí...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SISTEMA FINANCEIRO DESMORONA?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum