INTERPRETAMOS SONHOS

Página 1 de 12 1, 2, 3 ... 10, 11, 12  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Ter 24 Maio 2011 - 0:10

Olá amigos.

Estou abrindo esse tópico na intenção de compartilharmos os sonhos que temos. Muitos sonhos contam como eventos futuros. Convido todos a contarem seus sonhos aqui, realizados ou não.

Vou inaugurar o espaço contando um sonho que tive na noite do dia 17 para o dia 18 de abril de 2008.

Eu estava dormindo em um quarto e acordei coberta pelos lençois e colcha brancos que tenho. Os lençois caiam no chão e percebi que tinha um animal dormindo enrolado nele. Fiquei com receio de ser um rato. Para me levantar eu tinha que puxar o lençol. Fiz isso com cuidado e fui descobrindo o animal aos poucos. pensei ser um coelho mas vi que era um gato branco. O gato era todo branco, pequeno. Eu fui saindo do quarto e queria que o gato fosse comigo. Tinha o lance de um ovo, sei lá. O gato parecia com fome e eu queria que comesse o ovo. Vi a clara do ovo.

Escrevi do jeito como está no meu caderno de sonhos.

Agora, dia 23 de maio de 2011 o gato que minha filha ganhou ainda não tem 4 meses e veio para casa muito novinho, pequeno, todo branquinho e de olhos azuis. Estava tão desamparado e assustado que dormiu na minha cama na primeira noite que passou em casa. Eu dormi com lençois brancos e uma colcha branca de piquet e de noite acordei sentindo uma presença quentinha na cama encostada em mim e no primeiro momento fiquei meio perdida pensando o que seria e depois lembrei do sonho. O gato já cresceu e não está tão branquinho mais, pelo menos ele não consegue se esconder da gente em uma cama branca, mas é tão esperto e corre tão rápido que ainda parece um rato e outras vezes um coelho, com as 4 patinhas para cima como ele gosta de dormir. Teve até o lance do ovo que cozinhei para ele e me lembrei que gato só pode comer clara de ovo cozida porque crua faz mal para eles.

Então, espero que alguns outros sonhos também se realizem um pouco mais rápido.

fadinha


fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  Luiz em Ter 24 Maio 2011 - 0:55

OI FADINHA QUE BOM TE VER, MUITA PAZ.

FAZ MUITO TEMPO POSTEI NO FÓRUM DO NOMINATO MEU EXAUSTIVO ESTUDO ACERCA DOS SONHOS, EM ESPECIAL OS MEUS SONHOS, NAQUELA ÉPOCA EU TENTAVA ESCLARECER AO "UM AMIGO" QUE NEM TODOS OS SONHOS SÃO O QUE PENSAMOS QUE SÃO E OUTROS ACABAM SENDO, ASSIM SENDO, AQUI VAI MINHA NARRATIVA DA ÉPOCA
:


A TODOS ( ESCRITO NO FÓRUM DO NOMINATO POR VOLTA DO ANO DE 2009, APROXIMADAMENTE)

Segue abaixo, minha exustiva pesquisa pessoal sobre sonhos, já devidamente postada aqui no fórum diversas vezes, se servir de alguma ajuda? É apenas uma pequena contribuição, espero que possa ajudar:

Esta minha postagem sobre sonhos refería-se a uma conversa que tive com UM AMIGO. repetindo, espero que seja de algum proveito, pois a mesma é fruto de muita pesquisa pessoal:

O espiritismo atribui aos sonhos que temos, como contato com seres do astral, cidades do astral, pessoas do astral e vai por aí a fora.

Bem, vamos com muita calma, sei que o AMIGO é mais velho do que eu, eu tenho 52 anos, no entanto, desde 1 aninho de idade eu tenho muitos sonhos por noite, uma média entre 4 à 6 sonhos por noite, coloridos, muitos pesadelos alguns sonhos bons, o que se somados a minha idade em números terrenos teríamos aproximadamente até agora, 2.190 sonhos por ano, 111.690 sonhos ( média ).

Diante disso, passei a fazer de uns anos para cá, uma exaustiva pesquisa acerca dos meus sonhos.

Em minhas exaustivas pesquisas, concluí que nem todos os sonhos são viagens astrais e que a maioria deles derivam do nosso subconsciente e graças a Deus cheguei a esta conclusão, pois já tive e as vezes tenho alguns sonhos bem “cabeludos”( risos) .

Agora como cheguei à esta conclusão? Com muita pesquisa , muito esforço e auto-conhecimento.

Vou começar provando que nem todos os sonhos são viagens astrais pelo 1+1=2, até chegarmos nos cálculos integrais ( risos).

1+2=2 = Eu sonho com a minha esposa, na mesma noite minha esposa sonha com o pai dela ( minha esposa tem alta capacidade de se lembrar de sonhos, assim como eu), bem, eu acordo e pergunto à ela:

------ Sonhastes comigo esta noite?

Ela responde : Não. Eu pergunto de novo, Tem certeza? Ela diz : Absoluta. Mas eu sonhei com você! E ela diz e daí? Eu digo adorei vossa resposta.

Bem, aí já fica comprovado que eu sonhei com minha esposa e não tive nenhum encontro astral com ela, pois se eu tivesse, ela diria que sonhou comigo e até diria em que lugar estávamos, então, foi meu inconsciente que fabricou este sonho, pois caso contrário o mesmo seria ratificado pela minha esposa.

Agora por favor, não tentem me provar que algum espírito se disfarçou de minha esposa, porque eu não vou acreditar, mesmo porque, eu sempre perguntei à todas as pessoas que ainda estão vivas as quais eu sonho com elas, se elas sonharam comigo naquela mesma noite e a resposta foi sempre negativa.

Agora vamos sair do 1+1=2 e vamos para o 2x2= 4.

Já experimentaram dormir com a televisão ligada a um certo volume?

Dizem que não se deve fazer isso, mas como pesquisador eu fiz:

Engraçado, comecei a sonhar que estava em uma guerra, ouvia tiros, atirava nos outros, de repente acordo, a televisão ligada passando um filme de guerra. Fica claro, que meus ouvidos captaram o que se passava na televisão, levaram ao cérebro, este levou ao inconsciente e reproduziu o que se passava na televisão sob a forma de sonhos, prova total de que não se tratava de uma viagem astral.

Agora vamos as contas de dividir 2/2=1 :

O inconsciente é fascinante, ele não conhece tempo nem espaço, ele não conhece bem nem mal ( o inconsciente não é maniqueísta risos), ele é amoral, ele armazena coisas que você conscientemente nunca teve a intenção de armazenar, fatos:

Meu dia tem aproximadamente 14 horas, começa às 8 horas e acaba à 22 horas, é interessantíssimo esta mina observação, vejam bem, certa feita às 9horas da manhã, ao atravessar a rua, vislumbrei uma Karmanguia amarela, achei aquilo fascinante, um carro raro, que eu adorava na década de 70, até tive um, pois bem, fui ao trabalho e lá tive milhões de aborrecimentos com meu chefe, fui dormir às 22 horas, o sonho começou, no sonho estava eu dirigindo uma Karmanguia amarela, uma delícia, de repente, bato em outro carro, saio do carro chateado brigando, adivinhem quem estava no outro carro? Meu chefe. Viram o que o inconsciente faz? O que isso tem a ver com viagens astrais? Nada.

Para completar perguntei ao meu chefe se ele havia sonhado comigo, e ele disse : De forma alguma, não mesmo.

Meu inconsciente registrou a Karmanguia, registrou a briga com o chefe, juntou as coisas, e funcionou sob a forma de um sonho, perfeitamente explicável, nada tem a ver com viagens astrais.

Quando eu durmo, minha mente não para de trabalhar, são lembranças , recordações, a mente não conhece descanso, o inconsciente muito menos, este então trabalha por conta própria, sem te dar satisfações ( risos).

Eu não desacredito que haja sonhos com o astral, PELO AMOR DE DEUS MAIS UMA VEZ, EU SÓ ESTOU TENTANDO EXPLICAR QUE NEM TODOS OS SONHOS SÃO VIAGENS ASTRAIS, ALIÁS EU NÃO ESTOU EXPLICANDO EU ESTOU PROVANDO.

Agora falando de sonhos que podem ser derivativos de astrais, porém no meu caso são de alta complexidade, vou dar um exemplo de como é complexo, sairíamos das contas simples e teríamos que entrar nas equações complexas ( risos).
Vou dar exemplo prático:

Sonho com um trem vermelho em alta velocidade.

Acordo, tudo bem, vou trabalhar, tudo normal, volto para casa, 10 horas depois do sonho, de repente, olho a televisão e vejo um anuncio de um casal passeando em lua de mel em um trem vermelho, houve uma premonição aí, mas muito complexa, pois é uma premonição que não contém exatidão, que não é linear, vamos a outros exemplos.

Sonho que minha carteira está cheia de dinheiro, acordo, 12 horas se passam, de repente um amigo me telefona e diz:

------- Cara, eu estava sem grana nenhuma, aí apareceu um amigo me emprestou um dinheiro, agora MINHA CARTEIRA ESTÁ CHEIA.

Foi uma previsão do futuro? Foi, mas nunca acontece exatamente de acordo com o sonho, entenderam? Porque se acontecesse eu estaria rico, pois já sonhei com números e mais números, e joguei e nada, agora eu posso sonhar com qualquer numero que eu não jogo mesmo.( risos)

A previsão não é linear, é altamente complexa, neste caso eu creio haver algo além.

Agora vejam como a coisa é complexa, há o inverso do que falei.

Por exemplo: Eu vejo uma criança na rua brincando com uma bicicleta, meu consciente não vê nada demais, PORÉM meu inconsciente registra, de noite eu sonho com um Parque de Diversões cheio de crianças brincando em rodas gigantes, etc, etc.

Acordo e fico me indagando. De onde veio este sonho? Aí me lembro. Já sei! Foi aquela criança que vi brincando de bicicleta, meu inconsciente amplificou em um sonho. Aí eu tenho certeza que não se trata de nenhuma viagem astral.

Uma vez um psiquiatra amigo meu me perguntou, quer parar de sonhar? Por experiência e pesquisa aceitei a oferta, ele me receitou um remédio, não me lembro o nome agora, acho que era Tofranil, algo assim, passei vária noites praticamente sem sonhar nada.

Outra coisa interessantíssima que prova definitivamente que nem todos os sonhos são derivados do astral, qualquer um do fórum pode experimentar, principalmente os mais velhos. ( desde que não tenham problemas estomacais risos)

Bem. Eu já disse que tenho pesadelos, às vezes acordo exausto com eles, um dia fiz uma experiência, há muito tempo eu vinha notando que quando eu tomava ASPIRINA ela aumentava minha inteligência e melhorava meu humor.

Perguntei a um médico amigo e ele me respondeu que era simples, pois a aspirina facilitava o fluxo sanguineo do corpo, principalmente do cérebro.

Tomei a aspirina antes de dormir, que maravilha, só tive sonhos maravilhosos, sonhei com lindas cidades, pessoas bonitas, tudo bem leve. Prova matemática e científica que estes sonhos melhoraram ou foram alterados pelo fluxo sanguineo, nada tendo a ver com viagens astrais.

Gente isso é pesquisa, estou trazendo aqui depoimentos derivados de exaustivas pesquisas, porque eu sonho excessivamente e isto me levou à pesquisar, é claro, que qualquer espírita que eu perguntasse iria me dizer que tudo era decorrente do astral, mas repito, nem tudo é, estou provando que nem tudo é decorrente do astral, embora eu reconheça que existem sonhos derivados de viagens astrais, já passei por eles também, vou chegar lá, o problema é que existe uma linha muito tênue que divide o que é sonho de viagens astrais e o que é sonho derivado de um inconsciente. O INCONSCIENTE É UM VERDADEIRO GÊNIO DE INTELIGÊNCIA QUE NEM SABEMOS QUE TEMOS, POIS USAMOS NO MÁXIMO 10% DO NOSSO CÉREBRO 90% FICA LÁ DESOCUPADO E O INCONSCIENTE APROVEITA OS RESTANTES 90% QUANDO DORMIMOS, ENTENDERAM?

Foram muitos anos de pesquisas, aqui não tem essa do “Dizem” eu mesmo fui buscar e estou trazendo aqui para todos e até expondo um pouco da minha vida, mas com bom propósito, certamente.

Por isso, atenção com seus inconscientes, pois eles tem a capacidade de quando dormirmos irem buscar aqueles 90% de inteligência que temos e que não usamos, mas o inconsciente usa, e cria sonhos tão fantásticos que muita gente pode acabar acreditando tratar-se de uma viagem astral, quando na realidade não passou de um grande aproveitamento de parte de nosso cérebro que nunca usamos.

Akiro Kurosaura, grande Cineasta Japonês, reconhecido mundialmente, homem Budista, Espiritualizado, fez um filme chamado : SONHOS, neste filme ele diz que o homem quando sonha é um GÊNIO.

Daí o cuidado que devemos ter para não confundirmos o que são sonhos astrais e o que são sonhos derivados de nosso inconsciente trabalhando independentemente do astral, entenderam?


SONHO DESTA NOITE:

Na parte da manhã, passei pela cozinha de minha casa, e o radio tocava a musica My Way com Frank Sinatra, eu adoro Frank, mas aquela musica foi por mim ouvida no máximo 30 segundos, fui dormir, e lá pelas 5 da manhã ( o que significa que eu já estava em sono profundo e não em um sono superficial), começo a sonhar que estava em um bar onde Frank Sinatra cantava My Way, Frank se vira para mim e pergunta se eu gostaria de cantar com ele. Aceitei a oferta na hora e começamos a cantar juntos, de repente eu esqueci uma parte da musica, ao mesmo tempo que eu esqueci o Frank parou de cantar e eu perguntei: Frank porque você não continua a cantar? E Frank me respondeu que não se lembrava da letra da musica, eu disse Como? Você é o Frank, você sempre cantou essa musica, e ele repetia dizendo que não se lembrava e o sonho parou ali.

Conclusão: Meu inconsciente não se lembrava de parte da letra da musica, então o Frank Sinatra também não se lembrou, a pergunta é: Quem era o Frank Sinatra? Resposta: Era o meu inconsciente, porque se meu inconsciente não se lembra o personagem que ele cria também não, se fosse o espírito do Frank se lembraria.

Outra coisa, quando eu passei pela cozinha, em menos de 30 segundos meu inconsciente registrou a musica e o cantor e os reproduziu em sonho. Isso é uma prova cabal de que nem todos os nossos sonhos são viagens astrais.

Eu li livros espíritas, sei do cordão de prata que sai de nosso umbigo enquanto viajamos para o astral, li livros que falam de pessoas no astral ligadas à este cordão de prata na terra e que quando estão para serem acordadas o cordão dá uma espécie de aviso, com alguns puxões avisando o viajante astral, eu sei disso tudo, isso tudo eu li eu pesquisei, e acredito, só estou PROVANDO aqui, que nem todos os sonhos são astrais e que existe uma linha muito tênue de dificílima compreensão do que é um sonho de viagem astral e do que é um sonho produzido pelo GENIO do nosso inconsciente, estou me fazendo entender? Espero que sim ( risos).

Nosso consciente é moralista, divide o bem do mal, estabelece as linhas entre tempo e espaço, é egóico, religioso, é matemático, só que o nosso inconsciente trabalha ao contrário, ele é amoral, não conhece tempo nem espaço, não sabe o que é bem nem mal ( isso não existe para ele) e ele fica muito ativo exatamente quando dormimos, sem deixar de registrar alguns acontecimentos durante o dia, acontecimentos estes que muitas vezes o consciente acha importante porém o inconsciente não dá valor nenhum, o inconsciente tem seus próprios valores, por isso, às vezes vemos uma criança na rua e para o nosso consciente não quis dizer nada, porém o inconsciente “gostou”daquela criança e a registrou, e vai colocá-la , do seu jeito, nos seus sonhos.

Isso sem contar com os 90% de nosso cérebro que não usamos e que o inconsciente usa exatamente quando sonhamos, imagina quanta inteligência existe nestes 90% não usados que podem nos levar à ilusões fantásticas, a ponto de acreditarmos em coisas que foram fabricadas pela parte genial de nosso cérebro que nunca colocamos para funcionar?

No entanto eu acredito em sonhos astrais, pois já tive alguns, já sonhei com minha falecida avó onde conversamos uma conversa agradável e proveitosa, neste caso, creio ter sido uma viagem astral.

Mas nunca descartemos a GENIALIDAEDE do inconsciente, muitos aqui talvez já tenham passado por essa experiência que vou lhes contar:

Você está sonhando e de repente acorda, e quando acorda percebe que ainda está sonhando, ou seja você sonhou que acordou de um sonho, um sonho dentro de um sonho, a mente humana é algo FASCINANTE como diria o Sr Spok ao Capitão Kirk da Nave Estelar Interprise ( risos)

AGORA UM SONHO ASTRAL QUE TIVE:

Certa tarde resolvi “tirar uma soneca”, ótimo, de repente resolvi acordar, não conseguia, uma sensação horrível,ouvia minha esposa falando com minha filha, ouvia a televisão, tentava abrir os olhos, fazia um esforço TREMENDO e não conseguia mover uma pálpebra sequer, é como se eu estivesse desencarnado, e quanto mais nervoso você fica para acordar mais difícil as coisas vão ficando, de repente, eu sinto um “tranco”no corpo, e acordo, percebo meus batimentos cardíacos a mais de 120 por minuto, aí sim, foi algo astral, meu espírito se desprendeu e eu quis acordar antes dele se reencaixar no meu corpo físico, isso eu já senti, já vivenciei e percebi que ali havia algo além, como foi quando falei com minha falecida avó em sonho.

Isto tudo é para mostrar AO AMIGO e OUTROS que eu acredito em sonhos astrais, mas que nem todos são astrais.

Khirsnamurti diz que os sonhos ajudam a limpar nossas mentes, mesmo que sejam pesadelos.

E foram os pesadelos que me levaram as exaustivas pesquisas, porque se você tem pesadelos e lê Kardek, pode entrar em pânico desnecessariamente , o Espiritismo vai dizer imediatamente que seus pesadelos tratam-se de obsessões de outros espíritos, que se tratam de péssimas viagens que você está fazendo no astral, levando-o ao pânico, você vai se achar a pior pessoa do mundo, porque o Espiritismo vai jogar pesado, para o Espiritismo tudo é reencarnação e todos sos sonhos são astrais, quando sabemos que na realidade nem tudo é reencarnação e nem tudo é viagem astral.

Eu já falei aqui exaustivamente e o UM AMIGO até confirmou, que nem tudo é reencarnação.

Portanto, não podemos COMPARTIMENTALIZAR as coisas, temos que analisá-las pelo todo, há acontecimentos que são derivados de reencarnações mas há outros que não, o mesmo acontece com os sonhos.

Eu até espero que com a minha narrativa eu esteja aliviando algumas pessoas que lerem, que têm pesadelos e se acham as piores pessoas do mundo, não entre em pânico, seus pesadelos podem nada ter a ver com viagens astrais ou obsessões.

Uma vez de tanto ler nesses fóruns da vida que pessoas são abduzidas em sonho, acabei sonhando que estava sendo abduzido, se eu não tivesse feito as pesquisas que fiz, eu ia acabar acreditando e me sentindo um ser com um chip implantado, eu sonhei porque meu inconsciente registrou as abduções lidas e as reproduziu como um filme em meu sonho.

Prova cabal. Por que eu só fui sonhar com as abduções depois que entrei em contato com estas informações? Por que eu não sonhava com as abduções antes de ter contato com as narrativas de abduções? Está claro aí que meu inconsciente foi influenciado pelas narrativas de abduções e sonhou com elas.

Portanto amigos e amigas, se você sonhar que foi abduzido, não fique em pânico, pode ser verdade , mas pode ser fruto de seu genial inconsciente.

Assim sendo, nem sempre que temos uma dor de cabeça significa que estamos com câncer cerebral, a dor pode ser decorrente de um mal estar passageiro, porém, se você perguntar aos Espíritas, eles só têm uma resposta, eles vão dizer que é câncer cerebral e levá-lo ao pânico, isso devido a um pragmatismo compartimentalizado em que tudo é reencarnação e todos os sonhos são atrais, só que nem tudo é reencarnação e nem todos os sonhos são viagens astrais.

Eu não estou de forma alguma aqui “combatendo” o espiritismo. Como toda a religião o espiritismo tem seu lado pragmático e a verdade não pertence a um único grupo de pessoas ou a uma única instituição, a diversidade do mundo é por demais ampla para compartimentalizações.

O espiritismo, kardek, etc, afirma que “morremos” todas as noites, pois quando dormimos desencarnamos com o cordão de prata preso ao umbigo e viajamos ao astral, veja bem “todas”as noites. Eu vos digo, nem “todas” as noites isso acontece.

Sei que vão falar aqui em estágios de sono e que só nos estágios avançados é que fazemos os contatos astrais, antes que falem isso, aviso aos navegantes, os meus sonhos aqui narrados ocorreram no último estágio do sono, no sono mais profundo, naquele em que dizem que os contatos astrais se efetuam.

Já dormi também com um problema e acordei com a solução.

Neste caso ou meu inconsciente que é genial encontrou a solução ou algum espírito desencarnado me informou, não descarto nenhuma das duas hipóteses.

Eu não compartimentalizo, eu não radicalizo, me mantenho aberto, sei que existem mais coisas entre o céu e a terra, acredito nelas, mas sem radicalizações.
avatar
Luiz

Mensagens : 3014
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Ter 24 Maio 2011 - 15:13

Pois é, Luiz, bom te ver.

Você é paranormal, Luiz? bem paranormal? desses que seus sonhos contam como eventos futuros ou passados? vê coisas belas e coisas muito insólitas no seu dia a dia? Grandes Seres de outros planos vieram se comunicar com você? extraterrestres também?
Se fosse assim, você não duvidaria do Um Amigo...depende muito do que veio fazer aqui na Terra.
Ao menos pensou que não somos iguais que alguns tem uns dons e outros tem outros dons? que esta história de sermos todos iguais ou sermos todos um é a mais pura conversa? que cada um está em uma escala da evolução? que cada um tem uma origem sideral? que as experiências de cada vida são tão diversas quanto o total do número de pessoas da Terra? ou seja, cada um tem seu desenvolvimento único e intransferível?
Acredito que nossas experiências são as únicas que temos acesso verdadeiro e precisamos procurar entendê-las mas que talvez não consigamos entender as dos outros porque não passamos por elas. Mas temos que partir de algum ponto e esse ponto está dentro de nós e o autoconhecimento é a mais pura forma de evoluirmos.
Cada um de nós é um mundo.
Você acha mesmo que o tempo é igual em outros planos e que todas as pessoas (cada uma em seu nível de evolução e consciência) traga as lembranças do que vive a sua alma? acha mesmo que as pessoas que encontram no astral são as mesmas que vivem ao seu lado? será que você conhece as pessoas que vivem ao seu lado? se 5 pessoas observarem um fato vamos ter um relato de cinco formas diferentes, imagine no astral?
e voce se conhece? ninguém se conhece perfeitamente porque somos muito mais do que este corpo, este cérebro, esta mente, somos seres divinos com capacidades divinas.
Então é melhor não julgar o que os outros contam.
Contei um sonho bobo mas que aconteceu.
Eu não pensei que fosse bobo, apenas anotei e esperei. Não pensei que fosse acontecer literalmente, mas aconteceu.
Ocorre que a nossa mente apresenta para o nosso cérebro limitado imagens a serem interpretadas. Nem sempre vem com essa clareza do meu sonho, que um gatinho (animal) viria para o meu convívio... certamente para me ensinar algo que devo aprender com ele.
O sonho era mais longo (foi em 2008) e toda a primeira parte dele aconteceu em 2009 e 2010. Falava que eu visitava uma casa que precisava de uma reforma total e eu depreciava a casa e aí no sonho me perguntaram se eu não tinha gostado da casa. Eu respondi que do jeito que estava não gostava mas que com uma boa reforma ficaria ótima. Tudo isso começou a acontecer em 2009, exatamente assim. Tanto é que moro no lugar. Mas essa parte do gato eu não tinha entendido e agora entendi.
Compreende?
As pessoas tem a chance de se conhecerem através dos sonhos, a chance de descobrir o que vieram realizar, a chance de prever seu futuro. É um material sem censura, um produto seu, do seu subconsciente, das suas experiências de milhares de vidas em milhares de anos que vivemos na Terra.
Acho demais, acho um espetáculo da vida.

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  Luiz em Ter 24 Maio 2011 - 20:38

FADINHA

VOCÊ TEM RAZÃO, IREI REVER MEUS CONCEITOS, CADA DIA APRENDEMOS MAIS, CONOSCO E COM OUTRAS PESSOAS.

TUDO QUE FIZ FOI RELATAR UMA EXPERIÊNCIA PESSOAL, NADA ALÉM DISSO ( "experiência" esta, a qual o UM AMIGO na época até concordou comigo, diga-se de passagem) CADA UM TEM A SUA "experiência" CONFORME SEU GRAU DE EVOLUÇÃO
( você está correta)

OBRIGADO.
avatar
Luiz

Mensagens : 3014
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Qua 25 Maio 2011 - 13:39

Luiz,


A vida é um aprendizado constante...todos os dias procuro aprender alguma coisa, penso que você também é assim.
Vou colocar aqui um texto muito bom sobre sonhos.
Esta noite tive um sonho com uma casa toda iluminada.
O texto é do Walter Melo mas é um resumo, quem se interessar pelo texto completo entre no site indicado abaixo

fadinha



O SIMBOLISMO DA CASA E A MÚSICA: IMAGINAÇÃO E MEMÓRIA
20 20UTC março 20UTC 2009 — Grupo Papeando

Walter Melo*



A casa funciona, dentro das produções da imaginação material, como um abrigo, como um princípio de integração dos pensamentos, das lembranças e dos sonhos, em suma, como um valor de integração psíquica. (…)A casa está inscrita no corpo, não como traço mnêmico, mas como imagem de intimidade, como imagem que busca um centro, que instaura um centro, que cria um universo (Eliade, 1991). Em qualquer casa que moramos, tendemos a imaginá-la sempre mais do que ela é, pois, com esta imagem arquetípica, estamos justamente no ponto de união entre imaginação e memória(…).


A casa é um “valor vivo” (Bachelard, 1996, p. 73), pois, mais do que ser uma imagem homóloga ao universo, revelando seu potencial cósmico, cremos que o próprio universo vem habitar a casa. Gaston Bachelard afirma ser “impossível escrever a história do inconsciente humano sem escrever uma história da casa” (Bachelard, 1990c, p. 89). Desta forma, a casa com seus cômodos, móveis e objetos vai nos provocando sonhos e nos trazendo lembranças.


O simbolismo da casa é um dos mais ricos em significado. Podemos encontrá-lo (…)como símbolo do processo de individuação em C.G. Jung, em temas musicais, etc. De qualquer modo, o que se tem é uma imagem que estrutura o ser humano, dado que se encontra no centro do mundo: a casa é “um verdadeiro cosmos” (Bachelard, 1996, p. 24). (…)


O MUNDO EM SFUMATO

Para Bachelard, a principal característica da imaginação não é a de formar imagens, mas sim a de deformar as imagens provenientes da percepção. (…)Nestes devaneios, abordaremos o dinamismo da imaginação como nos sugere Bachelard: como um amplificador psíquico.


(…)Este abrigo evidente – a casa – protege-nos do frio, calor, chuva, tempestade, da noite. Mas, estando no campo das emoções, ultrapassamos o simples recordar, e passamos a devanear, habitamos nossa casa oniricamente:

Assim, uma casa onírica é uma imagem que, na lembrança e nos sonhos, se torna uma força de proteção. Não é um simples cenário onde a memória reencontra suas imagens. Ainda gostamos de viver na casa que já não existe, porque nela revivemos, muitas vezes sem nos dar conta, uma dinâmica de reconforto. Ela nos protegeu, logo, ela nos reconforta ainda. O ato de habitar reveste-se de valores inconscientes, valores inconscientes que o inconsciente não esquece (Bachelard, 1990c, p. 92).


Estes valores inconscientes que revestem nossas lembranças são considerados por muitos como uma irrealidade, como pura ilusão que deve ser afastada para que se enxergue o mundo tal como ele é. Não é neste ponto de vista que nos apoiamos. Preferimos pensar como Bachelard, para quem uma pessoa que se priva da função do irreal é tão neurótica quanto uma que se priva da função do real.


(…)A discussão acerca do conceito de realidade é ampliada por Jung (1984) quando afirma, em O real e o supra-real, que a divisão do mundo em real, irreal e supra-real pertence à tradição de só se considerar como real o que é percebido pelos sentidos, fazendo do psiquismo uma tabula rasa. Sua posição, no entanto, é totalmente diversa desta. Para este autor, tudo o que atua sobre uma pessoa faz parte do real. Portanto, o inconsciente, com suas imagens, devaneios e sonhos, faz parte da realidade.


(…) O símbolo da casa surge na vida de Jung com uma função estruturante. Primeiramente em um sonho de 1909, no qual Jung se encontra em uma casa desconhecida e, apesar disso, sabia que se tratava de sua casa. Esta possui dois andares. No andar superior, Jung vê, em uma sala de estar, belos móveis em estilo rococó. Descendo uma escada, chega-se ao andar térreo, que se encontra na penumbra e onde tudo é mais antigo. Talvez uma instalação medieval do século XV ou XVI. No térreo, existe uma pesada porta que vai dar numa escada, por onde se chega à adega, local muito antigo, provavelmente da época romana. No piso da adega, vê-se uma argola que, quando é puxada, descobre uma escada no subsolo; neste, temos uma gruta rochosa. Na gruta, Jung vê ossadas, dois crânios muito antigos, restos de vasos e vestígios de uma civilização primitiva. O sonho lhe surge como um auto-retrato de sua situação psíquica:

Era claro que a casa representava uma espécie de imagem da psique, isto é, da minha situação consciente de então, com complementos ainda inconscientes. A consciência era caracterizada pela sala de estar e parecia habitável, apesar do estilo antiquado (Jung, s/d, p. 144).


O térreo corresponderia a seu inconsciente pessoal, enquanto a gruta, o mundo do homem primitivo – o inconsciente coletivo. Portanto, o térreo, a adega e a gruta representam níveis, ao mesmo tempo, ultrapassados e ainda não alcançados de consciência. Para Jung, o psiquismo vai além da possível memória de um inconsciente que se limita a um dado indivíduo. Sua idéia de inconsciente é de uma instância que possibilita o surgimento do novo, de idéias criadoras e que nunca haviam estado antes na consciência. O que interessa a Jung é a “espontaneidade criativa da psique inconsciente” (von Franz, 1992, p. 12). Porém, não se deixa simplesmente ser levado pelos devaneios. Tenta integrá-los à consciência e, com este intuito, decide construir sua casa perto do lago de Zurique. Jung considera a construção de sua casa um trabalho árduo, no qual encontrou apoio para suas fantasias e para seu material inconsciente. Diz Jung:

Necessitava representar meus pensamentos mais íntimos e meu saber na pedra, nela inscrevendo, de algum modo, uma profissão de fé. Foi assim que comecei a construir a torre de Bolligen. Essa idéia pode parecer absurda, mas a realizei – o que foi para mim uma grande satisfação, um acontecimento significativo (s/d, p. 196).


Jung escolheu a casa para configurar o processo de seu desenvolvimento psíquico – processo de individuação. Ao construir o primeiro cômodo, em forma arredondada, sentia-se repousado e, com um sentimento de renovação, denominou-o materno. Depois acrescentou uma parte central em forma de torre; aí possuía um quarto onde ninguém entrava sem sua permissão, espaço este onde podia refletir, assim como liberar sua imaginação, tornando-se um local de concentração espiritual. Depois foi acrescentado um pátio. Este, ao mesmo tempo que delimitou o terreno, deixou a casa com um espaço aberto para o céu e a natureza. Depois da morte de sua esposa, Jung elevou mais um andar na parte central; este representava-o como ele era. Diz Jung: “a torre dava-me a impresão de que eu renascia da pedra” (s/d, p.197).


Segundo Bachelard, a casa onírica pode aparecer representada como gruta, labirinto, choupana, cabana, casa burguesa, e tantos outros motivos, pois existe “uma raiz única na origem de todas essas imagens” (1990c, p. 78). Sua tese é a de um isomorfismo imaginário, que possibilitaria a construção de um devaneio ao redor de uma imagem que impulsiona a pessoa para uma tomada de consciência, para a construção de um mundo. Este mesmo tema aparece em pesquisas de Mircea Eliade:

Exatamente como a cidade ou o santuário, a casa é santificada, total ou parcialmente, por um simbolismo cosmológico ou ritual. Essa é a razão pela qual o fato de estabelecer-se em lugar – fundando uma aldeia ou simplesmente construindo uma casa – representa uma decisão séria, uma vez que envolve a existência de cada homem; em suma, ele deve criar seu próprio mundo e assumir a responsabilidade de conservá-lo e renová-lo. A casa não é um objeto, “uma máquina dentro da qual se vive”; é um universo que o homem constrói para si mesmo, imitando a criação paradigmática dos deuses, a cosmogonia (1979, p. 35).


*Doutorando em Psicologia Social pela UERJ, Mestre em Psicologia Clínica – PUC/RJ.


Leia o artigo na íntegra AQUI



http://www.revispsi.uerj.br/v1n1/artigos/artigo6.html






fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Qua 25 Maio 2011 - 14:25

Sobre a linguagem simbólica dos sonhos:

"Evocando a faculdade potenciadora do imaginário e da fantasia, o sonho apresenta-se como um processo psico-fisiológico em que uma sequência de imagens e vivências, que ocorrem durante o sono, se articulam numa estrutura de associações figurativas, assumindo pois a forma de uma linguagem simbólica. Enquanto linguagem simbólica, não há uma associação directa entre os elementos desta estrutura e seus significados, ou seja, as imagens presentes e concretas remetem para imagens ausentes e abstractas. Como tal, assemelha-se a uma alegoria em que a linguagem imagética se faz por conteúdos simbólicos (manifestos), cujo sentido profundo (latente) é passível de ser descodificado."

do grupo papeando


fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Sab 4 Jun 2011 - 0:09

Amigos,

Semana passada tive um sonho meio longo:
eu andava por uma rua que dava para um riozinho, portanto, descia a rua, quando avistei os tios que me criaram (são falecidos na realidade) andando nas margens do riozinho. Chamei por eles notando como tinham envelhecido, ele se apoiando nela. Fui atrás deles e logo percebi que não me viam ou ouviam. Caminhando atrás deles vi que a trilha em torno do riozinho se tornava enlameada, com um pouco de água, mato molhado, parece que tinha chovido.
Pensei : não vou por aí. Vi que do outro lado do rio o caminho era muito melhor e, de um salto pulei o riozinho que era estreito.
Fui caminhando por ali e reparei que o rio tinha águas muito transparentes mas era de correnteza rápida. Logo adiante tinha uns troncos caidos e folhas verdes formando uma espécie de laguinho no rio e carpas coloridas nadavam no "laguinho".
Olhei do outro lado do rio e pensei que precisava ir por ali e como ele se tornara um tanto mais largo, voltei um pouco e pulei de novo o rio. Fui andando e pensando como era melhor este caminho que percorria agora, muito melhor do que o caminho que os tios tomaram e que ficava ao lado desse, eu não entendia porque eles não tinham visto este caminho.
Cheguei em outra rua que terminava nas margens do riozinho e subi, chegando na minha casa.
Minha casa tinha um portão grande e não muito alto do tipo garagem (caberiam dois carros, lado a lado) por onde entrei, e admirada percebi que havia de encontro ao muro que separava da propriedade vizinha uma vitrine feita de cubos de vidro onde estavam expostas estátuas muito bem pintadas ( eu sei pintar estátuas muito bem) e estendi a mão para pegar uma estátua para mostrar para uma mulher que estava ao meu lado.
Era um papai-noel apoiado em uma pedra de gesso pintado e na hora que peguei a pedra se descolou do papai-noel. Fiquei preocupada e vi uma cola ali. Tentei colar e não colava.
Do outro lado do muro vi quando uma mulher mais velha e elegante entrou e quando passava perto de mim
eu a chamei e disse: senhora, quebrei sua estátua e tentei colar mas não consegui. Ela respondeu: ah, não tem importância nenhuma, não dá para colar mesmo, melhor ter quebrado agora do que se estivesse vendida, na mão da pessoa que comprou.
Fiquei muito aliviada.
Falou isso, deu a volta, entrou pelo meu portão e foi se reunir a umas pessoas que estavam sentadas mais no fim do corredor / garagem. Fui atrás e fiquei de pé, ela se sentou e olhamos para a casa que era um palacete do tipo dos barões do café que existem em Campinas, de dois pavimentos, imponente, cheio de janelões abertos e totalmente iluminados por dentro com lâmpadas elétricas, pintado de cor clara, muito imponente sem ser rebuscado, de linhas clássicas, retas e simples. A porta estava aberta e víamos um hall grande e no fundo dele uma escada que subia para o andar de cima para um hall superior onde havia um piano meio antiguinho. Nesse ponto eu já via tudo ao mesmo tempo, estava com as pessoas lá fora e dentro do casarão vendo o piano.
Aí a senhora elegante falou:
Nossa! será um piano pernambucano?
Eu confirmei.
Entramos todos no casarão e começamos a subir a escada...acordei.

Sei que a água transparente com os peixes pode significar um acesso ao subconsciente e os peixes são do subconsciente. Agora, eram peixes especiais, carpas, que dizem ter um significado importante para os chineses tanto é que costumam se tatuar com carpas subindo o rio e descendo como dragão.
Também o piano era de pernambucano o que é um detalhe interessante porque meu ex marido mora em Recife e trabalha em um estaleiro em Porto de Galinhas. Não me lembro bem, mas parece que ele aprendeu a tocar piano.
Esta é a segunda vez que sonho com piano mas do outro sonho não lembro nada.
Os tios também já me apareceram em um sonho há alguns anos e também não conseguiam se comunicar comigo. Entendi depois que eles vieram me tranquilizar quanto ao namorado da minha filha, que o namoro ia terminar. Entendo que podem ser amigos espirituais que se apresentam com a forma dos tios.

Porém, no mais ... não sei interpretar.

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  sueli em Sab 4 Jun 2011 - 7:54

Bom Dia, Fadinha.
Quantas saudades suas...
Adoro ler o que você escreve, você se expressa muito bem.
Não sei interpretar sonhos mas acredito neles, para mim é através deles que os Espíritos Superiores nos ajudam, orientam, avisam, etc.
Como disse não sei interpretar sonhos, não acredito em interpretações detalhe por detalhe, acho que o sonho inteiro é a mensagem, não quadro a quadro,mas vou dizer o que eu senti com relação ao seu.
No seu sonho estava lá tudo que você ama: tios, rios, água, peixes, pintura, música, construções em linha clássica, a claridade, a Luz.
Tenho certeza que você adorou o sonho, você estava em harmonia!
Errei?
Beijão. Sou sua fã.

sueli

Mensagens : 227
Data de inscrição : 01/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Qua 8 Jun 2011 - 14:48

Oi, Sueli.

Também sou sua fã, leio tudo o que você escreve ou posta.

Tenho paranormalidade nos sonhos. Às vezes eles se apresentam simples de entender e outras sob símbolos e arquétipos, mais difíceis mas um dia se revelam, desvelam, caem os véus. Acredito que cada trechinho desse sonho acima tem um significado porque foi complexo e eu não perdi o fio da meada do sonho.
Foi muito consciente.
Imagino que minha vida, que tem um movimento rápido como o riozinho, vai dar umas guinadas e até os saltos pulando o rio tem seu significado.
Dessa vez não vou esperar muito tempo, já começaram as mudanças, entendi o porque das carpas, vou ter que ser muito corajosa como elas para enfrentar os desafios. Vi que tenho proteção espiritual - representada pelos tios que foram meus pais nesta vida - então, nada tenho a temer. Vamos que vamos!
Vou colocar aqui o símbolo arquetípico das carpas, é muito interessante:

O símbolo

A carpa é um símbolo da força e da coragem cujo colorido adiciona um movimento ao jardim japonês, ou seja, são as representações das cores vivas. A Carpa tem um sinal frontal como uma luz no topo de sua cabeça, que inspira o sábio à contemplação, libertando-o dos incômodos e pressões, as escamas significam a proteção da vida, Este peixe é considerado o¨rei do rio¨e é respeitado pela sua habilidade para nadar rio acima e pela determinação de superar obstáculos, diz a lenda japonesa,que a carpa quando vai se procriar, como os salmões e trutas, tentam passar a queda da água, quando elas passavam, virariam dragões, e se alguma carpa fosse capturada e cortassem sua cabeça ela também viraria um dragão.


Outros significados
Liberdade, sabedoria, vida eterna, superação de obstáculos, longevidade, transformação, mudança, prosperidade, sucesso, sorte, crescimento espiritual e material, proteção e boas vibrações.

Retirado de "http://symbolom.com.br/wiki/index.php?title=Carpa"


Espero não ter que perder a cabeça para virar um dragão...mas existe um simbolismo bem interessante e relacionados entre si do peixe, águia e do dragão.

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  Luiz em Sab 11 Jun 2011 - 23:57

Fadinha .

Um presente para você.

Tenha bons sonhos:




avatar
Luiz

Mensagens : 3014
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Dom 12 Jun 2011 - 11:35

Luiz,

você acertou em cheio.
Adoro as celtic woman, adoro a Ave Maria cantada por uma delas e também tenho uma conexão com os elementais.
Linda música!
Linda apresentação!
obrigada, lindo presente!

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  Luiz em Dom 12 Jun 2011 - 16:18

Oi FADINHA.

Fico tão feliz em saber que você gostou. Sabe por que? Porque eu estava procurando a cantora Lisa Kelly ( Celta) e descobri este vídeo, então, algo bateu dentro de mim me dizendo: Creio que a Fadinha do fórum vai gostar muito, pois sinto dentro de mim que toda este força positiva do vídeo se parece muito com ela, mesmo assim fiquei com uma pequena dúvida: Será que ela vai gostar? Mas algo maior me disse que sim.

Agora, ao saber que você gostou, fiquei muito feliz, graças a Deus fiz o certo. ( Talvez eu tenha sido guiado pelo meu EU Superior).

Muita Paz pra ti Fadinha e tudo de bom.
avatar
Luiz

Mensagens : 3014
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  estel em Seg 13 Jun 2011 - 13:00

Irmãozinhos,

Esta madrugada acordei do nada e na porta do meu quarto vi um ser ,parecia do sexo masculino, todo de vermelho e o rosto era uma caveira, quando ele percebeu que eu olhava para ele, virou o rosto e desapareceu.

Isto nunca tinha acontecido antes, o que poderia ser?



Abraços,
Estel.

estel

Mensagens : 282
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Seg 13 Jun 2011 - 22:52

Oi, Luiz.

Adorei de verdade, agradeço de coração. Nessa época de mudança de energias, onde a telepatia está se tornando mais intensa, é possível acontecer essas transmissões de idéias e sentimentos. Você, no mínimo, captou esse gosto que tenho pela música das celtic woman, não existem coincidências. Eu tenho muito disso capto muito as pessoas e também sou muito captada. Tem épocas que nem posso pensar perto da minha filha, ela capta tudo.
Outro dia fui numa loja perto de casa para comprar um enfeite para por na parede. Comprei uma coisinha linda, feita em madeira, com rosinhas e lacinhos, muito delicada e, no centro, uma pombinha branca representando o Espírito Santo. Cheguei em casa e ela estava tomando banho e lá do banheiro vinha uma cantoria: "pombinha branca que está fazendo? comprando roupa pro casamento..."
Detalhes interessantes que uma pessoa atenta não perde e somos pessoas atentas.
Um abraço,

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Seg 13 Jun 2011 - 23:05

Oi, Estel.


Esta madrugada acordei do nada e na porta do meu quarto vi um ser ,parecia do sexo masculino, todo de vermelho e o rosto era uma caveira, quando ele percebeu que eu olhava para ele, virou o rosto e desapareceu.

Penso que alguma coisa acordou você para tomar conhecimento dessa presença no seu quarto. Quem sabe você se sentiu desconfortável e acordou? Essas coisas existem no astral, aliás o astral é lotado dessas presenças inconvenientes. A vidência nem sempre é agradável, as pessoas pensam que o vidente que é harmônico só vai ver coisas maravilhosas do lado de lá do véu...não é assim, o vidente vê de um tudo. O bom mesmo é que você não se assustou e esse ser que queria, no mínimo, assustar você desapareceu.
Procure antes de dormir colocar em si uma capa ( com capuz, da cabeça aos pés) de luz azul e pedir a proteção do Arcanjo Miguel, que ele vele o seu sono.
Dá certo.
Penso assim, mas só você pode saber o que foi mesmo que aconteceu.
Um abraço,

fadinha



fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  estel em Ter 14 Jun 2011 - 16:29

Obrigada, irmãzinha.

Farei o uso da capa, obrigada pela dica.

Pois é, eu sempre tive esse "dom" de enxergar coisas, mas não é sempre que ele se manifesta, só quando estou dormindo. Acordo do nada e geralmente tem algo acontecendo.


Abraços,
Estel.


estel

Mensagens : 282
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Qua 15 Jun 2011 - 9:57

Estel

É um dom paranormal. É assim mesmo, não se manifesta quando a gente quer.

beijo, querida

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  Convidad em Qui 16 Jun 2011 - 16:33

Todos vamos sonhar muito e cada vez mais. Quando as energias favorecerem , vamos buscar muita inspiração no plano espiritual da Terra que está se abrindo para novos visitantes. O desdobramento lúcido é mais difícil mas com exercícios e interesse no bem coletivo podemos chegar lá com espírito de serviço. É uma espécie de mediunidade que todos temos. Somente os que estão trabalhando e lutando serão inspirados a descobrir novos caminhos em suas pesquisas / trabalhos e de acordo com o mérito de cada um. A espiritualidade não estimula a preguiça , muito pelo contrário. Ninguém vai achar um tesouro escondido... ( mas não seria impossível). Mas se não interpretamos nosso próprio sonho, ele perde o sentido. Nossas imagens visualizadas , as experiências vividas ( revistas ou pré-vistas ) só tem significado para quem teve o sonho - outros farão leituras diferentes. O mais importante é o que fica deles.
Exemplo ? vai aqui um bem esquisito então : se alguém disser que sonhou com jiló , vamos pensar o que ? o que voce associa a comer jiló ? depende né... quem odeia jiló pode achar que é um mau presságio - coisa ruim, coisa amarga está para acontecer, e fica de cara amarrada e com a pulga atrás da orelha! Mas eu não pensaria assim porque adoro jiló ...quando criança eu comia muito jiló vindo do sítio do meu avô com mil outras verduras , frutas e legumes. Eu mais gostava quando o jiló era partido bem fino , frito a milanesa , e colocado na farofa de ovos - nossa - acho que eu só comia feijão com arroz e farofa de jiló! sei lá quantas vezes até a barriga estufar!!! eu catava todo o jiló frito da farofa! se eu sonhar com jiló vou acordar pensando em fartura, alegria, muita saúde - vou gostar tanto que sou capaz de tentar achar jiló frito em algum botequim em volta, pois lá em casa ninguém gosta de jiló e nunca tem por causa disto!!!! Só de escrever isto fiquei com fome , vou ter que comprar jiló na feira em breve...pronto - estou sonhando agora com jiló frito a milaneza na farofa de ovos! este sonho será realizado em breve! rsrs, abraços,

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  sueli em Sex 17 Jun 2011 - 7:54

fadinha escreveu:Oi, Estel.


Esta madrugada acordei do nada e na porta do meu quarto vi um ser ,parecia do sexo masculino, todo de vermelho e o rosto era uma caveira, quando ele percebeu que eu olhava para ele, virou o rosto e desapareceu.

Penso que alguma coisa acordou você para tomar conhecimento dessa presença no seu quarto. Quem sabe você se sentiu desconfortável e acordou? Essas coisas existem no astral, aliás o astral é lotado dessas presenças inconvenientes. A vidência nem sempre é agradável, as pessoas pensam que o vidente que é harmônico só vai ver coisas maravilhosas do lado de lá do véu...não é assim, o vidente vê de um tudo. O bom mesmo é que você não se assustou e esse ser que queria, no mínimo, assustar você desapareceu.
Procure antes de dormir colocar em si uma capa ( com capuz, da cabeça aos pés) de luz azul e pedir a proteção do Arcanjo Miguel, que ele vele o seu sono.
Dá certo.
Penso assim, mas só você pode saber o que foi mesmo que aconteceu.
Um abraço,

fadinha




Bom Dia!
Fadinha lendo o que você postou para a Estel quanto ao uso da capa azul, lembrei-me do que faço e ensino às pessoas.
Tenho uma sobrinha, minha afilhada, que era uma criança muito medrosa, tinha medo de entrar no mar,de ficar sozinha, ouvia ruidos de passos subindo a escada ao ir dormir, enfim, para ajudá-la e fortalecê-la, ensinei-a que quando passasse por algum perigo ou sentisse alguma presença fizesse o seguinte.
Para perder o medo do mar, ensinei-a a rezar e pedir proteção.
Para conseguir passar por lugares sozinha, ficar em casa só, quando ouvir passos, ruídos, ensinei-a se imaginar dentro de uma esfera azul de proteção e que pensasse que tudo que estivesse fora não poderia ali entrar, NADA e NINGUÉM.
Hoje ela diz que sempre que precisa faz isso. Ela hoje é mais forte, segura e continua sensitiva.
É parecido com a sua capa e também dá resultado.
Espero que gostem. Beijão.

sueli

Mensagens : 227
Data de inscrição : 01/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Sex 17 Jun 2011 - 13:49

Farpa.

Nossa, você é muito bem humorado!
Certamente ocorre isso com os sonhos também, depende da sua relação com o objeto sonhado. Se eu sonho com um avião, tem um significado e se um piloto de avião sonha com um avião, certamente o significado será diferente porque é seu trabalho.
Porém existem os arquétipos universais.
Tipo assim: sonhar com a casa, com pão, com maçã, dirigir um carro, bater o carro.
Por exemplo, bater o carro para mim - e para a maioriadas pessoas - significa brigas, discussões e não bater literalmente o carro.
Há uns meses atrás sonhei que um amigo batia no meu carro com o carro dele. Meu carro é simplezinho mas o carro dele é um mercedes e vi perfeitamente quando ele bateu em mim. Fiz um trato comigo mesma de não provocação, de aguentar qualquer provocação que viesse do outro lado, de manter a calma. Mas quando veio a provocação eu me esqueci totalmente dos meus propósitos e embarquei completamente na briga. Só depois me lembrei. Estou procurando fazer as pazes com ele faz um tempão.
Quando a gente sonha que bate o carro é bom verificar em que para saber de onde vem o próximo episódio.

O desdobramento lúcido é mais difícil mas com exercícios e interesse no bem coletivo podemos chegar lá com espírito de serviço. É uma espécie de mediunidade que todos temos. Somente os que estão trabalhando e lutando serão inspirados a descobrir novos caminhos em suas pesquisas / trabalhos e de acordo com o mérito de cada um.

Legal, hein? só uma vez consegui estando totalmente acordada, querendo sair do corpo, sentada na minha cama me dirigir para onde eu queria, mas, depois que eu vi o que eu queria ver, perdi um pouco do controle e fui para uma das minhas (terríveis) vidas passadas...o trauma...tive um controle relativo mas como não tinha experiência e nem esperava ver o que vi, assustei e pedi para voltar, coisa instantânea.
Com o susto que levei contemplando algo que eu instintivamente desconfiava e não queria ver, podei isso.
Mas tem momentos que gostaria de retomar isso de forma consciente, acordada.
Nesse caso eu voava e passava por um escurinho quando mudava de ambiente e depois eu caminhava e não via meus pés pousarem no chão.
Não sei, me pareceu que, se alguém que visitei e viveu há séculos me viu, viu alguém do futuro. Certamente eu também estava ali no passado.
Não é interessante imaginar isso?
Desdobramento lúcido dormindo é mais facil e o sonho que relato acima, do riozinho, deve ter sido um deles porque em momento algum perdi o fio da meada do sonho, o raciocínio, só que algumas coisas me vieram como arquétipos.
Não sei sobre o controle total nesses casos porque penso que às vezes a sua alma se expressa quando você não controla tanto mentalmente.
Um abraço.
fadinha.

Oi, Sueli.

Que bom, menina, hoje amanheceu um dia um pouco mais quente. Anda frio demais.
Acho corretíssima a sua forma de ensinar.
Na verdade eu uso um tubo de luz azul e fico protegida dentro dele. Vem de cima (do Eu Sou) e vai para a terra.
Teve um dia (faz tempo) que acordei com a sensação de insegurança aguçada, com medo mesmo. Saí pela manhã com os vidros das janelas do carro minimamente abertos e fiz uma oração para São Miguel pedindo para ele me proteger e imaginando (imaginar é usar imagens) que ele me protegia com sua espada e usei o tubo de luz azul. À tarde, mais relaxada, saí a pé para ir na dentista e quando voltei vi um homem baixinho e atarracado andando na minha direção e não desconfiei de nada, minha bolsa estava no ombro e para trás do corpo, bem firme. Quando ele se aproximou de mim, me deu um soco no quadril (ficou roxo) para me derrubar e pegar a bolsa, mas não conseguiu e nisso vinha vindo um ônibus lotado e ele desistiu.
Não é um sucesso? como diz Saint Germain, você pode ficar em tal situação que só terá a LUZ para te proteger e para isso é preciso treinar sempre.
Linda a história da sua afilhada.
beijo,

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Qua 22 Jun 2011 - 23:24

Olá amigos.

Vou contar um sonho que tive na noite de 17 para 18 de setembro de 2008.

Eu via a porta do meu apartamento com uma tetrachave (estranhei porque não fui eu quem mandou colocar) e mais acima um prego e uma bolsa dependurada. A porta estava aberta e a bolsa era simples e parecia vazia, não verifiquei.


Em 2009 resolvemos comprar um apartamento na cidade onde minha filha estava estudando. Levei um tempão procurando e outro tempão esperando o apartamento desocupar e como estava muito mais detonado do que esperávamos, tivemos que reformar todinho. Tudo mesmo, tive inclusive que trocar todas as portas. Como eu morava em outra cidade, contratei uma arquiteta para "tocar a obra".
Quando eu vim fazer a vistoria, maio de 2010, na nova porta de entrada tinha uma tetrachave que eu não mandei por, foi uma iniciativa da arquiteta. Está lá, nunca usei.
Também nem preciso dizer que na obra foi todo o meu dinheiro, tive até que por um freio nos gastos da arquiteta.
Posso dizer que esse sonho se realizou.
A porta que estava aberta para mim foi a desse apartamento, os outros que vi não correspondiam nunca ao desejado ou eu chegava tarde.

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Qui 7 Jul 2011 - 23:06

Olá amigos.

Sonhos são demais! tem sonho que só rindo deles.
Há uns 3, 4 dias, minha filha me perguntou: dormiu bem? certamente ela percebeu que eu não tinha dormido nada. Eu estava seguindo a receita da médica tomando um remedinho que na bula diz que não causa sono. Claro que não dá sono! dá insônia! e percebi uma agitação nos sonhos, meio sem rumo, meio doidos.

Aí respondi para minha filha que vinha tendo uns sonhos muito bobos, imagine que sonhei com um macaco branco, vestindo roupa branca, boné branco, igual desses de realejo, e o macaco estava assaltando a minha geladeira.

Minha filha matou a charada na hora: mãe é o mingau! Mingau é o nosso gato de 5 meses todo branquinho e muito mas muito levado mesmo...deve ser coisa da raça, é gato do himalaia...e sobe em todos os lugares. Eu andava com receio do momento que ele conseguisse subir na pia da cozinha e daí para cima da geladeira como muitos gatos fazem.
Hoje foi o gande dia. Ele conseguiu! e eu entrei no maior estresse.
O sonho dele deve ser entrar na geladeira mas por enquanto consegue subir em cima. Quando minha filha chegou, contei para ela a novidade e ela pegou no colo o gato e disse: o meu macaquinho!
Não é que é mesmo?
Pena que não tentei lembrar na hora que acordei dos outros sonhos. Achei malucos demais.
Encontrei, procurando outra coisa, uma foto que tem um gato branquinho igualzinho ao nosso :

http://2.bp.blogspot.com/_6SNYNHEHGVI/SwE8nwznajI/AAAAAAAABFc/nxKuiVPJGVc/s400/202_0427.jpg

tão bonitinho e tão levado, fora o fato de ser agressivo. Quem vê cara...
Penso que deve ser um serzinho selvagem para o qual eu devo dar amor até conseguir torná-lo um gato evoluido...ou não.

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Sab 9 Jul 2011 - 13:19

Wan,

vi a sua postagem.
Voce sempre tem esse tipo de sonho?
Antes eu sonhava que o mar invadia a terra e eu morava bem perto da praia e o mar trazia coisas, objetos. Lembro de ter visto um vestido estampado diferente dos que uso nessa encarnação, um vestido antigo e eu olhava o vestido trazido pelo mar e o colocava na minha frente para ver se cabia em mim. Cabia. Eu ficava muito assustada com a violência das ondas do mar e pensava que precisava mudar dali. Via a casa, era simples e ficava totalmente arruinada pelo mar. Não sei...talvez uma vida passada, dada pelo detalhe do vestido. Eu via e sentia, mas não era mais daquele tempo.
Vou colocar aqui uma interpretação que encontrei na internet.
Ah, antes que eu me esqueça, no dia em que sonhei com o macaco branco, sonhei também que conversava com um golfinho e que o golfinho respondia! certa de que estava totalmente pirada pela falta de sono, deletei da mente ...mas lembro desse trecho
fadinha

ÁGUA- Primordial, é considerada como sendo o ponto de partida para o surgimento da vida -toda a vida vem da água-, daí sua simbologia estar ligada à matrix -mãe -. É um símbolo do Gênese, do nascimento, e para os vedas é chamada de mâtrimâh, o que quer dizer: " a mais materna. Nos mitos dos heróis ela está sempre associada ao seu nascimento ou renascimento: Mitra nasceu às margens de um rio, enquanto que Cristo "renasceu" no Rio Jordão. Ela sempre nos reporta à origem. Prahmanda, o Ovo do Mundo é tido como tendo sido chocado na água e dele advém toda a criação. Associada ao banho e ao batismo, nos textos da alquimia está relacionada a operação da Solutio. É um dos símbolos do inconsciente, sendo que o ato de entrar na água e dela sair, possui uma analogia com o ato de mergulhar no inconsciente, enquanto que ser lançado à água é similar a ser entregue ao seu próprio destino. Sonhos em que o ego onírico guarda a água suja em seu quarto, simbolizam aceitação por parte do ego vígil dos aspectos obscuros de sua personalidade, de sua sombra. Caso o sonhador se veja tomando um banho, essa imagem parece estar associada a penetração da compreensão sendo que a temperatura da água pode nos dizer sobre a quantidade de "calor" que acompanha este processo. Enquanto um dos quatro elementos, é um símbolo do sentimento. As emoções também se encontram representadas na água. As ondas do mar corresponderiam ao movimento dessa mesma emoção.
Mas tem outras interpretações, essa é da alquimia.

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  Convidad em Dom 10 Jul 2011 - 17:40

Olá Fadinha!

Sempre não, mas tive este tipo de sonho muitas vezes, sonho com o mar invadindo a terra, são ondas enormes ou a água vem invadindo a terra pelos rios.

Também sonho muito com luzes no céu, geralmente estas luzes são atacadas por aviões de guerra aqui da terra.

Uma ótima semana!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Dom 10 Jul 2011 - 23:29

Oi, Wan...

pelos seus sonhos, é melhor que você não more perto do mar.
Espero que essas luzes sinalizem amigos seus do seu planeta de origem e que jamais aviões da terra os alcancem.
abraços,

fadinha

Também gostaria de dizer que as coisas estão ficando mais claras agora. Porém não menos preocupantes.
Ah, vou ter que ter a coragem, a ousadia, a valentia e principalmente a paciência das carpas subindo o rio.

Tive esse sonho do rio e das carpas no dia 25/05/2011.
Mas antes dessa data, tive um outro sonho que eu nem desconfiei estarem ligados.
Arquétipos! fáceis de decifrar mas às vezes a gente não quer entender.
Sonho do dia 17/04/2011:
Anotei assim:
Sonho estranho, não me lembro bem.
Eu estava na casa da A... e do C......(são amigos do meu ex marido, o C.... foi o amigo que o convidou para trabalhar no estaleiro em Recife, era diretor do estaleiro)
Via só a parte de baixo da casa, olhava e via os cômodos. Parecia que estávamos em um lugar afastado da cidade. O piso era todo de areia, vi o C.... andando e pensava que aquela casa era provisória e que eles a construiram de forma descontraída. Eles gostam de inovar mesmo.
Eles me trataram bem e me perguntaram sobre um lugar que eu conhecia, uma cidade. Parecia que eles iam mudar, iam para a Inglaterra, algo assim. Eu disse para alguém do meu lado que eu precisava ir embora logo, sair dali. A A...estava escutando e eu tentei consertar a situação. Havia algo sobre uma viagem para fora do Brasil, acho que era sobre o C... trabalhar fora do Brasil.

Agora o que fiquei sabendo sábado (ontem) o C...entrou nesse emprego em outubro ou novembro do ano passado e no início de maio a diretoria foi substituida (logo depois que eu tive o sonho) por outros diretores e ele também foi demitido.
Aí está, eles (o casal ) construiram uma casa na areia. Como dizem: construir na areia e não na rocha.
O meu ex marido, que era gerente, não foi demitido mas pediu demissão.
O novo diretor não queria dar a demissão dele e então, como ele estava decidido foi até o vice presidente e pediu demissão. O vice presidente da empresa pediu que ele ficasse até dezembro porém ele não aceitou, quiz sair imediatamente. Conseguiu, voltou e aos 52 anos, sem nenhum emprego em vista.
Não é uma gracinha?

fadinha


fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 12 1, 2, 3 ... 10, 11, 12  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum