INTERPRETAMOS SONHOS

Página 10 de 12 Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11, 12  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  lastchild em Seg 27 Maio 2013 - 16:38

fadinha escreveu:Oi Lastchild...

sim, li muito sobre isso.
Tenho a experiência mas nunca vi essas tais linhas que as pessoas falam. Tenho um tipo de mediunidade que me foi falado desde a primeira vez que fui no espiritismo e também na umbanda, que é a de transporte. No espiritismo eles trabalham com uma faceta desse tipo de mediunidade e na umbanda com outra.
Chego a essa conclusão porque conheço os dois lados, ou seja, tenho os dois lados e eu sou uma só, então devo reconhecer que a capacidade é muito ampla e pouco compreendida.
Difícil, meu amigo. Por onde passo vou puxando tudo para mim. Então me esmero em medidas de proteção. Mas nem pense que tenho medo. Às vezes em sonhos fico um pouco apavorada mas me contenho e lembro que eu posso mais.

Puxa, isso que você falou é muito interessante da área de visão espiritual, e é também intensa para o corpo físico porque se vive entre 2 mundos conscientemente, assumidamente. Penso que a visão funcione na dependência da sua missão. O que regula isso me interessa bastante. Sabe que ocorreu de outro dia eu ir ler sobre o assunto a respeito de alguns relatos em que as pessoas de alguma maneira entram repentinamente em um tipo de estado ativado, na "ponta da cadeira", como se uma corrente elétrica estivesse atravessando o corpo. As igrejas cristãs também relatam esses casos em que a normalidade se dobra e uma faixa do além atravessa para cá.

Segundo os livros de Kardec a conexão mediúnica pode se acomodar em algum ponto entre de boa qualidade e de má qualidade (igual um receptor de rádio). Daí outro dia peguei para buscar na net sobre a modulação dessa conexão e percebi um padrão.

Enquanto eu lia sobre os UFOs que desligavam aparelhos nucleares nos EUA topei com a notícia do instituto NIDs nos EUA que comprou um rancho famoso por fenômenos paranormais. De acordo com o que os pesquisadores diziam eles realmente puderam presenciar muitos fenômenos inexplicáveis no local, mas toda vez que se preparavam para registrar com equipamentos e aparelhos científicos havia uma interferência que desativava ou impedia a análise. Eles começaram a suspeitar de que alguma inteligência externa pré-cognitiva podia estar por trás do evento (semelhante ao que tem havido com os UFOs).

O estado de Utah, aonde fica o rancho, curiosamente testa uma das partes mais importantes dos ônibus espaciais (que são os motores).

Os sonhos abrem uma natureza diferente, com dimensões diferentes e ficam ligados ao poder dessa(s) inteligência(s).


fadinha escreveu:
Recentemente eu tive um sonho onde eu olhava para fora de um edifício muito grande que era cheio de amplos janelões de vidro. De repente, uma nuvem negra se formou e tomando a forma de um monstro ameaçador, vem em minha direção. O vidro a nos separar. Lembrei de estender as palmas das mãos e dizer: Deus pode mais! e enquanto eu ia repetindo essa frase, o monstro foi se afastando como se tocasse em uma barreira e se diluiu e se transformou em uma mulher.
Tenho outros tipos de mediunidade, nunca pensei nessas questões como mediunidade. Os guias conseguem aumentar essa mediunidade e fazer uso positivo dela. São dons que desenvolvi em muitas vidas dedicadas a isso. Vidas muito antigas, nas mais recentes eu percebi que me dediquei a me defender.
Não sei se no espiritismo trabalham com guias...na umbanda, sim, muitos deles não reencarnam mais, são Ascencionados e...a gente sabe que muitos nunca encarnaram na Terra. Não são velhos e nem pretos, nem índios. Se bem que se você observar a palavra índios em espanhol, fica in-dios, em Deus.



Obrigado pelo testemunho fadinha! Ando justamente buscando material sobre os seres que habitam outras realidades porque eles interferem com nossa vida.

Com certeza, durante o sono funciona MUITO mesmo. Eu procuro pedir a Deus quando preciso de ajuda durante o sono. Eu tenho percebido cada vez mais que sobreviver durante o sono depende até certo ponto da saúde física e mental, a partir daquele ponto o domínio passa a ser espiritual e a missão pessoal depende de pedidos ou conversas com Deus que é a resposta imediata. Normalmente, quando eu preciso, eu peço ajuda por meio de uma oração curta durante o sono. O efeito e ajuda dão alívio tão grande e completo que eu penso que deveria usar com freqüência bem maior. É interessante notar que enquanto estamos em estado de altos pensamentos igual o pedido a Deus, uma inteligência benéfica decida agir. Pelo visto a presença divina está de olho aqui embaixo.

É difícil descrever para pessoas que ainda não experimentaram a real necessidade de ajuda mas no livro do Osho ele diz que na Índia as pessoas usavam a expressão "dor insuportável" apenas quando perdiam a consciência diante do sofrimento por meio de desmaio ou coma. E em ocasiões que beiram esse limiar a presença divina ouve a pessoa.

O que nos leva a pensar sobre como essas dimensões se apresentam diante da alma. Igual você falou (lembrar de que sempre podemos mais, de que podemos ir mais além). Algumas vezes me ajuda quando, em um sonho perigoso, procuro transformar a mente e os olhos em ferramentas aguçadas e penetrar a ilusão. Com freqüência as camadas de fora para dentro no sonho costumam ser Aparência < Ferocidade < Humanidade. Se eu puder atravessar as duas primeiras camadas de ilusão então terei um pode maior sobre o sonho, e aí dá para voar, teletransportar, acordar...

fadinha escreveu:

Realmente Saint Germain é o Mestre! ele é amplamente homenageado no centro que frequento com imagens dele e através das ametistas e alguns dos médiuns que recebem seres da grande fraternidade branca, bem pouco conhecidos. A alquimia interior diz que o segredo da alquimia está no alquimista. Ou seja, a alquimia do alquimista.



Com certeza, tem que trabalhar o alquimista.


fadinha escreveu:

Pra contribuir com o tópico escrevo aqui que tive um sonho curioso esses dias:

Um homem de toga havia chegado a pé a uma vila muito distante para dividir alguns conhecimentos importantes com as pessoas. Entretanto, ao chegar, ele recebia a notícia de que por causa de uma guerra todas as pessoas que ele conhecia da grande cidade de onde partiu tinham morrido e apenas aquele cidadão daquela ordem restava para ensinar as pessoas.

Então reunia as pessoas em volta da praça e pela última vez demonstrava a prática avançada que havia aprendido de levitar pedras e pessoas. A seguir ele explicava a todos que a partir de então eles preservariam só o básico do conhecimento deixando para o esquecimento tudo que havia de avançado e que ele havia trazido de longe, mas que agora devia ser enterrado.

O sonho me deixou com uma sensação de tristeza e reflexão. Quantas vezes isso não deve ter acontecido na história da humanidade? Talvez o sonho me permitiu ler a memória de alguém e essa pessoa deixou ser lida(o que seria o Akasha?)

As vezes fico pensando em quantos níveis as pessoas em nosso mundo são observadas e acompanhadas . Parecem ser muitos!


Vamos analisar depois esse sonho, mas as primeiras perguntas seriam:

em um sonho tão complexo como esse, com início, meio e fim e ainda com moral da história, você tem certeza que trata-se de um sonho?

Tem mais, parece um sonho com uma vida passada SUA.
Sabe que certas coisas, nos sonhos sobre vidas passadas ou nos acessos que podemos ter de nossas vidas passadas, (ainda mais que o sonho deixou em você uma certa tristeza) sabe que só podemos acessar as nossas experiências? pois é. Se você contemplar uma outra época coloque o que você vir como uma experiência sua e não de outra pessoa.
Com certeza não foi o Akasha que você leu. Foi uma experiência sua.
Com relação ao conhecimento o que eu sei é que não podemos nem devemos guardá-lo dentro de nós, temos que repassá-los. Então, tudo o que você conhece deve ser usado (para virar Sabedoria) e passado adiante. Por isso que os Mestres precisam ter discípulos.

Como as pessoas estavam vestidas?
Qual a aparência delas?
Como era essa toga? igual dos formandos?

Não é para assustar você, mas quem tem sonhos como os que você tem costuma ser médium de transporte.
Uma senhora que conheço e é médium de transporte viu as vidas passadas na China, a muralha da China, essas coisas, mas não foi espontâneo, a guia dela a levou.
O guia mais categorizado é chamado de mentor espiritual.

fadinha


SONHOS DE VIDAS PASSADAS
Os sonhos de vidas passadas têm uma sequência lógica e são muito vívidos, além de algumas vezes ativarem emoções fortes. Quando isso ocorre, a pessoa não tem nenhum controle sobre os acontecimentos, tudo vai se desenrolando e ela nada pode fazer para evitar. Isso ocorre porque são provavelmente informações gravadas em nosso psiquismo e se configuram como eventos literais.

Podemos resumir isso em alguns pontos:

A coerência do sonho: No sonho, quando vemos as situa­ções sucedendo-se de forma linear, coerente, com ocorrên­cias sequenciais e lógicas, há grande chance de ser uma memória, ou mesmo uma projeção astral.
Exemplo: Vejo-me caminhando numa rua de pedras, paro em frente a uma casa, sai uma pessoa dessa casa, me cumprimenta e vamos a um bar. Nesse bar, entra um ho­mem alto com um facão. Inicia-se uma luta entre ambos e ele crava o facão em minha barriga, levando-me à morte. Nesse exemplo, todas as circunstâncias foram acontecendo com uma sequência lógica e coerente de fatos. Em sonhos normais ocorre o contrário. Não há nexo nem coerência entre as cenas.

Falta de controle: Quando um sonho revela uma memória, não temos nenhum controle sobre os acontecimentos. Tudo vai se passando como se nada pudéssemos fazer a res­peito. Não dominamos as situações que fluem. Isso pode indicar que se trata de uma memória, algo que já ocorreu e não pode ser mudado por nossa vontade. Em sonhos lúci­dos, podemos definir o que vamos fazer, para onde vamos, o que falar e escolher outros rumos dos acontecimentos, algo que não ocorre nos sonhos mnemônicos.
Experiência vívida: Quando o sonho apresenta sensações e situações que são mais vivas, mais presentes, mais vi­brantes, a ponto de chegarmos a sentir quase sensações físicas mais sutis, isso é outra evidência de que é real.
Exemplo: Encontramos uma pessoa no sonho e ela nos toca. Temos uma sensação de toque que não é física, mas que parece muito com a sensação física do toque, sendo bem semelhante a esta. Isso pode ser uma memória de vida passada ou pode ser uma projeção astral em que en­contramos essa alma nos planos sutis.

Sonhar com pessoas desconhecidas: Já ouvi muitos rela­tos de pessoas que afirmam sonhar constantemente com pessoas desconhecidas. Para alguns, a impressão que dá é de que estamos numa espécie de reunião, e dialoga­mos com pessoas que nunca vimos na vida e nem descon­fiamos quem sejam. Sonhos assim podem indicar que de fato encontramos com almas no plano astral, durante a sa­ída do corpo astral do corpo físico. Talvez nossa consciên­cia objetiva não reconheça aquelas pessoas, mas nossa alma se encontre com elas nos planos invisíveis há muito tempo.

Sonho de época:

No caso de um sonho revelar característi­cas históricas diferentes das atuais, há grande chance de ser um sonho de vidas passadas. Podemos nos ver como sendo outra pessoa, com outra aparência, com roupas diferentes que parecem vestimentas típicas de ou­tros períodos históricos. Observamos e convivemos com pessoas que usam roupas semelhantes a nossa. Algumas vezes, encontramos alguém que nos parece familiar, e até o reconhecemos como algum parente, amigo ou conhecido atual. Apesar de enxergar essa pessoa com outra aparên­cia, temos a forte impressão de que ela é nossa mãe, nosso pai, nosso irmão, nosso colega de trabalho, nosso vizinho, ou mesmo alguém que hoje nutrimos simpa­tias/antipatias sem causa aparente. Tanto o sonho de época quanto o reconhecimento de pessoas do nosso con­vívio atual podem ser fortes indícios de sonhos como recor­dações.

Emoções fortes: Geralmente, quando o sonho é um encon­tro real, as pessoas que encontramos nos despertam emoções. Às vezes, essas emoções são tão fortes que po­demos acordar chorando ou profundamente emocionados e sensíveis. Em outras ocasiões, sentimos saudade de al­guém que vimos no sonho; sentimos vontade de ver essa pessoa novamente; sentimos uma emoção positiva ou rea­ções diversas. Por outro lado, a pessoa também pode nos evocar emoções negativas, como raiva, medo, rancor, aversão, tristeza, apego etc. Essas emoções são uma grande evidência de que o encontro espiritual é real e não imaginário.





Nussa, as perguntas levantaram outras questões importantes... Por exemplo, como careço de instrução nesses casos ainda não consigo diferenciar quando se trata de uma memória minha ou se é um fluxo que escorre para a mente por meio de uma identificação enorme entre a pessoa que vejo em um sonho e a alma.

Outra coisa que não aprendi ainda é como classificar esse tipo de sonho se é passado, presente (telepatia com alguém distante) ou futuro.

Tipo assim, algumas pessoas dizem que quando há um sonho premonitório é como se todos os elementos da cena estivessem comunicando com a pessoa que está sonhando, vindo das árvores, paredes e pessoas, cada um estaria contribuindo um pouco.

Nesses casos de sonhos extraordinários, como não posso diferenciar eu costumava assumir a postura do desapego e aproveitar a mensagem por ela mesma, pela reflexão que me fazia ter ao comparar com minha vida atual.

Você deve saber dessa sensação, de dividir pensamentos e experiências com outras pessoas por meio não verbal (tipo pensar ao mesmo tempo uma coisa). Minha dúvida seria não estaria dividindo algo que várias pessoas poderiam acessar.

Me pergunto o que se faz nesses casos.

Obrigado pelo material de interpretação (já estou lendo)!

Um bom dia para você e para todos, abraço!

lastchild

Mensagens : 74
Data de inscrição : 03/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Dom 2 Jun 2013 - 18:30

"sim, li muito sobre isso.
Tenho a experiência mas nunca vi essas tais linhas que as pessoas falam. Tenho um tipo de mediunidade que me foi falado desde a primeira vez que fui no espiritismo e também na umbanda, que é a de transporte. No espiritismo eles trabalham com uma faceta desse tipo de mediunidade e na umbanda com outra.
Chego a essa conclusão porque conheço os dois lados, ou seja, tenho os dois lados e eu sou uma só, então devo reconhecer que a capacidade é muito ampla e pouco compreendida.
Difícil, meu amigo. Por onde passo vou puxando tudo para mim. Então me esmero em medidas de proteção. Mas nem pense que tenho medo. Às vezes em sonhos fico um pouco apavorada mas me contenho e lembro que eu posso mais."



Puxa, isso que você falou é muito interessante da área de visão espiritual, e é também intensa para o corpo físico porque se vive entre 2 mundos conscientemente, assumidamente. Penso que a visão funcione na dependência da sua missão. O que regula isso me interessa bastante. Sabe que ocorreu de outro dia eu ir ler sobre o assunto a respeito de alguns relatos em que as pessoas de alguma maneira entram repentinamente em um tipo de estado ativado, na "ponta da cadeira", como se uma corrente elétrica estivesse atravessando o corpo. As igrejas cristãs também relatam esses casos em que a normalidade se dobra e uma faixa do além atravessa para cá.

Segundo os livros de Kardec a conexão mediúnica pode se acomodar em algum ponto entre de boa qualidade e de má qualidade (igual um receptor de rádio). Daí outro dia peguei para buscar na net sobre a modulação dessa conexão e percebi um padrão.

Enquanto eu lia sobre os UFOs que desligavam aparelhos nucleares nos EUA topei com a notícia do instituto NIDs nos EUA que comprou um rancho famoso por fenômenos paranormais. De acordo com o que os pesquisadores diziam eles realmente puderam presenciar muitos fenômenos inexplicáveis no local, mas toda vez que se preparavam para registrar com equipamentos e aparelhos científicos havia uma interferência que desativava ou impedia a análise. Eles começaram a suspeitar de que alguma inteligência externa pré-cognitiva podia estar por trás do evento (semelhante ao que tem havido com os UFOs).

O estado de Utah, aonde fica o rancho, curiosamente testa uma das partes mais importantes dos ônibus espaciais (que são os motores).

Os sonhos abrem uma natureza diferente, com dimensões diferentes e ficam ligados ao poder dessa(s) inteligência(s).

Oi, Lastchild.
tudo bom?

No caso da mediunidade eu disse que vivo os dois tipos, como ela é entendida no espiritismo (mais para a telecinesia) e como é entendida na umbanda e que o tipo da umbanda é mais perigoso, vai "puxando" tudo para mim. Ambos os tipos de entendimento e desenvolvimento são faces da mesma moeda, o dom é o mesmo.

Acho que todo médium (e paranormal) vive entre dois mundos como você citou:

Puxa, isso que você falou é muito interessante da área de visão espiritual, e é também intensa para o corpo físico porque se vive entre 2 mundos conscientemente, assumidamente. Penso que a visão funcione na dependência da sua missão.

É uma vivência intensa e tem época que você tem que ter cuidado com seu equilíbrio, ser muito centrado para não pirar. Mas eu não estou nesse pique. Tem épocas que sim. Tem médium que vê tudo ao mesmo tempo como a Carmen Balhesteros. Deve ser complicado. Eu vejo detalhes, não o conjunto. Estou me referindo a ver elementais, espíritos do bem, espíritos do mal, tudo ao mesmo tempo, no mesmo espaço, fora o que pode ver também nas pessoas os símbolos que ela carrega (normalmente na testa e cabeça) que são meio chocantes
porque você vê sob a pele, o cérebro, o terceiro olho, os chacras, a aura, os símbolos que inserimos em todas as vidas, tudo...eu como estou dizendo, por sorte, vejo por partes, quando vejo.
Estou longe de ser assim, vejo uma parte aqui, outra ali e imagino o que é ver tudo junto, faço um quadro mental.

"Segundo os livros de Kardec a conexão mediúnica pode se acomodar em algum ponto entre de boa qualidade e de má qualidade (igual um receptor de rádio). Daí outro dia peguei para buscar na net sobre a modulação dessa conexão e percebi um padrão."

A conexão com o mundo espiritual se dá de acordo com o conhecimento e estudo do médium. Se o médium se aprimorou nos estudos e tem uma compreensão elevada das coisas terá um tipo de comunicação de alta qualidade porque o espírito comunicante será de alta elevação moral e espiritual, com conhecimentos muito acima da média. O espírito só pode usar os elementos que o médium possui em seu cérebro e mente. Por exemplo, a linguagem: o espírito usa a linguagem do médium e se ele tiver uma linguagem pobre a comunicação perde muito do seu conteúdo correto.

Um médium ignorante terá comunicação de baixa frequência vibratória por pura incompatibilidade por mais que ele seja uma pessoa boa. Espíritos elevados tem uma frequência vibratória elevada e não conseguem se aproximar da vibração do médium. A vibração tem que se encontrar no meio do caminho: o espírito abaixa a vibração dele e o médium eleva a dele.

Agora essa conexão como um receptor de rádio tive uma vez: é como se um rádio falasse dentro do seu cérebro. Foi um alerta para mim, como se ligasse o rádio dentro do cérebro. São nossas antenas espirituais. Mas no espiritismo, os médiuns são por intuição, falam por intuição. Na Umbanda não. Eles encostam em um espaço na aura e tomam conta do corpo etérico do médium comandando seus movimentos. Aí a mediunidade é de incorporação, diferente do espiritismo. Normalmente você ouve uma voz que vem de fora para dentro, como uma onda e não como um rádio.

"Enquanto eu lia sobre os UFOs que desligavam aparelhos nucleares nos EUA topei com a notícia do instituto NIDs nos EUA que comprou um rancho famoso por fenômenos paranormais. De acordo com o que os pesquisadores diziam eles realmente puderam presenciar muitos fenômenos inexplicáveis no local, mas toda vez que se preparavam para registrar com equipamentos e aparelhos científicos havia uma interferência que desativava ou impedia a análise. Eles começaram a suspeitar de que alguma inteligência externa pré-cognitiva podia estar por trás do evento (semelhante ao que tem havido com os UFOs)."

Aqui no Brasil também aconteceu o mesmo, no litoral sul de São Paulo onde tem uma entrada para os mundos subterrâneos: quando iam medir o terreno com o teodolito aparecia uma figura de um homem alto vestido de branco no teodolito assustando as pessoas. Olha, também pode ser uma região com uma energia especial e essa energia pode ser do bem mas pode também ser do mal.
Em Sorocaba há anos constroem um submarino nuclear numa região cheia de problemas que é o Morro de Ipanema onde por perto até o chupa cabras aparece. Porque construir um submarino nuclear tão longe do mar? Eu conhecia (frequentavam a minha casa) dois engenheiros desse submarino. Perdemos o contato porque me separei do meu marido e mudei de cidade.
Vou procurar o texto e colar aqui. É uma região onde se avistam muitos ufos.

Por ser médium de transporte, meus sonhos tendem a ser muito reais e a acontecer aqui na terceira dimensão.


abraço,

fadinha

volto a escrever sobre os outros ítens.

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Dom 2 Jun 2013 - 18:51

Ainda não achei o texto ao qual me refiro mas, este da revista UFO é muito interessante:

O ufólogo e integrante do GEUBS Cláudio Beltrame Monteiro também investigou um caso interessante, desta vez na localidade de Itariri e envolvendo o avistamento de estranhos seres. Em uma noite chuvosa no final de dezembro de 1989, quando o jovem Sérgio Nunes [Nome fictício] voltava da casa de sua namorada e ouviu um barulho incomum. Olhou para trás para ver de onde provinha o som e viu uma criatura brilhante como se fosse feita de energia. Paralisado, Nunes apenas teve a reação de proteger seus olhos com as mãos, pois a luz emanada pela entidade era muito forte e ofuscava a visão. A testemunha relatou que enquanto tentava observá-la melhor, começou a receber dela mensagens telepáticas — entre as quais uma que dava conta de que existiria uma base extraterrena na Serra da Juréia, além de outras mensagens de cunho filosófico que não conseguiu compreender.

Momentos depois, segundo Nunes, o ser se transformou em uma bola de luz e desapareceu rumo ao céu. Em seguida a testemunha recuperou seus movimentos e foi para casa, muito impressionado e bastante abalado. Naquela noite ele não conseguiu dormir, e na manhã seguinte percebeu que seu rosto estava queimado como se tivesse sido exposto durante muito tempo aos raios solares. O ufólogo do GEUBS foi ao local do avistamento alguns anos depois acompanhado da testemunha e percebeu que ela ainda se encontrava bastante comovida com a lembrança da estranha experiência que viveu.

Nesta mesma reportagem, uma porção de relatos como esse, inclusive com bolas de luz.

http://misteriosdovaledoribeira.blogspot.com.br/2012/04/rica-incidencia-do-litoral-de-sao-paulo.html

Esse outro texto está excelente e fala do Portal da Serpente:

http://www.ufo.com.br/artigos/peruibe-misterios-de-uma-cidade-encravada-na-serra-do-mar

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Seg 3 Jun 2013 - 16:05

Agora sim, o texto prometido.
É do site da Hipátia:

PERUÍBE


Na Cidade de Peruíbe, litoral sul do Estado de São Paulo/Brasil – de acordo com a escritora e contatada Maya Eckman, a quem tive a honra de muito conhecer e conviver, existe na Serra de Itatins, em Peruíbe, um “portal” de entrada aos mundos intraterrenos, pelo visto uma passagem para Agharta, já que a mesma teve vários contatos ali, inclusive com o Comandante Asthar Sheran, das Frotas Interestelares. Neste ponto, vou contar um caso “sui generis” acontecido na Serra de Peruíbe, justamente no local em que se iniciou a construção de uma Usina Nuclear. Consta que tanto o governo brasileiro, como os responsáveis de tal obra, foram “avisados” por “Seres de Luz” de que não poderiam edificar essa usina naquele local, mas tal “sugestão” não foi atendida por nenhum deles. Maquinários pesados foram ali colocados, com fins de darem início às referidas obras. Aí, começaram a acontecer situações hilárias, que faziam com que os operários ficassem apavorados e abandonassem seus postos. Uma dessas situações, era o aparecimento constante de uma imensa ave branca, com cerca de 3 a 4 metros de envergadura, vindo em vôos razantes sobre os operários, afugentando-os todos! Interessante que aqui em Alto Paraíso também existe uma ave semelhante (eu mesma já a vi por três vezes), a qual fica como guardiã de uma determinada caverna num local chamado Vale Azul. Bem, continuando sobre Peruíbe, o fato que acabou encerrando tais atividades foi o seguinte:- toda vez que um topógrafo ia iniciar as medições do terreno, ele via pelo visor do aparelho topográfico, um ser muito alto, bem loiro, cabelos pelos ombros, usando um tipo de macacão prata (descrição de Asthar Sheran), bem à sua frente, fazendo um gesto com uma das mãos, como se o mandasse “parar”. E quando o profissional tirava os olhos do visor, já não via mais nada à sua frente. Voltava a olhar pelo visor, e lá estava ele – o “Ser”! E o que mais ainda impressionava estes topógrafos (pois foram muitos que por ali passaram, dada a grande e direta desistência do serviço), é que quando você olha por esse aparelho, você enxerga tudo de cabeça para baixo. No entanto, o “tal Ser” mostrava-se em pé, posição natural de um ser humano parar. Sem explicações para esses fenômenos, além de não conseguirem realizar tais medições, o abandono e desistência do posto virou rotina, impossibilitando, além de outras ocorrências, a construção da Usina Nuclear de Peruíbe/SP! Evidente que essa construção seria impedida, já que estava programada para ser justamente próxima ao “Portal” intraterreno! Saí da Baixada Santista há 15 anos e até a época em que lá morava, ainda existiam muitos maquinários expostos ao relento, portanto se estragando, bem como sendo cobertos pela vegetação do local. Hoje, não posso afirmar se ainda continuam ali, mas provavelmente sim...

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Ter 11 Jun 2013 - 12:57

Olá Lastchild.

A respeito de aves gigantes (que só podem estar em outra dimensão e não são vistas facilmente com nossos olhos que não costumam ver no astral) Rosane Amantéa descreve também uma que ela costuma ver. O site da Rosane Amantéa é um pouco carregado: A voz do raio rubi.

um abraço,

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Ter 11 Jun 2013 - 13:49

Lastchil escreveu:

Com certeza, durante o sono funciona MUITO mesmo. Eu procuro pedir a Deus quando preciso de ajuda durante o sono. Eu tenho percebido cada vez mais que sobreviver durante o sono depende até certo ponto da saúde física e mental, a partir daquele ponto o domínio passa a ser espiritual e a missão pessoal depende de pedidos ou conversas com Deus que é a resposta imediata. Normalmente, quando eu preciso, eu peço ajuda por meio de uma oração curta durante o sono. O efeito e ajuda dão alívio tão grande e completo que eu penso que deveria usar com freqüência bem maior. É interessante notar que enquanto estamos em estado de altos pensamentos igual o pedido a Deus, uma inteligência benéfica decida agir. Pelo visto a presença divina está de olho aqui embaixo.

É difícil descrever para pessoas que ainda não experimentaram a real necessidade de ajuda mas no livro do Osho ele diz que na Índia as pessoas usavam a expressão "dor insuportável" apenas quando perdiam a consciência diante do sofrimento por meio de desmaio ou coma. E em ocasiões que beiram esse limiar a presença divina ouve a pessoa.

Ah...você pede a ajuda de Deus! então, atitude muito correta. Pois quando estamos acordados ou dormindo nas horas após as 22h., se precisarmos rezar, devemos oferecer a oração para Deus porque a oração possui um poder, uma energia que os seres do mal recolhem se não for dirigida a Deus ou ao Anjo da Guarda. Não sei se é Deus que nos atende, mas que há uma resposta, isso há.

A resposta será dada imediatamente dependendo do seu modo de fazer a oração, com entrega total.
Eu já passei por essa dor insuportável que o Osho descreve, mas era uma dor moral que se traduzia por uma dor real no corpo todo de tanta tensão...e aí me lembrei de pedir para Deus aliviar a dor. Foi como se eu tivesse tomado um calmante ou um relaxante que veio da cabeça para os pés e eu, que estava chorando, parei de chorar e espantada falei: acabou! como?... mas não estava dormindo, não foi sonho.


O que nos leva a pensar sobre como essas dimensões se apresentam diante da alma. Igual você falou (lembrar de que sempre podemos mais, de que podemos ir mais além). Algumas vezes me ajuda quando, em um sonho perigoso, procuro transformar a mente e os olhos em ferramentas aguçadas e penetrar a ilusão. Com freqüência as camadas de fora para dentro no sonho costumam ser Aparência < Ferocidade < Humanidade. Se eu puder atravessar as duas primeiras camadas de ilusão então terei um pode maior sobre o sonho, e aí dá para voar, teletransportar, acordar

A alma não tem limites físicos. Aprendi que devemos enfrentar o astral no sonho. Se há algo ameaçador, enfrente. Mas aprender é uma coisa e fazer é outra coisa. É um treino.
Temos que nos lembrarmos sempre que no sonho não temos limites físicos. Por ex.: uma vez sonhei que olhava uma determinada coisa e não estava enxergando direito e imediatamente eu disse que no sonho eu não tenho limites e voltei a enxergar bem.
Também é super certa essa sua atitude de procurar saber o que há por trás de tamanha ferocidade. Normalmente é uma pessoa que gosta de se fazer de fortona para cima de você.

Agora, me dá até pena das pessoas que dizem que foram para o astral e enfrentaram isso e aquilo e estão aqui 100% bem. Isso não existe. Se for para ir para o astral que seja com uma equipe de protetores fortes que vão principalmente nos proteger. Nossa energia, por ser mais pesada alcança onde a energia desses protetores não alcança por ser muito mais leve...eles precisam da nossa energia para fazer determinados trabalhos contra os seres do mal que são muitíssimos espertos, desenvolvem técnicas muito eficientes para nos controlar e tem diploma de livre docência em fazer maldade. Principalmente nos localizam aqui encarnados e vem com tudo para cima de nós. Portanto só com protetores muito bons que trabalhem aqui também. É um "passeio" horripilante, sem condições da pessoa ficar bem. Essa doação de energia nos deixa completamente fracos na hora em que se processa.

Também certa vez (não estava dormindo) encontrei uma passagem e fui por um túnel que se abriu diante do meu 3o olho para umas vidas passadas minhas...tive que fazer terapia e nem adiantou. Demorou muito tempo para me recuperar. Eu chorava todos os dias só de me lembrar do que tinha visto. Saí dessa situação quando contei para uma pessoa que me chamou atenção para o fato que (durante o acontecimento) quando apelei para a Luz ela respondeu quase imediatamente me mostrando algumas vidas de Luz que tive.

Portanto, sair em corpo astral, só com a ajuda de alguém muito poderoso. Um amparador extrafísico. Procure ler os textos do Wagner Borges, ele explica bastante sobre essa questão. Coloque no google o nome dele...entre no IPP, acho que é assim que se escreve. Você vai gostar.

Um abraço,
fadinha

boas viagens!

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Seg 21 Out 2013 - 15:32

Muito bom esse artigo do site: Somos Todos Um:

Como saber se está sonhando ou projetado no astral

:: WebMaster ::



A diferença básica entre um sonho e uma projeção astral está no modo em que atuamos em ambos.

Geralmente o sonhador tem pouca ou nenhuma autonomia sobre os fatos que ocorrem, sendo que deste modo costumam aparecer situações extremamente bizarras que são vivenciadas pelo receptor com normalidade, pois todo aquele que sonha, está numa situação passiva em que é acometido por imagens oníricas.

O motivo deste fato acontecer é devido a alguns aspectos. Em primeiro lugar ocorre quando a pessoa em questão vive situações emocionais conflitantes de difícil "digestão", e então, numa tentativa de se reorganizar internamente, projeta as suas emoções nas diversas modalidades de sonhos, sendo que a mente as recria em imagens simbólicas devido à dificuldade de se enfrentar os fatos em si. (Imagens estas que são recriadas no plano astral, pois mesmo em um sonho, estas transcendem o lugar da mente).

Uma situação traumática não vivenciada em sua plenitude, poderá ser retomada através de sonhos que aparecerão com diversas facetas diferentes, mas sempre com o mesmo conteúdo energético a ser trabalhado.

Uma determinada situação - quando não estiver muito clara à pessoa - poderá ser reorganizada através de diferentes caras, fantasias e desejos.

O mesmo pode acontecer nas situações obscuras onde existem fatos que as pessoas não tem nem a coragem de contar para si próprias, e estes podem se modelar de tal modo a aparecer assustadoramente para a vítima do sonho.

Em resumo, aquele que sonha, na verdade está sendo sonhado e é a 'vítima' do mesmo, pois durante o seu sonho não costuma ter senso crítico algum, portanto não sabe do seu poder de ação para transmutar a realidade que se apresenta.

E é também deste modo que os sonhadores 'recebem' as suas vidas, nesta postura passiva onde os fatos chegam até eles inusitadamente e eles - como vítimas dos mesmos - buscarão como poder lidar com as situações já apresentadas.

Estes seres ainda não sabem o quanto podem criar as suas próprias realidades.

Numa projeção astral, diferentemente de um sonho, o projetor sempre está à frente com o seu poder de ação, percebe as situações com senso crítico e mais - ao mesmo tempo - capta toda a realidade por onde transita... isto é, tem a visão multimodal, percebe simultaneamente o todo, o clima e o que sente, questiona-se com frequência sobre os seus sentimentos, nota o que o outro sente, o chão em que pisa (se estiver numa 'fisicalidade' com chão).

Toda a percepção passa a ser simultânea.

Mesmo que a princípio, o projetor possa não ter a clareza de estar fora do corpo, assim que volta e ativa a sua pára-memória, tem a certeza absoluta que vivenciou uma projeção astral e não um sonho, sendo que esse é só o começo da aventura.

O quanto mais se avança em canais de lucidez, mais se transita por diversos padrões de realidades fora do corpo percebendo que se está lá.

Por intermédio das projeções astrais lúcidas, podem-se ampliar os inúmeros canais conhecidos como paranormais aqui nesse plano e a pessoa entende de outra maneira o que são os sonhos premonitórios e outras tantas manifestações expontâneas, pois acessa todo seu poder de ação e captação com consciência.


http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=00950

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  estel em Qua 23 Out 2013 - 8:45

Texto muito bom, irmãzinha.

As vezes a gente tem uns sonhos que nem sabe mais se sonhou ou se foi verdade.

Na maioria dos meus sonhos, os que eu lembro, eu interajo sempre.

Foi muito boa a explicação.


Abraços,
Estel.


estel

Mensagens : 280
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Qui 24 Out 2013 - 11:53

É mesmo, Estel.

Outro dia tive um sonho.
Estava em um ambiente aberto. Olhei para as nuvens e vi que elas eram transparentes e dentro delas tinha uma cidade completa com ruas, árvores, prédios, pessoas. A cidade também era transparente. Pensei no sonho: deve ser uma miragem como no deserto. Em seguida, pensei melhor porque no deserto a miragem não é vista nas nuvens e sim em um ponto adiante do deserto, no lugar oposto onde o oásis ocorre. Olhei ao meu redor para ver se não era reflexo do chão.
Aí eu disse: é uma cidade etérica.
Tanto raciocínio no sonho me leva a crer não ter sido um simples sonho.
Pode ter sido um sonho com uma cidade como as do "Nosso Lar".
Pode ser que reflita uma cidade da 5a dimensão.
Pode ser que meu sistema de crenças e espiritualidade esteja para evoluir um pouco (muito) mais.
Fiquei com a última opção.
A mudança veio 4 dias depois do sonho.
Um abraço,

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  estel em Qui 24 Out 2013 - 13:15

Nossa, que sincronidade.

Esses dias sonhei também que estava num lugar muito bonito, um jardim ou campo, tinha um lago enorme com um sol lindo refletindo nas águas, sei que era de manhã, não pergunte porque, eu sabia.

Estava observando pessoas sendo retiradas de ambulancias e colocadas em macas e levadas para prédios enormes, e lembro que tinha alguém comigo, mas eu não estava doente, só estava lá observando. E lembro que falei para a pessoa do meu lado "agradece que os teus problemas são só financeiros".

A criatura me olhou como se eu estivesse louca, foi muito engraçado mesmo.

Depois não lembro mais nada.

As coisas que a gente sonha! ^__^


Abraços,
Estel.

estel

Mensagens : 280
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mudanças na Igreja Católica

Mensagem  Clever em Seg 20 Jan 2014 - 22:07

De sábado para domingo sonhei, ou tive uma visão, de que a Igreja Católica estava retirando o Pai Nosso das missas. Diziam que era porque ali pedia coisas materiais, como o pão nosso de cada dia etc..
Quando acordei, lembrei-me de algumas profecias que dizem que serão realizadas muitas mudanças na Igreja Católica antes do fim. Dizem até que será abolida a eucaristia e que isso será o ponto final da Igreja Católica Romana.
Será que já ocorrerão essas mudanças?

Clever

Mensagens : 40
Data de inscrição : 24/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  farpa em Qua 22 Jan 2014 - 11:05

Não sei se posso colaborar. Sonhos são ilimitados, cada um é único. São tantas as variáveis, que é impossível tentar achar algum padrão. Se faz sentido, é apenas para quem o vivenciou. A maior parte da mensagem que ele carrega fica no inconciente. Quando surge a oportunidade que se encaixa como necessidade, este remanescente acorda e se ativa, dando-nos a intuição necessária, uma espécie de suporte espiritual ativo. Se eu ficar elatando tudo que sonho, não vou fazer outra coisa. Se tentar interpretar tudo vou enlouquecer. Tem mistura de espaços temporais, para trás, e para frente. Tem receios, bloqueios, medos, tem revelações e incentivos, tem interferências de perseguições momentâneas ou não, tem locais específicos, tem dimensões diferentes, tem participantes únicos, outros mais constantes. Tudo influencia o momento, época, necessidades físicas do dia a dia, necessidades financeiras, materiais, morais e espirituais. Uma salada e tanto! Nosso arquétipos, crenças e valores próprios trazem imagens que só mesmo o próprio tem condição de ler as entrelinhas, se tiver sorte e ajuda espiritual ( podemo pedir). Meus conhecimentos racionais limitam, os emocionais influenciam, e os conhecimentos intuitivos, prévios desta encarnação ( armazenados no corpo espiritual, emocional, mental, etc...) ajudam a leitura dos sonhos. Não devem ser desprezados, são instrumentos cada vez mais importantes na medida que caminhamos para a liberdade espiritual. Porta da intuição! Estrada dos profetas, inspiração dos escritores, academia dos pintores, reino dos artistas, músicos, escritores e compositores! Viagem e libertação provisória! Alimenta, mas também pode ser cansativo em trabalho e combates! O sonho lúcido, uma espécie de desdobramento conciente com memória total e razão ativa e posse da memória física é muito raro! Acho que temos problemas de banda larga, upload e download de informações - corpo físico e corpo espiritual. A cada passo evolutivo isto melhora até o domínio completo, se é que existe isto neste plano de encarnação que vivenciamo hoje neste estágio evolutivo ( Terra ainda migrando do segundo estágio para o terceiro) Um pouco de tudo! Bons Sonhos!
avatar
farpa

Mensagens : 3
Data de inscrição : 04/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sonhos e premonições

Mensagem  Clever em Qui 23 Jan 2014 - 23:27

Eu desconfio dos meus sonhos porque minha intuição funciona bem acordado e não dormindo.
Já tive alguns sonhos interessantes, mas a realização deles nem sempre ocorre.
Certa vez, pensei em mudar de casa e sonhei à noite, acho que foi muito mais uma desdobramento, com um prédio de apartamentos, onde uma mulher me recebia na portaria. NO sonho eu sabia que morava ali.
Passados uns 5 dias, uma vizinha falou-me de uns apartamentos no bairro próximo. Eu fui ver e quando lá cheguei no prédio, quem me recebeu foi a síndica, que era a mesma pessoa que eu vira no sonho. E realmente eu me mudei pra aquele prédio.
Mas também sonhei com um cheque de 300 mil na mão que até hoje não recebi. E faz tempo...
Então, fico na dúvida se o que sonhei era sonho ou desdobramento...

Clever

Mensagens : 40
Data de inscrição : 24/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Seg 27 Jan 2014 - 11:12

Olá Clever.

Eu penso que a Igreja Católica tem que mudar para sobreviver. Porém o Pai Nosso é uma oração muito mais antiga que o catolicismo, não é exclusividade da Igreja Católica.
As frases do Pai Nosso vistas do ponto esotérico tem um significado muito profundo. Do ponto de vista exotérico pode ser considerado materialista. Mas, desde a primeira frase, o significado é bastante profundo mostrando que nessa oração as pessoas sabem quem é Deus, a Presença Eu Sou. Ela é atemporal.
Os sonhos dificilmente são claros. A linguagem deles é simbólica. Interpretar o que aquele determinado simbolismo significa para nós é a questão. Tem gente que sonha que está dançando com alguém e sempre essa é a pessoa que morre. Outras sonham com uma borboleta (símbolo da transformação) que pousa em alguém e essa pessoa morre. Conheci uma pessoa que se sonhasse que ganhava um bouquet de flores de alguém essa pessoa se afastava dela...
Símbolos...
O que significa ganhar uma boa grana para você?
Um desejo satisfeito?
Um prêmio?
Um presente?
Verifique se não ganhou algo tão valioso como um cheque de 300 mil para você.

Um abraço,

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Seg 27 Jan 2014 - 12:42

Complementando, Clever, tive muito menos sorte que você pois o meu sonho se concretizou. Sonhei (há uns 3, 4 anos mais ou menos, que na porta do meu apartamento novo eu via uma tetrachave e eu disse: nossa, quem pôs isso na minha porta? não mandei ....realmente quando vim visitar o meu ap, novo naquela época, tinha uma tetrachave na porta que a arquiteta que eu tinha contratado mandou por.
Mas o sonho não parava aí. Eu continuava olhando a porta da frente do apartamento e via uma bolsa de mulher dependurada em um prego, totalmente vazia.
Pois foi assim mesmo que aconteceu.
Resta a minha fé.

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  lastchild em Qui 6 Fev 2014 - 11:43

"sim, li muito sobre isso.
Tenho a experiência mas nunca vi essas tais linhas que as pessoas falam. Tenho um tipo de mediunidade que me foi falado desde a primeira vez que fui no espiritismo e também na umbanda, que é a de transporte. No espiritismo eles trabalham com uma faceta desse tipo de mediunidade e na umbanda com outra.
Chego a essa conclusão porque conheço os dois lados, ou seja, tenho os dois lados e eu sou uma só, então devo reconhecer que a capacidade é muito ampla e pouco compreendida.
Difícil, meu amigo. Por onde passo vou puxando tudo para mim. Então me esmero em medidas de proteção. Mas nem pense que tenho medo. Às vezes em sonhos fico um pouco apavorada mas me contenho e lembro que eu posso mais."


Puxa, isso que você falou é muito interessante da área de visão espiritual, e é também intensa para o corpo físico porque se vive entre 2 mundos conscientemente, assumidamente. Penso que a visão funcione na dependência da sua missão. O que regula isso me interessa bastante. Sabe que ocorreu de outro dia eu ir ler sobre o assunto a respeito de alguns relatos em que as pessoas de alguma maneira entram repentinamente em um tipo de estado ativado, na "ponta da cadeira", como se uma corrente elétrica estivesse atravessando o corpo. As igrejas cristãs também relatam esses casos em que a normalidade se dobra e uma faixa do além atravessa para cá.

Segundo os livros de Kardec a conexão mediúnica pode se acomodar em algum ponto entre de boa qualidade e de má qualidade (igual um receptor de rádio). Daí outro dia peguei para buscar na net sobre a modulação dessa conexão e percebi um padrão.

Enquanto eu lia sobre os UFOs que desligavam aparelhos nucleares nos EUA topei com a notícia do instituto NIDs nos EUA que comprou um rancho famoso por fenômenos paranormais. De acordo com o que os pesquisadores diziam eles realmente puderam presenciar muitos fenômenos inexplicáveis no local, mas toda vez que se preparavam para registrar com equipamentos e aparelhos científicos havia uma interferência que desativava ou impedia a análise. Eles começaram a suspeitar de que alguma inteligência externa pré-cognitiva podia estar por trás do evento (semelhante ao que tem havido com os UFOs).

O estado de Utah, aonde fica o rancho, curiosamente testa uma das partes mais importantes dos ônibus espaciais (que são os motores).

Os sonhos abrem uma natureza diferente, com dimensões diferentes e ficam ligados ao poder dessa(s) inteligência(s).

Oi, Lastchild.
tudo bom?

No caso da mediunidade eu disse que vivo os dois tipos, como ela é entendida no espiritismo (mais para a telecinesia) e como é entendida na umbanda e que o tipo da umbanda é mais perigoso, vai "puxando" tudo para mim. Ambos os tipos de entendimento e desenvolvimento são faces da mesma moeda, o dom é o mesmo.

Acho que todo médium (e paranormal) vive entre dois mundos como você citou:

Puxa, isso que você falou é muito interessante da área de visão espiritual, e é também intensa para o corpo físico porque se vive entre 2 mundos conscientemente, assumidamente. Penso que a visão funcione na dependência da sua missão.

É uma vivência intensa e tem época que você tem que ter cuidado com seu equilíbrio, ser muito centrado para não pirar. Mas eu não estou nesse pique. Tem épocas que sim. Tem médium que vê tudo ao mesmo tempo como a Carmen Balhesteros. Deve ser complicado. Eu vejo detalhes, não o conjunto. Estou me referindo a ver elementais, espíritos do bem, espíritos do mal, tudo ao mesmo tempo, no mesmo espaço, fora o que pode ver também nas pessoas os símbolos que ela carrega (normalmente na testa e cabeça) que são meio chocantes
porque você vê sob a pele, o cérebro, o terceiro olho, os chacras, a aura, os símbolos que inserimos em todas as vidas, tudo...eu como estou dizendo, por sorte, vejo por partes, quando vejo.
Estou longe de ser assim, vejo uma parte aqui, outra ali e imagino o que é ver tudo junto, faço um quadro mental.

"Segundo os livros de Kardec a conexão mediúnica pode se acomodar em algum ponto entre de boa qualidade e de má qualidade (igual um receptor de rádio). Daí outro dia peguei para buscar na net sobre a modulação dessa conexão e percebi um padrão."

A conexão com o mundo espiritual se dá de acordo com o conhecimento e estudo do médium. Se o médium se aprimorou nos estudos e tem uma compreensão elevada das coisas terá um tipo de comunicação de alta qualidade porque o espírito comunicante será de alta elevação moral e espiritual, com conhecimentos muito acima da média. O espírito só pode usar os elementos que o médium possui em seu cérebro e mente. Por exemplo, a linguagem: o espírito usa a linguagem do médium e se ele tiver uma linguagem pobre a comunicação perde muito do seu conteúdo correto.

Um médium ignorante terá comunicação de baixa frequência vibratória por pura incompatibilidade por mais que ele seja uma pessoa boa. Espíritos elevados tem uma frequência vibratória elevada e não conseguem se aproximar da vibração do médium. A vibração tem que se encontrar no meio do caminho: o espírito abaixa a vibração dele e o médium eleva a dele.

Agora essa conexão como um receptor de rádio tive uma vez: é como se um rádio falasse dentro do seu cérebro. Foi um alerta para mim, como se ligasse o rádio dentro do cérebro. São nossas antenas espirituais. Mas no espiritismo, os médiuns são por intuição, falam por intuição. Na Umbanda não. Eles encostam em um espaço na aura e tomam conta do corpo etérico do médium comandando seus movimentos. Aí a mediunidade é de incorporação, diferente do espiritismo. Normalmente você ouve uma voz que vem de fora para dentro, como uma onda e não como um rádio.

"Enquanto eu lia sobre os UFOs que desligavam aparelhos nucleares nos EUA topei com a notícia do instituto NIDs nos EUA que comprou um rancho famoso por fenômenos paranormais. De acordo com o que os pesquisadores diziam eles realmente puderam presenciar muitos fenômenos inexplicáveis no local, mas toda vez que se preparavam para registrar com equipamentos e aparelhos científicos havia uma interferência que desativava ou impedia a análise. Eles começaram a suspeitar de que alguma inteligência externa pré-cognitiva podia estar por trás do evento (semelhante ao que tem havido com os UFOs)."

Aqui no Brasil também aconteceu o mesmo, no litoral sul de São Paulo onde tem uma entrada para os mundos subterrâneos: quando iam medir o terreno com o teodolito aparecia uma figura de um homem alto vestido de branco no teodolito assustando as pessoas. Olha, também pode ser uma região com uma energia especial e essa energia pode ser do bem mas pode também ser do mal.
Em Sorocaba há anos constroem um submarino nuclear numa região cheia de problemas que é o Morro de Ipanema onde por perto até o chupa cabras aparece. Porque construir um submarino nuclear tão longe do mar? Eu conhecia (frequentavam a minha casa) dois engenheiros desse submarino. Perdemos o contato porque me separei do meu marido e mudei de cidade.
Vou procurar o texto e colar aqui. É uma região onde se avistam muitos ufos.

Por ser médium de transporte, meus sonhos tendem a ser muito reais e a acontecer aqui na terceira dimensão.


abraço,

fadinha

volto a escrever sobre os outros ítens.


fadinha

Puxa, fiquei interessado nessa parte do médium as vezes não conseguir enxergar o quadro geral ou as vezes se projetar em partes da cena que podem deixá-lo preso e desconfortável ou mesmo extenuado. Eu tinha ouvido falarem que antes de dormir a pessoa deve elevar o pensamento para enxergar sonhos com os olhos despertos do espírito de uma pessoa piedosa e amorosa (do primeiro e do segundo mandamentos bíblicos que falam de amor). E é interessante que durante o sono ou da recepção mediúnica a mente também entra em um ritmo diferenciado e receptivo a contato. De vez em quando a visão espiritual do sonho parece mal regulada e de repente é como se víssemos com raio x, esqueleto e órgãos através da pele... Teve uma vez que fiquei um pouco angustiado no sonho porque eu olhava para meu corpo translúcido e via várias esferas coloridas correndo nas veias e eu achei que podiam ser bolhas de ar que poderiam me matar, mas no fim nada de ruim aconteceu porque as esferas coloridas e a transparência eram apenas uma parte natural daquele corpo escolhido.

No começo de 2013 um pastor idoso veio aqui em casa e dormiu e relatou de manhã uma presença visitadora durante a noite contra qual teve de lutar. Eu também havia notado antes e nós dividimos as impressões que foram parecidas. Vários meses depois uma outra pessoa visitante estava dormindo na sala e de madrugada começou a falar durante o sono repetindo as palavras "telepatia, telepatia" (um vocabulário muito incomum para uma pessoa que está apenas falando de sonho). Então eu fui até lá e toquei na perna da pessoa e falei, "Fulano, acorde, você está sonhando". Na verdade disse quer era sonho para poder acalmar a pessoa, mas fiquei intrigado com uma palavra tão sofisticade sendo usada por uma pessoa que nem gostava de ler livros.
Essa parte do submarino também é um caso inexplicável. Eu li que na Indonésia o povo fala  de entidades territorialistas que tendem a querer ocupar construções humanas e elas poderiam assumir formas variadas dependendo daquilo que o humano espere ver.

Ainda não achei o texto ao qual me refiro mas, este da revista UFO é muito interessante:

O ufólogo e integrante do GEUBS Cláudio Beltrame Monteiro também investigou um caso interessante, desta vez na localidade de Itariri e envolvendo o avistamento de estranhos seres. Em uma noite chuvosa no final de dezembro de 1989, quando o jovem Sérgio Nunes [Nome fictício] voltava da casa de sua namorada e ouviu um barulho incomum. Olhou para trás para ver de onde provinha o som e viu uma criatura brilhante como se fosse feita de energia. Paralisado, Nunes apenas teve a reação de proteger seus olhos com as mãos, pois a luz emanada pela entidade era muito forte e ofuscava a visão. A testemunha relatou que enquanto tentava observá-la melhor, começou a receber dela mensagens telepáticas — entre as quais uma que dava conta de que existiria uma base extraterrena na Serra da Juréia, além de outras mensagens de cunho filosófico que não conseguiu compreender.

Momentos depois, segundo Nunes, o ser se transformou em uma bola de luz e desapareceu rumo ao céu. Em seguida a testemunha recuperou seus movimentos e foi para casa, muito impressionado e bastante abalado. Naquela noite ele não conseguiu dormir, e na manhã seguinte percebeu que seu rosto estava queimado como se tivesse sido exposto durante muito tempo aos raios solares. O ufólogo do GEUBS foi ao local do avistamento alguns anos depois acompanhado da testemunha e percebeu que ela ainda se encontrava bastante comovida com a lembrança da estranha experiência que viveu.

Nesta mesma reportagem, uma porção de relatos como esse, inclusive com bolas de luz.

http://misteriosdovaledoribeira.blogspot.com.br/2012/04/rica-incidencia-do-litoral-de-sao-paulo.html

Esse outro texto está excelente e fala do Portal da Serpente:

http://www.ufo.com.br/artigos/peruibe-misterios-de-uma-cidade-encravada-na-serra-do-mar

Segundo dizem, nos anos 60 e 70 houve vários casos com queimaduras de radiação na pele por luzes fortes vindas desse tipo de encontro na literatura ovni. É um grande mistério.

Agora sim, o texto prometido.
É do site da Hipátia:

PERUÍBE


Na Cidade de Peruíbe, litoral sul do Estado de São Paulo/Brasil – de acordo com a escritora e contatada Maya Eckman, a quem tive a honra de muito conhecer e conviver, existe na Serra de Itatins, em Peruíbe, um “portal” de entrada aos mundos intraterrenos, pelo visto uma passagem para Agharta, já que a mesma teve vários contatos ali, inclusive com o Comandante Asthar Sheran, das Frotas Interestelares. Neste ponto, vou contar um caso “sui generis” acontecido na Serra de Peruíbe, justamente no local em que se iniciou a construção de uma Usina Nuclear. Consta que tanto o governo brasileiro, como os responsáveis de tal obra, foram “avisados” por “Seres de Luz” de que não poderiam edificar essa usina naquele local, mas tal “sugestão” não foi atendida por nenhum deles. Maquinários pesados foram ali colocados, com fins de darem início às referidas obras. Aí, começaram a acontecer situações hilárias, que faziam com que os operários ficassem apavorados e abandonassem seus postos. Uma dessas situações, era o aparecimento constante de uma imensa ave branca, com cerca de 3 a 4 metros de envergadura, vindo em vôos razantes sobre os operários, afugentando-os todos! Interessante que aqui em Alto Paraíso também existe uma ave semelhante (eu mesma já a vi por três vezes), a qual fica como guardiã de uma determinada caverna num local chamado Vale Azul. Bem, continuando sobre Peruíbe, o fato que acabou encerrando tais atividades foi o seguinte:- toda vez que um topógrafo ia iniciar as medições do terreno, ele via pelo visor do aparelho topográfico, um ser muito alto, bem loiro, cabelos pelos ombros, usando um tipo de macacão prata (descrição de Asthar Sheran), bem à sua frente, fazendo um gesto com uma das mãos, como se o mandasse “parar”. E quando o profissional tirava os olhos do visor, já não via mais nada à sua frente. Voltava a olhar pelo visor, e lá estava ele – o “Ser”! E o que mais ainda impressionava estes topógrafos (pois foram muitos que por ali passaram, dada a grande e direta desistência do serviço), é que quando você olha por esse aparelho, você enxerga tudo de cabeça para baixo. No entanto, o “tal Ser” mostrava-se em pé, posição natural de um ser humano parar. Sem explicações para esses fenômenos, além de não conseguirem realizar tais medições, o abandono e desistência do posto virou rotina, impossibilitando, além de outras ocorrências, a construção da Usina Nuclear de Peruíbe/SP! Evidente que essa construção seria impedida, já que estava programada para ser justamente próxima ao “Portal” intraterreno! Saí da Baixada Santista há 15 anos e até a época em que lá morava, ainda existiam muitos maquinários expostos ao relento, portanto se estragando, bem como sendo cobertos pela vegetação do local. Hoje, não posso afirmar se ainda continuam ali, mas provavelmente sim...

Se houvesse a mínima hipótese de eu ainda duvidar desse assunto eu mesmo acabaria sempre me lembrando de eu mesmo ter visto e sentido presenças em diversas casas aonde morei, entre elas alguns seres loiros perambulando nos corredores e quartos (com cabelo longo claro, pelo menos). De vez em quando aparecem em um sonho, também na forma de energia azul, com aura e parecem se revezar nas aparições com os seres pequenos do tipo gray. Ando suspeitando que são seres desses dois grupos que estão a enviar sinais aqui para casa.

Uma médium me disse que podia enxergar o espírito guia que acompanhava minha mãe e ela dizia que minha mãe estava planejada para estar longe daqui em outra missão mas que dessa vez ela precisava finalizar uma última coisa específica do jeito certo para não precisar mais voltar a esse mundo (a aparência da guia lembrava a de uma mulher em roupa oriental exatamente igual a mulher que minha mãe viu em um sonho que ela teve com Jesus Cristo mas que nunca tinha contado a ninguém).

Daí eu penso nesses operários e fico imaginando se esses seres loiros devem ficar agitados ao verem pessoas em lugares que não deveriam estar. Será que quando nos atrasamos na evolução não perturbamos alguma agenda celeste?

lastchil escreveu:

Com certeza, durante o sono funciona MUITO mesmo. Eu procuro pedir a Deus quando preciso de ajuda durante o sono. Eu tenho percebido cada vez mais que sobreviver durante o sono depende até certo ponto da saúde física e mental, a partir daquele ponto o domínio passa a ser espiritual e a missão pessoal depende de pedidos ou conversas com Deus que é a resposta imediata. Normalmente, quando eu preciso, eu peço ajuda por meio de uma oração curta durante o sono. O efeito e ajuda dão alívio tão grande e completo que eu penso que deveria usar com freqüência bem maior. É interessante notar que enquanto estamos em estado de altos pensamentos igual o pedido a Deus, uma inteligência benéfica decida agir. Pelo visto a presença divina está de olho aqui embaixo.

É difícil descrever para pessoas que ainda não experimentaram a real necessidade de ajuda mas no livro do Osho ele diz que na Índia as pessoas usavam a expressão "dor insuportável" apenas quando perdiam a consciência diante do sofrimento por meio de desmaio ou coma. E em ocasiões que beiram esse limiar a presença divina ouve a pessoa.

Ah...você pede a ajuda de Deus! então, atitude muito correta. Pois quando estamos acordados ou dormindo nas horas após as 22h., se precisarmos rezar, devemos oferecer a oração para Deus porque a oração possui um poder, uma energia que os seres do mal recolhem se não for dirigida a Deus ou ao Anjo da Guarda. Não sei se é Deus que nos atende, mas que há uma resposta, isso há.

A resposta será dada imediatamente dependendo do seu modo de fazer a oração, com entrega total.
Eu já passei por essa dor insuportável que o Osho descreve, mas era uma dor moral que se traduzia por uma dor real no corpo todo de tanta tensão...e aí me lembrei de pedir para Deus aliviar a dor. Foi como se eu tivesse tomado um calmante ou um relaxante que veio da cabeça para os pés e eu, que estava chorando, parei de chorar e espantada falei: acabou! como?... mas não estava dormindo, não foi sonho.

O que nos leva a pensar sobre como essas dimensões se apresentam diante da alma. Igual você falou (lembrar de que sempre podemos mais, de que podemos ir mais além). Algumas vezes me ajuda quando, em um sonho perigoso, procuro transformar a mente e os olhos em ferramentas aguçadas e penetrar a ilusão. Com freqüência as camadas de fora para dentro no sonho costumam ser Aparência < Ferocidade < Humanidade. Se eu puder atravessar as duas primeiras camadas de ilusão então terei um pode maior sobre o sonho, e aí dá para voar, teletransportar, acordar

A alma não tem limites físicos. Aprendi que devemos enfrentar o astral no sonho. Se há algo ameaçador, enfrente. Mas aprender é uma coisa e fazer é outra coisa. É um treino.
Temos que nos lembrarmos sempre que no sonho não temos limites físicos. Por ex.: uma vez sonhei que olhava uma determinada coisa e não estava enxergando direito e imediatamente eu disse que no sonho eu não tenho limites e voltei a enxergar bem.
Também é super certa essa sua atitude de procurar saber o que há por trás de tamanha ferocidade. Normalmente é uma pessoa que gosta de se fazer de fortona para cima de você.

Agora, me dá até pena das pessoas que dizem que foram para o astral e enfrentaram isso e aquilo e estão aqui 100% bem. Isso não existe. Se for para ir para o astral que seja com uma equipe de protetores fortes que vão principalmente nos proteger. Nossa energia, por ser mais pesada alcança onde a energia desses protetores não alcança por ser muito mais leve...eles precisam da nossa energia para fazer determinados trabalhos contra os seres do mal que são muitíssimos espertos, desenvolvem técnicas muito eficientes para nos controlar e tem diploma de livre docência em fazer maldade. Principalmente nos localizam aqui encarnados e vem com tudo para cima de nós. Portanto só com protetores muito bons que trabalhem aqui também. É um "passeio" horripilante, sem condições da pessoa ficar bem. Essa doação de energia nos deixa completamente fracos na hora em que se processa.

Também certa vez (não estava dormindo) encontrei uma passagem e fui por um túnel que se abriu diante do meu 3o olho para umas vidas passadas minhas...tive que fazer terapia e nem adiantou. Demorou muito tempo para me recuperar. Eu chorava todos os dias só de me lembrar do que tinha visto. Saí dessa situação quando contei para uma pessoa que me chamou atenção para o fato que (durante o acontecimento) quando apelei para a Luz ela respondeu quase imediatamente me mostrando algumas vidas de Luz que tive.

Portanto, sair em corpo astral, só com a ajuda de alguém muito poderoso. Um amparador extrafísico. Procure ler os textos do Wagner Borges, ele explica bastante sobre essa questão. Coloque no google o nome dele...entre no IPP, acho que é assim que se escreve. Você vai gostar.

Um abraço,
fadinha

boas viagens!


fadinha

Eu e meus posts quilométricos (me desculpe pelo tamanho e demora nas respostas)... Eu fico muito feliz que você tenha me confirmado as mesmas impressões espirituais e técnicas (não estou sozinho com essas sensações). Eu já pensei um dia em sugerir regressão hipnótica em alguns parentes meus pra poder entender melhor algumas situações dessa vida atual. Mas pelo que já passei a pessoa deve ter um bom nível de maturidade espiritual para passar pelo processo

Me sinto esperando uma surpresa a cada vez que entro numa viagem astral. A conclusão que eu chego é que as vezes entramos sozinhos pra demonstrar nossa humanidade igual Jesus Cristo que enfrentou a ira de pessoas ignorantes sem usar os anjos diretamente. Alguns dizem que na projeção astral o anjo da guarda pode as vezes abrir espaço para que a pessoa passe por um teste e se afasta um pouquinho (teste da alma). Então se for muito difícil eu faço a oração durante o sonho hehe

Gostei muito do texto sobre projeção. Umas coisas ali eu ainda não havia parado para pensar com relação a condução da projeção astral. Preciso aprender a fazer isso melhor.

Aqui vão 4 sonhos que tive recentemente:

Sonho 01: Eu estava em uma ilha prestes a enfrentar um maremoto quando vejo um bote com um idoso e uma criança. Eles me convidam para entrar e nós saímos navegando pelo céu em direção ao sol poente. Nós conversamos sobre Jesus Cristo e o idoso começa a dizer que a água pode separar as projeções mentais do mundo dos espíritos. Então ele me deixa em uma espécie de palácio com um jardim ensolarado e pacífico aonde vou conversar com um homem e uma mulher que parecem ser os chefes do lugar.

Sonho 02: Eu visito a casa de uma amiga e vamos até uma varanda do tamanho de uma grande sala. E o piso é feito de cubos de grandes cristas de ametista cortados. Ao olhar no fundo do piso dá para ver lá longe várias camadas de cristais coloridos azuis, verdes, roxos e marrons. Sobre o piso há uma mesa circular com vários cristais dessas mesmas cores e nós ficamos brincando com eles.

Sonho 03: Estou numa rua movimentada e paro numa calçada diante de uma mesa com três mulheres sentadas. Elas começam a colocar vários objetos misteriosos em cima de uma mesa de veludo e elas olham pra mim e falam "Então você é o número 66". Uma delas pega um baralho de tarô e coloca uma única carta virada para baixo na mesa na minha direção. Então eu pergunto "Que preço eu vou pagar se eu virar esta carta?" E o sonho termina antes de virar a carta.

Sonho 04: Estou desenhando com lápis em uma folha de papel. Em um certo momento a tinta do lápis deixa de sair e mesmo colocando força a ponta não escreve. Então escolho outra folha e o lápis não volta funcionar. Na terceira folha em branco uma imagem aparece magicamente como que feita por computador imprimindo linha por linha a imagem de um alienígena. Eu pego a imagem e devolvo ao bolo.

lastchild

Mensagens : 74
Data de inscrição : 03/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Sab 1 Mar 2014 - 11:02

.Oi, Lastchild, tudo bom?

Acho que os sonhos são informações sobre nós mesmos que não devemos ignorar.
Você disse:
Puxa, fiquei interessado nessa parte do médium as vezes não conseguir enxergar o quadro geral ou as vezes se projetar em partes da cena que podem deixá-lo preso e desconfortável ou mesmo extenuado. Eu tinha ouvido falarem que antes de dormir a pessoa deve elevar o pensamento para enxergar sonhos com os olhos despertos do espírito de uma pessoa piedosa e amorosa (do primeiro e do segundo mandamentos bíblicos que falam de amor). E é interessante que durante o sono ou da recepção mediúnica a mente também entra em um ritmo diferenciado e receptivo a contato. De vez em quando a visão espiritual do sonho parece mal regulada e de repente é como se víssemos com raio x, esqueleto e órgãos através da pele... Teve uma vez que fiquei um pouco angustiado no sonho porque eu olhava para meu corpo translúcido e via várias esferas coloridas correndo nas veias e eu achei que podiam ser bolhas de ar que poderiam me matar, mas no fim nada de ruim aconteceu porque as esferas coloridas e a transparência eram apenas uma parte natural daquele corpo escolhido.


Não sei se acontece com todo mundo, mas a minha vidência nem sempre me mostra o quadro todo. Mostra um detalhe...uma parte do quadro. Estando acordada, parecem flashes.
Eu já tive a sensação de ficar presa em um determinado lugar onde estava, porém também estava completamente acordada. Eu não sabia como sair de lá, estava em uma outra dimensão, tão real quanto a nossa e estava vendo cenas que assisti em minhas vidas passadas. Como eu não sabia sair, fiz um pedido meio desesperado pela LUZ, que eu só queria ver a luz e não o que estava vendo...a cena foi escurecendo de tal forma que ficou totalmente escura e aí depois de um tempo, a luz veio para me mostrar o que tinha sido luz nas minhas vidas anteriores.
Eu também tinha isso de ver através da pele, certa vez vi meu terceiro olho lá no meio do cérebro, coisa horrível, pedi para afastar e fui atendida, mas estava completamente acordada, escovando os dentes na frente do espelho.
Acho completamente plausível que você visse durante o sono o seu corpo sendo percorrido por esferas translúcidas e coloridas. Temos muitas energias em nosso corpo que não vemos normalmente, só acidentalmente. Nós somos feitos de luz, a matéria é algo que vemos com os nossos olhos físicos mas na verdade ela é cheia de espaços, não tem, dependendo do observador, essa consistência toda, mas, para o observador. Para nós tem e assim é quando damos uma topada em uma pedra, sentimos isso também.

No começo de 2013 um pastor idoso veio aqui em casa e dormiu e relatou de manhã uma presença visitadora durante a noite contra qual teve de lutar. Eu também havia notado antes e nós dividimos as impressões que foram parecidas. Vários meses depois uma outra pessoa visitante estava dormindo na sala e de madrugada começou a falar durante o sono repetindo as palavras "telepatia, telepatia" (um vocabulário muito incomum para uma pessoa que está apenas falando de sonho). Então eu fui até lá e toquei na perna da pessoa e falei, "Fulano, acorde, você está sonhando". Na verdade disse quer era sonho para poder acalmar a pessoa, mas fiquei intrigado com uma palavra tão sofisticade sendo usada por uma pessoa que nem gostava de ler livros.
Essa parte do submarino também é um caso inexplicável. Eu li que na Indonésia o povo fala de entidades territorialistas que tendem a querer ocupar construções humanas e elas poderiam assumir formas variadas dependendo daquilo que o humano espere ver.


Essas presenças são constantes em nossos lares. Alguns entram, olham e vão embora, outros procuram ficar. Nem todos são malignos, mas todos estão fora do lugar de onde deviam estar.
Então, o que fazer?
Eu rezo, pai nosso, ave-maria, pai nosso...procuro me conectar com Deus. Depois pego aquele incenso de limpeza em forma de triângulo (aqueles de varinha não adiantam nada) e vou por todos os cantos da casa janelas e portas, dos fundos para a porta da frente da casa, fazendo a cruz com o incenso aceso que eu seguro por uma ponta e rezo sem pensar em nada mais, o pai nosso e a ave-maria. Ao terminar com uma cruz na porta de entrada, acendo uma vela e peço ao meu anjo da guarda e aos espíritos amigos do centro (cito os nomes) para me ajudarem e levarem esse ser que está perdido lá para o congá do centro (um altar) e encaminhá-lo para seu devido lugar. Se você frequenta o espiritismo pode ser a mesa de reunião, se for outra religião, o altar.
Este tipo de incenso é insuportável para os espíritos que fogem dali. É claro que tem outros que aparecem.
Agora não tenho a menor idéia se abalam os ets.
Um abraço,
vou continuar depois.

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  estel em Dom 23 Mar 2014 - 17:44

Perdão pelo sumiço, pessoal!

Mudanças em minha vida me deixaram meio fora de eixo.

Esses dias no trabalho passei por louca, jurava que estava conversando com minha colega porque pelo canto dos olhos vi uma pessoa de branco sentada na poltrona dela. Nossos uniformes são brancos. Depois percebi que as outras pessoas ao redor me olhavam e riam. Não tinha ninguém ali comigo.

Muito estranho.

estel

Mensagens : 280
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Seg 31 Mar 2014 - 22:49

31.03.2014

Eu também ando muito ocupada, meio sumida, minha vida espiritual exigindo muito de mim. Mas estamos aqui para trabalhar pela nossa evolução e quando servimos ao próximo somos nós quem mais recebemos. Abençoada espiritualidade que nos dá essa missão.
Estel, sua vidência está se abrindo mais...
Um abraço,

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Dom 6 Abr 2014 - 20:24

Só o autoconhecimento nos dá as ferramentas para evoluirmos. Quando sonhamos podemos acessar áreas do nosso cérebro que muito raramente conseguimos alcançar: nosso subconsciente.


fadinha

Sonhos, uma versão de muitas realidades

:: Silvia Malamud ::

Vou ousar transcender a nossa "caixa preta" de informações do inconsciente indo para um universo além, ainda que nosso. Deliberadamente, atravessarei valiosos conceitos reconhecidos por estudiosos que explicam as mais variadas funções dos sonhos.

No período em que sonhamos, nossos ambientes emocionais mais profundos têm espaço para serem redimensionados e reprocessados. Imagens oníricas e simbólicas costumam dançar na trama onde o cérebro tenta se autossuperar em relação a algo vivenciado muitas vezes de modo traumático.

Ainda durante os sonhos, a mecânica do cérebro abre espaço para que a consciência atravesse os mais diversos portais a fim de que possa se aventurar em suas buscas de desenvolvimento.

Toda construção de sonhos, portanto, funciona como um sistema de aprendizado onde ao mesmo tempo em que participamos como produtores, também somos os atores. As nossas realidades, quando acordados, também existem da mesma forma. Quando ousamos ir além dos dogmas aprendidos acerca dos sonhos, da realidade e dos conceitos sobre finitude, facilmente saímos desta "estação" , como se a mesma fosse um dial de rádio e imediatamente nos abrimos para outras infinitas possibilidades de aprendizados que estão aí para todos.

Saber que absolutamente todos os sonhos tem um proposito maior, pode abrir espaço para que você possa olha-los de modo bem diferente do usual. Essa nova postura, além de facilitar outros entendimentos sobre as imagens e mensagens oníricas, promovem mudanças em todas as áreas da vida. Grandes transformações terão espaço na medida em nos habilitarmos a atravessar as realidades coletivas camufladas que são constantemente inventadas através de dogmas e crenças infundadas. Na sequencia deste tipo de desbravamento, um espaço inimaginável de conhecimento se abre e você verá muitas coisas de modo bem diferente do aprendido.

Nossa mente é a local, a física quântica preconiza isso há tempos. Quanto mais ciente de nós mesmos, mais entendemos que os nossos sonhos e pensamentos têm alcance muito maior do usual.
A ideia é focar no que se deseja saber antes de dormir e conceber que o cérebro fará o serviço trazendo informações valiosas sobre tudo o que necessitar. As respostas chegarão juntamente com as lembranças ocorridas durante os sonhos, como inspiração ao longo do dia, através de sentimentos e de novas e inusitadas atitudes. Basta ter consciência e foco no que se deseja alcançar. Nosso sistemas são altamente potentes e totalmente fieis a nós mesmos. Ampliar a consciência para saber transitar do outro lado, confere a todo aquele que ousar conhecimentos incomungáveis.

Outro modo de atravessar estes portais de transformação pessoal é pela via do reprocessamento cerebral, a terapia que ajuda o paciente a "misturar" hemisférios cerebrais facilitando sobremaneira o acesso direto ao cérebro profundo e às outras instâncias abordadas ao longo deste artigo. Nessa terapia, o cérebro funciona como se a pessoa estivesse reprocessando a cena de um sonho, embora qualquer assunto perturbador possa ser reprocessado. O diferencial, porém, é que o eu encontra-se literalmente acordado e lúcido durante todo o tempo em que se trabalha as suas questões, ainda que o cérebro esteja na sua função de sonhar, ou seja, de reprocessar. Neste percurso terapêutico é que acontecem as transformações e as mudanças contextuais.

No reprocessamento, a pessoa transita entre o estado de frequência BETA, ou seja, o estado de vigília em que estão associados os cinco sentidos físicos: tato, paladar, olfato, visão e audição, ccff[color=#6666ff]]entre o estado ALFA, que é o nível da criação, quando acontece relaxamento e devaneios e talvez também por um estado similar ao TETA, que exige um relaxamento profundo e que é quando se dorme profundamente e quando ocorrem os sonhos.

Site: Somos todos UM

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  estel em Sex 18 Abr 2014 - 15:45

Obrigada pela explicação irmãzinha.

Época estranha essa. As vezes me sinto anjo, as vezes uma bruxa.

Situações que me fazem colocar a prova.

Sei que faz parte da caminhada, estou usando a terapia "maluco beleza" do Raulzito.





estel

Mensagens : 280
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  lastchild em Seg 19 Maio 2014 - 16:34

Obrigado por esclarecer fadinha. Parece ser bem essa a sensação que eu tive. Eu estive lendo que isso está relacionado a saber controlar os dons da mente, do corpo e do espírito e vi um vídeo de um chinês que usava a energia do corpo para curar e ele dizia que o primeiro passo era conseguir identificar as forças de Yin e Yang dentro do corpo, para depois acumulá-las em pontos específicos e só depois liberar de forma terapêutica.

Pelo que entendi, talvez seja possível fazer um treinamento específico para harmonizar os dons tanto no estado de vigília quanto no estado de alma desembaraçada (durante o sono).

Aqui alguns vídeos interessantes sobre energia do corpo (só tem em inglês).

http://www.youtube.com/watch?v=tZM3t9JpGjw

Esse aqui também é interessante:

5th Dimension - Mind over Matter (Telekinesis)
http://www.youtube.com/watch?v=4jgMzcRxxEE

Nina Kulagina
http://www.youtube.com/watch?v=L61RptUUEqU

Desejo que você tenha sucesso na luta espiritual Estel,

Abraço,

lastchild

Mensagens : 74
Data de inscrição : 03/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  estel em Ter 20 Maio 2014 - 19:03

Olha eu aqui de novo!

Obrigada pela força, pessoal.

O que não dá é para desistir, como diz o tio da música "não podemos se entregar pros home de jeito nenhum".


Até a próxima, irmãozinhos de caminhada.

estel

Mensagens : 280
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  lastchild em Ter 5 Ago 2014 - 0:13

Aqui uns relatos.

Mês passado tive umas viagens astrais estranhas. Na primeira delas acordo no meio da noite dentro do quarto na cama, mas percebo que quem acordou é na verdade apenas a alma (o corpo está imóvel). A seguir eu viro a cabeça e ouço um som que é o que me despertou que foi um grupo de índios que resolveu pernoitar dentro do meu quarto. Eles estão agrupados em um canto deitados e há uma mulher morena de cabelos longos de pé com dois dedos nos lábios, olhos fechados, como em posição de silêncio ou oração, entoando algum tipo de vibração com a voz.

Enquanto ela entoa o canto a nota única tipo algo como "Ummmmmmmhhhhh" é como se o apartamento inteiro vibrasse com um tom ensurdecedor. Não tenho certeza se era índia, talvez fosse asiática.

Na outra viagem são duas moças asiáticas em um templo. Uma delas está com os braços abaixados e olhos fechados concentrada enquanto a aura dela cresce em volta dela. A seguir a segunda moça estende as palmas da mão para a aura da outra e então com a união da ressonância das duas elas começam a enviar um tipo de mensagem para uma outra pessoa distante.

Curioso que alguns médiuns falam da presença constante de espíritos de índios interferindo nas mensagens aqui no Brasil... o_O

lastchild

Mensagens : 74
Data de inscrição : 03/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  fadinha em Qui 14 Ago 2014 - 13:13

Oi, Lastchild...

é engraçado mesmo, tem muito índio no astral do Brasil. Outro dia o médium que eu cambono estava comentando comigo esse assunto. Ele também fica impressionado com isso, são muitos. Ele até recebe um índio que foi cacique. Eu tb gosto de índios.
Que viagem interessante essa: ver como uma mensagem é emitida pela união da energia das duas moças.
Eu acho que acontece assim mesmo.
Um abraço,

fadinha

fadinha

Mensagens : 793
Data de inscrição : 03/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTERPRETAMOS SONHOS

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 10 de 12 Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11, 12  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum