MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Página 2 de 17 Anterior  1, 2, 3 ... 9 ... 17  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Sex 4 Nov 2011 - 15:47

Conflito à vista no Oriente Médio
Querem armar o circo no Oriente Médio... e não só...




Autoridades britânicas já estariam trabalhando em um plano para ajudar as forças dos EUA em um ataque preventivo contra instalações militares iranianas. Washington está se movendo em direção a uma política de intervenção com medo de que Teerã esteja desenvolvendo um programa de armas nucleares (onde é que eu já vi isto?) - algo que o Irã sempre negou. O analista político Chris Bambery acredita que é a perspectiva de ruína econômica que está motivando a velha elite em ação...



(em inglês)

O jornal britânico The Telegraph escreve: "O Irá está à beira de conseguir a bomba. É tempo do presidente Obama agir. O presidente norte-americano falhou ao tentar deter os "aiatolas" de conseguir armas nucleares"
(fonte)

(c) RESTRIÇÃO DE CONTATO. - Nenhuma pessoa empregada pelo Governo dos Estados Unidos pode entrar em contato de forma oficial ou não oficial com quaisquer individuos que:
1)sejam agentes, filiados ou servidores do Governo Iraniano
2) apresentam uma ameaça para os Estados Unidos ou são afiliados com organizações terroristas.

(...)

O que isso significa?

Isso significa que nem o presidente, o secretário de Estado nem qualquer diplomata dos EUA ou emissário pode se envolver em negociações diplomáticas com o Irã. Em nenhum momento da história dos EUA, a Casa Branca ou do Departamento de Estado foi impedido de lidar com os representantes de um Estado estrangeiro, mesmo em tempo de guerra.

(fonte)

O Irã diz-se unido e "pronto para a guerra" com Israel.
O Ministro das Relações Exteriores iraniano Ali Akbar Salehi disse na quinta-feira que Teerã está "pronto para a guerra" em resposta aos relatórios que indicam que Israel está planejando um ataque militar contra o seu país.

"Temos ouvido as ameaças de Israel durante oito anos. Nossa nação é uma nação unida ... essas ameaças não são novas para nós ", disse Salehi Hürriyet Turquia Daily.

(fonte)

O Irã queixa-se às Nações Unidas acusando os EUA de ações terroristas que incluiram o assassinato de cientistas que trabalhavam no programa nuclear. Afirmam estar de posse de documentos que provam essas ações.
(fonte)

Observações CF: parece que querem forçar uma guerra a qualquer custo. Lindsey Williams já tinha alertado sobre este conflito. Alois Irlmaier tem uma profecia assustadora sobre uma guerra que envolverá o mundo e terá início no Oriente Médio. Esperemos que tudo isto seja apenas fogo de vista neste ping pong de palavras.

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Sex 4 Nov 2011 - 15:56

Hezbollah alerta que pode ir a guerra contra Israel, sem o apoio de Síria e Irã

O líder do Hezbollah o libanês Hassan Nasrallah,( na foto o primeiro da direita para a esquerda,no meio Bashar al Assad e o último a esquerda é Ahmadnejad ) enquanto inspecionando suas unidades de combate nas últimas duas semanas, tem informado os seus comandantes em versões atualizadas dos planos operacionais para disparar 10.000 foguetes sobre Tel Aviv e outras partes de Israel se a força aérea e bases de mobilização de reserva para um ataque surpresa, dizem fontes militares do relatório DEBKAfile.
"O inimigo sionista não pode resistir a um ataque nessa escala", ele disse-lhes. "Ele não consegue localizar as nossas bases secretas de lançamento ou pôr fim a uma ofensiva dos mísseis que é certo para determinar o resultado da guerra."
Ele assegurou que as tropas do Hezbollah é capaz de lutar contra Israel sem a ajuda do Irã ou da Síria.
Em resposta a perguntas, Nasrallah disse que a milícia deve estar preparada para lutar contra Israel, sem assistência militar externa. "Não sabemos em que situação a nossa guerra pode encontrar apoio do Irã. Sabemos que Bashar Assad tem lutado contra uma rebelião durante os últimos 10 meses e não está em condições para vir em nosso auxílio", disse ele.
Para elevar o moral, Nasrallah relatou a chegada de armas avançadas, incluindo anti-tanque e mísseis anti-ar da Líbia. Fontes do relatório DEBKAfile informam que foram entregues para o Líbano por mar e ar ataravés de cargueiros da capital líbia, Tripoli.

A missão de comprasdo Hezbollah em Trípoli e Benghazi comprou as armas de unidades militares que compõem a decisão do Conselho Nacional de Transição da Líbia como um governo interino. Agentes iranianos e egípcios da Irmandade Muçulmana estavam para pagar a mercadoria no local.No discurso aos seus homens, o líder do Hezbollah também apontou até um plano de dois anos de idade para usar o ataque de foguetes projetados maciços como cobertura para cinco brigadas de comandos a surgir no norte de Israel e aproveitar setores designados da Galiléia até a periferia de Carmiel . Ele assegurou que as tropas do Hezbollah, mesmo que as unidades das Forças de Defesa de Israel invadam o Líbano, eles serão capazes de levar a guerra através da fronteira em terreno inimigo.O plano mestre de Nasrallah apareceu pela primeira vez exclusivamente inDEBKA-Net-Weekly na questão 430 de 22 de janeiro de 2010, juntamente com o mapa anexo ao presente artigo.
Em todas as suas reuniões com unidades de combate, o chefe do Hezbollah faz questão de avisá-los para tomar cuidado com espiões americanos e israelenses, que constantemente tentam penetrar suas posições. Até agora, eles não têm sido capazes de localizar as bases secretas de lançamento de foguetes.
O comentário DEBKAfile de fontes que, enquanto líderes políticos de Israel e discutem ainda os porquês de uma ataque em potencial contra as instalações nucleares do Irã sobre a força da informação em grande parte fictícia e deliberadamente disseminada para fazer um contra ponto, Israel enfrenta uma ameaça real e iminente de um conflito transfronteiriço incendiar-se com Hezbollah,Hamas e a Síria.
O presidente sírio, Bashar al Assad deixou claro numa entrevista à imprensa britânica domingo, 30 de outubro, que, se ele está de costas para a parede como um resultado da intervenção estrangeira na revolta popular contra ele, ele vai "queimar todo o Oriente Médio". Três semanas atrás, em 04 de outubro, o governante sírio alertou que, se ele enfrentar a intervenção estrangeira, ele precisaria de "não mais de seis horas para transferir centenas de foguetes e mísseis para as Colinas de Golã para bombardear Tel Aviv."
Em 03 de novembro, Birgul Ayman Guler, chefe da oposição turca no Partido Popular Republicano, comentou depois de uma visita a Damasco: "O Ocidente tem escrito um enredo sobre a democracia e liberdade,mas essa trama não é nada ... mas o enredo para uma invasão.. "Nossas fontes notam que o partido Ayman é contra a política do primeiro-ministro Tayyip Erdogan de apoiar a oposição síria contra Assad. Ele ampliou esse apoio, hospedando postos de comando rebeldes e instalações de treinamento em solo turco e fornecendo-lhes armas. O primeiro-ministro turco é visto como agitando a política de intervenção não apenas de seu governo, mas da OTAN, da qual seu país é um membro pleno.

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Seg 7 Nov 2011 - 13:05

Especulações sobre um possível ataque de Israel ao Irã provocaram uma onda de duras críticas e alertas no país contra a eventual medida.

O assunto tem tido grande destaque na mídia local, em particular depois de uma reportagem no jornal israelense Yediot Ahronot, assinada porum dos mais respeitados jornalistas do país, ter dito que o premiê, Binyamin Netanyahu, e o ministro da Defesa, Ehud Barak, têm um plano para atacar as instalações nucleares do Irã.

Vários políticos, analistas e militares se manifestaram contrários ao plano. Segundo a imprensa, todos os chefes das forças de segurança do país, entre eles o chefe do Estado Maior, general Benny Gantz, e o chefe do Mossad, Tamir Pardo, também são contra um ataque ao Irã.

O ministro do Interior, Eli Ishai, que se opõe ao plano, disse que ‘não consegue dormir’ por causa da possibilidade de Israel atacar o Irã. A declaração de Ishai foi vista como um sinal de que o plano existe, pois o ministro faz parte do gabinete de segurança do governo.

O ex-ministro da Defesa Binyamin Ben Eliezer disse à radio estatal de Israel que um ataque ao Irã “não seria menos perigoso do que a própria ameaça iraniana” e rejeitou veementemente qualquer plano nesse sentido

Em entrevista à radio estatal de Israel, Eliezer condenou o plano e disse que espera que a “razão vigore”.

Tzipi Livni, líder do partido de oposição Kadima, disse em uma reunião do Parlamento nesta semana que “Netanyahu deve ouvir os conselhos dos chefes das forças de segurança (contra o ataque)”.

Sem apoio
Analistas dizem que o plano poderia der executado “depois de Shalit e antes do inverno”, em referência ao alto nível de aceitação popular de Netanyahu após a libertação do soldado israelense Gilad Shalit e ao fato de que o Exército prefere não realizar operações militares durante o período das chuvas do inverno, entre dezembro e fevereiro.

Netanyahu e Barak não confirmaram nem descartaram a decisão, mas seus últimos pronunciamentos deixaram margem para interpretações que geram preocupação em Israel.

Em uma declaração na terça-feira, Ehud Barak afirmou que Israel “é o país mais forte do Oriente Médio, desde Tripoli até Teerã, e pode vir a enfrentar situações em que terá que defender seus interesses sem o apoio de forças regionais ou de outras forças”.

Segundo Ben Eliezer, um ataque de Israel ao Irã sem a concordância dos Estados Unidos e em uma situação de isolamento diplomático, seria “altamente perigoso” para Israel.

O governo americano enviou vários emissários a Israel para deixar claro que se opõe a um plano de ataque ao Irã.

De acordo com Netanyahu, o programa nuclear iraniano representa uma ameaça “pesada e direta” contra Israel.

O premiê israelense também já afirmou em diversas ocasiões que o significado de uma bomba atômica em poder do Irã seria de um ‘segundo Holocausto’.

Sanções
De acordo com analistas militares, um bombardeio da Força Aérea israelense às instalações nucleares do Irã não poderá destruir o projeto nuclear do país, pois os alvos são numerosos e estão dispersos por todo o território iraniano, alguns deles enterrados profundamente em locais subterrâneos.

Eles afirmam ainda que se Israel bombardear o Irã, milhares de civis israelenses poderão morrer em consequência de um contra-ataque de mísseis iranianos, que seriam disparados principalmente contra a cidade de Tel Aviv.

Um ataque ao Irã, segundo as análises, também teria um amplo impacto em todo o Oriente Médio e afetaria a economia mundial.

O ministério das Relações Exteriores de Israel iniciou uma campanha exortando a comunidade internacional a endurecer as sanções ao Irã.

De acordo com o ministério, “as chances de frear o programa nuclear iraniano apenas com medidas diplomáticas estão se reduzindo”.

Israel sugere a proibição de qualquer transação com o Banco Central do Irã, o boicote ao petróleo bruto do país e sanções contra suas empresas aéreas e marítimas.

No dia 8 de novembro, a Agência Internacional de Energia Atômica deverá publicar um relatório com novas informações sobre o programa nuclear iraniano.

FONTE-G1


Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Luiz em Seg 7 Nov 2011 - 13:26

fala ZERO!

É O QUE EU VENHO DIZENDO.

NEM PENSAR, SE UMA GUERRA ACONTECER O DOMÍNIO DE SUPERFÍCIE PLANETÁRIA EXERCIDO POR ELES ACABARIA, ELES NÃO QUEREM ISSO DE JEITO NENHUM, ELES ADORAM COMANDAR TUDO, ELES ADORAM SUAS PISCINAS, SUAS CASAS MARAVILHOSAS, AS PRAIS ESPECIAS QUE ELES FREQUENTAM, AS FESTAS PARTICULARES, PODER, DINHEIRO, COMANDO, ISSO TUDO TERIA QUE SER DRASTICAMENTE REDUZIDO CASO ELES TIVESSEM QUE SE ENFURNAR EM UM BUNKER. ESTÁ TUDO SOBRE CONTROLE. REFORÇANDO, REPASSO ABAIXO REPORTAGEM DE O-GLOBO DE HOJE, DE ANALISTAS INTERNACIONAIS:

Israel sabe há anos que um ataque ao Irã seria muito mais difícil do que o realizado contra o Iraque. O Irã é maior, mais distante e, talvez por ter aprendido as lições do Iraque, construiu numerosas instalações fortificadas. Remover isso iria requerer uma campanha sustentada na força aérea israelense, acostumada a ataques precisos por meio do uso de tecnologia avançada.Além disso, o Irã tem guerrilhas aliadas no Líbano e na Faixa de Gaza, contra as quais Israel travou guerras custosas em 2006 e 2009.
Num momento em que o governo Netanyahu enfrenta crescente isolamento - o impasse com os palestinos se aprofunda, suas alianças com Turquia e Egito se enfraquecem -Israel admite que está relutante em seguir adiante contra o Irã. ( GRIFEI)



Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2011/11/07/apesar-de-ameacas-militares-israel-mantem-posicao-comedida-diante-do-ira-925747240.asp#ixzz1d27XvP53
© 1996 - 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

Luiz

Mensagens : 2838
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Luiz em Seg 7 Nov 2011 - 14:11

ZERO EU DENOVO.

LÁ NO FÓRUM DO NOMINATO, QUANDO EU DIZIA AS COISAS QUE DIGO AQUI, TIPO, O QUE ACABEI DE POSTAR, O KIMOSABE ME RESPONDIA COM FOTO ABAIXO, LEMBRA? SAUDADES ( espero que abra 11.11.)


Luiz

Mensagens : 2838
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Seg 7 Nov 2011 - 14:15

E como lembro Luiz,


Fiquei quase um ano em espera,


VAmos ver se 11/11/11 poderemos voltar a nossa casa

Quanto as coisas no Oriente, esta udo conforme deveria estar, uma calma confusa

forte abraço

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Seg 7 Nov 2011 - 16:03

Exercícios, Simulações e Avisos de Emergência nos dias 9 e 10 de novembro - NASA, FEMA, UNESCO, NOAA


UNESCO - PACWAVE11
Um exercício de cenário multi-que permitirá aos países PTWS para o exercício usando um cenário destrutivo tsunami local ou regional. O exercício será realizado em 09-10 novembro



NOAA SEGURANÇA INTERNA
Informações de emergência para funcionários NOAA
NOAA Verifique Funcionário em Serviço. Se você for direcionado ou forçados a evacuar o local atual para um local alternativo, entre em contato conosco o mais rapidamente possível para aconselhar-nos que você está seguro e com um meio de contato com você. Este número gratuito também pode ser usado pelos funcionários, suas famílias, fornecedores e amigos para informar o paradeiro de um outro empregado NOAA ou contratante.
Você e sua família preparado?




NASA
A NASA Família / Programa de Preparação pessoal é projetado para fornecer a consciência, recursos e ferramentas para a Família NASA (funcionários públicos e contratados) para se preparar para uma situação de emergência. Os ativos mais importantes da conclusão com êxito da missão da NASA são nossos funcionários e suas famílias. Estamos tomando as medidas para preparar nossa força de trabalho, mas é sua obrigação pessoal para se preparar e suas famílias para situações de emergência




FEMA
Em coordenação com a Comissão Federal de Comunicações (FCC) e a National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA), A FEMA vai realizar o primeiro Sistema de Alerta de âmbito nacional de Emergência (EAS) Teste em 9 de novembro.







EAS irá testar a arquitetura subjacente que suporta também estaduais e locais de alerta alertando a todos os níveis de governo.
O EAS oferece a capacidade de enviar mensagens regional ou nacional, embora nunca tenha sido ativada nesses níveis. Mas uma grande catástrofe como um terremoto ou tsunami pode exigir a utilização do EAS numa base regional ou nacional para enviar informação ao público e salvar vidas. É previsto que o teste dure aproximadamente 30 segundos.





Fontes de pesquisa:
http://neo.jpl.nasa.gov/news/news171.html
http://lunarmeteoritehunters.blogspot.com/2011/11/neo-asteroid-2005-yu55-close-approach.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Grande_Selo_dos_Estados_Unidos
http://br.reuters.com/article/worldNews/idBRSPE7A30QD20111104
http://2012umnovodespertar.blogspot.com/2011/11/escalada-ira-x-eua-israel-inglaterra.html
http://g1.globo.com/videos/globo-news/jornal-globo-news/v/relatorio-da-aiea-mostra-evidencias-sobre-atividades-ligadas-a-armas-nucleares-no-ira/1685363/#/Todos os vídeos/20111104/page/2
http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2011/11/04/onu-tem-novas-informacoes-sobre-armas-nucleares-no-ira-dizem-diplomatas-925739875.asp#ixzz1cr2t31Ef

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Ter 8 Nov 2011 - 8:09

Rumores de Guerra: Rússia alerta Ocidente contra ação militar no Irã

07.11.2011 - A Rússia e o Irã alertaram na segunda-feira o Ocidente a não empreender uma ação militar contra a República Islâmica, dizendo que um ataque contra o programa nuclear iraniano resultaria em vítimas civis e criaria novas ameaças à segurança global.

As declarações feitas separadamente pelos chanceleres Sergei Lavrov e Ali Akbar Salehi coincidem com especulações sobre um possível ataque israelense a instalações nucleares iranianas, às vésperas da divulgação de um novo relatório da ONU a respeito de possíveis aspectos militares do programa atômico do país.

Questionado numa entrevista coletiva em Moscou, Lavrov disse que um ataque israelense "seria um erro seríssimo, repleto de imprevisíveis consequências".

Em São Petersburgo, Salehi disse que o Irã "condena qualquer ameaça de ataque militar contra Estados independentes". Salehi foi à Rússia para uma reunião da Organização da Cooperação de Xangai, grupo regional dominado por Moscou e Pequim, e onde Teerã tem status de observador.

Também a Alemanha se manifestou contra a hipótese de uma ação militar contra o Irã. Para o ministro alemão de Relações Exteriores, Guido Westerwelle, isso poderia dar mais força política à República Islâmica, ao invés de debilitá-la.

"Alerto contra aventar a ideia de opções militares", disse Westerwelle ao jornal Hamburger Abendblatt. "Esses são debates (...) que fortalecem a liderança iraniana, ao invés de enfraquecê-la."

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA, um órgão da ONU) deve divulgar nesta semana um relatório que possivelmente acusará Teerã de tentar desenvolver a tecnologia necessária para a produção de armas nucleares.

A Rússia e a China já aceitaram, de forma relutante, quatro rodadas de sanções da ONU contra o programa nuclear iraniano, mas deixam claro que dificilmente admitiriam novas medidas.

Moscou propõe uma abordagem gradual para a suspensão das sanções, em troca de o Irã esclarecer as preocupações sobre seu programa atômico, que o país diz ser exclusivamente pacífico.

"Não há solução militar para o problema nuclear iraniano, como não há solução militar para nenhum outro problema no mundo moderno", disse Lavrov.

"Isso se confirma para nós a cada dia, quando vemos como os problemas dos conflitos em torno do Irã estão sendo resolvidos - seja no Iraque ou no Afeganistão, ou o que está acontecendo em outros países da região. A intervenção militar só leva a muitas vezes mais mortes e sofrimento humano."

Refletindo as preocupações na região, uma fonte do governo do Kuweit disse que esse país árabe não permitirá que seu território seja usado para o lançamento de ataques contra qualquer nação dos arredores. Em 2003, o Kuweit serviu de base para a invasão norte-americana no Iraque.

Horas depois das declarações de Lavrov, Salehi disse que "a experiência pregressa mostra que ações militares propositais e unilaterais por parte de certos países têm levado a instabilidade, ao assassinato de inocentes e ao surgimento de novas ameaças ao mundo."

A imprensa israelense tem especulado que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu estaria buscando um consenso dentro do seu gabinete para atacar instalações nucleares do Irã.

Fonte: Terra noticias


Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Ter 8 Nov 2011 - 13:09

Irã rejeita por antecipação relatório da AIEA e desafia Washington
08 de novembro de 2011

Notícia

Reduzir Normal Aumentar Imprimir EREVAN, 8 Nov 2011 (AFP) -O chefe da diplomacia iraniana, Ali Akbar Salehi, rejeitou previamente nesta terça-feira todas as acusações sobre o programa nuclear militar de seu país antes mesmos da publicação do relatório da AIEA sobre sua capacidade nuclear, e afirmou que os ocidentais continuam sem "nenhuma prova séria".
O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad, citado pelo site da televisão pública iraniana, também se pronunciou a respeito da publicação desse relatório, que acontecerá entre esta terça e quarta-feira.

"Os Estados Unidos possuem 5.000 bombas atômicas e nos acusam imprudentemente de fabricar armas nucleares. Eles precisam entender que se cortarem a mão que estenderam para o mundo, ninguém mais precisará de bomba atômica", declarou o presidente, segundo o site.

Durante uma coletiva de imprensa em Erevan, Salehi foi questionado sobre o relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), e afirmou que "não existe nenhuma prova séria de que o Irã fabrica uma bomba nuclear".

De acordo com fontes diplomáticas ocidentais, o novo relatório da AIEA reafirma as suspeitas sobre as ambições militares do programa nuclear iraniano. Teerã sempre negou querer adquirir armas nucleares e garante que as pesquisas realizadas visam unicamente à produção de energia.

"O Ocidente e os Estados Unidos exercem uma pressão sobre o Irã sem argumentos sérios nem provas", disse Salehi.

"Nós sempre repetimos que não queremos fabricar armas nucleares. Nossa posição sempre foi de utilizar o programa nuclear para fins pacíficos", acrescentou.

Para o diplomata, "se a AIEA apresentar um relatório que não é objetivo, perderá credibilidade".

A AIEA deve criticar em seu relatório a "ausência de cooperação" do Irã e "o desrespeito as suas obrigações" como país membro, principalmente por continuar com o enriquecimento do urânio, que poderá levar o país à produção da arma atômica, afirmam fontes diplomáticas.

O chefe da diplomacia israelense, Avigdor Lieberman, citado pelo jornal Maariv, exigiu que a comunidade internacional aplique sanções internacionais "severas e incapacitantes".

Por sua vez, a China pediu nesta terça-feira a cooperação sincera do Irã com a AIEA, preconizando o "diálogo e a cooperação".

O presidente israelense, Shimon Peres, alertou no domingo que "a possibilidade de um ataque militar contra o Irã --inimigo declarado de Israel -- está mais próximo do que uma opção diplomática".

O presidente russo Dmitri Medvedev advertiu contra esta "retórica perigosa", embora reconheça que Teerã não cumpre com os seus compromissos.

"É preciso que as partes envolvidas permaneçam tranquilas. Precisamos evitar ameaças e comentários violentos", declarou. "Tudo isso pode levar a um conflito muito grande, o que seria uma catástrofe para o Oriente Médio".

Os iranianos disseram à Rússia que "estão prontos para cooperar, mas infelizmente não existe avanço neste sentido", acrescentou Medvedev.

O número dois do Conselho Nacional de Segurança iraniano, Ali Bagheri, é esperado nesta terça-feira em Moscou para uma reunião sobre o programa nuclear com o ministro russo das Relações Exteriores, Sergue¯ Lavrov, segundo comunicado do conselho.

Washington e seus aliados ocidentais não escondem a intenção de utilizar o relatório da AIEA para endurecer ainda mais as sanções individuais contra o Irã.


Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  ELISABETE em Ter 8 Nov 2011 - 16:19

QUE A PAZ DE DEUS JAVE ESTEJA COM TODOS.

DESOPILANDO:






ELISABETE

Mensagens : 102
Data de inscrição : 30/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  ELISABETE em Ter 8 Nov 2011 - 19:44

CONTINUANDO A DESOPILAR: KKKKKKK flower


Mãe, essa é pra você! Te amo!

Beijos, fifi! (A FOTO DO MEU AVATAR É DELA DA FIFI)



Os ensinamentos das MÃES DE ANTIGAMENTE, hoje, são condenados pelos educadores e psicólogos.
Mas funcionou com a gente e por isso não saímos sequestrando a namorada, calculando a morte dos pais, ajudando bandido a sequestrar a mãe,
não nos aproveitamos dos outros, não pegamos o que não é nosso, nem saímos por aí matando criancinhas e etc.

Minha mãe ensinou a VALORIZAR O SORRISO:
"Responde de novo e eu te arrebento os dentes!"

Minha mãe me ensinou a RETIDÃO:
"Eu te ajeito nem que seja na pancada!"

Minha mãe me ensinou a DAR VALOR AO TRABALHO DOS OUTROS:
"Se você e seu irmão querem se matar, vão pra fora. Acabei de limpar a casa!"


Minha mãe me ensinou LÓGICA, HIERARQUIA E OBEDIÊNCIA CEGA:
"Porque eu digo que é assim e ponto final! Quem é que manda aqui?"

Minha mãe me ensinou o que é MOTIVAÇÃO:
"Continua chorando que eu vou te dar uma razão verdadeira para você chorar à vontade!"

Minha mãe me ensinou o princípio da CONTRADIÇÃO:
"Feche a boca e coma!"

Minha mãe me ensinou sobre EXPECTATIVA:
"Espera só até seu pai chegar em casa!"

Minha mãe me ensinou sobre o dom da PACIÊNCIA:
"Calma! Quando eu chegar em casa você vai ver só uma coisa..."

Minha mãe me ensinou a ENFRENTAR OS DESAFIOS:
"Olhe para mim! E me responda quando eu te fizer uma pergunta!"

Minha mãe me ensinou sobre RACIOCÍNIO LÓGICO:
"Se você cair dessa árvore vai quebrar o pescoço e eu vou te cobrir de pancada!"

Minha mãe me ensinou sobre REINO ANIMAL e CADEIA ALIMENTAR:
"Se você não comer essas verduras, os bichos da sua barriga vão comer você!"

Minha mãe me ensinou sobre GENÉTICA e DNA:
"Você é igualzinho ao seu pai!"

Minha mãe me ensinou sobre minhas verdadeiras RAÍZES:
"Tá pensando que nasceu em família rica é?"

Minha mãe me ensinou sobre a SABEDORIA DA MATURIDADE:
"Quando você tiver a minha idade, você vai entender."

Minha Mãe me ensinou sobre a Lei da CAUSA E EFEITO:
"Um dia você terá seus filhos, e eu espero eles façam para você o mesmo que você faz para mim! Aí você vai ver o que é bom!"

Minha mãe me ensinou sobre RELIGIÃO E LIVRAMENTO:
"Melhor rezar para essa mancha sair do tapete!"

Minha mãe me ensinou o BEIJO DO ESQUIMÓ MALUCO:
"Se rabiscar de novo, eu esfrego seu nariz na parede!"

Minha mãe me ensinou a fazer CONTORCIONISMO:
"Olha só essa orelha! Que nojo!"

Minha mãe me ensinou DETERMINAÇÃO e PERSISTÊNCIA:
"Vai ficar aí sentado até comer toda comida!"

Minha mãe me ensinou habilidades como VENTRÍLOQUO:
"Não resmungue! Cala essa boca e me diga por que é que você fez isso?"

Minha mãe me ensinou a SER PRÁTICO e OBJETIVO:
"Eu te ajeito numa pancada só!"

Minha mãe me ensinou a OUVIR COM MODERAÇÃO:
"Se você não abaixar o volume, eu vou aí e quebro esse rádio!"

Minha mãe me ensinou a TER GOSTO PELOS ESTUDOS:
"Se eu for aí e você não tiver terminado essa lição, você já sabe..."

Minha mãe me ajudou na COORDENAÇÃO MOTORA:
"Junta agora todos esses brinquedos, pega um por um!"

Minha mãe me ensinou os NÚMEROS...
"Vou contar até dez. Se esse vaso não aparecer, você leva uma surra!"

OBRIGADÃO, MÃE !!!
EU NÃO VIREI BANDIDO!!!!!


ELISABETE

Mensagens : 102
Data de inscrição : 30/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Convidad em Ter 8 Nov 2011 - 21:02

ELISABETE escreveu:QUE A PAZ DE DEUS JAVE ESTEJA COM TODOS.

DESOPILANDO:






kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

caramba que legal...ufa!!! What a Face ....bom pra nois sô!!!! rsrsrs
querida Elisabete, obrigado por trazer alegria neste topico tão pesado

e eu devia ter ouvido mais minha mãe Crying or Very sad

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qua 9 Nov 2011 - 9:26

Rumores de Guerra: General do Irã ameaça destruir Israel em caso de ataque

09.11.2011 - O chefe de Estado-Maior adjunto das Forças Armadas iranianas, o general Masud Jazayeri, ameaçou destruir Israel se o Estado hebreu atacar as instalações nucleares do Irã.

"O centro (nuclear israelense) de Dimona é o local mais acessível para o qual podemos apontar e temos capacidades ainda mais importantes. Ante a maior ação de Israel, veremos sua destruição", advertiu o general Jazayeri, citado pela televisão iraniana em idioma árabe Al Alam.

O presidente israelense Shimon Peres advertiu no domingo que a possibilidade de um ataque militar contra o Irã é maior que a de uma ação diplomática. "A possibilidade de um ataque militar contra o Irã parece mais próxima que a opção diplomática", afirmou o presidente em declarações ao jornal Israel Hayom.

"Não acredito que já tenha sido tomada uma decisão a respeito, mas dá a impressão de que os iranianos vão se aproximando da bomba atômica", acrescentou Peres. "Não temos que revelar nossas intenções ao inimigo", explicou.

Fonte: Terra noticias

Diz na Sagrada Escritura:

"Ouvireis falar de guerras e de rumores de guerra. Atenção: que isso não vos perturbe, porque é preciso que isso aconteça. Mas ainda não será o fim". (Mt 24,6)

"Quando os homens disserem: Paz e segurança!, então repentinamente lhes sobrevirá a destruição, como as dores à mulher grávida. E não escaparão". (1Ts 5,3)

"E vi aparecer um cavalo esverdeado. Seu cavaleiro tinha por nome Morte; e a região dos mortos o seguia. Foi-lhe dado poder sobre a quarta parte da terra, para matar pela espada, pela fome, pela peste e pelas feras". (Ap 6,Cool


Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qua 9 Nov 2011 - 9:47

VIENA — A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) deu o indício mais claro até agora de que o Irã pode estar desenvolvendo armas nucleares, em um relatório refutado por Teerã antes mesmo de sua publicação.

No aguardado documento, ao qual a AFP teve acesso, a AIEA informou ter “sérias preocupações a respeito das dimensões militares do programa nuclear do Irã”.

Citando informações “confiáveis” de inteligência estrangeira e investigações próprias, a entidade indicou que o Irã “praticou atividades relevantes para o desenvolvimento de um dispositivo nuclear explosivo”.

“A informação também indica que antes do fim de 2003, estas atividades ocorreram em um programa estruturado e que algumas atividades podem ainda estar em andamento”, acrescentou a entidade da ONU encarregada de vigiar as operações atômicas no mundo.

A AIEA, cuja direção poderá decidir dar parte de Teerã ao Conselho de Segurança da ONU na semana que vem, pediu ao Irã para “se comprometer substantivamente e sem demora com a agência com o propósito de prestar esclarecimentos”.

O Irã, cujos diplomatas afirmaram ter tido acesso antecipadamente a uma cópia do relatório, afirmou que o Ocidente não tem provas de que o país desenvolve armas nucleares.

O presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, declarou que Teerã não tem sequer a necessidade de uma bomba.

“Não há provas sérias de que o Irã esteja desenvolvendo uma ogiva nuclear”, disse o chanceler iraniano, Ali Akbar Salehi, em visita à Armênia.

“O Ocidente e os Estados Unidos estão fazendo pressão sobre o Irã sem ter argumentos e provas sérias”, acrescentou.

Com seu estilo tipicamente desafiador, Ahmadinejad disse que seu país “não precisa de uma bomba atômica” e que “usará a reflexão” para confrontar as ameaças americanas contra si.

“Se a América quer confrontar a nação iraniana, certamente se arrependerá da resposta da nação iraniana”, afirmou.

O novo relatório é publicado em meio a especulações de um ataque preventivo de Israel para solapar as atividades nucleares de seu arquiinimigo. No domingo, o presidente Shimon Peres afirmou que um ataque seria provável.

“A possibilidade de um ataque militar contra o Irã agora está mais próxima do que a aplicação de uma opção diplomática”, disse Peres.

Avigdor Lieberman, o chanceler linha-dura de Israel, disse que apenas “sanções paralisantes” conseguiriam deter o Irã, segundo o jornal Maariv.

Citando altos funcionários israelenses, as emissoras privadas “2″ e “10″ noticiaram que o documento permitirá a Israel esperar “semanas ou meses” para ver se a comunidade internacional decide adotar “sanções paralisantes” que incluam o boicote total do Banco Central Iraniano e das exportações de petróleo.

O presidente russo, Dmitry Medvedev, que tem um histórico de proximidade com a República Islâmica, afirmou que as ameaças israelenses eram uma “retórica extremamente perigosa”, que poderiam resultar em uma “catástrofe”.

“Tudo isto pode levar a um conflito muito grande, o que seria uma catástrofe para o Oriente Médio”, disse Medvedev a jornalistas em Berlim.

O ministro iraniano da Defesa, Ahmad Vahidi, deu de ombros sobre o alerta de Peres, afirmando que os informes eram apenas um “clamor da mídia” e que a República Islâmica é capaz de enfrentar qualquer ameaça.

“Temos repetido que a capacidade defensiva do nosso país, seja no mar, por míssil, ou debaixo d’água, é muito alta e atualizada, e temos a capacidade de nos defender de qualquer ameaça”, noticiou a agência de notícias Isna, citando declarações de Vahidi.

O chanceler Salehi repetiu a posição de Teerã de que seu programa nuclear serve apenas a fins pacíficos.

“Temos afirmado repetidamente que não vamos desenvolver armas nucleares. Nossa posição sempre foi a de que nunca iremos usar nosso programa nuclear para propósitos diferentes dos pacíficos”.

Os Estados Unidos – que no último mês acusaram as autoridades iranianas de planejar um complô para assassinar o embaixador saudita em Washington – pretendem usar o relatório para conquistar apoio mundial para mais sanções contra o Irã.

“Certamente esperamos que (nr: o relatório) ecoe e reforce o que temos dito sobre o comportamento do Irã e o descumprimento de suas obrigações internacionais”, destacou o porta-voz da Casa Branca Jay Carney



Copyright © 2011 AFP. Todos os direitos reservados.

--------------------------------------------------------------------------------

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qua 9 Nov 2011 - 11:25

Caros Amigos

A possibilidade de um ataque a instalações nucleares no Irã me parecem ridiculas, todos vimos o que aconteceu com a Usina no Japão e que seria louco de atacar instalações nucleares.
Tenho clientes no Irã, e conversando com eles dizem que Iranianos, Palestinos e Israelenses são completamente doidos, e ele não tem certeza do que pode ocorrer por la, segundo ele, nada, mas diariamente eles são orientados no que fazer em caso de ataques, etc.
Ele diz que estão preparados e tambem sinto que o sentimento contra Israele EUA é muito forte.

Vamos orar muito pela paz



O chefe de Estado-Maior adjunto das Forças Armadas iranianas, o general Masud Jazayeri, ameaçou nesta quarta-feira destruir Israel se o Estado hebreu atacar as instalações nucleares do Irã.A declaração ocorre um dia depois da divulgação de um relatório da AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) que adverte sobre o fato de o Irã estar aparentemente trabalhando no desenvolvimento de armas nucleares

O presidente israelense Shimon Peres advertiu no domingo que a possibilidade de um ataque militar contra o Irã é maior que a de uma ação diplomática.

"Não acredito que já tenha sido tomada uma decisão a respeito, mas dá a impressão de que os iranianos vão se aproximando da bomba atômica", acrescentou. "Não temos que revelar nossas intenções ao inimigo", explicou.
Mahmoud Ahmadinejad discursa durante visita à província iraniana de Chahar Mahaal e Bakhtiari nesta quarta


A divulgação do documento da agência nuclear da ONU repercutiu em diversos países e organismos internacionais.


Nesta quarta-feira, a União Europeia afirmou que o conteúdo do relatório "agrava as preocupações existentes" sobre as intenções do programa nuclear do Irã.

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  estel em Qua 9 Nov 2011 - 12:55

Já vimos que o que não falta é gente bastante louca para apertar aquele botãozinho vermelho.

Eu não descarto nada.

Vamos orar muito e pedir pela paz.


Bjs,
Estel.

estel

Mensagens : 272
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Convidad em Qua 9 Nov 2011 - 16:01

Eu sempre tive a noção que a função do estado de Israel, quando idealizado pelos poderosos, nunca foi de criar uma pátria para os judeus, mas sim de ter um estado-estopim no coração do Oriente-Médio, para que no momento certo ele pudesse provocar uma guerra generalizada.

Os judeus ricos que estão nos prédios de Manhattan e nos castelos europeus estão pouco se lixando para a vida dos judeus pobres em Israel. A aliá não passa de um convite macabro para que os planos dos poderosos se concretizem.

Depois disso, virão as "forças de paz" e pacificarão toda a região, junto com seu rico suprimento de petróleo.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 10 Nov 2011 - 7:56

Segundo representante de ministério britânico, ataque israelense pode se dar no próximo mês ao Irã.


Com tradução de Bússola on line e adaptação do texto por Daniel-UND



Um Ministro sênior do Ministério dos Negócios Estrangeiros do governo britânico disse para esperar que a ação militar israelense se dará na esteira do relatório da agência da ONU "tão cedo quanto o Natal ou muito cedo quanto o ano novo", como o London Daily Mail noticiou nesta quinta-feira 10 novembro.
Os ministros foram informados de que Israel atacará as instalações nucleares do Irã "mais cedo ou mais tarde" - com "apoio logístico" dos EUA.
De acordo com o jornal britânico, que tem bons laços militares e de inteligência em Londres, o presidente Barack Obama teria "para apoiar os israelenses ourisco de perder o apoio judeu-americano na próxima eleição presidencial." A maior preocupação é que uma vez que o Irã com armas nucleares será impossível parar a Arábia Saudita e Turquia de desenvolver suas próprias armas, mesmo fora do equilíbrio do terror nuclear no Oriente Médio.
Fontes militares DEBKAfile adicione-se que o primeiro-ministro Tayyip Erdogan disse a Obama mais de uma vez este ano, "Se o Irã conceber armas nucleares, a Turquia vai ter armas nucleares."
O Daily Mail continua afirmando que nas últimas semanas, fontes do Ministério britânico da Defesa confirmaram que os planos de contingência tinham sido elaborados para o evento que o Reino Unido decidiu apoiar a ação militar.DEBKAfile refere-se a um relatório anterior que o chefe da equipe britânica, o general Sir David Richards, fez uma visita secreta a Israel em 02 de novembro, seguido no dia seguinte com a chegada em Londres do ministro da Defesa israelense Ehud Barak para negociações com a British defense e chefes militares.A referência ao apoio logístico dos EUA é explicado por nossas fontes militares, apontando para o modelo da Líbia de uma intervenção militar pelo qual a França, a Grã-Bretanha e Itália lideraram a ação contra o regime de Kadafi, enquanto os Estados Unidos a partir de "um assento para trás" colocou sobre inteligência aéreas e de satélite e colocando à sua disposição sua rede de abastecimento logístico, incluindo o vôo em reabastecimento de bombardeiros e artilharia.Transpondo esse modelo para uma ofensiva contra o Irã, a força aérea de Israel e as forças navais farão frente ao ataque ao Irã, com logística e apoio de inteligência dos Estados Unidos, enquanto líderes da OTAN como França, Grã-Bretanha, Alemanha, Holanda e Itália iriam participar direta ou indiretamente na operação israelense.Desde esse ataque quase certamente trará represálias de Teerã e de seus aliados, a Síria, o Hezbollah e o Hamas palestino além da Jihad Islâmica, será quase certeza expandir-se para um conflito no Oriente Médio mais amplo, ampliando, portanto, também a intervenção dos EUA e do Oeste Europeu.
Perspectivas são de alternativas para uma ação militar - novas sanções capazes de sufocar as operações financeiras do Irã e as exportações de petróleo depois que a agência nuclear confirmou a sua realização clandestina de uma capacidade de arma nuclear, mas perde força esta possibilidade.
Quarta-feira, o vice-chanceler russo Gennady Gatilov prometeu visitar o oficial iraniano Ali Baqeri e que "Quaisquer sanções adicionais contra o Irã será visto ... como um instrumento de mudança de regime em Teerã. Essa abordagem é inaceitável para nós e para o lado russo não temos a intenção de considerar tais propostas. "
China certamente vai ir junto com a Rússia sobre isso.
Primeira resposta do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad ao relatório da AIEA foi atacar sua credibilidade e declarar que o Irã vai continuar com seu programa nuclear, independentemente das suas conclusões.
Fonte: Debka.com

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Convidad em Qui 10 Nov 2011 - 11:14

Entreguem nas mãos de Deus...


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 10 Nov 2011 - 14:21

o-panka escreveu:Entreguem nas mãos de Deus...



Sempre

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 10 Nov 2011 - 14:30

Artigo: Análise de alguns periódicos iranianos sobre a contenda em torno do programa nuclear e sobre Israel


A Guarda Revolucionária iraniana (IRGC) , encabeçou uma ameaça domingo, 6 de novembro: Quatro mísseis iranianos podem destruir o pequeno Israel, disse que o papel na primeira reação de Teerã à inundação de relatos conflitantes sobre um ataque de Israel possível em instalações nucleares iranianas, informou a Fars . No entanto, os líderes iranianos estão divididos sobre a forma de avaliar a gravidade de uma ameaça israelense ou americana ao seu programa nuclear e isso se reflete em seus diversos meios de comunicação.
O escritor da história da Fars é identificado por fontes iranianas DEBKAfile como Saad-allah Zarey, seu comentarista militar veterano e um comparsa do líder supremo aiatolá Ali Khamenei. Ele ressaltou que os quatro mísseis capazes de causar a entidade sionista de um milhão de vítimas seria convencional.
De acordo com essas fontes difusas que as experiências da guerra do Golfo mostram que este número de mísseis comuns não podem fazer nada parecido com o dano calculado pelo escritor. O que Zarey pode estar se referindo a rumores são os teimosos indo ao redor círculos de inteligência ocidental desde o início de 2005 que, durante a dissolução da União Soviética, Teerã colocou as mãos no mercado negro mísseis de cruzeiro nucleares da Ucrânia e 3-5 mais a partir de Bielorrússia.
DEBKAfile cita uma reportagem da BBC de 18 de março de 2005:
Negociantes ucraniano de armas contrabandeadas dizemque 18 mísseis de cruzeiro com capacidade nuclear desviados da Ucrãnia para o Irã e China em 1999-2001, disse o procurador-geral . Da era soviética- o Kh-55 mísseis - também conhecidos como X-55s - têm um alcance máximo de 2.500 km. Eles são lançados por bombardeiros de longo alcance. Os Kh-55, conhecido no Ocidente como a AS-15, é projetado para transportar uma ogiva nuclear com um rendimento de 200 quilotons.
Nossas fontes militares acrescentam que, com estes mísseis na mão, os aviões de guerra iranianos poderiam bombardear Israel 1,2 mil quilômetros de distância sem sair de seu próprio espaço aéreo.
O Procurador-geral ucraniano informou que naquele momento os mísseis não foram exportados com ogivas nucleares.
No entanto nossas fontes de inteligência ocidentais citam como suspeita de que Teerã obteve as ogivas da Bielorrússia ou de traficantes de armas não convencionais com base nas repúblicas muçulmanas que faziam parte da URSS até a década de 1990. E de fato o relatório Fars não especificou que as ogivas do "convencional" mísseis levariam.
Saad-allah Zarey descreveu Israel como tão pequeno e vulnerável que até 100 bombas israelenses não danificar substancialmente o Irã, que é 80 vezes maior em área, enquanto que em um míssil de guerra de Israel não teria tempo suficiente para reunir as suas defesas. Portanto, ele conclui, as chances de Israel ou os EUA a lançar uma operação militar contra o Irã são leves.
Kayhan a publicação mais radical do Irã encontra em seu editorial de domingo que Israel é muito fraco e América já exausta demais para fazer muito mal para o Irã. A experiência do passado tem demonstrado consistentemente que a pressão externa faz com que o Irã mais forte, este artigo diz. O Irã vai sair por cima de ameaças e sanções em comparação com "a derrota de Israel em sua guerra de 33 dias contra o Hezbollah", e da América "derrotas no Iraque e no Afeganistão."
No entanto, um outro jornal estatal, o Teerã Emrooz, toma o rumo oposto. Seu editorialista desaconselha subestimar as chances de um ataque militar americano. De acordo com esta publicação, Washington está preparando um "choque e pavor" ataque ao Irã e, ao mesmo tempo intensificar as sanções.
Outro editorial em Sharq concorda que "os planos inimigos" para atacar o Irã não deve ser tomada de ânimo leve.Enquanto todos esses comentários refletem o debate em curso entre as várias facções do regime iraniano sobre a probabilidade de um ataque, nenhum funcionário iraniano tem até agora avançou com uma posição definitiva.Domingo, o aiatolá Khamenei mandou uma mensagem de saudação aos peregrinos iranianos em Meca, mas não fez menção à questão nuclear, exceto para um aviso de "perigos e inimigos" na espera para a República Islâmica. Eo ministro da Defesa Ahmad Vahidi também realizou a sua língua sobre o assunto em um discurso que ele fez domingo, em Teerã.
Fontes: Debka.com e Alamongordo.com

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 10 Nov 2011 - 16:39

Lider islâmico egípcio diz que convocará muçulmanos no Egito para lutarem ao lado do Irã se este for atacado por EUA ou Israel.
CAIRO: Um Sheiki egípcio disse que irá chamar os egípcios para apoiar o Irã e defendê-lo contra qualquer agressão americana ou israelense, se Israel atacar o país. Ele acrescentou que irá emitir uma fatwa em apoio ao governo iraniano se for atacado.

"Se Israel atacar o Irã, vou emitir uma Fatwa para enfrentar Israel e os EUA," Disse o Chefe de islâmicos da 'al-Azmiya' Sheikh Ala Mazi Abulezamna quarta-feira, de acordo com a agência de notícias do Irã, Fars .

"Em caso de qualquer ataque contra o Irã a Tariqat Azmiya e seus seguidores terão preparação completa para lutar lado a lado com o Irã", acrescentou.

O clérigo acrescentou que Teerã é uma cidade islâmica e, portanto, deve ser defendida por todos os muçulmanos de todos os países islâmicos do mundo.

Ele veio depois de o presidente israelense, Shimon Peres em 4 de outubro, dizer que um ataque contra o Irã estava se tornando "cada vez mais provável", que despertou preocupações na região que uma guerra estava se formando.

O Primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu dirigiu ao parlamento em 31 de outubro, um esforço para angariar apoio para um ataque militar ao Irã sobre seu programa nuclear.

Suportado pelo ministro da Defesa, Ehud Barak e Ministro dos Negócios Estrangeiros Avigdor Lieberman, Netanyahu afirmou que Israel deve prosseguir com os esforços para incentivar o Ocidente para exercer uma pressão econômica e política e militar sobre o Irã.

Fonte: Bilyamars.com

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 10 Nov 2011 - 16:41

Mais Notícias pertinentes ao Irã
Funcionários de alto nível do governo britânico acreditam que Israel vai lançar um ataque militar às instalações nucleares iranianas dentro de dois meses. Fontes do governo britânico dizem que há um entendimento consensual que Israel vai tentar danificar ou destruir instalações nucleares do Irã com o apoio logístico norte-americano, de acordo com uma reportagem no Correio jornal britânico Daily.
Uma fonte sênior do Escritório de Relações Exteriores britânico divulgou que os ministros do governo foram informados sobre a avaliação de que um ataque israelense ao Irã, para tentar impedi-la de adquirir armas nucleares, poderia vir 'mais cedo ou mais tarde, "dizendo:" Nós estamos esperando algo tão cedo quanto o Natal, ou muito cedo no ano novo. "Usina nuclear Bushehr



A usina nuclear em Bushehr, no Irã.
Já o Ministro de Relações Exteriores britânico, William Hague disse que o relatório divulgado terça-feira pela Agência Internacional de Energia Atômica "desacredita completamente 'as alegações do Irã de que suas instalações nucleares são apenas para desenvolver energia para fins pacíficos. O relatório da AIEA concluiu que o Irã está de fato desenvolver os componentes necessários para construir mísseis nucleares.
O relatório, que foi entregue aos estados de 35 membros do Conselho de Governadores da AIEA, os detalhes de uma série de testes, aquisição de materiais e tecnologia que sugere o Irã tem trabalhado continuamente para produzir uma arma nuclear desde 2003.
História de Teerã de esconder atividade nuclear sensível da AIEA, e continua restrições ao acesso da AIEA e sua recusa em suspender o enriquecimento - o que pode gerar combustível para bombas atômicas - já atraiu quatro rodadas de sanções da ONU, bem como separar os passos punitivos pelo Estados Unidos e da União Europeia.
Hague acrescentou que o Reino Unido seria a favor de aumentar as sanções econômicas ao Irã em uma próxima reunião de um comitê da AIEA.


Relatório da AIEA sobre Irã, confirma suspeita de Israel quanto as ambições nucleares do Irã.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu pediu à comunidade internacional para parar a corrida iraniana em direção a armas nucleares nesta quinta -feira, um dia depois de a Agência Internacional de Energia Atômica publicar um relatório afirmando que Teerã estava trabalhando continuamente para obter uma arma nuclear desde 2003.

Um comunicado divulgado pelo Gabinete do Primeiro-Ministro disse que "o relatório da AIEA confirma tanto a comunidade internacional e afirmação de Israel de que Irão está a desenvolver uma arma nuclear."
Benjamin Netanyahu - Reuters - 2011/10/30

Benjamin Netanyahu fala durante a reunião semanal de gabinete na cidade do norte de Safed 30 de outubro de 2011.



Benjamin Netanyahu fala durante a reunião semanal de gabinete na cidade do norte de Safed 30 de outubro de 2011.
Photo by: Reuters


O relatório da AIEA, que foi entregue aos estados de 35 membros do Conselho de Governadores da AIEA, os detalhes de uma série de testes, aquisição de materiais e tecnologia que sugere o Irã tem trabalhado continuamente para produzir uma arma nuclear desde 2003.

Uma fonte diplomática em Viena, disse ao Haaretz que "este é o relatório mais contundente já publicado pela AIEA e a conclusão dele decorrentes é uma só:. O Irã está trabalhando para adquirir uma arma nuclear"

Declaração do primeiro-ministro surge na sequência da recusa da Rússia de um novo suporte a sanções mais duras contra o Irã sobre seu programa nuclear.

Por outro lado, a França disse na quarta-feira que queria convocar o Conselho de Segurança e poderiam pressionar por sanções contra o Irã sem precedentes depois de um relatório da Agência Internacional de Energia Atômica disse que o Irã havia trabalhado para desenvolver um projeto de bomba atômica.
Fonte: Hareetz.com

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 10 Nov 2011 - 16:58

Pré-candidato republicano promete preparar EUA para guerra com Irã
Mitt Romney disse que Obama é 'ingênuo' em relação a Teerã.
Ele citou o relatório da ONU que vê fim militar no programa nuclear iraniano.
Da AFP


Em artigo publicado no "Wall Street Journal", Romney diz que apoiaria a diplomacia americana "com uma opção militar muito real e confiável", mobilizando tropas militares no Golfo e potencializando a ajuda militar a Israel.

"Estas ações darão um sinal inequívoco ao Irã de que os Estados Unidos, agindo em consonância com seus aliados, nunca permitirão ao Irã obter armas nucleares", redigiu.

Romney, favorito na corrida à candidatura republicana à Presidência, apoiou em seu texto o relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), publicado esta semana, que mencionava "provas confiáveis" de que o Irã havia trabalhado no desenvolvimento de uma bomba nuclear.


O pré-candidato republicano Mick Romney durante o debate desta quarta-feira (9) em Auburn Hills, no estado americano de Michigan (Foto: AP)O Irã nega que esteja desenvolvendo armas nucleares e insiste em que seu programa nuclear tem como objetivo gerar eletricidade. No entanto, o relatório da AIEA gerou inquietações nos países ocidentais por mais sanções por parte da ONU e pedidos de Israel para que o mundo aja para evitar que Teerã consiga armas nucleares.

Romney afirma que os Estados Unidos precisam de "uma política muito diferente".

O aspirante à Casa Branca criticou o governo atual por fracassar em obter o apoio de Moscou para uma ação mais dura contra Teerã como preço para restabelecer as relações entre os Estados Unidos e a Rússia, bem como a recusa de Obama de se envolver na Revolução Verde iraniana, em 2009.

Robert Gates, secretário da Defesa republicano da administração Obama até o começo deste ano, se manifestou em várias ocasiões contra o uso de força militar no Irã, argumentando que só isto só faria com que o programa nuclear iraniano fosse ainda mais clandestino.


Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Sex 11 Nov 2011 - 11:27

Tensão no Ártico entre EUA e Rússia
Relação russo-americana tensa no Ártico












Сolagem: Voz da Rússia





A possibilidade de a Marinha norte-americana, com armas e mísseis, estar presente nos mares do norte causa sérias preocupações na liderança militar e política russa. O anúncio foi feito pelo representante permanente da Rússia junto à OTAN, Dmitry Rogozin, durante uma reunião com os militares do Distrito Militar Ocidental.


Segundo o responsável, os EUA estão considerando a possibilidade de uma implantação temporária da frota nos mares Norte, Báltico, e talvez o Barents – com as plataformas de mísseis guiados. No entanto, disse Rogozin, não há nada mais permanente do que temporário. Lembre-se, que a Rússia se opõe constantemente a militarização desta região e se oferece para fazer dela uma das plataformas fundamentais para o desenvolvimento econômico e científico dos Estados do Ártico, ou seja a Rússia, Canadá, EUA, Noruega e Dinamarca. Como se sabe, o Ártico tem reservas significativas de hidrocarbonetos e o potencial para desenvolver rotas aéreas e marítimas.
Washington está prestando atenção ao desenvolvimento da região do Ártico do ponto de vista de domínio na região, fortalecendo a atividade política, económica e militar. Dmitry Rogozin considera que junto da fronteira russa está se formando uma capacidade militar, "que formalmente declara-se como o potencial para interceptar mísseis balísticos na parte sul da Europa".


Os EUA têm um número significativo de navios de guerra equipados com mísseis de defesa aérea e naval "Igis", disse o editor-chefe da revista "Defesa Nacional", Igor Korotchenko.


As características deste sistema de antimísseis podem teoricamente interceptar a trajetória dos mísseis balísticos russos em caso de um conflito hipotético entre a Rússia e os Estados Unidos. Neste contexto, a presença da Marinha americana e sua possível implantação nos mares do norte é considerada pela liderança militar e política da Rússia como uma das ameaças ao funcionamento normal das forças nucleares estratégicas da Rússia.


O especialista acrescenta que a versão terrestre do "Igis" formará a base do sistema europeu de defesa antimísseis, que está a ser criado pelos Estados Unidos e a OTAN para combater a ameaça iraniana. Como se sabe, a Rússia continua as negociações com os Estados Unidos e a OTAN sobre a criação do sistema europeu de defesa de mísseis. Enquanto o papel da Rússia na nova arquitetura de segurança continua a ser um assunto de debates intensos.


As autoridades russas estão pouco distostas a ter um confronto com o Ocidente, especialmente na corrida armamentista no Ártico. O Kremlin tem reiterado que a paridade das partes é a questão das negociações, e não do aumento das forças militares. No entanto, isso não significa que a Rússia irá abandonar a atualização planejada da sua capacidade de defesa em várias regiões, incluindo nos mares do norte. Assim, Vladimir Putin disse que a Rússia pretende aumentar as forças da Marinha do Norte. Em particular, serão concluídos os trabalhos de concepção e construção de submarinos de mísseis estratégicos do Projeto 955 Borei e do submarino nuclear 885 Yasen.
fonte http://portuguese.ruvr.ru/2011/11/09/60122268.html

Zero

Mensagens : 535
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 17 Anterior  1, 2, 3 ... 9 ... 17  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum