MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Página 4 de 17 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10 ... 17  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Seg 21 Nov 2011 - 8:23

Navios de guerra russos entram em águas da Síria para impedir ataque da OTAN


Moscou em movimento agressivo para impedir outra “intervenção humanitária”
Navios de guerra russos entraram nas águas territoriais da Síria em um movimento agressivo para impedir qualquer ataque da Otan no país sob o pretexto de uma “intervenção humanitária”.

A Rússia intensificou seus esforços para defender a Síria nos últimos dias, com o chanceler Sergei Lavrov ansiosos para enquadrar a violência no país como uma guerra civil em desafio de reclamações por potências ocidentais de que o presidente Bashar al-Assad tem supervisionado uma sangrenta repressão contra manifestantes inocentes .”Navios de guerra russos devem chegar em águas territoriais da Síria, uma agência de notícias síria disse na quinta-feira, indicando que o movimento representou uma mensagem clara para o Ocidente de que Moscou seria resistir a qualquer intervenção estrangeira no conflito civil do país”, relata Haaretz .

Como vimos antes do ataque à Líbia, que também foi enquadrado como uma “intervenção humanitária”, potências da NATO estão ansiosos para demonizar o governo de Assad ao caracterizar os ataques de suas forças como atrocidades, enquanto grande parte ignorando ataques semelhantes por forças de oposição, como o desta semana ataque a um complexo sírio de inteligência da força aérea que mataram ou feriram 20 policiais de segurança.

Estado dos EUA voz do Departamento de Mark Toner rejeita reivindicação da Rússia de que a Síria está em uma guerra civil, afirmando: “Nós acreditamos que é muito o regime de Assad a realização de uma campanha de violência, intimidação e repressão contra os manifestantes inocentes.”

É claro, ouvimos retórica semelhante, mesmo quando NATO-backed Al-Qaeda rebeldes foram comandando jatos de combate e disparando granadas propelidas por foguetes na Líbia, as ações também realizadas por “manifestantes inocentes”, foi-nos dito na época.

Como já relatado anteriormente , apesar das especulações esmagadora de que o Irã será o próximo alvo de um ataque militar, a Síria é o mais provável alvo para o tiro ao lado da NATO-backed mudança de regime.

Presidente dos EUA, Barack Obama recebeu a bola rolar em agosto, quando ele pediu ao presidente al-Assad a renunciar. A ONU já retirou todo o pessoal não-essencial do país.

Sem a ajuda da Rússia, a Síria seria em grande parte defesa contra um ataque da OTAN. “Não vejo qualquer problema puramente militar. A Síria não tem defesa contra os sistemas ocidentais … [Mas] seria mais arriscado do que a Líbia. Seria uma operação militar pesado “, ex-chefe da força aérea francesa Jean Rannou comentou.

Dado que a imprensa ocidental tem se mostrado capazes de fabricação mentira para justificar intervenções militares, se as ações do regime de Assad representam atrocidades genuíno ou conduta legítima em meio a uma guerra civil ainda não está claro. Alguns alegaram os abusos estão sendo embelezado , enquanto ambos os ex- agente da CIA Robert Baer e ex-diretor MI6 Alastair Crooke ponto que o povo sírio definitivamente quero mudar, mas não na forma de uma agressão da NATO “humanitária”.

Fonte: http://www.infowars.com/russian-warships-enter-syrian-waters-to-prevent-nato-attack/
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Seg 21 Nov 2011 - 8:33

O Irã está menos de um ano de distância de atingir sua meta de produzir uma arma nuclear, disse o ministro da Defesa israelense Ehud Barak, em entrevista à CNN divulgada no sábado.
Em uma transcrição antes da entrevista ir ao ar no "Fareed Zakaria GPS" da CNN, programa no domingo, Barak disse que Israel se concentrou na perspectiva de um Irã nuclear e que "pode e deve ser feito a respeito na hora certa."





"Não vai demorar três anos, provavelmente em menos de um ano ninguém poderá mais fazer praticamente qualquer coisa, porque os iranianos estão gradualmente, deliberadamente entrando no que eu chamo de uma zona de imunidade", disse ele.


Barak, ex-primeiro-ministro israelense, mencionou um relatório publicado do início do mês pela agência nuclear da ONU, em que afirmou que o Irã parecia ter trabalhado na elaboração de uma bomba atômica e de pesquisas secretas, que tiveram um efeito moderador sobre líderes mundiais, mas que Israel estava conduzindo uma atividade diplomática intensiva.


A Agência Internacional de Energia Atômica relatório (AIEA) confirmou a preocupação de longa data que o Irã pretende ter uma arma nuclear, o que Israel vê como uma ameaça à sua existência. Teerã diz que seu programa nuclear é para fins pacíficos.


Estados Unidos e Israel não descartam ataques aéreos em instalações nucleares iranianas.


"Eu não acho que isso é um assunto para discussão pública", disse Barak, quando perguntado se Israel estava preparado para atacar o Irã e coibir suas ambições nucleares.


Ele disse que um Irã nuclear teria repercussões profundas para o Oriente Médio,.


Barak se recusou a comentar sobre especulações de uma explosão em uma base militar iraniana na semana passada, que matou 17 soldados, incluindo um oficial considerado arquiteto de sistemas de defesa anti-míssil do Irã, tenha sido um trabalho do Mossad, agência de inteligência de Israel.


"Não. Eu não sei de nada que eu possa contribuir para essa conversa", disse ele.


O Irã disse que a explosão ocorreu durante a pesquisa sobre as armas que poderia atingir Israel, mas negou a especulação de possível sabotagem por parte de Israel ou dos Estados Unidos.


Fonte: http://noticias.terra.com.br/


Leia mais em : http://www.revelacaofinal.com/2011/11/israel-tempo-para-parar-um-ira-nuclear.html#ixzz1eKpBv5UI
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Seg 21 Nov 2011 - 8:37

Manobras serão efetuadas na Coreia do Norte e país asiático não esconde inquietação quanto a um possível ataque ao Irã.


20.11.2011, 19:57

A Coreia do Norte planeja efetuar manobras militares nacionais de inverno, visto as tensões prolongadas nas relações com a Coreia do Sul, comunicou hoje um desertor norte-coreano. Supostamente, os exercícios terão lugar no território de todo o país de 1 até 20 de dezembro, com participação do exército e das Forças da Guarda Operário-Camponesa Vermelha.

Para o regime comunista norte coreano,no Oriente Médio formou-se uma situação perigosa, capaz de provocar uma nova guerra, diz-se no anúncio divulgado pela Agência Central Telegráfica da Coreia.
Nele o lado coreano aponta que os EUA e Israel não escondem as suas intenções de atacar as instalações nucleares do Irã. Nestas condições a AIEA fabricou um relatório suposto, que criou uma causa para o ataque militar contra o Irã.
Fontes: KCNA, ACTC e Agências Internacionais, mais Voz da Rússia
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Seg 21 Nov 2011 - 8:54

Oriente Medio: Escalada da tensão na Síria.


Reportagem : Navios de guerra da Rússia prontos para entrar em águas da Síria na tentativa de barrar intervenção estrangeira.
Oficial sírio diz que Damasco concorda "em princípio" permitir a entrada da missão árabe de observadores da Liga, os 22 membros propuseram o envio de centenas de observadores para ajudar a acabar com o derramamento de sangue.
Por Jack Khoury e Hareetz


Navios de guerra russos devem chegar em águas territoriais da Síria, afirmou uma agência de notícias síria nesta na quinta-feira, indicando que o movimento representa uma mensagem clara para o Ocidente de que Moscou estaria pronto para resistir a qualquer intervenção estrangeira no conflito civil do país.
Também na sexta-feira, um funcionário sírio disse que Damasco concordou "em princípio" para permitir que uma missão de observação da Liga Árabe entre no país.
Rússia: presidente Dmitry Medvedev, à direita, e o presidente sírio, Bashar Assad, em Damasco, 10 de maio de 2010.
por: AP

Mas o oficial disse sexta-feira que a Síria ainda está estudando os detalhes.O funcionário pediu para não ser identificado porque a situação é extremamente sensível e perigosa.
A Liga Árabe suspendeu no início desta semana a Síria por conta de sua repressão mortal a um levante de oito meses que ocorre no país árabe. Os 22 membros propuseram o envio de centenas de observadores ao país para tentar ajudar a acabar com o derramamento de sangue.
O relatório veio um dia depois de um projeto de resolução apoiada por países árabes e europeus e os Estados Unidos e que foi submetido à Assembléia Geral das Nações Unidas, visando a condenar as violações dos direitos humanos na violência em curso na Síria.
Jordânia, Marrocos, Qatar e Arábia Saudita estão entre os Estados árabes que aderiram Alemanha, Grã-Bretanha, e a França a patrocinar o projeto apresentado à comissão da assembléia dos direitos humanos. Em Washington, o porta-voz do Departamento de Estado Mark Toner disse que os EUA estão aptos a entrarem como co-patrocinador da resolução.
O projeto exigiu um fim à violência, respeito aos direitos humanos e implementação de Damasco de um plano de ação da Liga Árabe.
O movimento vem como confronto a escalada na Síria e depois da Rússia e China usarem seu veto em Outubro para bloquear uma resolução do Conselho de Segurança que teria condenado o governo sírio do presidente Bashar al Assad parar a violência.
Tal veto não é aplicável na assembléia geral- pois a nação, que irá analisar a questão só após a comissão de direitos humanos enviar realtórios a respeito sobre ele.
A ONU diz que mais de 3.500 pessoas foram mortas desde que os distúrbios eclodiram na primavera contra Assad.
Fonte: Hareetz.com
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Seg 21 Nov 2011 - 10:28

Extraído do blog: http://conexaosirius.blogspot.com/search/label/3%C2%AA%20GUERRA%20MUNDIAL
Conteúdo da carta trocada entre maçons, de Albert Pike para Mazzini, em 1871 e que está no museu de Londres, cujo conteúdo mostra claramente como foram fomentadas as 2 primeiras guerras mundiais e como será fomentada a próxima 3a Guerra Mundial e o motivo pelo qual tal será feito. Ela revela todo o plano.

Bem, tá aqui a carta (extraído do link http://pt.wikipedia.org/wiki/Illuminati_nas_teorias_de_conspira%C3%A7%C3%A3o):

"...carta datada de 15 de agosto de 1871, escrita por Pike para Mazzini:
“Promoveremos três guerras que envolverão todo o mundo. A Primeira Guerra Mundial deve decorrer de forma a permitir que os Illuminati derrubem o poder dos Czares da Rússia e garantir que esse país se torne um bastião do comunismo ateísta. As divergências causadas pelos agentes Illuminati entre a Alemanha e a Inglaterra serão usados para fomentar esta guerra. No final da guerra, um mundo exausto pela guerra, não irá interferir no processo de construção da "nova" Rússia e no estabelecimento do comunismo, que será usado de forma a destruir outros governos e ainda para enfraquecer as religiões.”
“A Segunda Guerra Mundial deve ser fomentada por forma a tirar vantagem das diferenças entre as facções ultraconservadoras e os sionistas políticos. Esta guerra tem de surgir de forma a que as ditaduras sejam destruídas e o sionismo político se torne forte suficiente para instituir um Estado soberano de Israel na Palestina que era reivindicado desde tempos imemoriais pelas comunidades judaicas. Durante a Segunda Guerra Mundial, o comunismo internacional tem de se tornar forte suficiente de forma a contrabalançar a Cristandade, o qual deverá então ser refreado e contido em cheque, até ao momento em que nós voltaremos a necessitar dele para o derradeiro cataclismo social.”
“A Terceira Guerra Mundial tem de ser fomentada de forma a tirar vantagem das diferenças causadas pelos agentes Illuminati entre os Sionistas políticos e os líderes do mundo Islâmico. Esta guerra tem de ser conduzida de forma a que o Islã (Mundo Árabe Muçulmano) e o Sionismo político (Estado de Israel) se destruam mutuamente. Entretanto as outras nações, mais uma vez divididas nesta matéria serão constrangidas a lutar até ao ponto de completa exaustão física, moral, espiritual e económica. Nós iremos então libertar os niilistas e os ateus, e então iremos provocar um formidável cataclismo social em que em todo o seu horror mostrará claramente a todas as nações as consequências do ateísmo absoluto, origem de selvageria e agitação sangrenta.
Então por todo o lado, os cidadãos, obrigados a se defender eles próprios contra as minorias revolucionárias, irão exterminar esses destruidores da civilização, e a multidão, desiludida com o Cristianismo, cujos espíritos ficarão a partir desse momento sem compasso ou direção, ansiosos por um ideal mas sem saber para onde direccionar essa adoração, irão receber a verdadeira luz da manifestação universal da doutrina pura de Lúcifer, trazido finalmente aos olhos do público. Esta manifestação será resultado de um movimento reaccionário geral no qual se seguirá a destruição da Cristandade e do ateísmo, ambos conquistados e exterminados ao mesmo tempo.”.[20]
William Guy Carr, Peões em Jogo (1955)"
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Seg 21 Nov 2011 - 11:02

Irã espera ataque para enviar Israel ao "lixo da história"


Leia mais em : http://www.revelacaofinal.com/#ixzz1eLQipRgg

O comandante da força aérea da Guarda Revolucionária, o general Amir Ali Hadjizadeh, declarou que o Irã espera que Israel cometa o erro de atacar o país para enviar o país vizinho ao "lixo da história", informou a agência Fars.

"Uma de nossas grandes esperanças é que cometam tal ação, pois há muito tempo existe uma energia armazenada que esperamos utilizar para enviar os inimigos do Islã ao lixo da história", declarou o general, ao comentar as ameaças de ataques israelenses contra as instalações nucleares iranianas. "O desenvolvimento de nossas capacidades balísticas não cessará nunca", completou.

Nas últimas semanas, autoridades israelense ameaçaram atacar as instalações nucleares iranianas. O Irã advertiu Israel e os Estados Unidos contra qualquer ataque e ameaçou executar represálias não apenas contra Israel, mas contra os interesses americanos na região.

Fonte: http://noticias.terra.com.br


D
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Luiz em Seg 21 Nov 2011 - 15:19

FALA ZERO

Hoje você postou tanta coisa que fiquei até meio "tonto" rsrs, mas vamos tentar, em poucas palavras, se possível, analisar certos contextos:

Lembra de Mikail Korbachov? Eu vi uma entrevista dele, nos dias atuais, onde ele diz, que os cientistas do País dele e os Militares, lhe informaram, quando ele era premier Soviético, que bastaria 1/4 do arsenal nuclear ser usado que a Terra ficaria por pelo menos 300.000 anos sem poder ser habitada, a radiação espalhada poderia levar até milhares de anos para se dissipar, tornando o Planeta totalmente inviável.

Eu debati isso com o Kimossabe exaustivamente, quem comanda nosso Planeta ( os chamados trevosos, as classes dominantes) não permitirão um evento desses em hipótese alguma, a exceção de uma hipótese que te direi mais adiante.

Eles sabem, que se isso acontecer, eles vão ter que se "enterrar" em buracos por gerações e mais gerações e mais gerações, sem poderem sair de lá, isso está totalmente descartado da agenda deles, eles ADORAM a superfície, eles ADORAM controlar tudo, e controlam, com a maior tranquilidade, eles ADORAM suas mansões com piscinas, mulheres bonitas, seus iates, os paraísos de condomínios que ninguém entra só eles, eles ADORAM controlar, manipular, fazer, desfazer, eles brincam com Planeta como se fosse um joguinho ao seu bel prazer e com uma inteligência infinitamente superior a 99% da população, em caso de guerra nuclear ELES PERDEM TUDO ISSO, e eles NÃO QUEREM E NÃO VÃO PERDER.

Essa história que Asthar Sheran não permite guerra nuclear é falácia, esse tal Asthar é outra farsa das canalizações, quem não permite, é as classes dominantes, incrível, mas é verdade.

A única hipótese em que eles "mandariam tudo pelos ares" ( essa não existe mais) era se caso eles fossem "obrigados" a deixar entrar o Socialismo e em seguida o Comunismo , nestes casos eles prefeririam que o Planeta fosse pelos ares e tentariam sua "sorte" em outro Planeta, somente neste caso e como o Socialismo e o Comunismo não existe mais, nem sequer existiu, pois nunca foi posto em prática, fica totalmente descartado qualquer evento nuclear.

A crise econômica que aí está não significa nem de longe a vinda do Socialismo, pois os jovens que estão nas ruas, reivindicam seus empregos, nada mais, não existe ideologia, basta devolver os empregos e tudo se acalma, se existisse ideologia, não adiantaria devolver empregos, portanto, movimento popular atual é o que se chamava no passado de "festiva" .

Crises do capitalismo são cíclicas, eles sabem disso, vão desempregar em massa, vão fazer ajustes brutais, vão contemporizar daqui e dali, com distração, filmes, lazer, esporte, futebol, algum crédito, porque não, e levar a situação no controle até as coisas se "ajeitarem" novamente.

A Coreia do Norte não dá um passo, pode esquecer, está tudo acertado com a China ( lembra da visita do primeiro Ministro Chinês à Casa Branca? ) ali, foi tudo resolvido, na grana, no capital, como eles gostam e querem.


As notícias são numerosas e alarmantes reconheço, mas quando olho as classes dominantes, percebo que as mesmas não vão querer guerras nucleares.

Veja bem, um quilo de plutônio leva milhares de anos para perder sua radiação, imagina, imagina, mas imagina, tenta imaginar, toneladas de plutônio e muito mais sendo despejadas na atmosfera da Terra, tenta imaginar, acabou, fim , você desencarna e vai levar trilhões de anos para poder voltar a reencarnar, a não ser que vá para outro Planeta, é claro que isso não vai acontecer, não por intervenção do Alto, mas por intervenção das classes dominantes que controlam este Planeta e que não querem de forma alguma perder tudo que tem.


Se caísse um meteoro na Terra o tempo de recuperação seria INFINITAMENTE INFERIOR a uma GUERRA NUCLEAR, se a Terra for atingida por uma forte explosão Solar o TEMPO DE RECUPERAÇÃO SERIA TAMBÉM INFINITAMENTE MENOR DO QUE UMA GUERRA NUCLEAR, ou seja, para tudo tem jeito, só não tem jeito se houver uma guerra nuclear, entendeu agora?

A QUE PONTO CHEGOU O SER HUMANO, E DIGO MAIS, AINDA BEM QUE AINDA NÃO TEMOS TECNOLOGIA PARA VISITARMOS OUTROS PLANETAS CIVILIZADOS ( eles estão tentando e não vão parar nunca de tentar) A GENTE CHEGARIA EM UM PLANETA DESSES DIZENDO QUE VIEMOS EM PAZ, QUE SOMOS MARAVILHOSOS ETC E ETC, TUDO HIPOCRISIA , NA PRIMEIRA OPORTUNIDADE TENTARÍAMOS TOMAR TUDO DELES.

EU TIVE LÁ MINHAS DIVERGÊNCIAS COM (MM) COMO TODOS AQUI JÁ SABEM, MAS UMA COISA EU TENHO QUE CONCORDAR COM AQUELE SR ANTHONIO DO (MM) , QUANDO ELE DIZ QUE O SER HUMANO É A ESCÓRIA DO UNIVERSO.

FORTE ABRAÇO.
avatar
Luiz

Mensagens : 2927
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Seg 21 Nov 2011 - 15:41

Luiz,

Concordo com o que voce disse, ja faz algum tempo, e espero não estar enganado, que deixei de acreditar na III Guerra, sim os que acreditam que tudo acaba numa guerra poder colocar as barbas de molho pois isto sera muito dificil de acontecer.
Podemos ate comparar um ataque a usinas no IRA com o que acontece no Japão, sera que ninguem para e pensa que isso acabaria com a região.

Tudo isto serve para que possamos ver como o jogo do poder se opera, isto servirá de uma distração caso a economia piore. Mas hoje estou meio lerdo para pensar.
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Luiz em Seg 21 Nov 2011 - 15:59

Fala ZERO.

Segunda_ Feira é assim mesmo, a gente fica meio "lerdo" para pensar.

Camarada, salvo melhor juízo do Alto, ainda teremos que "aturar" essa turma no poder, infelizmente.

Outra coisa que eu dizia lá no ascensão, "os incomodados que se mudem" se eu estou aqui mas não sou daqui, tenho que tentar me trabalhar, evoluir, para sair deste Planeta o mais rápido possível e ir para lugares melhores.

Eu só queria saber como foi que eles se "apoderaram" da Terra , dizem que isso aconteceu a milhões de anos atras, e tudo que eu posso fazer é pedir ao Alto para acabar com esta festa macabra, porque só o Alto camarada, só ele, poderá por um final feliz nesta história.


Forte Abraço amigão, desculpe se escrevi muito, mas creio que às vezes é necessário, para que as pessoas tenham uma mínima ideia do que poderia ser um advento nuclear.

avatar
Luiz

Mensagens : 2927
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Seg 21 Nov 2011 - 16:26

Concordo com voce, so para desopilar

Império Romano:



AVE CÉSAR!!!
Foto
http://www.flickr.com/photos/meigane/3913218823/sizes/m/in/photostream/
Todos os direitos reservados à http://www.flickr.com/photos/meigane/



Império Nazista:


Heil Hitler
Foto: http://anaceciliasabba.blogspot.com/2008/05/heil-hitler.html


“Super-estado Europeu"
?????




Qual será o cumprimento???


Foto: http://2012umnovodespertar.blogspot.com/






avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Ter 22 Nov 2011 - 7:59

Segundo 'Daily Mail', fontes do governo britânico prevêm ofensiva até o 'começo de 2012'


Citando fontes da "cúpula do governo" britânico, o jornal Daily Mail noticiou nesta quinta-feira, 10, que, segundo os cálculos de Londres, Israel lançará um ataque ao Irã em aproximadamente dois meses. A informação - qualificada de "duvidosa" pela imprensa israelense - vem à tona um dia após a agência atômica da Organização das Nações Unidas (ONU) lançar seu mais duro relatório contra Teerã, no qual acusa os iranianos de tentar fabricar uma bomba.




Na quinta, o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Leon Panetta, alertou que um ataque ao Irã pode ter "um sério impacto" involuntário na região. "É preciso ser cuidadoso com as consequências não desejadas (de uma ação contra Teerã). Elas poderiam não só fracassar em impedir que o Irã faça o que quer fazer, mas também ter um sério impacto sobre as forças americanas na região."


Integrantes do gabinete do primeiro-ministro David Cameron teriam sido avisados para aguardar um ataque de Israel ao Irã "em breve". "Esperamos que algo aconteça já no natal ou no começo do ano", teria afirmado uma fonte da Chancelaria britânica, citada pelo Daily Mail. Autoridades britânicas da área de inteligência teriam confirmado a informação.


Há duas semanas, o jornal israelense Yediot Ahronot noticiou que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu estava tentando convencer seu gabinete a aprovar um amplo ataque contra instalações nucleares iranianas. Ele teria o apoio do ministro da Defesa, Ehud Barak.


Mas os chefes dos setores de inteligência e das Forças Armadas se oporiam ao uso da força contra Teerã. Em meio às especulações na imprensa, o Irã disse que "o regime sionista mia como um gato quando quer rugir como um leão". Na quinta, o mesmo Yediot Ahronot colocou em dúvida a "veracidade" da reportagem britânica.


O relatório publicado pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) na quarta-feira faz duas acusações principais contra o Irã. Primeiro, o órgão da ONU afirma que iranianos não respeitaram as salvaguardas impostas e não colaboraram totalmente com os inspetores. Segundo, que cientistas iranianos podem estar desenvolvendo uma instalação para testes nucleares, detonadores atômicos e modelos virtuais para ogivas - ações que, se confirmadas, demonstrariam o objetivo militar do programa de Teerã.


Potências divididas


A República Islâmica reagiu furiosamente ao documento da AIEA. Segundo o chanceler iraniano, Ali Asghar Soltanieh, o relatório "não é profissional" e foi "ditado por Washington". Ele ainda acusou o diretor-geral da AIEA, o japonês Yukiya Amano, de ter violado o estatuto da agência atômica, ao revelar informações que haviam sido passadas pelo Irã sob condição de sigilo.


EUA e países europeus afirmam que o relatório apresentado esta semana deve levar à adoção de medidas adicionais contra o governo iraniano. A União Européia já estuda a possibilidade de adotar mais medidas unilaterais. Rússia e China, entretanto, já deram sinais de que não permitirão novas sanções do Conselho de Segurança das Nações Unidas contra Teerã.



Créditos da matéria Juliana


Fonte: http://www.defesanet.com.br


Leia mais em : http://www.revelacaofinal.com/2011/11/israel-atacara-o-ira-ate-o-comeco-de.html#ixzz1eQXEDJt6
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Ter 22 Nov 2011 - 8:01

Oriente Médio: Movimentações militares dão o tom para um conflito que se aproxima
Os tambores de guerra generalizada no Oriente Médio, parecem ganhar som cada vez mais elevados a cada dia naquela região do planeta.
As últimas movimentações diplomáticas, militares e provavelmente dos serviços secretos de diversas nações, dão o tom do que está por vir nas próximas semanas.
Chegam-nos notícias da chegada de navios de guerra russos em águas mediterrâneas sírias e diversas outras embarcações dos EUA se posicionando tendo no horizonte o Irã.
Síria e Irã estão intimamente ligados e uma ação contra qualquer um deles, sem dúvida será um detonador de uma guerra de consequências imprevisíveis, não só no Oriente Médio, mas para todo o globo.
A situação na Síria na prática já está em guerra civil, e segue a mesma abordagem do conflito líbio, só que diferente da Líbia a Síria tem cartas na manga e pode muito bem querer arrastar seus vizinhos para uma temporada de guerra que vai impactar na dinâmica atual de relações entre as grandes potências.
O que mais causa estranheza nesta situação toda é o silêncio israelense quanto aos acontecimentos na Síria, pois o que foca-se no momento é o mais que provável ataque de Israel ao Irã.
Estas movimentações de primeiro momento, não é um bom sinal, pois cria-se novos antagonismos que deverão ser explorados por m interesses dos envolvidos até o limite do estresse.
Estaremos acompanhando o desenrolar dos fatos, como tenho feito aqui no UND, mas não estamos nada distantes de uma guerra onde parece que sairá depois da ecatombre uma NOM.
Veremos.
Daniel-UND




Rússia posiciona navios de guerra junto a Síria e EUA estacionam embarcações junto ao Irã

US Stennis and Bushno Golfo Pérsico
A Diplomacia das canhoneiras está em pleno vapor nas ondas da região do Mediterrâneo e do Golfo Pérsico. Washington ressalta a sua opção militar contra o programa nuclear do Irã, enquanto a Rússia está demonstrando a sua determinação de impedir a OTAN de atacar a Síria depois da Líbia e defender o regime de Bashar Assad. Informou nesta Segunda-feira 21 de novembro, o ministro das Relações Exteriores da Rússia Sergey Lavrov que acusou as nações ocidentais de "provocação política", instando a oposição síria de se recusar a negociar um acordo com Assad.

O Primeiro-Ministro turco Tayyip Erdogan, por sua vez, aconselhou Assad: "Você só pode continuar com tanques e armas até um certo ponto, o dia virá quando você vai."
Fontes militares DEBKAfile em nota de que a Rússia e a América adotam posturas agressivas desde 12 de novembro, quando duas companhias americanas, USS Bush e USS Stennis navegaram através do Estreito de Hormuz lado a lado e tomam posição em frente à costa iraniana.

Que também foi o dia em que uma misteriosa explosão se deu na base da Guarda Revolucionária perto de Teerã exterminando com toda a liderança do programa iraniano de mísseis balísticos.

Cinco dias depois, em 17 de novembro, a agência de notícias síria relatou que três navios de guerra russos estão no Mediterrâneo indo em direção à Síria.

Nesta Segunda-feira 21 de novembro, as fontes presidenciais em Damasco anunciam que três navios de guerra tinham entrado nas águas territoriais da Síria fora do porto de Tartus.
Essas fontes salientaram que os navios russos não âncorariam no porto sírio, indicando que sua missão não era apenas para mostrar a bandeira para o regime de Assad, mas estava de plantão militar operacional ao longo de suas costas por tempo indeterminado para resistir a qualquer intervenção estrangeira em distúrbios em curso na Síria.
Nossas fontes militares estão observando para ver se a frota russa tem alvos a pequena embarcação transportando armas do Líbano e Turquia, aos rebeldes lutando contra o regime sírio. Se assim for, Moscou seria capaz de apresentar esta como ações contra a pirataria, que cairia sob uma resolução do Conselho de Segurança da ONU.

Enquanto Moscou e Damasco mantiveram a identidade dos navios de guerra russos no escuro, fontes árabes disseram que pelo menos dois deles estão equipados para coleta de informações e de guerra eletrônica.
Como os navios de guerra russos entraram em águas territoriais da Síria, o ministro da Defesa canadense Peter McKay anunciou que, à luz da crise síria, a Royal Canadian Navy iria manter presença no Mediterrâneo até o final de 2012 de certos navios que tomaram parte na campanha da Líbia.

Fontes militares DEBKAfile em seu relatório diz que ele estava se referindo a duas fragatas:

HMCS Vancouver vai ficar no mar Mediterrâneo até o início do próximo ano ", disse ele, tomando parte na" localização, rastreamento, relatórios (e) etc. Os navios de embarque de interesse suspeitos de terrorismo internacional. "Seriam HMCS Charlottetown por até o final do 2012.

O ministro da Defesa Mckay explicou: "... um monte de ditadores estão percebendo que este tipo de comportamento não será tolerado.Como devemos fazer e o que vem a seguir será feito em uma escala crescente ... antes de tomar qualquer decisão final sobre a intervenção. . "
O ministro da Defesa do Canadá foi o primeiro funcionário do governo ocidental a admitir a possibilidade de intervenção militar ocidental na Síria.

Mais três eventos que afetam o destino do regime Assad, o mais próximo aliado de Teerã, seguido, em rápida sucessão nesta Segunda-feira:
O ministro de Relações Exteriores britânico, William Hague recebeu uma delegação síria de oposição Conselho Nacional em Londres. Pouco antes da entrevista, o CNS publicou o seu plano para a transição de poder do regime de Assad em Damasco, pedindo também para "proteção internacional para os civis sírios."

Na Síria, em si, três ônibus carregando peregrinos turcos de Meca foram abordados por um posto de controle na Síria em Cizre perto de Homs. Os passageiros foram obrigados a desembarcar para seus trabalhos para serem inspecionados. Os soldados sírios, em seguida, começaram a atirar contra eles, ferindo um passageiro e um dos motoristas.
Este incidente não vai ser tratado de forma leve pelo governo Erdogan da Turquia.
Até agora, apesar das ameaças verbais, Ankara não interveio diretamente no levantamento de nove meses sírio além de armar os rebeldes e treinamento.

Também nesta segunda-feira, o rei da Jordânia, Abdullah II fez uma visita surpresa a Ramallah para conversações com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas. Um dos itens em sua agenda foi uma tentativa de descobrir onde o líder palestino está se posicionando quanto a Revolta Árabe, especialmente sobre o conflito na Síria.
Fonte: Debka.com
Tradução Bússola escolar e adaptação Daniel-UND
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Ter 22 Nov 2011 - 8:03

"Se atacado, Irã vai controlar teatro de guerra '



Brigadeiro-general Yahya Rahim-Safavi
Um comandante militar iraniano do alto escalão diz que em caso de uma eventual ação militar contra o Irã, a República Islâmica vai estar no controle de teatro de guerra.
O Brigadeiro-general Yahya Rahim-Safavi, assessor militar sênior do Líder da Revolução Islâmica Ayatollah Seyyed Ali Khamenei, disse neste domingo que a resposta do Irã para aqueles que iniciarem uma guerra será esmagadora.

Falando em uma reunião de 50.000 militares das forças Basij na província de Khorasan, Razavi acrescentou que a Basij foi o maior trunfo do Irã, cultural, política e social para enfrentar as mais difíceis situações.

"... Os americanos e o regime sionista são considerados os piores da região e não alcançaram seus objetivos no Oriente Médio, Iraque, Egito e Afeganistão, e suas incursões recentes da mídia sobre o Irã é um indicativo de sua frustração," citou a Mehr News Agency .

Safavi disse que depois de sofrer uma derrota no Iraque, os americanos estão construindo suas forças no Afeganistão e em alguns países do litoral do Golfo Pérsico .

"A região Sudoeste da Ásia está experimentando atualmente condições extremamente complicadas em questões políticas e de segurança", disse ele.

O comandante militar constatou ainda que, apesar dessas condições sensíveis, o Irã é uma grande potência regional que tem a última palavra sobre a estabilidade, segurança e equilíbrio de poder do Oriente Médio.
"O Despertar islâmico, que tomou conta [da região] do norte da África ... para o Oriente Médio, ainda está a ... pegar ritmo. Sob essas condições, vemos que continuou a pressão política, econômica e propaganda montada sobre a República Islâmica em questões como a energia nuclear, direitos humanos e falsas acusações ocidentais ", disse ele.

Ele acrescentou que os americanos não terão escolha, e terão que deixar o Afeganistão e o Golfo Pérsico porque as nações regionais e governos democraticamente eleitos são capazes de estabelecer a segurança regional através da cooperação e interação.

Fontes: SS/HGH SS / HGH Adaptação Daniel-UND
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Ter 22 Nov 2011 - 8:04

Egito, Síria, Irã e Israel - Aproximando-se do ponto do não retorno
Obama está capacitando os piores inimigos de Israel e do Ocidente. Os radicais querem aniquilar todos os não-muçulmanos, mas especialmente Israel e Estados Unidos


Egito
A Polícia egípcia na Praça Tahrir teve de usar gás lacrimogêneo e balas de borracha em 5.000 manifestantes que exigem que os militares comecem o processo de decisão de renunciar e entregar o poder a um governo eleito.
Como se os militares estivessem que abrir mão do controle tão facilmente.
Estes confrontos vêm um dia depois que duas pessoas foram mortas e centenas ficaram feridas em tumultos semelhantes em todo o Egito. Os manifestantes também estão irritados com a lentidão das reformas e aparentes tentativas de generais do Egito de reterem o poder sobre um futuro governo civil.De acordo com um funcionário do Ministério do Interior 55 manifestantes foram presos desde que a violência recomeçou no sábado.

Os militares no poder desde que Mubarak deixou o cargo, e prometeram que iriam entregar o poder a um governo eleito. No entanto, os militares no comando não conseguiram definir uma data específica. Os militares afirmam que a entrega só vai acontecer após as eleições presidenciais a serem realizadas no final do ano que vem ou no início de 2013. Os manifestantes dizem que isso é tarde demais e acusam os militares de autogolpe. Eles querem uma entrega a ter lugar imediatamente após o término das eleições parlamentares em março.
Síria
Na verdade m movimento rebelde sírio que está contra o presidente Bashar al-Assad na Síria está se aproveitando da aplicação da pressão internacional contra o regime. Os ingleses abriram linhas de diálogo com o movimento de oposição. O embaixador Frances Guy, um ex-embaixador para o Líbano, reuniu-se com membros da oposição exilados em Paris. O ministro das Relações Exteriores, William Hague, está para atender os membros da oposição síria em Londres na próxima semana. Reuniões com outros altos funcionários britânicos também estão planejadas.
A comunicação entre o Ocidente e o movimento de oposição, embora informal, pode levar a uma progressão incremental que pode eventualmente abrir a perspectiva de os rebeldes serem reconhecidos como representantes legítimos do país e suplantando o regime de Assad.
Fontes Senior diplomáticas alertaram que isso não significa que o movimento de oposição está sendo reconhecido como os representantes do atual governo. ” "Estamos pedindo a oposição síria para apresentar um conjunto coerente de políticas e se organizar."
AFrança disse que, também, estava pronta para trabalhar com a oposição síria, sustentando que é tarde demais para o regime de Assad para salvar-se pela realização de reformas.
Eu questiono a sabedoria de envolvimento do Ocidente. Enquanto o conflito na Síria não afeta o Ocidente, ou os seus aliados, o envolvimento direto deve ser mínimo.
A Turquia tem sido chamada para a ação, dizendo que mais precisa ser feito para parar o "massacre".
Como a pressão internacional sobre a Síria, Damasco, fez um gesto de boa vontade na tentativa da Liga Árabe, concordando em princípio, para permitir que observadores entrem no país pela primeira vez para supervisionar a implementação de um plano de paz para pôr fim ao derramamento de sangue.
Relatos recentes indicam que pelo menos 12 civis, incluindo duas crianças, foram mortas quando as forças de segurança dispararam contra manifestantes após as orações de sexta-feira.
As Nações Unidas estimam que pelo menos 3.500 pessoas foram mortas desde que o governo iniciou a sua ofensiva contra uma rebelião anti-regime, em março. O Regime de Assad acusou estrangeiros apoiados por "gangues armadas terroristas" de matar mil de seu pessoal de segurança.
A União Europeia já impôs sanções à Síria, mas a Rússia, um aliado próximo da Síria, e China tem bloqueado as medidas mais amplas da Comunidade internacional sob um guarda-chuva das Nações Unidas.
A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton disse nesta sexta-feira que a Síria poderia deslizar em uma guerra civil, mas ela não previu uma intervenção global da mesma forma que fez na Líbia.
"Olha, Assad vai ter que ir embora, é só uma questão de tempo. O que nós esperamos é que eles evitam uma guerra civil, que evitem um maior derramamento de sangue, que faça as mudanças que eles deveriam ter feito o tempo todo. E achamos que a pressão da Liga Árabe é, provavelmente, a pressão mais eficaz ", disse ela.
Enquanto isso, navios de guerra russos são esperados para chegar em águas territoriais da Síria muito em breve, enviando uma mensagem clara para o Ocidente de que Moscou irá resistir a qualquer intervenção estrangeira mínima no conflito civil do país.
A Liga Árabe suspendeu no início desta semana a Síria por sua repressão brutal sobre o levante de oito meses no país. Os 22 membros da Liga propuseram o envio de centenas de observadores ao país para tentar ajudar a acabar com o derramamento de sangue.
The Independent Grã-Bretanha em negociações secretas com os rebeldes da Síria - The Independent
Reuters Clinton diz que pode haver guerra civil na Síria - Reuters
Haaretz Relatório: Rússia navios de guerra para entrar em águas Síria em tentativa de conter intervenção estrangeira - Haaretz
Irã
O Irã realizou uma manobra militar de 4 dias em defesa aérea, visando a elevação do seu nível de preparação em meio a possíveis ameaças ao espaço aéreo do Irã, e aos centros nucleares.
O exercício é projetado para ser uma simulação de um ataque contra instalações nucleares e militares do país.
Notícias recentes indicam que Israel pode estar planejando atacar no próximo verão. Israel recentemente lançou um teste de mísseis balísticos e realizou uma manobra aérea na Itália com a participação de pilotos de caças da IDF. A IDF também realizou um exercício em casa simulando um ataque de mísseis sobre Tel-Aviv maior área cenário realista em caso de um ataque contra instalações nucleares iranianas.Operações de Israel de treinamento parecem ter sido intensificadas após um relatório da ONU que disse que o Irã parecia ter trabalhado na elaboração de uma bomba atômica.
O exercício militar vem apenas seis dias após uma explosão em uma base militar nos arredores de Teerã que deixou vários membros da Guarda Revolucionária mortos, incluindo um oficial superior que era uma figura-chave no programa iraniano de mísseis. Alguns meios de comunicação ocidentais afirmaram que Israel estava por trás da explosão.
A mobilização inclui o uso de "sistemas de mísseis, artilharia anti-aérea e sistemas avançados de radar diversos, bem como" manobras táticas que visam aumentar o nível de preparação em meio a possíveis ameaças ao espaço aéreo a pátria islâmica, particularmente no que diz respeito ao seu país. . . . .” centros nucleares ".
Junho do ano passado a Guarda Revolucionária realizou uma extensa manobra no noroeste do Irã, durante a qual mísseis superfície-superfície foram lançados.
Irã realiza 4 dias de preparação de defesa aérea - Ynet Notícias
Israel e Estados Unidos
Os Estados Unidos tem sido um aliado de Israel desde que o povo judeu restabeleceu em Israel como nação em 1948. A aliança vai voltar ainda mais longe do que isso. A Influência judaica no nascimento da América era forte.Nosso sistema de governo é baseado nos princípios registrados por Moisés no primeiro capítulo de Deuteronômio. A estrutura foi baseada na organização israelita de governo, colocando ênfase no forte, auto-governo local. Mesmo código de toda a nossa justiça foi baseado no sistema de Israel, que foi baseada principalmente em reparação à vítima, em vez de multas e punições pelo Commonwealth.O crime aquele em que a satisfação não poderia ser dada à vítima é assassinato. Para isso, a punição é a morte (Números 35:31). Na verdade, a influência judaica em nosso sistema de governo foi tão grande que o original EUA foi sugerido ter sobre ele a estrela de David, ou uma representação de Israel liderado por Pilar de Fogo de Deus.
Infelizmente,o liberalismo americano de hoje, liderado por Barack Hussein Obama, se recusa a ver a importância de nossa relação com Israel. A esquerda liberal nega a realidade, e estão a fazer a sua própria realidade.Israel está cercado por nações que desejam destruir o pequeno país, mas a esquerda liberal continua a uma e outra vez apaziguar e acotovelar-se com as nações islâmicas da região.
Israel não tem escolha, e deve constantemente ter o foco na realidade. A nação judaica está constantemente sob ataque, e por essa razão, Israel tem uma força militar que é bastante eficaz.
Como eles são tão eficazes?
Treinamento, treinar, treinar.
A guerra é uma coisa horrível. . A paz é o preferida. Mas existem inimigos, e inimigos devem ser defendidos contra. A paz é maravilhosa, mas é em tempos de paz que o inimigo se prepara para a próxima guerra - e aqui na América, parece que em tempos de paz é que se afastam da realidade. . . até que o inimigo vem bater.
Enquanto o inimigo se prepara, o flagelo cresce, e o terror do Islã prepara e se expande. Temos idiotas aqui na América (pagos pelo partido democrata em alguns casos) a marchar em Wall Street, para que possam parar o capitalismo, que pagou por cada coisa que eles já possuíam e usufruiram, e do qual, desde que o dinheiro dos impostos usados para fazer nosso segundo militar a nenhum deles.
Nestas multidões de manifestantes piolhos é infestada as sementes do liberalismo que foram ensinadas em nossas escolas e universidades. A esquerda tem treinado bem. Eles são ignorantes, perversos, as crianças do muito rico ferroviário que conta, e a atitude predominante entre essas pessoas é que Israel é um problema.
Que lhes dá muito em comum com os democratas.
Essa atitude revela que a esquerda liberal está em desacordo com a existência de Israel. Que coloca-los em desacordo com o retorno dos judeus perseguidos na Europa e no mundo árabe à sua pátria ancestral.
Obama e os democratas estão a exigir a destruição de Israel sem dizê-lo sem rodeios. Lembre-se, foi Obama que, recentemente, "exigiu" a retirada de Israel para suas fronteiras de 1967. Os esquerdistas liberais do mundo, depois de Obama disseram que, na verdade, achei que soava muito razoável. Aqueles no mundo real, entretanto, reconhecem a idiotice do que foi dito. Não havia fronteiras de 1967 (Obama apanhado em outra mentira). Essas foram as linhas de cessar-fogo de 1949 a Guerra no Independência, que os israelenses mal sobreviveram, parando cinco exércitos árabes invasores.Como resultado, a fronteira entre Israel e seus inimigos que pretendem aniquilar a nação judaica, se parece com algo que esparrama no chão, com linhas irregulares, e as bordas do indefensável.
Obama está ciente de que essas fronteiras seriam indefensáveis. . É por isso que ele recomendou. Os liberais vão dizer que eles têm boas intenções, mas a verdade da questão é que os liberais querem que Israel se encontre com o desastre.
Barack Obama está a criar condições que irão forçar Israel a defender-se de forma unilateral, sem nenhuma ajuda. Barack Hussein Obama ajudou a derrubar Mubarak, Gaddafi, e talvez Assad da Síria, que pode estar prestes a lutar contra uma terrível guerra civil.
Em outras palavras, Obama está a organizar as comunidades muçulmanas radicais como faria com qualquer seguidor Alinsky. Ele está trabalhando para posicionar as nações muçulmanas na unidade de um califado - a única coisa que ele acredita que pode finalmente acabar com Israel.
O ganhador do Prêmio Nobel Obama tem travado mais guerra do que qualquer vencedor do Prêmio Nobel da Paz na história, mas seus movimentos de xadrez no mundo muçulmano é a criação de algo pior do que a agitação de muçulmanos que vimos recentemente. Obama está levando todos os governos importantes no mundo islâmico a se unirem em torno de uma guerra nuclear. Obama está forçando o mundo muçulmano a ir a tensão nuclear precisamente por sua "paz" política.
Dezenas de milhares de árabes morreram na chamada "Primavera árabe." A mídia está cobrindo o número de mortes, e está louvando a violência como uma unidade para a democracia, ou devo dizer "máfia regra." Irã, no entanto, é um dos beneficiários da organização do mundo muçulmano que Obama está presidindo. Ahmadinejad tem a intenção de trazer o 12 º Imã, e por sua vez o Armagedon nuclear islâmico, para a Terra. Ele acredita que mais caos, melhor. Ele está trabalhando em obter armas nucleares e mísseis suficientes para criar o caos.
Era um liberal que permitiu Khomeini chegar ao poder em 1979 (Jimmy Carter), e agora será um liberal chamado Obama de que vai trazer o caos para o Oriente Médio através de suas políticas de destruição.
Israel considerou o uso de armas nucleares quando Golda Meir foi primeira-ministra durante a Guerra do Yom Kippur 1974. T Eles planejaram usar as armas sobre as divisões de tanques egípcios na condução através do deserto de Sinai ao chegar ao coração civil de Israel.
Desta vez, Israel não pode ser tão tímido para puxar o gatilho.
Então, novamente, não é o Irã.
Obama está capacitando os piores inimigos de Israel e do Ocidente. Os radicais querem aniquilar todos os não-muçulmanos, mas especialmente Israel e Estados Unidos. Obama diz querer trazer a paz para o Oriente Médio, mas ao invés disso ele está criando maiores perigos do que qualquer um pode imaginado.
Fonte: Canada Free Press.com e whatdoesitmean.com
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  estel em Ter 22 Nov 2011 - 8:43

Mais uma vez me vem a mente aquela profecia que não lembro agora onde li que a 3ª guerra começaria por lá.

Vamos esperar e orar.

Abraços,
Estel.

estel

Mensagens : 280
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Luiz em Ter 22 Nov 2011 - 14:37

OI GENTE.

MUITA COINCIDÊNCIA O EVANGELHO DO DIA DE HOJE, VEJAM SÓ:

Grandes sinais
Leitura Orante

Lc 21,5-11

Algumas
pessoas estavam falando de como o Templo era enfeitado com bonitas
pedras e com as coisas que tinham sido dadas como ofertas. Então Jesus
disse:

- Chegará o dia em que tudo isso que vocês estão vendo será destruído. E não ficará uma pedra em cima da outra.

Aí eles perguntaram:

- Mestre, quando será isso? Que sinal haverá para mostrar quando é que isso vai acontecer?

Jesus respondeu:

- Tomem cuidado para que ninguém engane vocês. Porque muitos vão
aparecer fingindo ser eu, dizendo: "Eu sou o Messias" ou "Já chegou o
tempo". Porém não sigam essa gente. Não tenham medo quando ouvirem falar
de guerras e de revoluções. Pois é preciso que essas coisas aconteçam
primeiro. Mas isso não quer dizer que o fim esteja perto.

E continuou:

- Uma nação vai guerrear contra outra, e um país atacará outro. Em
vários lugares haverá grandes tremores de terra, falta de alimentos e
epidemias. Acontecerão coisas terríveis, e grandes sinais serão vistos
no céu.
avatar
Luiz

Mensagens : 2927
Data de inscrição : 30/10/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Ter 22 Nov 2011 - 15:10

Irã testou um novo sistema de mísseis antiaéreos



Foto: EPA






O Irã testou um novo sistema de mísseis antiaéreos a ser posto proximamente em serviço das Forças da Defesa Antiaérea do país. Segundo peritos, o novo complexo veio demonstrar a sua eficácia na neutralização de engenhos voadores não pilotados. A sua dimensão compacta permite que o lançamento seja efetuado por um operador.
Importa acrescentar que, ultimamente o Irã tem vindo a intensificar a criação de novos tipos de armas e a modernização dos sistemas antiaéreos antigos. Em finais de setembro, o Ministério da Defesa tornou pública a decisão de pôr em serviço o escudo antiaéreo Marsad do fabrico nacional.
Fonte: Voz da Rússia
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Ter 22 Nov 2011 - 15:11

EUA anunciam novas sanções contra setor de energia do Irã
O Departamento do Tesouro também nomeou o país persa como área 'de preocupação primária para lavagem de dinheiro'
Os Estados Unidos anunciaram nesta segunda-feira novas sanções contra os setores de energia e pertroquímico do Irã que punirão qualquer um que ajudar a República Islâmica a desenvolver e expandir seus recursos petrolíferos, afirmou a Casa Branca.
A mais recente medida dos EUA pretende aumentar a pressão sobre Teerã depois que a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) da Organização das Nações Unidas (ONU) levantou novas preocupações sobre as possíveis dimensões militares do programa nuclear iraniano.

O Departamento do Tesouro também nomeou o Irã como área "de preocupação primária para lavagem de dinheiro" nesta segunda-feira e o secretário do Tesouro, Timothy Geithner, alertou bancos globais a terem cuidado ao fazer negócios que ajudem ao programa nuclear iraniano. "Instituições financeiras ao redor do mundo devem pensar firme sobre os riscos de realizar negócios com o Irã", afirmou Geithner em comunicado preparado.
Em aparição conjunta com Geithner no Departamento do Estado para anunciar novas sanções norte-americanas, a secretária de Estado Hillary Clinton disse que a designação mostrou o risco de qualquer transação financeira com o Irã. Ela acrescentou que o Irã continua a desrespeitar as exigências internacionais relacionadas com seu programa nuclear.
Segundo Clinton, as indústrias petroquímicas, petrolíferas e de gás seriam alvo das sanções além dos setor financeiro. Ela disse também que os EUA esperavam "sanções adicionais" de outros países nos próximos dias.

Irã 'escolheu' isolamento
Em comunicado escrito, Obama classificou o "setor bancário inteiro do Irã - incluindo o Banco Central - como uma ameraça aos governos ou instituições financeiras que fazem negócios com bancos iraniano"


O presidente americano afirmou que o Irã escolheu o isolamento no cenário internacional. "Depois da minha posse, disse claramente que os Estados Unidos estavam prontos para iniciar um novo capítulo com a República Islâmica do Irã, oferecendo ao governo iraniano uma oportunidade clara: eles poderiam cumprir com suas obrigações internacionais (...) ou ignorá-las, mas o Irã escolheu o caminho do isolamento internacional", disse Obama em um comunicado.
"Na medida em que o Irã segue por este perigoso caminho, os Estados Unidos continuarão buscando formas, tanto de acordo com os nossos sócios como através de nossas próprias ações, para isolar e aumentar a pressão sobre o regime iraniano".
Os Estados Unidos já haviam aplicado sanções contra dezenas de agências governamentais do Irã por conta de seu programa nuclear.


Reino Unido e Canadá
Além dos EUA, o Reino Unido e o Canadá também aplicaram novas sanções

Em comunicado, foi anunciado que todas as instituições financeiras e de crédito britânicas estão requisitadas a cortar todas as transações com as instituições bancárias, incluindo o Banco Central do Irã. De acordo com o ministro das Finanças britânico, George Osborne, há evidências de que os bancos iranianos financiam o programa de armas atômicas do país.
"O governo britânico acaba de anunciar novas sanções contra o Irã. Cessamos com todos os contatos entre o sistema financeiro britânico e o sistema bancário iraniano", declarou. Essa é a primeira vez que o Reino Unido usa poderes criados sob a Lei de Contraterrorismo de 2008 para isolar o sistema bancário de um país dessa forma.
Seguindo a tendência do Reino Unido, o Canadá também anunciou mais sanções ao Irã . De acordo com o ministro de Relações Exteriores John Baird, a nova rodada de medidas contra o país persa proíbe quase todas as transações financeiras com o governo iraniano.

Apesar do relatório da AIEA, o caso iraniano não foi levado para o Conselho de Segurança da ONU para mais sanções porque a Rússia e a China se opõem à medida. Juntamento com EUA, Reino Unido e França, Rússia e China são membros permanentes do órgão, com direito a veto.


Irã rejeita participar de encontro
Em meio ao aumento das tensões por seu programa nuclear, o Irã se absteve nesta segunda-feira de participar em uma reunião sobre uma zona sem armas nucleares no Oriente Médio promovida pela AIEA.
A não participação do Irã na conferência, programada há vários meses pelo diretor geral da agência nuclear da ONU, Yukiya Amano, constitui "nossa primeira reação depois de sua ação inadequada e falhas cometidas no relatório sobre o Irã", declarou o embaixador iraniano na AIEA, Ali Asghar Soltanieh, ao canal iraniano Al-Alam.
Em seu relatório mais severo sobre o programa nuclear do país, a AIEA apresentou uma série de elementos que indicam que o Irã tem trabalhado para produzir armas atômicas. As conclusões têm como base oito anos de investigação.
Nesse contexto, o conselho de ministros da AIEA adotou na sexta-feira uma resolução na qual pede a cooperação plena da República Islâmica com a agência, mas sem fixar prazos e sem recorrer ao Conselho de Segurança da ONU. As potências ocidentais, favoráveis a novas sanções, tiveram que acomodar as posições de Rússia e China.

Fontes: IG Com AP e Reuters
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qua 23 Nov 2011 - 8:02

Notícias Nucleares
Além do Irã, agora os EUA tentam levantar suspeição sobre o Programa Nuclear desenvolvido pela Síria.
É mais um ingrediente que jogam na fogueira já acesa da conflagração letal que se aproxima do Oriente Médio.


EUA se dizem preocupados com trabalho nuclear da ONU na Síria


Fontes: Terra
e REEBD




Os Estados Unidos expressaram "fortes reservas" contra a Síria em relação a um projeto de cooperação técnica entre a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e Damasco, durante encontro do órgão de inspeção nuclear da ONU na segunda-feira.


Mesmo que o movimento não esteja relacionado com a repressão do governo aos dissidentes no país árabe, foi outro sinal de que Damasco enfrenta crescente pressão internacional. No sábado, a Liga Árabe suspendeu a Síria do grupo.


O projeto apontado pelos Estados Unidos é relacionado ao trabalho preparatório para uma usina nuclear na Síria, esforço da AIEA de ajudar países no uso pacífico do átomo. Tal ajuda é sensível, já que a tecnologia nuclear pode ter usos militares.


O conselho da AIEA aprovou em junho levar a Síria ao Conselho de Segurança da ONU por esconder seu trabalho atômico. Relatórios de inteligência dos EUA apontaram que o local, bombardeado por Israel em 2007, era um reator norte-coreano destinado a produzir plutônio para armas atômicas.


A AIEA deu apoio independente à alegação dos EUA e disse em um relatório em maio que era "muito provável" que teria sido um reator. A Síria insiste que o local era uma instalação militar não-nuclear.


Na reunião desta segunda-feira, um alto diplomata norte-americano expressou preocupação sobre o projeto de cooperação técnica na Síria, aprovado pelo órgão em 2009.


Os comentários foram feitos em uma reunião privada, mas disponibilizados à imprensa. "Nós recomendamos fortemente que a secretaria (da AIEA) monitore o projeto de perto e informe ao conselho conforme o caso", disse o diplomata Robert Wood, vice-chefe da missão dos EUA na AIEA.


Ele defendeu a suspensão ou restrição a projetos que não obedeçam às regras da AIEA. No início deste ano, a Comissão de Energia Atômica da Síria disse em um documento publicado no site da AIEA que poderia construir sua primeira usina nuclear até 2020 para atender à demanda crescente de energia.


avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 24 Nov 2011 - 7:41

Rumores de Guerra: Rússia adverte EUA e Israel contra ataque ao Irã

23.11.2011 - O Ministro do Exterior russo Sergei Lavrov advertiu os EUA e Israel contra um ataque ao Irã, alertando que tal medida significaria "um erro muito grave".

Um tal ataque "poderia trazer resultados muito imprevisíveis ... intervenção militar só cria um grande número de vítimas", disse Lavrov, falando numa conferência de imprensa de Moscou à agência de notícias Interfax.

Um ataque israelense contra o Irã "não é impossível", acrescentou Lavrov.

Lavrov pediu um acordo diplomático resolver problemas.

"Nossas sugestões (para a resolução do Ocidente eo Irão nuclear impasse) ainda estão na mesa de negociações, e espero que ninguém vai fazer nada que possa destruir chances - voluntariamente ou por acidente - de uma solução negociada", disse ele.

A Rússia apresentou recentemente uma proposta passo-a-passo para a resolução do conflito nuclear entre Teerã eo Ocidente.

Irã diz que seu programa nuclear é uma unidade pacífica para produzir eletricidade para que exportador mundial de crude quarto maior pode vender mais petróleo e gás no exterior. Teerã também insiste que o país está buscando um caminho de civis para fornecer energia para o crescente número da população iraniana, cujo combustível fóssil seria eventualmente ficar seco.

EUA e seus aliados ocidentais alegam que o Irã está buscando um programa de armas nucleares, enquanto eles nunca apresentaram evidências mais contundentes para comprovar suas alegações contra a República Islâmica.

Irã está sob quatro rodadas de sanções da ONU Conselho de Segurança para recusar chamadas Ocidente a desistir de seu direito de enriquecimento de urânio, dizendo que a demanda é politicamente contaminada e ilógico.

O Irã tem até agora descartado travar ou limitar o seu programa nuclear em troca de incentivos comerciais e outros, dizendo que renunciar a seus direitos sob o TNP encorajaria as potências mundiais para colocar ainda mais pressão sobre o país e não levar a uma mudança na posiçãodura sobre Teerã.
Fonte:Farsnewsagency. e Blog Novo Despertar

--------------------------------------------------------------------------------------------------

Nota de www.rainhamaria.com.br

Diz na Sagrada Escritura:

"Ouvireis falar de guerras e de rumores de guerra. Atenção: que isso não vos perturbe, porque é preciso que isso aconteça. Mas ainda não será o fim". (Mt 24,6)

"Quando os homens disserem: Paz e segurança!, então repentinamente lhes sobrevirá a destruição, como as dores à mulher grávida. E não escaparão". (1Ts 5,3)

"E vi aparecer um cavalo esverdeado. Seu cavaleiro tinha por nome Morte; e a região dos mortos o seguia. Foi-lhe dado poder sobre a quarta parte da terra, para matar pela espada, pela fome, pela peste e pelas feras". (Ap 6,Cool

avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 24 Nov 2011 - 7:51

Tensão Rússia e EUA
Presidente da Rússia fala em Rede Nacional: Negociações com os EUA e OTAN fracassaram


Respondendo ao fracasso de Washington para levar a Rússia a bordo do sistema europeu de defesa de mísseis, o presidente Dmitry Medvedev anuncia planos abrangentes para abordar o que Moscou está chamando uma ameaça à segurança nacional.
Medvedev disse que vai implantar sistemas de defesa no oeste e sul do país e instalar mísseis Iskander na região de Kaliningrado, a fim de combater os riscos colocados pelo sistema europeu de defesa antimísseis.
"Ao meu pedido, o Ministério da Defesa vai executar uma estação de radar de aviso do sistema em Kaliningrado sem demora", o Presidente russo disse.
Rússia pode também recusar-se a tomar medidas adicionais para o desarmamento no caso da sua segurança nacional continua em risco.
"Em caso de evolução desfavorável (em relação à defesa antimísseis europeu), a Rússia se reserva o direito de suspender novas medidas na esfera do desarmamento e, respectivamente, controle de armas", disse Medvedev. "Além disso, dada a interligação inseparável entre a ofensiva estratégica e armas defensivas, os motivos podem aparecer para a retirada de nosso país do tratado START ".
Enquanto isso, Medvedev sublinhou que a Rússia continua aberta ao diálogo com os EUA e a OTAN sobre questões de defesa de mísseis, mas a cooperação deve ter parâmetros legais claros.
"Não estamos fechando a porta para o diálogo sobre a defesa antimísseis com os EUA e a Aliança do Atlântico Norte, nem para a cooperação prática nesta área. Estamos prontos para o diálogo ainda maior", sublinhou o líder russo. "O caminho para tal trabalho depende sobre a criação de uma base jurídica clara para a nossa cooperação que irá refletir os nossos interesses legítimos".
Ainda há tempo para vir para a compreensão mútua, o líder russo disse .


Fonte: RT.com
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 24 Nov 2011 - 7:51

Rússia deixa bem claro nova advertência aos EUA, sobre Escudo Antimísseis e sai em apoio a Síria e Irã.



O presidente russo, Dmitry Medvedev


Depois de implantar três navios de guerra em águas da Síria, Moscou continua a bater os tambores de guerra contra os Estados Unidos seguindo de perto por Teerã. Quarta - feira 23 de novembro, o presidente russo Dmitry Medvedev disse à televisão estatal: "Eu tenho ordenado que as forças armadas para que desenvolvam medidas para assegurar, se necessário, que se destruam os sistemas de comando e controle" dos EUA no planejado sistema de defesa antimísseis na Europa. Estas medidas são adequadas, eficazes e de baixo custo. "

O Conselheiro do líder supremo iraniano, para assuntos militares major-general Yahya Rahim Safavi veio em seguida ao dizer que: "A Guarda Revolucionária iraniana controla a identidade e o destino de cada navio de guerra dos EUA, que pretende passar pelo Estreito de Ormuz."

Fontes militares do relatório DEBKAfile informam que o comando dos EUA do escudo antimísseis e de sistemas de controle que o presidente russo falou em destruir estão ligados diretamente à defesa de Israel com mísseis endereçados contra o Irã, Síria e mísseis do Hezbollah e da estação de radar X-Band localizada no Negev no sul de Israel.
Medvedev volta a ameaçar os americanos e seus "sistemas de comando e controle" de forma abrangente. Ele se refere não apenas às instalações dos EUA de escudo antimísseis planejado para a Europa, mas também a preparar medidas para o uso ("se necessário") da força - no decorrer de um possível ataque americano ou israelense contra o Irã ou a Síria - para golpear sem misericordia os mísseis dos EUAe seus sistemas de defesa na Europa antes que eles possam interceptar mísseis iranianos.
Nocauteando o escudo europeu que deixaria Israel completamente exposto ao ataque de mísseis iranianos.

Em poucas palavras concisas, o presidente russo deixou bem claro que o Kremlin não irá permitir de hipótese alguma que o Irã e seus aliados no Oriente Médio sejam impedidos de retaliação de mísseis em caso de guerra. Essa ameaça também explica por que, pelo menos, dois dos três navios de guerra da Marinha russa mudaram-se para as águas territoriais da Síria na semana passada e estão equipados para a vigilância militar e guerra eletrônica, exatamente o que é necessário para uma operação russa para destruir mísseis dos EUA do comando de escudo e centros de controle perto da fronteira com a Síria , como os já estacionados na Turquia.

Em outra parte da sua feroz advertência, o presidente Medvedev também ameaçou interromper outras conversas sobre controle de armas se o projeto dos EUA com o escudo antimísseis, sem atender à demanda da Rússia para que seja administrado em conjunto, o que a OTAN rejeitou.
A afirmação do Gal iraniano Safavi de que haverá o controle exclusivo do IRGC sobre o Estreito de Ormuz que seria uma resposta direta à passagem das duas companhias aéreas dos EUA, o USS Stennis e USS Bush, através deste estreito para tomar posição em frente à costa iraniana. Isto foi relatado exclusivamente por DEBKAfile nesta segunda-feira, 21 novembro.
O cenário de guerra se configura.
Fonte: Debka.com
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 24 Nov 2011 - 7:53

"Morte à Grã-Bretanha 'Bradam deputados iranianos
Políticos iranianos votam em desclassificação das relações diplomáticas com a Grã-Bretanha em retaliação a sanções impostas recentemente ao Irã.


Grã-Bretanha, em coordenação com os Estados Unidos e o Canadá, anunciou novas sanções ao Irã sobre seu programa nuclear Foto: AFP PHOTO


O Parlamento introduziu uma lei de emergência para ir a votação no domingo sobre o assunto, disse o site da televisão IRIB.
Vários políticos gritaram "Morte à Grã-Bretanha", como a medida foi adotada com 162 votos. Cinco deputados votaram contra.
O texto da lei não foi imediatamente divulgado.
Mas o chefe da comissão parlamentar sobre política externa e segurança nacional, Alaeddin Boroujerdi, disse que estava pedindo ao Ministério das Relações Exteriores "para expulsar o embaixador britânico no país", disse o site parlamentar.
A Grã-Bretanha na segunda-feira, em coordenação com os Estados Unidos e o Canadá, anunciou novas sanções ao Irã sobre seu programa nuclear, depois de um relatório pela fiscalização de energia atômica da ONU neste mês, sugerindo que Teerã está pesquisando armas nucleares.
Grã-Bretanha, que abriga o maior mercado financeiro do mundo, na cidade de Londres, disse que estava a "cessar todos os contatos" entre seu sistema financeiro e do Irã.

Os Estados Unidos já o fizeram, depois de ter fechado sua representação diplomática depois que os estudantes islâmicos tomaram como reféns seus diplomatas em 1979 após a revolução iraniana.
A China disse que novas sanções adotadas por países ocidentais contra o Irã sobre seu programa nuclear não resolverá a questão, mas, ao invés, "exacerbará" a já tensa situação.
"Nós acreditamos que ao pressionar por sanções elas não podem fundamentalmente resolver a questão nuclear iraniana. Pelo contrário, eles vão complicar e agravar o problema e intensificar o confronto", disse o porta-voz do ministério estrangeiros Liu Weimin.
China e Irã tornaram-se grandes parceiros económicos nos últimos anos, graças em parte à retirada de empresas ocidentais em linha com sanções contra a república islâmica.
Outro aliado do Irã, a Rússia - que, junto com China, bloqueiam qualquer possibilidade de novas sanções a serem impostas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas de forma mais ampla - chamou as medidas ocidentais de "inaceitável e contra a lei internacional".
Fonte:The Telegraf.com
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 24 Nov 2011 - 9:41

Hezbollah está considerando um golpe militar no Líbano se na Síria Assad cair


As fontes disseram à rede al-Arabia que o grupo xiíta planeja ‘apoderar- se de partes de Beirute' se caso venha a cair o regime de Assad, por temor a intervenção estrangeira na Síri Líbano. Por Roee Nahmias






O lider do Hezbollah está considerando a possibilidade de tomar o controle de Beirute e levar a cabo, efetivamente, um golpe militar no Líbano se cair o atual regime sirio, informou nesta última terça-feira a rede Al-Arabia.

Segundo o informe, membros do Hezbollah expresaram sua preocupação pela escalada da revolta civil na Siria, que podería conduzir a queda do regime de Bashar Assad. O presidente da Siria é um aliado do grupo xiíta libanês.

Fontes próximas ao Hezbollah sinalizam que era devido a essas preocupações que o lider do Hezbollah estava estudando varios cenarios - incluindo una "ampla manobra no terreno", similar a tomada de Beirute, en maio de 2008. No entanto, os atuais planos incluem, ao parecer, una manobra muito mais ampla que poderá expandir se a um golpe militar.

"Rapidamente como o Hezbollah sinta que o colapso do regime de Assad é iminente, células armadas començarão rápidamente a operar para tomar o controle de partes de Beirute oriental e ocidental", disse uma das fontes a al-Arabia.

"Esta operação, que será coordenada com os aliados de Hezbollah, incluindo o Movimento Patriótico Livre de Michel Aoun, se levará a cabo a bandeira de ‘proteger a resistencia e suas armas dentro do Líbano'", disse.

Segundo a fonte, Hezbollah explicará a tomada de poder "como un ato que está destinado a contra atacar as forças libanesas que conspiram para suprimir a resistencia em colaboração com elementos externos - encabeçados por Israel - e aproveitar (a caída de Assad) para aniquilar ao Hezbollah".

Mais ou menos uma semana e meia atrás,o Secretario Geral do Hezbollah, Hassan Nasrallah, advirtiu a Israel e EUA de que uma guerra contra Irã e Siria, conduzirá a um conflito regional total.

"Eles deberiam entender que una guerra contra Irã e ou Siria não se limitará aos territorios iraniano e sirio, mas que abarcará toda a região e não podem escaparem a esta realidade", disse Nasrallah em um discurso televisionado em homenagem ao "Dia dos Mártires".

(Ynet / Traducción: José Blumenfeld - PorIsrael.org)e nova tradução e adaptação para o português de Daniel Lucas-UND
Fontes: Radiojai.com.ar e Al Arabia
avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Zero em Qui 24 Nov 2011 - 11:37

Rumores de Guerra: C. do Norte ameaça sede do governo de Seul com mar de fogo

24.11.2011 - A Coreia do Norte denunciou nesta quinta-feira as manobras militares executadas na véspera pelo Exército da Coreia do Sul, perto de uma ilha fronteiriça bombardeada por Pyongyang ano passado, e ameaçou o vizinho com "um mar de fogo capaz de engolir a residência presidencial em Seul"

O comando militar do regime comunista considerou que o exercício conjunto de quarta-feira nas proximidades da ilha de Yeonpyeong, na fronteira marítima entre as duas Coreias, foi um novo desafio. "Os militares de guerra devem recordar a lição do mar de fogo na ilha de Yeonpyeong", afirma um comunicado citado pela agência de notícias oficial da Coreia do Norte.

Em 23 de novembro de 2010, as forças norte-coreanas dispararam 170 projéteis ou foguetes contra Yeonpyeong, cenário de confrontos violentos no passado entre os dois países. O ataque, o primeiro contra uma zona habitada por civis desde a Guerra da Coreia (1950-53), matou quatro pessoas, dois soldados e dois civis, e destruiu vários imóveis.

Pyongyang alegou que o ataque foi uma resposta aos exercícios de artilharia sul-coreanos executados um pouco antes na área em disputa, durante os quais alguns disparos atingiram o espaço marítimo da Coreia do Norte.

"Se (a Coreia do Sul) se atrever a violar outra vez nossa honra e se o nosso mar, nosso espaço e nossa terra forem violados por apenas uma bala ou projétil, o mar de fogo de Yeonpyeong aumentará e engolirá a 'Casa Azul'", adverte o comunicado militar, em referência à residência oficial do presidente sul-coreano.

Criticado por sua passividade ante o ataque da Coreia do Norte em 2010, o Exército sul-coreano advertiu que responderá de forma contundente a qualquer agressão.

Fonte: Terra noticias

avatar
Zero

Mensagens : 536
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOVIMENTOS DE GUERRA, PROFECIAS, APOCALIPSE...

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 17 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10 ... 17  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum